Terceira edição da Revista Digital Carta Maior

Terceira edição da Revista Digital Carta Maior, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed, Carta Maior, Brics

Sou assinante da newsletter da Carta Maior, uma das mais conceituada publicação do país e hoje recebi o e-mail em que a revista divulga a sua publicação virtual onde apresenta a terceira edição de sua Revista Digital: BRICS: Contra o Parlamentarismo de Mercado. Boa leitura!

Para visualizar a revista clique acesse: http://bit.ly/1bpY7XU.

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Inscrições para os Seminários escentralizadosde Estudo e Conscientização sobre o Autismo

Autismo, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

Estão abertas as inscrições para os Seminários Descentralizados de Estudo e Conscientização sobre o Autismo no Estado de Santa Catarina que serão realizados em parceria com a Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

As inscrições são gratuitas e deverão ser feitas nos links abaixo:

  • Em Blumenau
    • Será realizado no dia 08 de maio de 2015, às 08 horas, no Auditório da Cruz Azul.
    • Faça sua inscrição:  http://bit.ly/1JXKWbU
  • Em Chapecó
    • Será realizado no dia 15 de maio de 2015, às 08 horas, no Centro de Eventos de Chapecó, sala Welcy Canais.
    • Faça sua inscrição: http://bit.ly/1JXL0bu

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Newsletter, Santa Catarina | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Não aprovem a lei da terceirização! #TerceirizaçãoNão

#TerceirizaçãoNão, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

A nova lei precariza as condições de trabalho e pode reduzir a oferta de empregos, segundo juízes entrevistados pela BBC. Na verdade haverá substituição dos funcionários com carteira assinada por outros temporários, com carga de trabalho superior e salários menores.

Foi criado um abaixo-assinado no Change.org para agirmos contra isso – assine e divulgue a petição para exigir que os senadores derrubem a Lei das Terceirizações e para que a Dilma rejeite o projeto de lei. Se for aprovada, a lei vai acabar com direitos como vale-refeição, vale-transporte, FGTS e seguro-desemprego obrigatórios. Ter direitos trabalhistas e, principalmente, um trabalho decente é fundamental.

Além de tudo, aumentará a impunidade aos maus empregadores, aumentará o trabalho escravo e vai facilitar ainda mais a corrupção. Assine e divulgue este abaixo-assinado! Que país você quer para você e seus filhos? Diga não à terceirização desenfreada!

Abaixo-assinado, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Cantor Thalles Roberto lança Bíblia própria em parceria com a SBB e é criticado

Bíblia do Thalles Roberto, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

Livro vem com a biografia e alguns testemunhos do cantor e custa 110 pila. Fim dos tempos? Não sei responder… mas uma coisa é… dinheiro, dinheiro e dinheiro, é disto que ele gosta e que muitos ostentam. Jesus disse pra não ajuntar tesouros na terra, e o que eles fazem? Enriquecendo as custas da palavra de Deus! Realmente, neste sentido, fim dos tempos,mesmo!

Abaixo, republico o artigo publicado no site Gospel+ e Gospel Prime. No fim do texto o vídeo linkado do YouTube. Leia e compartilhe:

A Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) lançou a Bíblia “ID3”, de Thalles Roberto, com as composições, testemunho e ministrações do cantor, e a iniciativa gerou enorme polêmica nas redes sociais.

O cantor apresenta a iniciativa como uma tentativa de alcançar os jovens que não são atraídos naturalmente pela leitura: “O jovem não lê Bíblia. O jovem gosta de música, gosta de louvor, de pular, de gritar, de celebrar. Mas muitos jovens têm dificuldade de ter consistência no relacionamento com Deus”, disse Thalles.

“Eu não quero obrigar ninguém a comprar a Bíblia do Thalles, mas Deus me deu uma influência. O meu Facebook está entre os maiores do País. Eu quero influenciar os jovens a ler a Bíblia, foi por isso que coloquei meu nome aqui”, acrescentou o cantor, frisando que seu objetivo “não é vender Bíblias”.

Bíblia do Thalles Roberto, Zuera, Bíblia do Thalles Roberto, Zuera, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

No entanto, muitos internautas receberam a “bíblia do Thalles” com desconfiança: “Se o objetivo não é vendas de Bíblia então doe para os jovens ao invés de vender”, disse um internauta.

Outro usuário já preferiu destacar a característica da Bíblia “ID3”, que traz a história do cantor antes do livro de Gênesis: “Antes de conhecer Deus tem que conhecer o Thalles… Piada!!! Realmente jovem não lê a Biblia por influência de pessoas como você, que leva eles a apenas pular, gritar e achar que estão no Espírito com músicas que nada cooperam com o Reino”, criticou.

Houve quem não comprou o argumento de Thalles para a criação da versão “ID3”: “Estratégia para ser mais rico e influente. Só esqueceu de se humilhar e elevar o Reino de Deus! A palavra de Deus é eficiente por ela mesmo. Ou Jesus não sabia evangelizar?”, questionou.

Dentre os que apoiaram a iniciativa, a principal defesa foi o argumento de que não se deve julgar: “Deus nos usa de diversas maneiras e cabe a Ele decidir e não a nós jugar! Creio que muitos jovens irão se interessar, adquirir esta Bíblia e acabarão lendo a Palavra, devemos ser testemunhas de Cristo e é o que foi feito nesta Bíblia colocado os testemunhos, ao invés de criticar devemos é fazer algo!”, opinou o usuário.

Produtos assinados pelo cantor

Irmãos, abram vossas bíblia no livro do profeta Heresias - Agora na Biblia do ThallesThalles Roberto não é o primeiro artista evangélico a lançar uma Bíblia com seu nome.

Mara Maravilha (Bíblia Ministério Mara Maravilha), Ana Paula Valadão (Bíblia Diante do Trono), André Valadão (Bíblia Fé), Bispa Sônia (Bíblia Mulher De Bem Com a Vida) e muitos outros também já lançaram Bíblias com suas biografias e anotações.

Mas além da Bíblia, Thalles Roberto mantém uma loja virtual onde comercializa camisetas, bonés, pulseiras, casacos, cases para celulares, óculos, tênis, CDs, DVDS, livros de autoajuda e outros artigos.

Abaixo-assinado

O povo crente criaram um abaixo-assinado sobre o assunto e está direcionado para os órgãos diretivos da Sociedade Bíblica do Brasil – SBB. O título da petição é “Desagravo contra as “bíblias” do Thalles Roberto e “apostólica” do Ap. Estevam Hernandes e outras publicações disseminadoras de heresias com o selo da SBB”.

Nós, cristãos evangélicos abaixo-assinados, recebemos com extrema preocupação notícias referentes a publicações inadequadas produzidas em parceria com a Sociedade Bíblica Brasileira e, por esta conta, levamos às instancias dirigentes desta nobre instituição nossas preocupações a fim de que sejam tomadas as medidas cabíveis a fim de corrigir os erros introduzidos a seguir. Leia mais e assine por este link: http://bit.ly/1FAcTYE.

Assine a petição, o abaixo-assinado

Por fim… ele fala que o jovem precisa ter mais consistência com Deus! Vimos a “consistencia” dele com Deus quando cobra altos preços para louvar a Deus e deixa de louvá-lo pela falta de alguns trocados. Neste link você pode conhecer um pouco do generoso cachê de R$ 42 mi http://bit.ly/1CFKGrZ.

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Carnê da Cidadania do MEI enviado pelo Governo é válido

Carnê da Cidadania do MEI #DialisonCleberVitti, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

Somos inseridos as causas sociais e acredito na organização da sociedade. Recentemente, recebemos um bombardeio vindos dos coxinhas golpistas que não acreditam na mobilização da massa, afirmando nas redes sociais que os carnês da cidadania eram falsas. Mais uma frustrada manobra que deu errado. Articularam para que houvessem um boicote ao não pagamento do carnê e assim, muitos trabalhadores teriam seus benefícios, entre eles, beneficiários, suspensos e consequentemente, a interrupção da arrecadação de divisas ao governo.

O MEI surgiu no governo Lula e foi uma conquista dos trabalhadores autônomos a se formalizarem. Deu e está dando certo e nós acreditamos nesta política. Eu e minha esposa somos MEI. O carnê é válido e já pagamos as primeiras parcelas.

Dando continuidade ao projeto iniciado em 2014, a Secretaria da Micro e Pequena Empresa (SMPE), começou a enviar pelos Correios, em janeiro deste ano, o ‘Carnê da Cidadania 2015’ aos 4,7 milhões de microempreendedores individuais. A medida visa facilitar o acesso as guias de pagamento das contribuições.

Segundo o ministro da SMPE, Guilherme Afif Domingos, a  alta inadimplência motivou o envio dos carnês pelos Correios. “O MEI utilizou o portal para se inscrever, mas não tem o hábito de utilizar a internet também para imprimir os boletos todos os meses, por isso, resolvemos voltar ao velho e bom carnê”.

A vantagem de manter o pagamento das parcelas em dia é o direito aos benefícios como, aposentadoria por idade, licença maternidade, auxílio doença, entre outros. Quem preferir poderá continuar baixando as parcelas pelo Portal do Empreendedor (http://www.portaldoempreendedor.gov.br/).

O Carnê da Cidadania inclui os valores de todos os tributos para o MEI trabalhar formalizado. Para a Previdência Social são recolhidos 5% do salário mínimo ao INSS, que para 2015, com o reajuste no valor, será de R$ 39,40, mais R$ 1,00 de ICMS para atividades de indústria, comércio e transportes de cargas interestadual e/ou R$ 5,00 ISS em atividades de prestação de serviços e transportes municipais.

Fonte: Assessoria de Comunicação da SMPE

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Busque a amizade

Amizade, Provérbios, Provérbios 18:24, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

O que encobre a transgressão busca a amizade, mas o que renova a questão separa os maiores amigos
Provérbios 17.9

Quando o Senhor fizer você conhecer algo de errado que alguém cometeu, não seja o fofoqueiro da cidade, que gosta de espalhar a má notícia para a pessoa ser vista como desqualificada. Esse prazer mórbido jamais deve entrar em seu coração! Em situação como essa, primeiro ore a fim de receber a direção do Pai. Então, com a sabedoria do Alto, procure quem está no erro, diga o que você soube ou viu e, com amor, repreenda-o na Palavra.

No entanto, ao procurar o irmão que caiu, esteja atento para não sair da presença de Deus, pois o relato que ele fizer pode vir a ser um laço para você. O mal é tão pernicioso a ponto de contaminar o mais santo dos filhos de Deus. Não se precisa aprofunde nos detalhes e, ainda que isso seja necessário, vigie e ore para não entrar em tentação. Lembre-se de que, em todos os tempos, as nossas vestes devem estar alvas, sem impurezas do inimigo.

Outro fator importante é não agir de modo autoritário, porque tal atitude pode ser um golpe para quem caiu e até mesmo para você. Tudo o que fizermos deve ser de acordo com a Palavra, mas no espírito do Novo Testamento. Pense nas vezes em que você quase caiu ou, quem sabe, chegou a cair. Por esse motivo, com brandura e meiguice, traga a pessoa que não vigiou à razão e ao amor de Deus. É importante jamais sair das Escrituras.

A orientação de encobrir os erros foi dada sob a Lei – segundo a qual os pecados eram “cobertos” pelo sangue de animais –, uma vez que Jesus ainda não tinha vindo e morrido na cruz. No entanto, com a morte do Salvador, as transgressões foram desfeitas e lavadas no Seu sangue. Com isso, as pessoas puderam receber a remissão delas. O perdão completo está à disposição de quem se apropria do que o Senhor fez no Calvário. Por isso, leve a pessoa ao perdão e seja amado por Deus.

O propósito do cristão deve ser conduzir quem errou à comunhão com o Senhor e não levá-lo à derrota, estado em que ele já se encontra. Com isso, você estará agradando bastante Àquele que quer o bem de todos. O Pai trabalha para salvar vidas e não lançar as pessoas para o fogo eterno. Ele só fará isso no último dia com aqueles que se recusarem a viver a Verdade. Portanto, seja um obreiro de valor, fazendo com que muitos cheguem ao arrependimento e à salvação.

Mais uma vez, eu (Missionário R. R. Soares) o advirto a ficar atento às operações do maligno, pois Ele fará tudo para tentá-lo, a fim de que conte a vida alheia para alguém mais. Mesmo que alguém seja seu confidente, no final, você terá separado os maiores amigos. Então, não deixe o erro de uma pessoa separar você das amizades sinceras; seja firme na sua obra, não se dobrando a nenhuma manobra de Satanás. Se algo lhe é revelado, aja como faria o Senhor.

Somos chamados para unir as pessoas e levar os perdidos à comunhão. Se assim o fizermos, cumpriremos uma das missões que a nós foi confiada. Portanto, continue a fazer o que lhe foi ordenado, sem se desviar para lado algum, ainda que receba outras incumbências. Jamais julgue a importância da tarefa pelas suas conveniências.

Em Cristo, com amor, R. R. Soares

Oração

Deus perdoador! Bom seria se sempre fôssemos Teus servos e, mesmo vendo alguém no erro, não saíssemos comentando o que ele fez por ter sido enganado pelo inimigo. Só devemos propagar a Boa Notícia.

Devemos saber o que dizer aos que caem, a fim de que se recuperem. Há muitos que ainda se deixam levar pelas tentações e, depois da queda, continuam escorregando até chegarem à perdição completa.

Que possamos unir os amigos e fortalecer os laços de amizade. Não podemos nos submeter às tentações de manchar o nome dos fracos, contando os seus tristes atos. Em situações de pecado, queremos ser somente Teus servos.

Texto e oração extraídos das mensagens diárias recebidas do Missionário R. R. Soares

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Conheçam a corrupção e os lugares de fala do PSDB

A corrupção e os lugares de fala do PSDB - Candidatos de ficha suja por partido, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

Artigo de Mailson Ramos

A ânsia dos manifestantes de 15 de março era o combate à corrupção. O único ponto pacífico entre suas opiniões e as minhas é este. Nada mais nos identifica. E por quê? É simples explicar: no meio daquela turba desenfreada que vociferava “fora PT” existiam políticos que alguns dias depois seriam denunciados por recebimento de propina. Posso citar um nome? Agripino Maia (DEM-RN). Se a ânsia é contra a corrupção e se ela deve ser varrida da nossa política, por que os senadores do PSDB não assinaram a CPI do HSBC? Como se explica a inércia de um partido que defende a anticorrupção diante de um esquema bilionário de irregularidades em contas bancárias no exterior? Definamos, portanto, uma análise concreta dos lugares de fala e do que tem sido a luta dos tucanos contra a corrupção, esta endemia que o atormenta?

Alberto Youssef tem as delações premiadas mais vistas na história da justiça brasileira. E vejam os senhores e senhoras que a investigação é de caráter “sigiloso”. Textos transcritos e videos marcam a participação do doleiro nas investigações sobre o esquema de corrupção na Petrobras. De repente vaza uma gravação em que Youssef relata o recebimento de propina do então deputado estadual Aécio Neves junto à uma diretoria de Furnas. A Lista de Furnas era até então peça literária criada pela esquerda, segundo um articulista de ‘Veja’. Este mesmo articulista teria o nome citado em documentos com letras garrafais: Reinaldo Azevedo. Ele é um dos principais “guerrilheiros” contra a “corrupção petista”. A Lista de Furnas, não como peça literária, passou pelo crivo da PF, tendo sido atestada sua legitimidade para fins de investigação.

Não é necessário ir adiante com elucubrações que somente ilustrarão o analfabetismo político de quem pisou os pés nas avenidas deste país no fatídico meado de março. Não vale a pena porque eles não estão interessados em varrer a corrupção do país, muito menos impor justiça a todos os políticos descomprometidos com a verdade. Se acaso fosse de interesse varrer a sujeira deste país, os reacionários começariam por seus próprios carpetes onde se acumula uma imundícia intocável pelas mãos da justiça. É vergonhoso. Faz-se necessário, agora, assumir todos os erros, inclusive aqueles que a história suprimiu. Porque jamais foi contada com detalhes a compra da reeleição de FHC, os mecanismos de pagamento das propinas de Furnas, a construção do aeroporto de Cláudio.

Fosse esta uma luta amplificada contra a corrupção, não estaria apenas o PT no banco dos réus. Estar no banco dos réus faz com que o PT repense suas atitudes como partido do governo. Mas se as outras legendas são isentas e passam despercebidas pelo crivo da imprensa e da justiça, dirá a sociedade que elas são honestas. Ora, não sejamos inocentes. O Brasil cai pelas tabelas justamente porque a corrupção é fisiológica aos partidos. Enquanto não se discute profundamente estas questões, a imprensa traça um roteiro que nos faz crer numa República sucateada por um partido e que pode se restabelecer caso elejamos o candidato de sua preferência.

Paulo Roberto Costa foi tratado como “amigo” da justiça enquanto delatou os esquemas envolvendo o Partidos dos Trabalhadores e os partidos da base aliada. Bastou falar que o falecido presidente doPSDB, Sergio Guerra, pagou propina para calar a CPI, se transformou em persona non grata para a imprensa e para os delegados da PF, sediados em Curitiba. Varrer a corrupção não é interesse apenas destes que foram às ruas no mês de março. É um interesse nacional e que não se concretiza na figura de ninguém, além do sujeito brasileiro e de suas instituições públicas. Não é Aécio Neves ou oPSDB a representação fidedigna da lisura na política nacional. Muito pelo contrário.

*Mailson Ramos é escritor, profissional de Relações Públicas e autor do blog Nossa Política. Escreve semanalmente para Pragmatismo Político. Esse artigo foi pescado do blog Pragmatismo.

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Salvem as baleias dos testes de sonar mortais da Marinha!

Baleia bicuda, Care2, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

Diga a Marinha: Pare de matar baleias bicudas!

As baleias de bico são as gigantes do oceano e mergulhadoras profundos. Eles não parecem vulneráveis, mas contra os sonares da Marinha os EUA, elas são. Pergunte a Marinha dos EUA não para matar baleias em nome de jogos de guerra e testes de armas.

Sonar da Marinha perturba a capacidade de baleias de bico para mergulhar, causando hemorragias cerebrais. As baleias acabam encalhados em terra, onde eles morrem em agonia com sinais físicos de aflição de sonar de jateamento. Alguns cientistas acreditam que estas baleias encalhadas representam apenas uma fração das baleias que sonar mata.

A morte dolorosa de transeuntes inocentes de baleias é um preço alto demais para testes sonar. Envie uma mensagem para a Marinha: Parem de matar baleias com explosões de sonar!

Por Kayla C., equipe Care2

Abaixo-assinado, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Mundo, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Filme colaborativo retrata os anos de chumbo no Brasil em 50 olhares

Um Golpe, 50 Olhares, Documentário, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

Um Golpe, 50 Olhares. Este é o nome do filme que reúne 50 vídeos de um minuto de duração produzidos por realizadores de diferentes lugares do Brasil. A produção colaborativa busca retratar o olhar da sociedade brasileira sobre os anos de chumbo no Brasil passados 50 anos do golpe civil militar. Nesta quarta-feira (1), se completam 51 anos. O resultado é um painel de reflexões sobre o período e seu legado negativo para o país.

O projeto é fomentado pela Comissão de Anistia do Ministério da Justiça, por meio do edital Marcas da Memória, e organizado pela ONG Criar Brasil – Centro de Imprensa, Assessoria e Rádio. De acordo com Marcia Vales, coordenadora do projeto, foram 97 inscritos com depoimentos, entrevistas e animações. O resultado final foi lançado na última segunda-feira (30) no Rio de Janeiro.

A iniciativa foi uma oportunidade para os brasileiros revelarem em um minuto seu olhar sobre a ditadura, especialmente sobre as violações aos direitos humanos fundamentais ocorridas neste período, que deixaram marcas profundas na sociedade, e as suas consequências atuais.

Para Marcia, é muito importante que num momento em que parte da população vai às ruas pedir a volta da ditadura o assunto seja levantado para que todos possam entender o que aconteceu naqueles anos. A coordenadora acredita que as pessoas precisam entender todas as violações de direitos sofridas para que isto nunca mais se repita.

A fonte é da Agência Pulsar

Sinopse

Um Golpe, 50 Olhares é uma produção colaborativa, que busca retratar o olhar da sociedade brasileira sobre os anos de chumbo no Brasil passados 50 anos de golpe civil militar. Para tanto, reúne 50 vídeos de 1 minuto de duração produzidos por realizadores de diferentes estados do país. O resultado é um painel de reflexões diversas sobre o período da ditadura e seu legado negativo para a sociedade brasileira.

O projeto é fomentado pela Comissão de Anistia do Ministério da Justiça, através do Projeto Marcas da Memória, e organizado pela ONG CRIAR BRASIL – Centro de Imprensa, Assessoria e Rádio.

TVs interessadas em receber o material em HD devem entrar em contato pelo email: 50olhares@criarbrasil.org.br.

Um Golpe, 50 Olhares, Documentário, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed :D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Declaração da Via Campesina sobre Migração e Trabalhadores Rurais

Declaração Campesina La Via sobre Migração e Trabalhadores Rurais, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

25 mar 2015 – Fórum Social Mundial 2015 Tunis

A migração dos povos através das barreiras arbitrárias é uma parte integrante da história humana. Enraizado na busca de melhores condições de vida, esse movimento de povos de um lugar para outro mais tarde foi transformado em um processo social, econômico e político que tem em grande parte serviu para beneficiar as elites dominantes – os comerciantes de escravos do passado e as multinacionais do presente. Hoje, como o capital exige liberdades excepcionais para si – combinados com maiores restrições sobre os pobres – guerras, exclusão social, a injustiça econômica, e a crise climática global estão forçando milhões de seres humanos em busca de refúgio para além das fronteiras impostas internacionalmente.

Como o capital financeiro e do agronegócio concentra seu poder e participações – decrescentes oportunidades para a agricultura familiar diversificada e sustentável – os meios de subsistência precários continuam a pressionar agressivamente um número crescente de pessoas rurais da suas terras e para a cidade.

As políticas neoliberais, acordos de livre comércio, o desenvolvimento da agricultura industrial, a concentração de áreas de produção … têm efeitos destrutivos sobre o meio ambiente, a biodiversidade, o clima e local, especialmente camponês, as economias. Estas políticas agressivas que impõem um modelo de desenvolvimento baseado na exploração dos recursos, a grilagem das terras comuns, o roubo de terras agrícolas e de exploração dos camponeses, bem como a das mulheres e homens que trabalham a terra, ter um efeito particularmente duras sobre comunidades camponesas. Pessoas arruinadas não têm outra opção de deixar família, terra e comunidade a buscar os meios de sobrevivência em algum outro lugar, nas grandes cidades ou em quaisquer países.

Uma vez urbanizada, nosso povo é improvável encontrar oportunidades em nossos países e em breve tornar-se os migrantes de hoje, a mão de obra barata dos interesses corporativos. No mais revelador dos casos, os camponeses deixar a agricultura familiar para se tornar somente os baixos salários dos trabalhadores agrícolas de gigantes corporativos Monsanto, Cargill e DuPont. Isso ocorre tanto internamente – dentro do México ou da Palestina, por exemplo -, bem como externamente, como atravessar as fronteiras para trabalhar por aqueles que nos obrigou fora de nossas terras.

Via CampesinaNós da Via Campesina, o maior movimento social do mundo, com milhões de camponeses, mulheres, jovens, povos indígenas, afro-descendentes, pescadores e – muitas vezes devido ao deslocamento involuntário – migrantes e trabalhadores rurais, denunciar o fato de que nós, os pobres maiorias, são aqueles que mais sofrem como as alterações climáticas provocam eventos climáticos extremos em todo os nossos territórios. O termo “refugiado climático” está agora a ser usado para descrever aqueles de nós forçado de nossas terras pela crise climática global, por um alimento industrializado e sistema social que culpa suas vítimas e perdoa seus culpados.

Para avançar a luta pela Soberania Alimentar e ajudar a trazer um fim ao controle corporativo do sistema alimentar global, nós declaramos que é necessário:

  1. Acabar com a violência e repressão contra os migrantes perpetradas no contexto da chamada “Guerra ao Terror”. Retirar a questão da migração a partir da retórica em torno de “ameaças” à segurança nacional (ou doméstico) uma vez que estes são diferentes questões completamente;
  2. Pare a separação de famílias migrantes sem documentos, o que tem provocado uma crise na migração infância. Deter o confinamento das crianças migrantes nos centros de detenção, em condições insalubres e desumanas que violem os seus direitos mais elementares. Acabar com a deportação de todas as crianças desprotegidas;
  3. Proteja todos os refugiados através de instituições internacionais (como a ONU) e ONGs de autoridade moral reconhecido (como a Amnistia Internacional), salvaguardando os seus direitos como refugiados e fornecer proteção para todos os que vivem em campos de refugiados;
  4. Halt e revogar todas as políticas que criminalizam os migrantes, as políticas que aumentam a perseguição, prisões, expulsões e ataques físicos. Membros devem ser obrigados a respeitar os acordos internacionais e, se eles ainda têm de fazê-lo, a aderir à Convenção Internacional sobre a Proteção de Todos os Trabalhadores Migrantes e dos Membros das suas Famílias. Modificar toda a legislação local e nacional, de forma a cumprir com os referidos acordos;
  5. Legalize migração “clandestina”, de modo a combater a criminalização;
  6. Permitir (ou garantia) aos migrantes acesso ao mercado de trabalho em condições equivalentes aos trabalhadores “nacional”.
  7. Opor-se todos os programas de trabalho temporário, que só servem para dividir a classe trabalhadora e enfraquecer nossas organizações e lutas. No que diz respeito aos trabalhadores temporários agrícolas (braceros, trabalhadores convidados, contratados de origen, etc.), esses acordos servem apenas para beneficiar industrial agrícola, fornecendo-lhe barata e dócil trabalho agrícola;
  8. Organize todos os migrantes, fortalecendo os nossos direitos de negociação colectiva e à greve. Praticar a solidariedade em uma base contínua, permanente, adotando firmemente o princípio de que “uma lesão a um é um prejuízo para todos”;
  9. Desmonte todos os acordos de livre comércio, em especial aqueles com os maiores impactos sobre os recursos coletivos, comunidades rurais e os povos indígenas. Implementar a Soberania Alimentar, em contraste direto e em litígio com o sistema alimentar controlado pelas corporações;
  10. Desafie o modelo capitalista de crescimento económico e do chamado desenvolvimento “verde”, que não aborda as causas da crise climática, uma crise que está a exacerbar a crise migratória. Os resultados da crise do clima – secas extensas, inundações, avalanches, terremotos, maremotos, etc., que são cada vez mais frequente, agora são responsáveis ​​por 25% de toda a migração involuntária em todo o mundo, agora estimado em 210 milhões de pessoas [de acordo com a Organização Internacional para as Migrações ( www.iom.int )];
  11. Reconhecer as causas sociais da crise climática global e forçar as empresas transnacionais e seus governos nos países industrializados a aceitar sua responsabilidade na onda de refugiados do clima. Em nível nacional, incorporar as vítimas do deslocamento ambiental nas estratégias de desenvolvimento social que ajudam a organizar e capacitar esses povos;
  12. Desenvolver planos de ação com prazos específicos para as políticas nacionais de investigação e desenvolvimento, dando prioridade à agricultura camponesa sustentável como uma opção viável para combater a crise climática e reduzir os impactos de deslocamento do meio ambiente;
  13. Bring Down Todos Paredes: México-EUA, Melilla e Ceuta, Palestina (Cisjordânia), Saara Ocidental, etc., porque não só representam uma agressão bárbara contra a humanidade, separando os povos, mas também representam uma afronta à natureza. Enquanto fronteiras geográficas existentes já contribuem para desastres ecológicos, novas paredes divisórias só piorar a situação;
  14. Acabar com todas as guerras de ocupação territorial, a extração da riqueza e da escravização de povos indígenas.

Estamos aqui no Fórum Social Mundial 2015, em Tunis para que todos saibam, que este é o nosso compromisso e que estamos prontos para se unir com todos os movimentos sociais e populares para construir uma aliança internacional de camponeses, trabalhadores migrantes, povos indígenas e sociais lutadores para um mundo mais humano, dignificar e melhor.

Via Campesina

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Mundo, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Blog do Planalto atinge 300 mil usuários no Twitter e eu sou um deles

Blog do Planalto, Twitter, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

A conta do Blog do Planalto no Twitter chegou aos 300 mil seguidores nesta segunda-feira (30). Criado em junho de 2009, o perfil intensificou sua atuação a partir da criação do Gabinete Digital da Presidência da República, em 2013, concomitante ao lançamento dos outros canais do Palácio do Planalto nas redes sociais, como a página no Facebook e o perfil no Instagram.

Em cerca de 28 mil tuítes, já foram registradas as principais agendas oficiais da presidenta Dilma Rousseff, encontros com chefes de Estado, lançamento de programas, inauguração de grandes obras, pronunciamentos à nação, além de falas de ministros e entrevistas com brasileiros que protagonizam os avanços sociais vividos pelos Brasil nos últimos anos. No canal também são divulgadas todas as matérias do Blog, assim como as notas emitidas pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República.

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Vitória! Após 14 anos, SBT consegue na Justiça o direito de “inspecionar” dados do Ibope

sbt, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

Somos enganados a todo tempo e ainda acreditamos em mentiras. Institutos de pesquisas é uma organização fechada a serviço do quem dá mais e manipulam resultados. Eu sempre apoiei quem encara de frente essas organizações monopólicas, como as da comunicação. Mais um ponto para Silvio Santos!

Depois de 14 anos de disputa judicial, o SBT conseguiu o direito de ter acesso à metodologia de aferição de audiência do Ibope. Segundo o blog Notícias da TV, do UOL, a decisão foi tomada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), que ordenou que o Ibope revele dados confidenciais de sua pesquisa e das chamadas “real time” (audiência em tempo real).

O processo começou em 2001, quando a emissora de Silvio Santos foi penalizada com a suspensão de 24 horas do serviço de apuração. Sentindo-se lesado, o SBT processou o Ibope e pediu acesso aos dados confidenciais da mediadora. SBT, Record, Bandeirantes e RedeTV! formaram uma aliança para instalar no Brasil o instituto alemão GfK, que medirá a audiência dos canais de TV aberta do país. O serviço deve começar a operar em abril deste ano.

Fonte: Portal Imprensa

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

17 de abril, luta contra as empresas multinacionais e acordos de comércio livre

17 de abril luta contra as empresas multinacionais e acordos de comércio livre, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

La Via Campesina declarou 17 de abril como o Dia Internacional de Luta Camponesa, a fim de destacar a luta e para denunciar a criminalização dos protestos. Camponês e os agricultores são perseguidos e sofrem violência diariamente, como resultado das ações do agronegócio e da implementação de políticas neoliberais no campo. Para o Movimento Internacional dos camponeses e agricultores, é urgente acelerar a aprovação da Declaração das Nações Unidas sobre os Direitos dos Camponeses e outras pessoas que vivem em áreas rurais. A Declaração será uma ferramenta para apoiar a luta pela vida e dignidade no campo.

Este 17 de abril de 2015, La Via Campesina irá concentrar os seus mobilizações sobre os impactos das empresas transnacionais e acordos de comércio livre em camponesa e agricultura de pequena escala e da soberania alimentar nacional. Estamos chamando para o reforço da luta social e da organização mundial dos povos, para exigir uma reforma agrária genuína e fazer valer o direito ancestral de terras e territórios, um elemento central da agricultura camponesa e dos Povos Soberania Alimentar.

Desde 1996 – em honra dos 19 camponeses sem terra massacrados no Brasil – a Via Campesina Internacional celebrou este dia global de ação e mobilização. É um dia para celebrar e fortalecer a solidariedade e resistência das pessoas, e para aprofundar a aliança entre a cidade e o campo em apoio a um projeto de sociedade baseada na justiça social e da dignidade dos povos.

Nós, os homens e mulheres camponeses e pequenos agricultores, povos indígenas, afro-descendentes, e sem-terra do mundo estão lutando para construir um modelo de produção baseado na agricultura camponesa e de pequena escala e soberania alimentar. Acordos de Livre Comércio contrária a este projeto; eles aumentam ainda mais o deslocamento, expulsão e destruição de camponeses através da promoção de um modo de produção capitalista industrializada fortemente dependentes de agrotóxicos. Esses acordos são negociados sob a influência, e para os interesses de um punhado de empresas transnacionais; a voz do povo é excluído.

Para La Via Campesina, as políticas que visam abrir e desregulamentar os mercados só servem os interesses das corporações transnacionais. Estes acordos comerciais e mercantis – sejam eles multi ou bi-lateral – basicamente buscam proteger as empresas estrangeiras, estabelecendo um conjunto de condições, medidas e regras para proteger os seus investimentos. Enquanto isso, a liberalização dos mercados tem impactos sociais e econômicos severos sobre camponeses e agricultores no Norte e no Sul. Acordos de Livre Comércio colocar os direitos de comércio sobre todos os outros direitos e interesses.

Para fornecer apenas um exemplo, a União Europeia, os Estados Unidos e Canadá estão atualmente a negociar os acordos de comércio livre mais importantes da história. Estes acordos vão liberalizar os mercados de comércio e investimento. Eles vão ter um impacto global e definir, de uma forma que é favorável aos negócios, as novas regras pelo qual as empresas transnacionais podem operar. Se aprovada, estes acordos fornecerá corporações com as novas ferramentas que eles precisam para manipular os regulamentos, normas e políticas públicas, a fim de aumentar os seus lucros, ou seja, a resolução de litígios entre investidores e o Estado e do Conselho de Cooperação Reguladora. Como resultado, estados, regiões e comunidades perderá o poder de proteger os seus próprios cidadãos e ambientes.

Via CampesinaNeste contexto, denunciamos o mecanismo de “arbitragem” sendo usado por essas empresas transnacionais para globalizar, transnacionalizar e privatizar os sistemas judiciais do mundo. Empresas privadas estão sendo autorizados a escrever as leis e de prosseguir uma estratégia destinada a estados de enfraquecimento e soberania nacional. Enquanto isso, a Organização Mundial do Comércio (OMC), está atualmente a tentar reinventar-se e lançou uma nova ofensiva contra a produção nacional de alimentos, distribuição e sistemas de reservas, que visa enfraquecer os sistemas públicos que protegem as pessoas.

Neste Dia de Ação Global, La Via Campesina insta suas organizações membros, amigos e aliados para agir em seus países e regiões para fortalecer nossa luta internacional. Essas ações podem ser mobilizações, ocupações de terras, trocas de sementes, feiras de soberania alimentar, fóruns, eventos culturais, etc.

Você pode registrar essas ações e nos envie informações sobre os eventos planejados, enviando um e-mail para lvcweb@viacampesina.org. Por favor, envie-nos fotos, vídeos, cartazes, flyers. Vamos publicar um mapa de todas as ações em www.viacampesina.org.

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Mundo, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

1964: História do Regime Militar Brasileiro

Livro - 1964: História do Regime Militar Brasileiro, Editora Contexto, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

Em tempos que a sociedade clama pela volta dos militares ao poder e a alta da aclamação por mais um golpe de Estado promovidos pelos coxinhas de 5 estrelas, nada melhor que estudar sobre o assunto, antes que seja tarde. Confira a nova publicação da Editora Contexto.

Exatos cinquenta anos atrás, o Brasil mergulhou em uma ditadura que iria perdurar por mais de duas décadas. É chegado o momento de fazer um balanço histórico do regime militar. Marcos Napolitano, conhecido historiador da USP, discute neste livro sólido e bem escrito as principais questões desses “anos de chumbo”.

A ditadura durou muito graças ao apoio da sociedade civil, anestesiada pelo “milagre” econômico? Foi Geisel, com a ajuda de Golbery, o pai da abertura, ou foi a sociedade quem derrubou os militares do poder? Como era o dia a dia das pessoas durante o regime militar? Como a cultura aflorou naquele momento? O que aconteceu com a oposição e como ela se reergueu? Qual a reação da sociedade (e do governo) à tortura e ao “desaparecimento” de presos políticos?

Obra de historiador, livro obrigatório para quem quer compreender o Brasil, uma síntese brilhante.

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 comentário

Afinal, quem ganha com o impeachment de Dilma Rousseff? Boa pergunta!

Dilma impeachment, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

Boa pergunta! A quem interessa de fato o impeachment de Dilma?

Desde que ocorreu a última eleição presidencial, na qual Dilma Rousseff foi reeleita como presidente ou presidenta do Brasil, iniciaram os movimentos para a sua derrubada. Houve várias tentativas e formas, primeiro para que nem fosse diplomada, depois que não tomasse posse e que fosse cassado o registro da Dilma e de seu vice Michel Temer e, em seu lugar, o candidato que ficara em segundo lugar, ou seja, Aécio Neves ocupasse a presidência. Como nada disso deu certo, iniciou-se uma movimentação nacional para tentar o impeachment de Dilma Rousseff, tendo como fundamento a grave crise política gerada a partir da Operação Lava-Jato que investiga o bilionário desvio de recursos da Petrobrás, apelidado de Petrolão.

Não quero aqui ser advogado da Dilma, nem do PT, nem de ninguém. Quero unicamente fazer uma reflexão sobre o que está por trás de todo esse movimento de impeachment.

Para começar, Impeachment é um ato político e não tem nada a ver com o Judiciário como alguns estão imaginando. No dicionário encontraremos a seguinte explicação:

Impeachment é uma expressão inglesa usada para designar a cassação de um chefe do Poder Executivo. Significa também impedimento, impugnação de mandato, retirar do cargo uma autoridade pública do poder Executivo

Portanto, que fique claro, que isto é um procedimento do Poder Legislativo. Em outras palavras, um ato político.

Pergunto: quem atualmente, em sua grande maioria compõe o novo Congresso Nacional? Vários deles são suspeitos e sendo acusados na Operação Lava Jato. Para dar um exemplo, segundo já publicado e veiculado na mídia impressa e televisiva, dez dos 15 deputados indicados até o momento para a nova CPI da Petrobrás receberam doações nas últimas eleições, algo em torno de R$ 1 milhão e novecentos mil reais, das empreiteiras citadas na operação Lava Jato e prováveis alvos da CPI criada.

Não. Esse país não é sério. São estes que estão propondo o impeachment de Dilma. A primeira coisa a ser deixada bem clara é que, caso isso de fato ocorresse, é que no caso de seu impedimento quem assume a presidência é o vice Michel Temer. Ora, o que significa isto, sob o ponto de vista político? Michel Temer é do PMDB, que está tão envolvido com toda esta roubalheira da Petrobrás e de tantas outras empresas quanto o PT. Também não tenho medo de afirmar que todos os partidos, uns mais e outros em menor escala estão envolvidos com irregularidades. Partido político no Brasil virou um grande negócio.

Outra coisa que tem que ser lembrado neste momento é que os governos estão a serviço das grandes empreiteiras e empresas, muitas delas multi e transnacionais. Estas, por sua vez, são altamente especializadas e envolvem e financiam políticos, governos e governantes, pois controlam todo um sistema econômico. Não é por acaso, que tantos empresários estão presos ou respondendo por crime nesta ação. Não tem inocente nesta história.

Portanto pergunto novamente: a quem interessa o impeachment? Para muitos, o impeachment acalmaria uma parte da sociedade e os enganaria, tentando mostrar que todo o problema estaria resolvido. Ledo engano.

Eu sou uma testemunha viva, como muitos que lerão este artigo, do impeachment do presidente Fernando Collor de Melo. Também fui um “cara pintada” em Belém do Pará, levando alunos do Ensino Fundamental para as ruas, com as caras pintadas, tarjas pretas e gritos de ordem. Confesso que me envolvi neste movimento nacional, por motivações ideológicas, acreditando piamente que estava ajudando a moralizar o país. Mas afinal, valeu a pena isto tudo.

O processo de impeachment de Collor foi aprovado no Congresso Nacional por 441 votos a favor e 38 contra, no dia 29 de setembro de 1992, quando foi afastado do governo. Ele renunciou no dia 29 de dezembro daquele ano o que não impediu a finalização do processo. Na época, ele foi acusado por mais de 100 crimes, entretanto no dia 12 de dezembro de 1994, o Supremo Tribunal Federal inocentou Collor do crime de corrupção passiva do qual era acusado. Dos demais crimes, foi absolvido da mesma forma, tendo como advogado o ex-deputado e condenado no mensalão o advogado criminalista Roberto Jefferson. Mais tarde, Collor retornou à vida pública, deu a volta por cima e atualmente é Senador da República.

Quem estava com Collor na época, também era o atual presidente do Senado Federal Renan Calheiros, poderoso e também acusado de corrupção. Caso viesse a ocorrer o impeachment de Dilma, Renan seria o maior beneficiado com todo o processo. Portanto, pergunto novamente: Vale a pena? A quem interessa?

Nossa luta não pode ser por um processo de impeachment, mas sim contra a corrupção. Esta sim deve ser combatida, e ressalte-se, está em todos os partidos e no DNA de grande parte dos políticos que se dizem representantes do povo. Estes, não representam o povo, mas unicamente as grandes empresas, os oligopólios, as transnacionais que os bancam para que ajam em favor de seus interesses econômicos.

Espero sinceramente, que todos os envolvidos com a corrupção, empresários, políticos ou mesmo representantes de outros poderes, seja na Petrobrás ou qualquer outra empresa, sejam punidos.

Para finalizar, lembro o que tenho dito a meus alunos de Comunicação Social, que grande parte da mídia está a serviço desta onda e por este motivo cito Joseph Pulitzer, inspirador do principal prêmio de imprensa e literatura nos EUA:

Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma

Escrito por Wolfgang Teske, Conexão Tocantins e copiado do blog Pragmatismo Político (Twitter e Facebook).

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

A igualdade entre homens e mulheres na economia só será atingida em 81 anos

Igualdade entre homens e mulheres, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

A igualdade entre homens e mulheres tem avançado lentamente, conclui relatório das Nações Unidas (ONU) que avaliou a equidade de gênero em 167 países. O documento será apresentado segunda-feira (9) pelo secretário-geral Ban Ki-moon, em referência ao Dia Internacional da Mulher comemorado no dia 8 de março.

O relatório destaca que, no ritmo atual, serão necessários 81 anos para se alcançar a paridade de gênero na economia e 50 anos para a igualdade na representação parlamentar.

O levantamento é um balanço da aplicação das normas adotadas pelos países na Quarta Conferência Mundial sobre a Mulher, em Pequim, na China, há 20 anos. Lá, foi pactuada uma plataforma de ação para ser cumprida pelos governos, iniciativa privada e sociedade.

“Há uma lacuna decepcionante entre as normas e a implementação da Plataforma de Ação de Pequim, e um fracasso coletivo de liderança nos progressos para as mulhere, disse a diretora executiva da agência da ONU para Mulheres, Phumzile Mlambo-Ngcuka, na sexta-feira (6). “Os líderes com poder para fazer essas ações falharam com mulheres e meninas”, avaliou.

Em 1995, 189 países assinaram a Plataforma de Ação de Pequim. De la para cá, a ONU mostra que houve poucos progressos para acabar com leis discriminatórias, aprovar leis contra a violência dirigida a mulheres e meninas. No entanto, a ONU reconhece que caiu a mortalidade materna, aumentou o número de jovens em escolas primárias e a participação de mulheres mercado de trabalho.

“Os ganhos contrastam com o fato de, apesar da melhoria de educação, as mulheres têm alguns dos piores empregos, enquanto o fosso salarial entre os gêneros é um fenômeno mundial”, diz a agência, em comunicado divulgado pela ONU Mulheres. A estimativa é que elas ganham salários 77% menores do que o dos homens.

“Deixe-me sugerir três requisitos essenciais [para equidade de gênero]: vontade e liderança política inabaláveis; aumento dos investimentos na agenda para as mulheres e meninas e uma forte responsabilização que inclui a sociedade”, diz a diretora Phumzile Mlambo-Ngcuka.

Agência Brasil

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Ponte de Ilhota. Eu sempre acreditei neste sonho

Ponte de Ilhota, Maristela Pereira, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

Ela está quase pronta!

Estava navegando de bobeira pelos feeds de minha conta no Facebook e me deparei com essa foto muito bem observada pelas lentes da fotógrafa ilhotense Maristela Pereira. Ao ver a imagem, veio-me a questão do sonho ilhotense, a construção da Ponte de Ilhota que por muitos anos foi assunto nas pautas políticas de alguns gestores públicos, políticos e governadores e que hoje ganha forma e dimensão.

O sonho começa a tornar realidade.

Não quero saber quem é o pai da criança, mas deve-se dar créditos aqueles que se empenharam para que o projeto saísse do papel. Justiça seja feita. Quero aqui nesta modesta postagem lembrar do pobre mortal Almir Cesar Paul que incansavelmente lutou pela construção pela obra da Ponte de Ilhota e sem duvidas o idealista que encorajou o prefeito por esta proeza. Numa reunião do colegiado de secretários, foi reconhecido na época pelo prefeito Ademar Felisky, como um dos mais importantes articuladores do projeto. Eu estava lá e testemunho isso. Esse sonho irá proporcionar o início ao novo ciclo do desenvolvimento econômico do município. Parabéns compa!

Mas se me perguntarem quem é o pai da criança, digo que não sei! “Todo mundo” pode ser, mas é certo que esse “todo mundo” não sabem fazer filho, não sabem fazer amor. Todo mundo pode sim ser o pai da criança, menos o povo ilhotense. O povo trabalhador e pagador de imposto. Nós merecemos ser reconhecidos!

Mas assim… o que me levou a escrever esse post não é pra cometar isso aí que vocês leram e sim saber por onde andam aquelas pessoas que não acreditavam na construção deste sonho, os idiotas blasfemadores de mente poluída pela ignorância política e da corrupção. Será ao menos irão cumprir com suas promessas e irão pagar suas apostadas? Ah, lembrei! Agora eu sei por onde elas adam… essas pessoas hoje estão na prefeitura. Estranho não!

Mas a ponte, o nosso sonho, vai demorar muito ainda? Pode até demorar mais um pouquinho, mas ela irá ser realizar. Eu sempre acreditei! Continuo sonhando…

Então amigos… acreditem! A obra está em sua fase final. Logo todas as vigas estarão lançadas sobre ela pois falta bem pouco, algumas ainda. Como é uma obra pública essa fase é a mais duradoura e longínquas de chegar ao fim, mas terá sim um fim. Quando não sabemos. A coisa pública é assim!

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Minhas postagens, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Os números do #blogdodcvitti em 2014

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2014 deste blog.

Aqui está um resumo:

A sala de concertos em Sydney, Opera House tem lugar para 2.700 pessoas. Este blog foi visto por cerca de 32.000 vezes em Se fosse um show na Opera House, levaria cerca de 12 shows lotados para que muitas pessoas pudessem vê-lo.

Clique aqui para ver o relatório completo.

:D

Publicado em #blogdodcvitti | Marcado com | Deixe um comentário

Conheçam o People Selfie, a rede social dos #Selfie

People Selfie, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

Então comunidade… chegou o que faltava (#SQN) para aqueles aficionados pelos autorretratos. Em primeira mão divulgo para vocês o projeto de entretenimento online, People Selfie (www.peopleselfie.com), a primeira rede social de Selfies no Mundo! Compartilhe suas selfies, conecte-se com outros usuários. Você cadastrar como usuário no site para que nos próximos dias já sejam os primeiros a curtir essa novidade que será totalmente grátis (no momento apenas para navegadores desktop). Após se cadastrar você deve confirmar no e-mail recebido. Será que pega?

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Minhas postagens, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Santa Catarina tem a maior estrutura político-administrativa do mundo

Logo do Governo do Estado Santa Catarina, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

Com um área de 95.736,165 Km²6.727.148 habitantesSanta Catarina é um dos 27 estado da República Federativa do Brasil, localizada no centro da região Sul do país. É o vigésimo estado brasileiro com maior extensão territorial e o décimo primeiro mais populoso, além de ser o nono mais povoado com 295 municípios. Com uma economia versátil, o seu PIB é o sexto do país com R$197.470.000 mil e o PIB per capita é de R$ 29.354, o quinto (dados de 2013).

Com um governador (Raimundo Colombo do PSD) e um vice-governador (Eduardo Pinho Moreira do PMDB), os catarinenses tem ainda senadores (Dário Berger – PMDBLuiz Henrique da Silveira – PMDB; e Paulo Bauer – PSDB),  e outros representantes do povo, sendo 16 deputados federais e 40 deputados estaduais. Esse é o total de agentes ocupantes de cargos eletivos pelo estado barriga-verde.

Mas o que eu quero nesta postagem não é falar dos números bonitinhos do estado, mas dos dados mirabolantes da estrutura da administração pública do governo catarinense.  O estado tem a maior estrutura de governo do mundo e podem pesquisar que vocês não vão encontrar uma loucura dessas em nenhum lugar do mundo. O que vimos aqui em nosso estado é o dinheiro do povo servindo para pagar cabos eleitorais nessas SDR’s que muitas não tem função nenhuma.

O governo de Santa Catarina conta com uma estrutura organizacional que, com coordenação direta do governador do Estado, é responsável pelas políticas relacionadas aos diferentes setores da administração pública estadual. Trata-se de Secretarias, Empresas, Autarquias e Fundações, cujo trabalho pode ser conhecido neste post.

O pior de tudo isso é que muitos coxinhas falam e falam do governo federal, principalmente da presidenta Dilma que socou o Brasília com uma porrada de ministros e mais não sei o quê e não vejam o que os governadores fazem nos estados, onde Colombo pinta e borda com a máquina e ninguém disse nada. Eu digo… é uma vergonha! Pra finalizar esse parágrafo, com muita indignação, Raimundo Colombo foi reeleito governador em primeiro turno. Mudança? Onde que eu não vi! Segue então os órgãos da estrutura do governo:

Poder Executivo

  1. Gabinete da Chefia do Executivo:
    • Coordenadoria Estadual da Igualdade Racial – CIR
    • Coordenadoria Estadual da Juventude – CEJ
    • Coordenadoria Estadual da Mulher – CEM
    • Coordenadoria Estadual do Idoso – CEI
  2. Gabinete do Vice-Governador
  3. Procuradoria Geral do Estado
  4. Secretarias de Estado
  5. Secretarias Regionais
  6. Outros Órgãos

Secretarias de Estado

  1. Secretaria de Estado da Administração
  2. Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca
  3. Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação
    • Secretaria Executiva de Políticas Sociais de Combate à Fome
  4. Secretaria de Estado da Casa Civil:
  5. Secretaria de Estado de Comunicação
  6. Secretaria de Estado da Defesa Civil
  7. Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável
  8. Secretaria de Estado da Educação
  9. Secretaria de Estado da Fazenda
  10. Secretaria de Estado da Infraestrutura
  11. Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania
  12. Secretaria de Estado do Planejamento
  13. Secretaria de Estado da Saúde
  14. Secretaria de Estado da Segurança Pública
  15. Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte

Secretarias Regionais

  1. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Araranguá
  2. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Blumenau
  3. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Braço do Norte
  4. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Brusque
  5. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Caçador
  6. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Campos Novos
  7. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Canoinhas
  8. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Chapecó
  9. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Concórdia
  10. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Criciúma
  11. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Curitibanos
  12. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Dionísio Cerqueira
  13. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional da Grande Florianópolis
  14. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Ibirama
  15. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Itajaí
  16. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Itapiranga
  17. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Ituporanga
  18. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Jaraguá do Sul
  19. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Joaçaba
  20. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Joinville
  21. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Lages
  22. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Laguna
  23. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Mafra
  24. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Maravilha
  25. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Palmitos
  26. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Quilombo
  27. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Rio do Sul
  28. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de São Joaquim
  29. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de São Lourenço do Oeste
  30. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste
  31. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Seara
  32. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Taió
  33. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Timbó
  34. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Tubarão
  35. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Videira
  36. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Xanxerê

Outros Órgãos

Sociedades de Economia Mista, Autarquias e Fundações

  1. AGESAN Agência Reguladora de Serviços de Saneamento Básico do Estado de SC
  2. AGESC Agência Reguladora de Serviços Públicos de SC
  3. APSFS Administração do Porto de São Francisco do Sul
  4. BADESC Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina S.A. – BADESC
  5. BESCOR Besc S/A Corretora de Seguros e Administradora de Bens
  6. CELESC Centrais Elétricas de Santa Catarina S.A.
  7. CEASA Centrais de Abastecimento do Estado de Santa Catarina S.A.
  8. CEPA Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola – CEPA
  9. CIASC Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina S.A.
  10. CASAN Companhia Catarinense de Águas e Saneamento
  11. CODESC Companhia de Desenvolvimento do Estado de Santa Catarina
  12. COHAB Companhia de Habitação do Estado de Santa Catarina
  13. CIDASC Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de SC
  14. DEINFRA Departamento Estadual de Infraestrutura
  15. DETER Departamento de Transportes e Terminais
  16. DETRAN Departamento Estadual de Trânsito e Segurança Viária
  17. ENA Fundação Escola de Governo
  18. EPAGRI Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de SC
  19. FAPESC Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de SC
  20. FCC Fundação Catarinense de Cultura
  21. FESPORTE Fundação Catarinense de Esporte
  22. FCEE Fundação Catarinense de Educação Especial
  23. FATMA Fundação do Meio Ambiente
  24. IGP Instituto Geral de Perícias
  25. IPREV Instituto de Previdência do Estado de Santa Catarina
  26. IMETRO Instituto de Metrologia de Santa Catarina – Órgão Delegado do INMETRO
  27. JUCESC Junta Comercial do Estado de Santa Catarina
  28. SANTUR Santa Catarina Turismo S.A.
  29. SAPIENS PARQUE Sapiens Parque S.A.
  30. SCPAR Participações e Parcerias S.A.
  31. SCGÁS Companhia de Gás de Santa Catarina
  32. UDESC Universidade do Estado de Santa Catarina

Essas informações foram extraídas do próprio site do governo catarinense.

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Minhas postagens, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Animator vs. Animation. As proesas de Alan Becker

Animator vs. Animation, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

Alan Becker, mais conhecido pelos internautas como o garoto que fez Animator vs Animation, a grande animação que cria vida dentro do universo da tecnologia. Constituído por poderosos softwares, o garoto usa o Adobe Flash para fazer toda a animação, Adobe Premiere para fazer a edição de vídeo e Adobe After Effects para fazer o mais intenso de edição de vídeo. Eu já conhecia já essas aminações. Na verdade comecei a saber dessa revolta tecnológica que passa dentro do computador e que agora expande a briga para os smartphone a partir da segunda edição. O moleque é fera!

Aqui, indico alguns links de suas redes sociais para que você possa conhecê-lo um pouco e poder segui-lo.

Abaixo, seguem os 4 vídeos da série. Confiram, curtam e divirtam-se:

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Minhas postagens, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Vem aí… novidade na iPhoto Editora

iPhoto Editora, Altair Hoppe, iPhoto, Fotografia, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

Dia 13 de janeiro a iPhoto Editora lançará projeto inovador e inédito no Brasil e no mundo. Aguarde! Uma experiência incrível para fotógrafos e apaixonados por fotografia. Conecte-se ao futuro e viva uma nova experiência!

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Órgão oficial da maçonaria do Brasil revela lista de 110 maçons famosos. Pastores estão na lista

Maçonaria, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade.
¶ E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita.
2 Pedro 2:2-3

Verdade ou não, me assustei ao ver a lista. Não gosto dessa raça e não acredito em bobagens mas a maçonaria existe e está presente em todas as partes, inclusive na Prefeitura de Ilhota. Vivemos num mundo conspirador e não devemos seguir ideologias ou irmos atrás de líderes. Estou convicto de meus propósitos para este ano e irei romper com tudo aquilo que ainda me prende deste mundo que não sirvo mais.

A lista foi retirada do blog Anti Nova Ordem Mundial. Nela, podemos ver muitos presidentes da república, artistas, políticos e pastores. EU não acredito que esses pastores citados pela lista sejam maçons, não acredito mesmo! Eu não odeio esses pastores, pelo contrário, os apoio e o ajudo e um deles contribuo com a sua obra. Nós cristão sabemos que o inimigo tentar se levantar para sermos um contra o outro dentro da igreja e da obra de Nosso Senhor. Vai plantar batata capeta!

Se alguém estiver mentindo, não sou eu, mas reproduzi o conteúdo dos brasileiros ilustres que pertencem a irmandade. De acordo com o blog, a pesquisa foi realizada pelo Ir∴ Sebastião Wagner Pereira Alves, Venerável Mestre da Loja Maçônica Mestre Chico Abílio Nº 4246, Oriente de Fronteiras -PI. Confederada ao GOB. Neste link consta a lista em PDF que originou a publicação.

Confira os 110 mais populares da irmandade:

  1. Ademar de Barros (Ex – Governador – SP)
  2. Alceu Collares (Ex-Governador – RS)
  3. Aldo Rebelo (Político)
  4. Aleijadinho (Gênio Barroco)
  5. Almir Pazzianotto (Ex-Ministro – Governo Sarney)
  6. Alvarenga e Ranchinho (Dupla Caipira)
  7. Álvaro Dias (Senador – PR)
  8. Antônio Carlos Magalhães (Ex-Governador – BA)
  9. Antônio Palocci (Político)
  10. Barão de Mauá (Político e Industrial)
  11. Barão do Rio Branco (Diplomata)
  12. Basílio da Gama (Escritor)
  13. Benjamin Constant (O Pai da República)
  14. Bento Gonçalves (Revolucionário Gaúcho)
  15. Bob Nelson (Cantor)
  16. Campos Sales (4º Presidente do Brasil)
  17. Carlos Gomes (Compositor Clássico)
  18. Casimiro de Abreu (Escritor)
  19. Castro Alves (Poeta)
  20. Cipriano Barata (Prócer da Independência)
  21. Ciro Gomes (Ex-Governador – CE)
  22. D. Pedro I (1º Imperador e Libertador do Brasil)
  23. Delfim Moreira (10º Presidente do Brasil)
  24. Deodoro da Fonseca (1º Presidente do Brasil )
  25. Divaldo Suruagy (Ex-Governador – AL)
  26. Duque de Caxias (Patrono do Exército)
  27. Edir Macedo (Pastor Evangélico)
  28. Eliazar de Carvalho (Maestro)
  29. Enéas Carneiro (Médico e Político)
  30. Ernesto Geisel (29º Presidente do Brasil)
  31. Esperidião Amin (Político)
  32. Fábio Júnior (Cantor e Compositor)
  33. Fernando Collor (32º Presidente do Brasil)
  34. Fernando Gabeira (Político)
  35. Fernando Henrique Cardoso (34º Pr. do Brasil)
  36. Floriano Peixoto (2º Presidente do Brasil)
  37. Francisco Cuoco (Ator)
  38. Francisco Dornelles (Político)
  39. Frei Caneca (Revolucionário)
  40. General Osório (Grande Militar)
  41. Genival Lacerda (Cantor)
  42. George Savalla (O palhaço Carequinha)
  43. Geraldo Alckmim (Governador – SP)
  44. Germano Rigotto (Ex – Governador – RS)
  45. Gilberto Kassab (Ex-Prefeito de São Paulo)
  46. Gilliard (Cantor)
  47. Gilmar Mendes (Ex-Presidente do STF)
  48. Golbery do Couto e Silva (Militar)
  49. Gonçalves Ledo (Prócer da Independência)
  50. Hermes da Fonseca (8º Presidente do Brasil)
  51. Hipólito da Costa (Patriarca da Imprensa BR)
  52. Jaime Wright (Pastor Presbiteriano)
  53. Jânio Quadros (22º Presidente do Brasil)
  54. João Batista Figueiredo (30º Presidente do Brasil)
  55. João Caetano (Ator Teatral)
  56. João Paulo Cunha (Ex-Presidente do Congresso)
  57. Joaquim Nabuco (Escritor e Abolicionista)
  58. José Bonifácio (O Patriarca da Independência)
  59. José de Alencar (Escritor)
  60. José do Patrocínio (Abolicionista)
  61. José Lins do Rêgo (Escritor)
  62. José Roberto Arruda (Ex-Governador – DF)
  63. José Serra (Ex-Governador – SP)
  64. José Wilker (Ator)
  65. Júlio Prestes (Político)
  66. Lamartine Babo (Músico e Compositor)
  67. Luis Eduardo Greenhalgh (Político)
  68. Lindomar Castilho (Cantor)
  69. Luiz Gonzaga (O Rei do Baião)
  70. Luiz Vieira (Cantor e Compositor)
  71. Machado de Assis (Escritor)
  72. Manoel da Nóbrega (Produtor de Televisão)
  73. Mário Covas (Ex – Governador – SP)
  74. Marquês de Sapucaí (Político e Jurista)
  75. Michel Temer (Vice-Presidente do Brasil)
  76. Milton Gonçalves (Ator)
  77. Mozarildo Cavalcante (Senador)
  78. Nereu Ramos (20° Presidente do Brasil)
  79. Newton Cardoso (Político)
  80. Nilo Peçanha (7º Presidente do Brasil)
  81. Orestes Quércia (Ex – Governador – SP)
  82. Oscarito (Ator Cômico)
  83. Padre Antônio Feijó (Regente do Império)
  84. Paulo Maluf (Ex-Governador – SP)
  85. Pedro de Toledo (Líder da Revolução de 32)
  86. Pinheiro Machado (Advogado e Político)
  87. Pixinguinha (Músico e Compositor)
  88. Prudente de Morais (3º Presidente do Brasil)
  89. Quintino Bocaiúva (Ex-Governador – RJ)
  90. Renan Calheiros (Presidente do Senado – AL)
  91. Roberto de Carvalho (Músico. Esposo de Rita Lee)
  92. Roberto Jéferson (Político)
  93. Roberto Marinho (Dono da Rede Globo)
  94. Roberto Requião (Senador – PR)
  95. Rodrigues Alves (5º Presidente do Brasil)
  96. Roger Avanzi (O Palhaço Picolino)
  97. Rui Barbosa (O Águia de Haia)
  98. Sérgio Vieira de Melo (Diplomata)
  99. Silas Malafaia (Pastor Evangélico)
  100. Teófilo Ottoni (Político)
  101. Tião Viana (Governador – AC)
  102. Tiradentes (Herói da Inconfidência)
  103. Tonico (Dupla Tonico e Tinoco)
  104. Valdir Raupp (Senador – RO)
  105. Venceslau Brás (9º Presidente do Brasil)
  106. Vicente Celestino (Cantor)
  107. Vinícius de Moraes (Poeta e Compositor)
  108. Waldemar Seyssel (O palhaço Arrelia)
  109. Washington Luís (13º Presidente do Brasil)
  110. Zé Rodrix (Cantor e Compositor)

Como havia dito, a fonte é do fórum Anti Nova Ordem Mundial e podemos conferir o conteúdo completo por este link. Abaixo, segue alguns vídeos de um dos citados pela listas.

a maçonaria é o esgoto coletor de tudo o que a inteligência do mal produziu

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Tenha calma, 2015 chegou!

Keep Calm and Feliz 2015, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

Tenha calma meu irmão, Deus está contigo a cada minuto deste ano. Entramos em 2015, um novo ano e com certeza teremos muitas lutas, dificuldades, tribulações e provas, mas muitas bençãos excederão, porque Nosso Senhor estará conosco constantemente. 2015 será o ano das grandes realizações. Isso depende apenas de nós, porque a mão de Nosso Senhor nos sustentará. Louvado seja o tú Senhor. Feliz 2015 a todos os meus amigos e leitores e entregue sua vida a Ele que sua vida será melhor.

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Minhas postagens, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Feliz ano novo

iPhoto Editora, 2015, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed, Ano Novo

Foi um excelente ano para mim. Agradeço a Deus por tudo e pelas inúmeras oportunidade que 2014 me proporcionou. Sou muito feliz por trabalhar nesta empresa. Quero compartilha minha alegria à todos e desejar um 2015 abençoado, na presença de Deus aqueles que me acompanharam durante esse período que tornaram esse ano muito especial. Obrigado por compartilhar e multiplicar os nossos sonhos. Não podemos controlar o futuro, mas se ele é reflexo do que fizemos neste ano que encerra-se, em 2015 terá dias ainda mais extraordinários. Um feliz 2015!

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Retrospectiva da ONU 2014

Da crise na Síria e na Ucrânia até o esforço global contra o ebola, entre outros eventos que marcaram o ano, a Retrospectiva da ONU 2014 relembra acontecimentos globais destacados na imprensa internacional – e também aqueles que foram esquecidos por grande parte da opinião pública.

O trabalho cotidiano das Nações Unidas – desde a Cúpula do Clima em Nova York até projetos de agricultura sustentável em Samoa, da ajuda humanitária que chega pelo ar para um número cada vez maior de refugiados até as salas de aula no Sudão, onde crianças refugiadas aprendem com a ajuda de tablets de baixo custo. Confira nesta reportagem especial da ONU.

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Mundo, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Avaaz: em 2015, vamos sonhar grande

2015, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed

AvaazHá uma certa fragilidade no ar neste momento.

As guerras se espalham, a política do medo aumenta, nosso planeta está sendo dizimado e as mudanças climáticas ameaçam a nossa sobrevivência.

Ao mesmo tempo, o poder das mulheres aumenta, a democracia e a internet se popularizam e a pobreza global foi reduzida pela metade: as pessoas “comuns” nunca contaram com tanto poder para enfrentar os desafios que enfrentam e decidir o próprio destino. É como se a gente estivesse no limite entre nossos mais belos sonhos e os piores pesadelos que nos assombram, e temos a escolha entre reagirmos ou esmorecer.

Será que a humanidade vai sobreviver? Pode depender, em parte, de nós. Já somos 40 milhões, a maior comunidade global de mobilização que já existiu. Em setembro passado, milhões de nós mudamos o jogo político quanto às mudanças climáticas. Foi mágico. Tão inspirador quanto os milhares de nós que nos oferecemos para arriscar a vida na linha de frente contra o ebola. E os milhões de nós que nos mobilizamos para proteger nossos oceanos e derrotar um megaprojeto da Monsanto.

Políticos, jornalistas e pessoas em geral têm me dito a mesma coisa: estamos trazendo a esperança. E esperança é o fator decisivo. É com esperança que conseguimos superar desafios maioresSó fazemos esse pedido uma vez por ano: portanto, se achar que é a coisa certa para você, faça uma doação para apoiar a Avaaz em 2015 e assim nos ajudar a realizar cada vez mais. A sua doação só será processada se nosso objetivo de conseguir 20 mil novos apoiadores for alcançado.

Fazer uma doação agora permite que a Avaaz planeje suas despesas conscientemente e a longo prazo. Nossas despesas incluem a manutenção de nossa pequena porém maravilhosa equipe, do site, da tecnologia e da segurança de nossos sistemas (o que pode sair caro quando nossas campanhas são contra pessoas de caráter duvidoso!). Significa também que teremos condições de responder imediatamente a crises, na hora em que elas ocorrem, e assim embarcar em oportunidades sem demora.

Se 20 mil de nós aceitarmos o compromisso, isso permitirá a nossa comunidade expandir o trabalho no ano que vem, ajudando a salvar vidas em situações de emergência humanitária, proteger o meio ambiente e os animais selvagens, apoiar a democracia e lutar contra a corrupção, impulsionar a paz e a redução da pobreza.

Doar para a Avaaz tem um impacto duplo: além de trazer mudanças imediatas ao reforçar campanhas particulares, cada contribuição constrói a comunidade que continuará a lutar por mudança nas próximas décadas. É um investimento com resultados imediatos e a longo prazo para o futuro do nosso planeta e de nossas crianças. Clique aqui para contribuir.

Juntos, doamos milhões para a ajuda humanitária, desempenhamos um papel fundamental para impedir que Rupert Murdoch dominasse a imprensa internacional, vencemos dezenas de batalhas nacionais e globais contra as mudanças climáticas, derrotamos megaprojetos da Monsanto, garantimos a proteção de vastas áreas de nossos oceanos e florestas, asseguramos a proibição global da pesca de baleias e ajudamos a proteger elefantes e rinocerontes, apoiamos movimentos democráticos acontecendo de Burma ao Zimbábue, da Palestina à Rússia, derrubamos o ACTA e outros esforços para censurar a internet, nos opusemos à guerra injusta no Iraque e a violações de direitos humanos na Prisão de Guantánamo, e ficamos do lado de autores de denúncias como Edward Snowden e Bradley (Chelsea) Manning quando foi necessário. Em literalmente centenas de vitórias, nossa comunidade provou ser corajosa, eficaz e baseada em princípios ao buscar o mundo com o qual todos nós sonhamos.

Mas não é o bastante. Para enfrentar os desafios de nossos tempos, precisamos alcançar um outro nível e encarar face a face os governos e corporações que estão por trás dos problemas que enfrentamos. Para vencer as mudanças climáticas, precisamos bater de frente com empresas de petróleo, que gastam bilhões em lobby. Para vencer em direitos humanos, necessitamos pressionar governos abusivos, que ainda têm um poder enorme. O poder de 40 milhões de cidadãos comprometidos não pode ser freado, mas alcançar esse poder requer uma jornada de confiança, além de compromisso. Estou entusiasmado e esperançoso para dar o próximo passo nessa jornada com você.

Geralmente, organizações dedicadas à mudança social enfrentam um desafio para arrecadar fundos. Mas aceitar financiamentos de governos ou empresas privadas ameaçaria significativamente a nossa missão. Patrocínio de grandes doadores geralmente também têm condições e limitações. E estratégias de alta pressão – como telemarketing, doações pelo correio ou diretamente nas ruas – frequentemente custam quase o mesmo valor que arrecadam! É por isso que o modelo da Avaaz – com doações online da própria comunidade – é a melhor maneira para abastecer um motor da mudança social e uma parte considerável do papel da nossa comunidade.

Se pudermos multiplicar o número de apoiadores que temos, a nossa comunidade – e o nosso impacto – alcançarão um nível absolutamente novo. Não vejo a hora.

Você fazendo uma contribuição hoje ou não, saiba que eu e o restante da equipe estamos gratos por sua sabedoria, comprometimento e humanidade. Trabalhar para você é uma grande alegria! E, juntos, podemos de fato construir o mundo com o qual sonhamos, para valer.

Com amor, esperança e gratidão, Ricken e toda a equipe da Avaaz. PS: Caso esteja pensando no assunto, veja a seguir onze outros motivos para fazer uma doação para a Avaaz :)

Primeiro motivo – O nosso trabalho funciona

Com mais de 40 milhões de membros em todas as nações do mundo capazes de se mobilizar em poucos momentos em torno de necessidades e oportunidades prementes, a Avaaz funciona. Juntos, salvamos vidas no Haiti e em Mianmar, revertemos políticas estatais do Brasil ao Japão, e tivemos vitórias em tratados internacionais sobre temas que abrangem desde a proibição de bombas de fragmentação até a preservação de oceanos. Se Avaaz fosse um país, seria o 25º maior doador para o fundo de emergência do Ebola! O primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, disse o seguinte sobre a Avaaz: “Vocês são movidos pelo idealismo do mundo… Não subestimem o impacto que vocês exercem sobre as lideranças mundiais”; segundo a revista The Economist, a Avaaz está “pronta para soar um toque de despertar para as lideranças do mundo”. E para Al Gore, “a Avaaz é inspiradora e já fez uma diferença”. Nossa organização tem apenas oito anos de existência e cresce com rapidez. Quanto mais nossos membros se envolverem e fizerem doações, mais impacto teremos. Faça uma doação aqui.

Segundo motivo – Uma doação para a Avaaz é um investimento com retornos permanente em transformação social

Na Avaaz, as doações financiam campanhas de grande impacto que também recrutam mais participantes. Ter mais participantes significa mais doações – e, consequentemente, mais impacto. Assim, com sua doação você não estará apenas concretizando uma transformação específica, mas também ajudando uma comunidade a crescer com mais membros que multiplicarão nossa doação muitas vezes – uma comunidade que será uma fonte permanente e crescente de transformações. Esse tipo de impacto duplo e permanente tem um imenso valor filantrópico.

Terceiro motivo – Não temos burocracia

A Avaaz é uma gigantesca rede de cidadãos, mas nossa organização é minúscula: temos apenas 69 organizadores de campanhas trabalhando em tempo integral, prestando apoio operacional e tecnológico. A maioria das grandes ONGs de atuação mundial tem equipes com centenas ou mesmo milhares de funcionários. Nosso pequeno porte significa que não temos tempo para burocracia, administração em vários escalões, nem para nos concentrar em outra coisa além de resultados.

Quarto motivo – Temos auditorias regulares e responsabilidade fiscal

Há muitos motivos para se temer o abuso de dinheiro de doações. A maior parte deste medo é infundado: a maioria das organizações está cheia de boas pessoas com boas intenções. Na Avaaz, você pode ter certeza de que isso não acontece – em parte, porque somos obrigados por lei a passar por auditoria a cada doze meses. Essa auditoria é extremamente abrangente, minuciosa e verifica todos os aspectos de nossos livros e práticas financeiras. Fomos auditados oito vezes desde o início de nossas atividades e em todas elas ganhamos um atestado de equilíbrio absolutamente irrepreensível, clique aqui).

Quinto motivo – Temos uma equipe de primeira linha que faz um trabalho excelente

Fazer campanhas, ativismo e transformação social são coisas sérias – quanto mais competente for a equipe, maior será o impacto de nossas doações. A Avaaz atrai literalmente os melhores organizadores de campanhas e ativistas do mundo. Muitos de nossos Diretores de Campanha entraram para a nossa equipe depois de trajetórias como diretores de organizações ativistas bem-sucedidas, tendo sido a maioria deles educada nas melhores universidades do mundo. Contribua agora.

Sexto motivo – Somos 100% independentes

A Avaaz não recebe absolutamente nenhum recurso do Estado, nem de empresas. Isso é de máxima importância para garantir que nossa voz seja determinada exclusivamente pelos valores compartilhados por membros e não por um grande financiador ou programa de ação. Embora tenhamos recebido doações iniciais de organizações parceiras e entidades beneficentes, atualmente 100% do orçamento da Avaaz provém de pequenas doações via internet. Isso significa que o único programa de ação que temos de seguir é aquele determinado pelo povo.

Sétimo motivo – Repassamos o dinheiro quando isso fizer sentido, apoiando as melhores iniciativas

Avaaz já doou quase US$ 10 milhões a outras organizações, porque vimos que elas estavam melhor posicionadas que nós para gerar impacto em determinadas questões. Por exemplo, doamos US$ 2 milhões a organizações que estão na linha de frente contra o Ebola, US$ 1 milhão para um importante grupo de conservação de florestas tropicais, US$ 1,6 milhões aos monges e grupos humanitários de Mianmar e US$ 1,3 milhões a organizações humanitárias do Haiti (veja este vídeo feito pelos grupos que receberam doações nossas). Nosso modo de apoiar outras organizações é também importante. A maioria das fundações tem processos e barreiras infindáveis que as tornam lentas, burocráticas e conservadoras quanto aos riscos de apoiar uma causa de ativismo. A Avaaz encontra as melhores pessoas e organizações e não tenta controlá–las nos mínimos detalhes – nós apenas damos a elas a autonomia para fazer o que elas fazem de melhor.

Oitavo motivo – Somos políticos (isso é muito importante)

A maioria das entidades beneficentes oferece dedução do imposto de renda para suas doações. Porém, isso significa que elas são, de certa forma, financiadas parcialmente pelos contribuintes e o Estado usa isso para impor uma série de regras pesadas capazes de controlar o que as entidades podem ou não podem fazer. A principal dessas regras é a restrição sobre o que se pode dizer para criticar, apoiar ou atacar um político. A Avaaz é um caso muito raro, no sentido de que nossas doações não são dedutíveis do imposto de renda e, portanto, estamos 100% livres para dizer e fazer o que for necessário a fim de fazer as lideranças mundiais ouvirem a voz do povo. Como há tantas questões importantes pelas quais se luta, com ou sem sucesso, na esfera política, isso nos torna muito mais eficientes que grupos de ativistas que se esquivam de se expressar em público sobre política.

Nono motivo – Atuamos em áreas de grandes necessidades e oportunidades

A maioria das organizações se concentra em uma única problemática durante um longo período. Isso é muito importante, mas pode também significar que quando surgem necessidades urgentes ou oportunidades incríveis de transformação social, elas são ignoradas porque todos estão trabalhando com suas próprias questões. As campanhas da Avaaz têm por alvo as necessidades e oportunidades mais urgentes, que surgem justamente quando se mais precisa de uma poderosa explosão de atenção por parte das pessoas do planeta. Trabalhamos continuamente com parceiros de alta qualidade nas áreas em que fazemos campanha e todos descrevem a Avaaz como uma organização que agrega valor ao que eles fazem. Clique aqui para doar.

Décimo motivo – A prestação de contas democrática está indelevelmente embutida em nosso modelo

O modelo de campanhas da Avaaz é alimentado pelo povo. Nossas prioridades são definidas com frequência anual e semanal por pesquisas feitas em nosso quadro de membros, assim como cada campanha que fazemos. Não importa quanto esforço tivermos empregado no desenvolvimento de uma campanha: se ela não obtiver a aprovação dos membros, não a executaremos. Assim, diariamente, são nossos próprios membros que definem diretamente como devemos usar as doações que recebemos.

Décimo primeiro motivo – Não há outra organização como a nossa

A Avaaz é a primeira e única organização de ativistas genuinamente internacional com participação em massa, uso de alta tecnologia, alimentada pelo povo e dedicada a problemáticas múltiplas. Em um mundo no qual os problemas que enfrentamos têm caráter global, e cujas soluções exigem cada vez mais uma ação democrática global, a Avaaz tem uma posição única para gerar transformações. Nenhuma outra organização é capaz de mobilizar rapidamente e em grande escala uma pressão democrática em 194 países em menos de 24 horas. Um novo modelo de política baseada na internet e alimentado pelo povo tem mudado a política em diversos países, e a Avaaz está levando esse modelo de sucesso comprovado ao nível global. O resultado disso é um movimento virtual global que já é o maior da história – e nós estamos apenas começando.

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Mundo, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

2014, um ano difícil para a Liberdade de expressão

Liberdade de Imprensa, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

Não há justiça sem imprensa. A publicidade é o princípio, que preserva a justiça de corromper-se. Todo o poder, que se oculta, perverte-se.

E termina 2014. Um ano bastante difícil para a liberdade de expressão. Ano passado, ao escrever a retrospectiva 2013, já previa essa realidade para a área de comunicação no Brasil, especialmente por conta das eleições, mas não imaginava as inúmeras violações democráticas que nos aguardava.

Tivemos inúmeros vilões neste ano, mas sem dúvida alguma o Estado foi quem mais cometeu ilegalidades contra a palavra, a expressão e o direito que tem a impressa de exercer o que lhe foi garantido pela constituição.

Não podemos esquecer que, para o exercício da liberdade de expressão, o Brasil acolheu a teoria libertária, que pressupõe a não intervenção estatal na produção de conteúdo jornalístico, ou seja, é defeso ao Estado ditar o que deve e o que não deve ser dito pelos veículos de comunicação.

No entanto, o ano de 2014 foi bastante pródigo nas intervenções estatais, seja pela atuação política dos governos, seja ainda pela compreensão equivocada que a Justiça brasileira tem feito do exercício jornalístico desenvolvido pelos veículos de comunicação, especialmente em períodos de eleição.

Não obstante uma disputa eleitoral que há muito o Brasil não presenciava, a imprensa teve contra si toda sorte de violação. Primeiro pelo fato de a Justiça eleitoral brasileira ainda defender que material jornalístico constitui propaganda eleitoral e, por conta disso, determinar a edição de texto, a retirada de circulação ou veiculação de conteúdo ou mesmo determinar a publicação de resposta para texto jornalístico absolutamente crítico ou revelador de fatos de interesse da sociedade. Assistimos a isso atônitos no período eleitoral. Alguns dos mais renomados veículos de comunicação do Brasil tiveram contra si decisões que determinavam edições e retiradas de texto, bem como a imediata publicação de resposta, sob o argumento de que constituíam propaganda eleitoral.

Além de conteúdo jornalístico nem mesmo se assemelhar a propaganda eleitoral, impossível de essa Justiça Especializada, que necessariamente emprega um procedimento célere, sem a possibilidade de uma fase instrutória, avaliar se um material jornalístico falseia a verdade e, a partir daí, condenar como propaganda todo trabalho de campo e de redação jornalísticos.

Também a merecer destaque negativo em 2014, tivemos o entendimento do Tribunal Superior Eleitoral que impediu a publicidade de importante revista nacional, simplesmente pelo fato de esse periódico ter estampado na capa a imagem de um candidato que era objeto de reportagem pertinente, confundindo mais uma vez propaganda com material jornalístico; publicidade de um produto com publicidade eleitoral.

O ano foi marcado, mais uma vez, pelas liminares contra a liberdade de expressão. E não foram poucas. Para não citar todas, lembremos de que esta revista eletrônica foi objeto de uma canetada contra esse valor constitucional (4ª Vara Cível de Santana, São Paulo, processo nº 0007919.86.2013.8.26.00010). Ao comentar que havia uma disputa judicial que estava a impedir a apresentação da peça Edifício London, uma ficção que tinha como estímulo inicial o crime cometido contra a criança Isabella, teve contra si o comando legal da censura, tendo sido obrigada a imediatamente retirar de veiculação a matéria jornalística que publicara.

Também outro ato de censura durante o ano de 2014 teve como alvo a publicação IstoÉ, que pouco antes do início das eleições veiculou material jornalístico a respeito da operação lava-jato e dos nomes que eram citados pelo delator Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras. A revista noticiou que o governador do Ceará, Cid Gomes, teria sido citado pelo delator em depoimento prestado nos autos da operação Lava-Jato. Isso foi o suficiente para que determinada juíza, em plantão judicial, determinasse o recolhimento imediato de todos os exemplares da revista IstoÉ, sem antes determinar que os autos estavam em segredo de justiça (2ª Vara Cível de Fortaleza, CE, processo nº 0785847-93.2014.8.06.0001).

Como esquecer que um dos brilhantes jogador de futebol nacional e internacional buscou censurar a revista Playboy simplesmente porque estava estampado na capa o nome Neymar, tendo sido acolhido seu pedido no juízo singular e logo reformado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (1058064-89.2014.8.26.0100, 3ª V. C. Central, SP).

Para terminar os exemplos de verdadeira censura contra a imprensa cometidos em 2014, citamos que tem sido recorrente decisões que determinam a alteração, a supressão ou mesmo o acréscimo de palavras, orações, frases a conteúdo jornalístico veiculado na mídia digital. Trata-se de verdadeira edição do conteúdo jornalístico, como se o Estado pudesse ser coautor de texto e escolhesse o assunto e a forma de sua apresentação. Isso é tão grave quanto a retirada de conteúdo impresso das bancas de jornais ou mesmo a retirada de material jornalístico da radiodifusão. A facilidade de alteração, de supressão e de acréscimos que a mídia digital proporciona em hipótese alguma modifica o direito constitucional de liberdade e o impedimento de intervenção do Estado. Se há erro no texto jornalístico digital, as tutelas jurídicas e seus procedimentos estão presentes para serem utilizados pelos que se sentirem atingidos, e nenhum dos provimentos jurisdicionais permite a edição pelo Estado de material jornalístico, como uma agência reguladora ou um órgão censor.

Em todos os casos acima, tivemos no Supremo Tribunal Federal a correção da direção do direito, com decisões que revelam a correta interpretação normativa a ser seguida em instância inferiores, constituindo profundos magistérios a respeito do valor democrático que é a liberdade de expressão, podendo ser citados dois excertos retirados de duas grandes decisões da Corte Suprema:

“As liberdades de expressão, informação e imprensa são pressupostos para o funcionamento dos regimes democráticos, que dependem da existência de um mercado de livre circulação de fatos, ideias e opiniões. Existe interesse público no seu exercício, independentemente da qualidade do conteúdo que esteja sendo veiculado” (Luís Roberto Barroso, RCL 18.638).

“Preocupa-me o fato de o exercício, por alguns juízes e tribunais, do poder geral de cautela tenha culminado por transformar-se em inadmissível instrumento de censura estatal, com grave comprometimento da liberdade de expressão. (…) o poder geral de cautela tende, hoje, perigosamente, a traduzir o novo nome da censura!” (Celso de Mello, RCL 18.836)

Mas como dito, o ano foi pródigo nas violações democráticas e, nos estertores de 2014, acabamos de presenciar outra violação à democracia do país. A justiça federal de São Paulo determinou a quebra do sigilo telefônico do jornalista Allan de Abreu e do Diário da Região, publicação da cidade de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo. A determinação da quebra se deu pelo fato de o jornalista, em depoimento à procuradoria federal, não ter revelado o nome de suas fontes. Esqueceram, procuradores e juízes, que uma imprensa livre é condição imanente de um Estado Democrático e que uma imprensa livre tem como condição manter em segredo suas fontes. Não há liberdade de expressão sem a garantia, como valor fundamental de um Estado Democrático, de preservação das fontes. O que o Poder Judiciário Federal está a fazer é, não só ignorar a Constituição Federal brasileira, mas desconsiderar o Estado brasileiro como um Estado que optou em seu regime político pela democracia.

Também a radiodifusão, por força de uma má interpretação da lei eleitoral, acabou sendo tolhida em seu direito de criticar assunto de interesse e emitir opinião de interesse da sociedade, simplesmente pelo fato de estarmos num ano de eleição. Há um contrassenso de valores, pois quando mais a sociedade necessita de uma imprensa livre (escrita, digital e radiodifusão), mais caminhamos para um controle das palavras. No Paraná e na Bahia, por exemplo, a imprensa, em determinado momento, por determinação judicial, ficou impedida de abordar alguns assuntos que eram públicos inclusive.

Ora, seria de bom tom revisitar a legislação brasileira eleitoral e permitir a atividade de comunicação plena, sobretudo nesse período em que a sociedade clama por informação crítica. Tratamos os direitos constitucionais nesse período como se a nação passasse por um período de sítio, em que o Estado tem a permissão de sobrestar direitos fundamentais.

Ainda sobre esse assunto, vi com bons olhos as empresas de radiodifusão buscando inovar, dentro das possibilidades que a lei permite, os debates eleitorais entre os candidatos. A Rede Bandeirantes, a Globo e o SBT buscaram alternativas para tornar os debates mais dinâmicos. A Band em diversas praças buscou um confronto de ideias diretas entre os candidatos, permitindo que durante todo o debate fossem feitas perguntas entre os candidatos, bem como que pudesse haver alguns candidatos respondendo mais do que outros.

A Globo por sua vez inovou no palco e contribuiu para que candidatos estivessem efetivamente frente a frente quando, por exemplo, os que perguntavam e respondiam tinham de ocupar bancadas posicionadas uma para a outra. O SBT trouxe uma boa mudança nos horários de apresentação dos debates, talvez democratizando o acesso do público a esse momento jornalístico.

No campo legislativo há projetos que tiveram andamento no Congresso e cujo conteúdo interferirá sobremaneira na liberdade de expressão. O primeiro, tramitando nas casas legislativas há muito tempo, teve sua redação aprovada pela Comissão deConstituição e Justiça (CCJ) e aguarda votação no plenário desde abril de 2014. Trata-se do PL 6446/2013 – originalmente PL 141/2006 – que busca disciplinar o Direito de Resposta em material jornalístico divulgado por qualquer veículo de comunicação social. Em artigo próprio já tivemos a oportunidade de descer a detalhes desse instituto, inclusive trazendo o que é praticado nas democracias de outros países.

Para efeito dessa retrospectiva, fica o registro de que a boa intenção do Senador Aloysio Nunes em restringir a causa de pedir do direito de resposta aos fatos objetivos de uma matéria jornalística, ratificado pela Comissão de Comunicação Social do Congresso Nacional, exatamente igual ao que aqui por mim foi defendido em artigo publicado em 16.04.2013 (http://www.conjur.com.br/2013-abr-16/alexandre-fidalgo-direito-resposta-busca-recomposicao-verdade), não teve aprovação no CCJ. O Congresso aprovou requerimento de tramitação urgentíssima na Câmara dos Deputados, aguardando, portanto, votação do plenário desta Casa.

Não cabe nesse espaço retornar ao debate, mas há de se fazer a advertência de que a amplitude que o projeto de lei confere ao direito de resposta, além de absolutamente incoerente, acaba por propiciar uma espécie de sufocamento dos debates públicos. O instituto do direito de resposta que tem por objetivo enriquecer o confronto de ideias, com o projeto acaba por restringi-lo, tornando-se mais um limitador da liberdade de expressão no país.

Outro projeto que tramita na Casa Legislativa e que também constitui em mais um freio à liberdade de expressão no Brasil é o de nº 7881/14, que torna obrigatória a remoção de links dos mecanismos de busca da internet que façam referência a dados irrelevantes ou defasados. Entraremos na discussão subjetiva do que é irrelevante e defasado, para aí censurarmos os veículos de comunicação social que cumpriram seu dever legal de noticiar fatos. O tempo, como já tive a oportunidade de escrever, não transforma o legal no ilegal, tampouco pode ser reescrito. A memória dos fatos, com todas as circunstâncias dele, deve ser preservada. Não é só o ambiente da internet que pereniza informações honoráveis e aviltantes.

A propósito do tema do direito ao esquecimento, o Supremo Tribunal Federal declarou a existência de repercussão geral no Recurso Extraordinário 833248, que discute a possibilidade de se impedir a divulgação de material jornalístico de fatos passados, bem como discutirá se cabe uma compensação material a título de dano moral na hipótese de considerar legal o direito ao esquecimento.

Por fim, na vontade de a cada ano se pretender ter uma imprensa mais previsível, fica o registro da existência de outro projeto, na verdade um desejo de projeto. Trata-se da ideia da Regulação de Mídia no Brasil, bandeira defendida pelo Governo Federal e, sobretudo, pela sigla partidária que ocupa o cargo. Segundo a presidente eleita, Dilma Rousseff, em seus discursos de campanha e imediatamente posterior à eleição, a ideia defendida é de regulamentar o artigo 220, § 5º, da CF, que veda a possibilidade de oligopólio e monopólio dos veículos de comunicação social. Também se discute a proibição de propriedade cruzada dos meios de comunicação (por exemplo, impedir que um mesmo grupo de comunicação explore mais de um serviço de comunicação no mesmo local).

Até o presente momento tem-se descartada a ideia de controle de conteúdo, mas em se tratando de inúmeras violações à liberdade de expressão cometidas pelo Estado, bem como do histórico recente das incontáveis tentavias de controle de conteúdo deste governo federal, não seria improvável que se buscasse, também dessa forma, cercear esse valor democrático.

A FNDC (Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação), entidade que congrega militantes por uma mudança na regulação do setor, formulou um projeto de lei de iniciativa popular e está a arrecadar assinaturas. Pelo que foi revelado no site da BBC, o projeto é flagrantemente inconstitucional.

Ainda sobre o assunto, mas já no campo do poder executivo, temos a notícia de que o sucessor de Paulo Bernardo no ministério das Comunicações acumulará também a pasta da Secretaria de Comunicação e terá como missão a regulamentação da “mídia” brasileira, ficando também com a atribuição de direcionamento das verbas publicitárias aos veículos de comunicação, evidentemente um artifício para, de alguma forma, tentar conter as críticas ao governo.

Parece-nos que o ano de 2014 nos revelou um apetite desmensurado de se controlar a palavra, o conteúdo jornalístico, na tentativa de manter os fatos de interesse da sociedade escondidos, a fim de que não ganhassem publicidade, permitindo-se assim manipular as informações oficiais de renda, de desmatamento, de crise hídrica, de crise energética, de desmandos, de corrupção, tal como em países vizinhos tem acontecido.

E nesse fim, de texto e de ano, face a tudo o que aconteceu em 2014 e as propostas declaradas do governo, fiquemos com o pensamento de Rui Barbosa como uma espécie de luz celestial a iluminar a perspectiva do ano de 2015:

Não há justiça sem imprensa. A publicidade é o princípio, que preserva a justiça de corromper-se. Todo o poder, que se oculta, perverte-se.

Artigo publicado por  que é advogado e sócio do escritório Espallargas Gonzalez Sampaio Fidalgo Advogados extraído do portal JusBrasil.

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

A história do nascimento de Cristo em Lucas 2:1-20

nascimento de jesus, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed

Pois já nasceu uma criança,
Deus nos mandou um menino
que será nosso rei.
Ele será chamado de “Conselheiro Maravilhoso”, “Deus Poderoso”,
“Pai Eterno”, “Príncipe da Paz”.
Isaías 9:6 NTLH

1Naquele tempo o imperador Augusto mandou uma ordem para todos os povos do Império. Todas as pessoas deviam se registrar a fim de ser feita uma contagem da população. 2Quando foi feito esse primeiro recenseamento, Cirênio era governador da Síria. 3Então todos foram se registrar, cada um na sua própria cidade. 4Por isso José foi de Nazaré, na Galileia, para a região da Judeia, a uma cidade chamada Belém, onde tinha nascido o rei Davi. José foi registrar-se lá porque era descendente de Davi. 5Levou consigo Maria, com quem tinha casamento contratado. Ela estava grávida, 6e aconteceu que, enquanto se achavam em Belém, chegou o tempo de a criança nascer. 7Então Maria deu à luz o seu primeiro filho. Enrolou o menino em panos e o deitou numa manjedoura, pois não havia lugar para eles na pensão. 8Naquela região havia pastores que estavam passando a noite nos campos, tomando conta dos rebanhos de ovelhas. 9Então um anjo do Senhor apareceu, e a luz gloriosa do Senhor brilhou por cima dos pastores. Eles ficaram com muito medo, 10mas o anjo disse:— Não tenham medo! Estou aqui a fim de trazer uma boa notícia para vocês, e ela será motivo de grande alegria também para todo o povo! 11Hoje mesmo, na cidade de Davi, nasceu o Salvador de vocês — o Messias, o Senhor! 12Esta será a prova: vocês encontrarão uma criancinha enrolada em panos e deitada numa manjedoura. 13No mesmo instante apareceu junto com o anjo uma multidão de outros anjos, como se fosse um exército celestial. Eles cantavam hinos de louvor a Deus, dizendo: 14— Glória a Deus nas maiores alturas do céu!E paz na terra para as pessoas a quem ele quer bem! 15Quando os anjos voltaram para o céu, os pastores disseram uns aos outros:— Vamos até Belém para ver o que aconteceu; vamos ver aquilo que o Senhor nos contou. 16Eles foram depressa, e encontraram Maria e José, e viram o menino deitado na manjedoura. 17Então contaram o que os anjos tinham dito a respeito dele. 18Todos os que ouviram o que os pastores disseram ficaram muito admirados. 19Maria guardava todas essas coisas no seu coração e pensava muito nelas. 20Então os pastores voltaram para os campos, cantando hinos de louvor a Deus pelo que tinham ouvido e visto.E tudo tinha acontecido como o anjo havia falado.

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Minhas postagens, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Você sabe como sua escola se saiu no Enem 2013?

Resultado Enem 2013 por escola disponível no QEdu, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed

Resultado Enem 2013 por escola disponível no QEdu.

O Inep/MEC disponibilizou ontem, dia 22 de dezembro, os dados de desempenho no Enem 2013 de todas as escolas do Brasil. O time QEdu fez plantão e já liberou os dados detalhados pra você conhecer as médias de cada uma das escolas e ainda visualizar todas as escolas de um município. Acesse o especial que preparamos para o EnemObrigado por fazer parte do maior portal de informações sobre educação do Brasil.

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

As cinco coisas que não pode faltar no louvor da sua igreja

O louvor adora a Deus, o Sacrifício é para glorificá-lo, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed

Eu te louvarei, SENHOR, de todo o meu coração; contarei todas as tuas maravilhas. Em ti me alegrarei e saltarei de prazer; cantarei louvores ao teu nome, ó Altíssimo
Salmo 9. 1,2

Sou um jovem convertido e estou em busca dos ensinamentos da palavra através dos cultos que participo frequentemente em minha igreja, das pregações e de pesquisas pela internet. Como assinante da newsletter do blog Púlpito Cristão, chegamos a esse artigo do Pastor Renato Vargens extraído do seu blog. Pela importância do conteúdo, resolvi postar em meu blog #blogdodcvitti. Espero que essa postagem possa contribuir com a identidade do filhos dos adores do Pai altíssimo.

Boa parte dos louvores que entoamos em nossas igrejas encontram-se desprovidos de qualidade musical e teológica. Confesso que estou cansado de ouvir determinadas canções. Não aguento escutar em meio ao louvor com música, “restitui eu quero de volta o que é meu”, ou ainda “onde colocar as minhas mãos prosperará”. Não suporto mais ver os crentes andando para a direita, ou para esquerda, cantando que por todo lado que é abençoado, ou até mesmo propagando a teologia da vingança cujo sabor é de mel.

Pois é, boa parte das músicas evangélicas tem pecado pela propagação de heresias e mensagens totalmente contrárias aos ensinamentos bíblicos. Infelizmente, muitos hinos e cânticos populares têm ensinado aos cristãos valores e conceitos absolutamente antagônicos as Sagradas Escrituras. Na verdade, nosso cancioneiro está cheio de aberrações teológicas onde mantras repetitivos são entoados em cultos de louvor. Para piorar a situação, algumas destas canções fazem apologia a teologia da prosperidade ou confissão positiva dizendo ao crente que ele vai prosperar. Além disso, inúmeros louvores pedem chuva, fogo, poder , cujo propósito final é não é a glória de Deus e sim satisfação do freguês.

Diante do exposto, visando ajudar os ministros de louvores a não tocarem bobagens em seus cultos, bem como escolherem canções que possam glorificar ao Senhor, resolvi elencar cinco coisas que não podem faltar em um louvor congregacional.

1. O louvor congregacional  deve ser caracterizado por  canções cristocêntricas

Um louvor saudável é caracterizado pela centralidade de Cristo. Nessa perspectiva, não há espaços para canções humanistas, de teologia duvidosa, estribada em conceitos de autoajuda ou psicologia.

2. O Louvor Congregacional deve possuir boa teologia

Esse é um grave problema. Boa parte dos pastores não possuem condições de avaliar se as canções entoadas em suas comunidade locais possuem boa teologia. Nessa perspectiva, por ignorarem as verdades contidas nas escrituras, permitem que aberrações teológicas sejam entoadas em seus púlpitos, proporcionando com isso o adoecimento da igreja que pastoreiam. Uma igreja saudável pensa no que canta e canta o que pensa, portanto, ela precisa além de conhecer as doutrinas fundamentais das escrituras, ela precisa fundamentar que canta aquilo numa saudável teologia.

3. O louvor congregacional deve focar as doutrinas fundamentais das Escrituras

Infelizmente não vemos em boa parte dos louvores modernos ênfases em doutrinas como salvação pela graça mediante a fé, imputação de pecados em Cristo, santificação, exaltação a trindade, volta de Jesus, e outras mais. Na verdade, as canções modernas, falam somente de bênçãos, vitórias, conquistas, milagres e prosperidade o que tem contribuído para o surgimento de um evangelho humanista. Uma igreja que possui um louvor saudável canta as verdades contidas nas escrituras, não abrindo espaço, nem tampouco permitindo que os louvores centrado dos homens ocupem um espaço que pertence exclusivamente a Deus.

4. O louvor congregacional deve ser entoado exclusivamente para a gloria de Deus

Tudo na vida deve ser feito para a glória de Deus inclusive, é claro, os louvores entoados em nossos ajuntamentos. O problema é que 90% das canções compostas pelos nossos cantores e compositores estão focadas na satisfação do cliente e não na glória de Deus. Veja por exemplo, quantos hinos são entoados na primeira pessoal do singular ou plural? Muitos não é verdade?  Pois é, ao contrário destes, as escrituras nos ensinam que louvores saudáveis jamais deverão estar centrados em homens e sim na pessoa de Deus.

5. O louvor congregacional deve ser desprovido  de arrogância, proepotência e vanglória

No louvor congregacional não há espaço para glória pessoal. Tudo feito pra Ele, por Ele, por intermédio dEle e para glória dEle, o que significa que na adoração não existe a menor possibilidade de que homens sejam glorificados, roubando assim, a glória que somente Ele é digno de receber.

Pense nisso!

Artigo do Pastor Renato Vargens. Publicado sem autorização do autor.

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Retrospectiva 2014: o fim das ilusões desenvolvimentistas

Retrospectiva, 2014, Correios da Cidadania, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed

Sou um leitor assíduo do portal Correio da Cidadania, fundado em 1996, com o objetivo de colaborar com a construção da mídia democrática e independente, oferecendo uma visão crítica de acontecimentos políticos, econômicos e sociais, fazendo contraponto à uniformidade editorial da grande imprensa. Saiba mais. Não sou jornalista mas amo a informação e queria muito exercer essa profissão. Recebo frenquentemente a newsletter da agência e os assuntos relevantes, nós publicamos no blog. Esse é mais um assunto que vale a pena eternizar. Pro fim, o Correios agradece a todos os seus leitores, por terem acompanhamento de nossa página ao longo de 2014, e desejam um 2015 com melhores notícias!

Confira a retrospectiva…

O ano de 2014 deixa marcas indeléveis na história do Brasil. 50 anos do Golpe Militar, Copa do Mundo e um dos processos eleitorais mais acirrados dos últimos anos. Já quase no apagar das luzes do ano, a explosão de escândalos em uma das empresas símbolo do país, com  revelações diuturnas de uma histórica promiscuidade público-privada.

O avanço ainda maior da direita evangélica e ruralista no Congresso Nacional, ao lado da composição assustadoramente conservadora já anunciada para o novo mandato petista – de fazer inveja aos próceres tucanos, e colocando por terra a ideia ressuscitada do ‘governo em disputa’ -, apontam para uma forte ofensiva do capital sobre direitos dos trabalhadores e trabalhadoras.

Nosso entrevistado especial nesse final de ano é o filósofo franco-brasileiro Michel Löwy, que esteve no Brasil para lançar mais um livro e fez um giro por diversas instâncias do debate político.

O  filósofo expressa otimismo quanto ao processo brasileiro e latino-americano, mas é inclemente com o capitalismo: “uma espécie de fatalidade, um destino imposto de uma maneira coercitiva sobre a vida dos indivíduos. O que acaba desaparecendo é a liberdade”.

Fonte: Correio da Cidadania

Retrospectiva, 2014, Correios da Cidadania, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , | 1 comentário

Feliz natal da iPhoto Editora

Feliz natal da iPhoto Editora, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed

Eu trabalho numa grande empresa e gosto muito do que faço nela. Sou feliz e realizado por trabalhar na iPhoto Editora. Bem, por tanta coisa que aconteceram neste ano, ele está terminando. Falta pouco tempo para o Natal e nós já adiantamos nossos votos de paz, alegria, união e – claro – muito sucesso! Nos comprometemos em continuar buscando trazer diversas formas de conhecimento para vocês! Em nome da minha representação, agradeço imensamente a todos os amigos, parceiros e leitores.

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Os senhores da guerra. Aldo Schneider e Ronaldo José Benedet integram a lista dos deputados financiados pela indústria de armas

Os deputados financiados pela indústria de armas, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed

Que vergonha! Ronaldo José Benedet (ex-secretário de segurança pública do estado e reeleito) e Aldo Schneider (deputado também reeleito e integrante da dobradinha com o Peninha em Ilhota) são os únicos candidatos catarinenses financiados pela indústria de armas tentam garantir vantagens para o setor e são lodo do PMDB. Uma pena o Peninha não fazer parte desta lista. Muito estranho, não? O deputado federal reeleito Rogério Peninha Mendonça (PMDB/SC) é autor do polêmico projeto de lei que prevê regulamentar a aquisição e circulação de armas de fogo no país. O PL 3722/2012 revoga a lei atual, popularmente conhecida como “Estatuto do Desarmamento”. Mas esse é um outro assunto e vamos para lista dos sem-vergonha.

Mais de 70% dos candidatos que receberam legalmente doações de campanha da indústria de armas e munições se elegeram em outubro. Dos 30 nomes beneficiados pelo setor, 21 saíram vitoriosos das urnas: são 14 deputados federais e sete deputados estaduais. Ao todo, fabricantes de armas e munições destinaram R$ 1,73 milhão para políticos de 12 partidos em 15 estados. Metade desses recursos ficou com candidatos do PMDB e do DEM, do Rio Grande do Sul e de São Paulo.

Os dados, aos quais o Congresso em Foco teve acesso em primeira mão, são de levantamento exclusivo do Instituto Sou da Paz, organização não governamental (ONG) de combate à violência, com base em dados registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Apesar de identificar uma redução no volume de doações legais (R$ 1 milhão a menos do que nas eleições de 2010) e no número de congressistas financiados pelo setor (foram 13 federais a menos neste ano), o instituto vê a indústria de armas fortalecida no Congresso. E com um alvo certo e imediato: a revogação do chamado Estatuto do Desarmamento, que restringe o porte e o uso de armas de fogo em todo o país.

Dos 24 titulares da comissão especial incumbida de discutir o projeto que libera o porte e o uso de armas de fogo no país, dez receberam doações do setor para suas campanhas eleitorais neste ano. Ou seja, cerca de 40% dos integrantes. Outros seis suplentes do colegiado também foram financiados por fabricantes de armas e munições.

“A bancada da bala aproveitou o período eleitoral para avançar o projeto na surdina. Nesse sentido, desistiu de realizar seis audiências públicas país afora e optou por realizar apenas uma audiência, em 26 de novembro. Mais do que isso, o objetivo da comissão é votar o projeto de forma açodada, sem realizar uma discussão aprofundada com a sociedade civil, no dia 10 de dezembro”, afirma a ONG.

O projeto de lei (PL 3722/12), que será debatido em audiência pública na Câmara nesta quarta-feira (26), enfrenta resistência do governo, que prefere manter as diretrizes da atual legislação. Entre os pontos polêmicos da proposta está o número de armas que cada cidadão poderá adquirir e legalizar: até nove. O texto também aumenta o número de munição para portadores de armamento: de 50 balas por ano para 50 balas por mês.

“Por que um cidadão comum precisa ter nove armas e 50 munições por mês? O projeto é desastroso”, disse ao Congresso em Foco o cientista político e professor de Relações Internacionais Marcelo Fragano Baird, coordenador de projeto do Instituto Sou da Paz para a área de Sistemas de Justiça e Segurança Pública.

Para Marcelo, o financiamento de candidaturas tem objetivos explícitos. Entre eles, a aprovação de proposições como a que visa assegurar o porte de arma para o maior número possível de categorias (advogados, oficiais de Justiça, políticos etc), com óbvios propósitos comerciais. “Diversos projetos são apresentados por ano para modificar pontualmente o Estatuto do Desarmamento. De vez em quando eles conseguem algumas vitórias”, acrescentou.

O Instituto Sou da Paz lembra que alguns projetos aprovados no Congresso estenderam o porte de armas a outras categorias profissionais, como o referente aos guardas municipais – a lei proveniente desse projeto foi sancionada pela presidenta Dilma em agosto.

Munição majoritária

O estudo da ONG demonstra que a comissão especial voltada para a revogação do Estatuto do Desarmamento é majoritariamente composta por membros da chamada bancada da bala. Segundo o instituto, há parlamentares alinhados aos interesses do setor mesmo sem ter recebido doação.

“O [deputado Jair] Bolsonaro, por exemplo, nem precisa receber doação de campanha, porque ele faz [a defesa de interesses da indústria das armas] por ideologia”, observou Marcelo Fragano, mencionando um dos componentes do colegiado. Para o especialista, o PL 3722 é “o mais ousado” entre os projetos defendidos pela bancada da bala, porque revoga a lei vigente e inverte papéis.

“É quase que um atestado de falência do Estado como instituição que deve zelar pela segurança pública. É como se dissesse: ‘Como não conseguimos resolver a situação, vamos armar o cidadão para cada um se defender. Assume a guerra de todos contra todos’”, acrescentou Marcello, para quem, em suma, o projeto instaura a cultura do porte de arma no Brasil.

O projeto de lei criticado pela ONG institui o Estatuto do Controle de Armas de Fogo, que, na prática, revoga o Estatuto do Desarmamento. Caso o projeto seja aprovado, passa a ser responsabilidade da Polícia Civil, em conjunto com o Sistema Nacional de Armas, a emissão do registro e porte de armas de fogo. O PL também sugere a extinção da obrigatoriedade de renovação do registro de arma de fogo a cada três anos, tornando-o definitivo. A justificativa alegada é o excesso de burocracia, como o pagamento de taxas tidas como elevadas, a comprovação da necessidade de porte de arma e a observância a outros pré-requisitos formais.

Confira a lista de parlamentares financiados pela indústria de armas e munições:

Deputados Federais

  • Onix Dornelles Lorenzoni – DEM/RS
  • Efraim de Araújo Morais Filho – DEM/PB
  • Misael Artur Ferreira Varella – DEM/MG
  • Darci Pompeo de Mattos – PDT/RS
  • Jerônimo Pizzolotto Goergen – PP/RS
  • Alceu Moreira da Silva – PMDB/RS
  • Ronaldo José Benedet – PMDB/SC
  • Daniel Elias Carvalho Vilela – PMDB/GO
  • Edio Vieira Lopes – PMDB/RR
  • Luiz Gonzaga Patriota – PSB/PE
  • Marcos Montes Cordeiro – PSD/MG
  • Nelson Marchezan Júnior – PSDB/RS
  • Carlos Alberto Rolim Zarattini – PT/SP
  • José Wilson Santinago Filho – PTB/PB

Deputados Estaduais

  • Enio Egon Bergmann Bacci – PDT/RS
  • Aldo Schneider – PMDB/SC
  • Tiago Chanan Simon – PMDB/RS
  • João Lúcio Magalhães Bifano PMDB/MG
  • José Francisco Cerqueira Tenorio PMN/AL
  • Lucas Bello Redecker – PSDB/RS
  • Nelson Souza Leal – PSL/BA

RBA, com Congresso em Foco e Instituto Sou da Paz

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

A retrospectiva 2014 YouTube está aqui! #YouTubeRewind

Retrospectiva 2014 YouTube, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed

A retrospectiva YouTube traz dos momentos que fizeram de 2014 um ano inesquecível. O gigante cão aranha, o Desafio do Balde de Gelo de ALS e “Let It Go”… Confira o que deixou as pessoas “happy”, o que foi digno de selfie e se estes primeiros beijos foram tão estranhos quanto o seu. Despeça-se de 2014 ao estilo YouTube com a RETROSPECTIVA!

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Mundo, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

A confissão forçada com a idade de 70 anos

A confissão forçada com a idade de 70 anos, rsf, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed, repórter sem fronteira

8 de maio de 2014, na China, uma mulher de 70 anos de idade fez sua confissão no canal estatal China Central Television (CCTV). De um tom hesitante, ela diz ela “Um grande erro” e “admitiu” sua “culpa”. Seu rosto está desfocada, mas a sua voz reconhecível, entendemos que esta mulher é Gao Yu, famosa jornalista chinês conhecido por sua coragem e independência, desaparecido desde abril.

Entre seus amigos, ninguém acreditava que era possível para extrair confissões a este repórter tenaz que recebeu inúmeros prêmios durante sua carreira de 35 anos. No entanto, agora, sentado em uma cadeira de ferro em uma sala de interrogatório de um centro de detenção, ela fala, o rendimento de estresse para chantagear as autoridades que ameaçaram sua prisão filho. Acusado de “Divulgar segredos de Estado”, Gao Yu enfrenta a vida que ela já passou sete anos atrás das grades.

Na China, informando seus concidadãos prova tão perigosa como a repressão é violenta. Todos os dias, a equipa dos Repórteres Sem Fronteira identifica e denuncia abusos contra os jornalistas, especialmente na Ásia, onde eu tento ajudá-los através da organização de mobilização.

A tarefa é enorme, as muitas necessidades: fazer uma doação a organização Repórteres Sem Fronteiras. Confira!

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Mundo, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Um Natal sem escravos

Um Natal sem escravos, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed

wf-rb-cpt.png

Mariaé uma adolescente boliviana de 15 anos, grávida de sete meses, submetida a trabalho escravo em uma oficina têxtil de São Paulo. Maria trabalhava até 12 horas por dia e tinha seu documento retido. Todos os aspectos de sua vida privada eram controlados2.

Falta pouco para o Natal, você já fez suas compras? Que tal uma roupa bonita para alguém da sua família ou para algum amigo? Você sabia que Maria pode ter costurado as roupas que você comprou?

A indústria têxtil é um dos setores que mais expõem imigrantes à superexploração do trabalho e ao trabalho escravo. A crescente demanda por mão de obra no Brasil nos últimos anos tem exposto imigrantes de várias nacionalidades a tais condições3.

A Convenção da ONU sobre a Proteção dos Direitos dos Trabalhadores Migrantes e Membros de Sua Família é um instrumento importante para garantir os direitos dos trabalhadores imigrantes e diminuir sua vulnerabilidade à escravidão. O Brasil é o único país do Mercosul que ainda não assinou a Convenção ONU4.

Exija que o Congresso Nacional ratifique a Convenção sobre a Proteção dos Direitos dos Trabalhadores Migrantes e Membros de Sua Família

Clique aqui pra assinar

O Brasil tem uma economia relativamente forte, atraindo um grande número de trabalhadores estrangeiros — em particular bolivianos — que se encontram sob alto risco de pesada exploração, sem condições de formarem sindicatos e frequentemente com conhecimento limitado de português. Muitos trabalhadores imigrantes entram no país de forma considerada irregular pelas autoridades, e, assim, têm medo de denunciar a exploração a que são submetidos5.

Em julho, na região central de São Paulo, 17 bolivianos submetidos a trabalho escravo — entre eles Maria — foram resgatados de uma oficina têxtil que produzia para uma empresa. As jornadas chegavam a 12 horas por dia e os documentos dos trabalhadores haviam sido retidos, caracterizando restrição de liberdade. Também em São Paulo, o dono de uma oficina de costura localizada em Cabreúva (SP) tentou vender dois trabalhadores imigrantes como escravos.A oficina produzia para um fabricante de roupas que atende indústrias, hospitais e hotéis, e é considerado um dos principais do setor no país6.

Mas os imigrantes sul-americanos não são as únicas vítimas de trabalho análogo à escravidão no Brasil. Em agosto, 12 haitianos foram resgatados de condições análogas às de escravos em uma oficina têxtil produzindo peças para uma confecção. As vítimas trabalhavam no local havia dois meses, mas nunca receberam salários e passavam fome7.

Parte dos estrangeiros que entram no país em situação irregular ou precária acaba sendo submetida a condições de trabalho subumanas. Além disso, não conseguem ter acesso a benefícios públicos, como saúde e educação, para si ou para seus filhos e familiares. É necessário ampliar a proteção aos e às imigrantes vítimas do trabalho escravo.

É inaceitável que o Brasil seja o único país membro do Mercosul que ainda não ratificou a Convenção sobre a Proteção dos Direitos dos Trabalhadores Migrantes e Membros de Sua Família. Esta Convenção da ONU é um tratado internacional em vigor desde 2003. É um instrumento fundamental para garantir os direitos de trabalhadores migrantes e suas famílias e protegê-los da exploração e do trabalho escravo. A assinatura do Brasil tem sido discutida no Congresso há quatro anos. Não podemos esperar mais, está na hora de ratificar  esta Convenção!

Exija que o Congresso Nacional ratifique a Convenção sobre a Proteção dos Direitos dos Trabalhadores Migrantes e Membros de Sua Família.

Desde já, agradecemos sua colaboração. Repórter Brasil, Comissão Pastoral da Terra e Walk Free

Notas
1 O nome foi alterado para preservar a identidade da vítima.
2 http://reporterbrasil.org.br/2014/08/fiscalizacao-resgata-haitianos-escravizados-em-oficina-de-costura-em-sao-paulo/#outrocaso.
3 http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2013/05/130508_trabescravo_estrangeiros_fl.
4 http://reporterbrasil.org.br/2006/12/brasil-e-unico-do-mercosul-a-nao-assinar-convencao-da-onu/.
5 Global Slavery Index 2014: www.globalslaveryindex.org.
6 http://reporterbrasil.org.br/2012/07/especial-flagrantes-de-trabalho-escravo-na-industria-textil-no-brasil/.
7 http://reporterbrasil.org.br/2014/08/fiscalizacao-resgata-haitianos-escravizados-em-oficina-de-costura-em-sao-paulo/.

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Aumento do salário dos parlamentares do congresso nacional

Salário dos parlamentares, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed

A PEC 5/2011, projeto que fará com que o salário dos deputados, senadores e presidente da República seja igual ao salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal

Antes de entrar em recesso para o Natal os deputados federais querem aprovar uma proposta de lei que vai igualar o salário deles ao dos ministros do Supremo Tribunal Federal. Assim, sempre que o salários dos ministros aumentar, o dos parlamentares aumenta automaticamente. Pela lei atual o salário dos ministros do STF é o teto da administração pública, ou seja, é o maior salário possível.

Hoje os deputados federais e senadores recebem salário bruto R$ 26.723, e os ministros do STF recebem R$ 29.462O autor desta proposta defende que os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário são igualmente importantes, portanto seus membros devem receber salários iguais.

Você concorda? Eu não e já me manifestei a respeito. Se você tem uma opinião sobre esta proposta, vote e participe deste debate! O link da iniciar o seu debate é este: http://bit.ly/1wtzsZ1. Acesse e participe, em nome da democracia!

Proposto pelo deputado: Nelson Marquezelli do PTB.
Tipo: Câmara
Data de apresentação: 02/03/2011
Situação: Em tramitação
Categorias: Administração pública

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Lançamento do livro Paparazzo: a vida de um fotógrafo de celebridades

Lançamento do livro Paparazzo - a vida de um fotógrafo de celebridades, iphoto editora, altair hoppe, max lopes, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed

Paparazzo é o mais novo livro da iPhoto Editora. Descubra as aventuras de Max Lopes, paparazzo brasileiro que ganha sua vida fotografando grandes astros do cinema mundial. Lançamento oficial acontecerá na Livraria da Vila do Shopping Cidade Jardim, em São Paulo, no sábado do dia 13 de dezembro. Para comprar o livro, acesse o link: http://bit.ly/livropaparazzo.

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Minhas postagens, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Apoie o jornalismo da Repórter Brasil

Apoie o jornalismo da Repórter Brasil, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, Feed

repórter brasilO trabalho escravo ainda está presente em todo o país, incluindo em regiões ricas. Ajude a fortalecer o combate. O mapa organizado a partir de dados oficiais mostra todos os flagrantes de trabalho escravo no Brasil de 1995 a 2013. A ferramenta é aberta e gratuita. Este é um dos trabalhos desenvolvidos por nossa equipe para ampliar a transparência sobre as ações do poder público e chamar a atenção para a atualidade e gravidade do problema. Se você acredita em iniciativas como essa, apoie a Repórter Brasil.

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

A Medida Provisória 656/2014 que enriquece ainda mais os donos de cartórios

Contrato de imóveis em cartórios, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed

A MP 656, no inciso IV do artigo 54, estabelece o procedimento da concentração das ações judiciais na matrícula do imóvel, sendo a cobrança deste procedimento estabelecido no art. 56, § 1º.

Traduzindo: o autor de qualquer ação judicial (trabalhista, juizado especial, penal, etc.) para ser considerado diligente, deverá percorrer todos os cartórios de registros de imóveis de sua cidade fazendo pesquisas para localizar bens dos réus e depois promover as averbações dessas ações nas matrículas de seus imóveis. Para efeito de pagamento ao cartório de registro de imóveis, esta averbação é considerada sem valor declarado.

Os donos de cartórios de registro de imóveis, além de ganhar grandes somas de dinheiro com todas essas pesquisas de bens, averbações nas matrículas dos imóveis, foram contemplados também com a exigência de mais uma certidão para a lavratura do contrato de compra e venda de imóveis – a certidão de propriedade (artigo 59).

Todos nós sabemos que as receitas dos cartórios de registro de imóveis são milionárias. Dou como exemplo as receitas do ano 2013 de dois cartórios, divulgadas pelo Conselho Nacional de Justiça:

  • Registro de Imóveis da 1a Zona de Porto Alegre: R$16.064.090,00.
  • 1º Oficio de Registro de Imóveis de São Paulo: R$ 14.400.194,00.

Para se ter uma ideia do quanto a MP 656/2014 ajudará aos donos de cartórios ficarem mais ricos, basta refletirmos sobre os seguintes pontos:

  1. Até agosto de 2014, tramitava no TJ/SP 20.258. 821 ações (conforme o Comunicado nº 1090/2014 da Corregedoria Geral-TJ/SP);
  2. O valor da averbação sem valor declarado cobrado em São Paulo (item 2.1 da tabela da ARISP) é de R$ 20,14 por ato;
  3. Como a baixa da averbação também será cobrada, o autor da ação pagará, no mínimo, R$ 40,28 por ação averbada no cartório. Eu digo “no mínimo” porque qualquer alteração durante a tramitação da ação judicial (retificações, redistribuições, inclusão e/ou exclusões de nomes, etc) deverá ser averbada e paga pelo autor de qualquer ação judicial:
  4. Considerando apenas as ações em curso na Justiça Estadual de São Paulo, os autores de ações judiciais arcarão com uma despesa de dois bilhões de reais, que está sendo direcionada, pela MP 656, aos donos cartórios de registros de imóveis. O montante desse valor é muito maior, pois neste cálculo não se levam em conta as ações das justiças federal e trabalhista.

Artigo publicado por Maria Carmo no site JusBrasil.

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Bolsonaro: a gota d’água #forabolsonaro

Jair Bolsonaro, (PP-RJ), Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed

O deputado Jair Bolsonaro voltou a ofender a também deputada Maria do Rosário no plenário da Câmara. Ele disse: “só não te estupro porque você não merece”! Mas se agirmos rápido, podemos garantir que a impunidade não acoberte ele e outros parlamentares que propagam este tipo de discurso de ódio que tanto envenena a nossa democracia.

As palavras de Bolsonaro não atingem apenas vítimas de estupro e as famílias dessas vítimas — elas promovem a cultura do estupro que violenta todas as mulheres. Não é a primeira vez que Bolsonaro gera tanta polêmica com suas frases misóginas, homofóbicas e racistas, mas essa pode ser a gota d’água. Deputados já pediram ao Conselho de Ética a cassação de Bolsonaro, mas precisam de apoio popular para isso se concretizar!

Vamos apoiar urgentemente a petição de Cristian, um membro da Avaaz que iniciou o movimento para impedir que Bolsonaro saia impune e que está bombando nas redes — já são mais de 160 mil assinaturas em apenas alguns dias!Clique abaixo para se juntar e contar a todos — se chegarmos a 500 mil assinaturas, faremos uma entrega da petição na frente do Congresso Nacional e diante de toda a imprensa: http://www.avaaz.org/po/petition/Conselho_de_Etica_da_Camara_dos_Deputados_Cassacao_do_Deputado_Jair_Bolsonaro_PPRJ/?bYLqhbb&v=50000.

Se o Conselho de Ética não cassar o mandato do deputado por quebra de decoro parlamentar, o recado que ficará para o Brasil será: “se a mulher merecer, podem estuprar.” Não podemos ser permissivos com esse comportamento. Imunidade parlamentar é pra proteger parlamentar corajoso e não acobertar apologia a crime.

Bolsonaro foi longe demais — ele tem sido o bastião do conservadorismo e da extrema-direita do país, e a voz de um tempo sombrio que o Brasil não quer mais viver. Ele tem lutado contra a comunidade LGBT, já declarou publicamente que espancaria o próprio filho se ele fosse gay, já fez acusações racistas que poderiam tê-lo levado à prisão se não fosse a imunidade parlamentar e, sem titubear, propaga um discurso delirante de que os militares deveriam tomar o Brasil novamente, ignorando as mortes, tortura e estupros que a ditadura promoveu durante anos. Mas agora que a oposição não está mais em silêncio é hora de agir contra essa impunidade — assine já e espalhe para todo mundohttp://www.avaaz.org/po/petition/Conselho_de_Etica_da_Camara_dos_Deputados_Cassacao_do_Deputado_Jair_Bolsonaro_PPRJ/?bYLqhbb&v=50000.

Durante anos, a comunidade da Avaaz tem lutado pelos direitos das mulheres e de minorias — para construir um país progressista e que respeite o indivíduo e os direitos humanos, precisamos agir sem medo contra tipos como o Bolsonaro. Juntos conseguiremos.

Com esperança e determinação, Michael, Diego, Carol, Rosa, Débora, Oli e toda a equipe da Avaaz.

Mais informações

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Fauna e flora inspiram os mascotes dos jogos olímpicos do Rio 2016

Os mascotes dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos são “bunitinhos” mas ainda não têm nomes. Os dois símbolos foram divulgados na noite deste domingo (23) e caberá ao público decidir os nomes deles. São três pares de nomes para escolha: Oba e Eba; Tiba Tuque e Esquindim; e Vinícius e Tom, em homenagem aos músicos. A votação já está aberta e podem ser escolhidos no site oficial rio2016.com/mascote. Os votos serão registrados por três semanas e o resultado sairá em 14 de dezembro. Vote! Eu já votei e pensando na zuera dos jogos optei por Oba e Eba. Zuera sem limites! Após a zuera instalada na Copa do Mundo por parte do Fuleco, tudo é possível.

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Minhas postagens, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Projeto de emenda constitucional pretende acabar com o salário dos vereadores de municípios com menos de 50 mil habitantes

Vereadores de Ilhota, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed

A PEC 35/2012 pretende extinguir com o salário dos vereadores de municípios com menos de 50 mil habitantes.

Esta Proposta de Emenda Constitucional (PEC) vai acabar com o pagamento de salários dos Vereadores de municípios com menos de 50 mil habitantes. Se aprovado, Ilhota seria contemplada com a mudança na Constituição da República Federativa do Brasil promulgada em 1988.

De autoria do senador Cyro Miranda do PSDB, o projeto altera os arts. 29 e 29-A da Constituição Federal para vedar o pagamento de subsídio a vereadores e alterar os limites de despesa do Poder Legislativo nos municípios com até cinquenta mil habitantes. Os vereadores não farão jus à percepção de subsídios e a remuneração não poderá ultrapassar o montante de cinco por cento da receita do município para os limites de despesa na câmara municipal.

De acordo com os dados do último senso do IBGE (2010) e informações divulga no portal da instituição, Ilhota possui apenas 12.355 habitantes. População estimada em 2014 é de 13.309 pessoas.

Confira um resumo da proposta:

  • Nas cidades com até 100 mil habitantes o salário dos vereadores deverá corresponder a 40% dos salários dos Deputados Estaduais.
  • Nas cidades com até 300 mil habitantes o salário máximo dos vereadores deverá corresponder a 50% dos salários dos Deputados Estaduais.
  • Nas cidades com até 500 mil habitantes o salário máximo dos vereadores deverá corresponder a 60% dos salários dos Deputados Estaduais.
  • Nas cidades com mais de 500 mil habitantes o salário máximo dos vereadores deverá corresponder a 75% dos salários dos Deputados Estaduais.
  • A remuneração dos Vereadores não poderá ultrapassar o montante de 5% da receita do Município para limitar as despesa do Poder Legislativo.

Esse projeto, de origem do Senado Federal foi proposto por 29 senadores. São eles:

Aécio Neves do PSDB

 Alfredo Nascimento do PR

 Aloysio Nunes Ferreira do PSDB

 Alvaro Dias do PSDB

 Ana Amélia do PP

 Anibal Diniz do PT

 Armando Monteiro do PTB

 Benedito de Lira do PP

 Blairo Maggi do PR

 Casildo Maldaner do PMDB

 Clésio Andrade do PMDB

 Cyro Miranda do PSDB

 Delcídio do Amaral do PT

 Eduardo Braga do PMDB

 Eduardo Suplicy do PT

 Flexa Ribeiro do PSDB

 Humberto Costa do PT

 Inácio Arruda do PCdoB

 Ivo Cassol do PP

 João Vicente Claudino do PTdoB

 Lobão Filho do PMDB

 Luiz Henrique do PMDB

 Magno Malta do PR

 Paulo Bauer do PSDB

 Paulo Paim do PT

 Pedro Simon do PMDB

 Pedro Taques do PDT

 Ricardo Ferraço do PMDB e

 Valdir Raupp do PMDB

Mobilize seu parlamentar e vamos juntos mudar o contexto do cenário político legislativo municipal. Eu apoio e irei enviar e-mail aos representantes catarinenses no congresso.

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Minhas postagens, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

O consumo com o Vale-Cultura

O consumo com o Vale-Cultura, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed

De acordo com dados do Ministério da Cultura, o setor livreiro saiu na frente na preferência de consumo com o#ValeCultura. Até o momento, 77% dos gastos com o cartão foram feitos em livrarias. O Vale-Cultura possibilita ao trabalhador brasileiro que ganha até 5 salários mínimos receber R$ 50 mensais para o consumo de bens culturais, por meio de um cartão magnético pré-pago, válido em todo território nacional. Meu chefe está analisando a implantação do benefício em sua empresa. Tomara que ele faça a adesão ao programa. Saiba mais sobre o programa: www.cultura.gov.br/valecultura.

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Brasil, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Feriado do dia da consciência negra

zumbi dos palmares

Dia da Consciência Negra é comemorado em 20 de novembro, data da morte de Zumbi dos Palmares. Ele foi o último líder do maior dos quilombos do período colonial, o Quilombo dos Palmares.

Comemorado há mais de 30 anos por ativistas do movimento negro, a data foi incluída em 2003 no calendário escolar nacional. Contudo, somente a Lei 12.519 de 2011 instituiu oficialmente o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra.

A data é feriado em mais de mil cidades brasileiras. A lista completa de 1.044 cidades brasileiras onde dia 20 de novembro é feriado oficial, com a respectiva lei que regulamenta a data, pode ser conferida em levantamento realizado pela Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir).

O dia 20 de novembro faz parte do calendário escolar há 5 anos. Como a decisão de estabelecer ou não ponto facultativo cabe a cada município que não decretou feriado, listamos as cidades onde foi decretado feriado bancário. Confira os municípios acessando este link!

Confira um resumo das cidades que comemoram com feriado o dia 20 de novembro:

  • Acre: no Acre, o 20 de novembro não é feriado oficial em nenhum município.
  • Alagoas: de acordo com a Lei Estadual n° 5.724 de 1995, todos os municípios do estado de Alagoas tem feriado no Dia da Consciência Negra.
  • Amazonas: desde 2010, por força de uma lei estadual, o dia 20 de novembro passou a ser considerado feriado em todos os municípios do Amazonas. A capital Manaus também tem uma lei municipal que decreta 20 de novembro feriado do Dia da Consciência Negra.
  • Amapá: a Lei Estadual Nº 1169, de 2007, garantiu feriado oficial em 20 de novembro em todas as cidades do estado do Amapá.
  • Bahia: apenas três municípios baianos têm o Dia da Consciência Negra no calendário oficial de comemorações: Alagoinhas, Camaçari e Serrinha. Em todos eles, o feriado foi determinado por lei municipal.
  • Ceará: no estado do Ceará, o Dia da Consciência Negra não é feriado em nenhum município.
  • Distrito Federal: Distrito Federal não tem feriado para comemorar o Dia da Consciência Negra.
  • Espírito Santo: as cidades de Cariacica e Guarapari têm feriado oficial no dia 20 de novembro, por determinação de leis municipais.
  • Goiás: quatro cidades goianas celebram oficialmente o Dia da Consciência Negra em 20 de novembro: a capital Goiânia, Aparecida de Goiânia, Flores de Goiás e Santa Rita do Araguaia.
  • Maranhão: apenas o município de Pedreiras terá feriado no dia 20 de novembro, garantido por uma lei municipal de 2008.
  • Minas Gerais: 11 cidades mineiras têm feriado do Dia da Consciência Negra em 20 de novembro: Além Paraiba, Betim, Guarani, Ibiá, Jacutinga, Juiz De Fora, Montes Claros, Santos Dumont, Sapucai-Mirim e Uberaba. Em Belo Horizonte não haverá o feriado.
  • Mato Grosso do Sul: só a cidade de Corumbá tem feriado oficial em 20 de novembro, por força de lei municipal de 2008.
  • Mato Grosso: uma lei de 2002 determina feriado do Dia da Consciência Negra em 20 de novembro em todos os municípios do estado.
  • Paraíba: o 20 de novembro é oficialmente feriado apenas na capital, João Pessoa.
  • Pará: não é feriado em 20 de novembro em nenhuma cidade do estado.
  • Paraná: só duas cidades paranaenses, Guarapuava e Londrina, tem feriado oficial no 20 de novembro. Nos dois casos, o feriado foi determinado por lei municipal de 2009.
  • Pernambuco: não é feriado em 20 de novembro em nenhuma cidade do estado.
  • Piauí: não é feriado em 20 de novembro em nenhuma cidade do estado.
  • Rio de Janeiro: lei estadual de 2002 garante o feriado do Dia da Consciência Negra em todos os municípios cariocas.
  • Rio Grande do Norte: não é feriado em 20 de novembro em nenhuma cidade do estado.
  • Rio Grande do Sul: desde 1987, uma lei estadual determina que o 20 de novembro é feriado em todos os municípios gaúchos.
  • Rondônia: não é feriado em 20 de novembro em nenhuma cidade do estado.
  • Roraima: não é feriado em 20 de novembro em nenhuma cidade do estado.
  • Santa Catarina: Florianópolis (os escravos negros catarinenses foram dizimados. Uma revgonha!
  • São Paulo: não há uma lei estadual que determine o feriado de 20 de novembro no estado. Entretato, a data está no calendário oficial de 101 cidades por leis municipais, incluindo a capital São Paulo. São eles: Aguai, Aguas Da Prata, Aguas De Sao Pedro, Altinópolis, Americana, Americo Brasiliense, Amparo, Aparecida, Araçatuba, Aracoiaba da Serra, Araraquara, Araras, Atibaia, Bananal, Barretos, Barueri, Bofete, Borborema, Buritama, Cabreuva, Cajeira, Cajobi, Campinas, Campos do Jordão, Canas, Capivari, Caraguatatuba, Carapicuíba, Charqueada, Chavantes, Cordeirópolis, Cruz das Almas, Diadema, Embu, Embu Das Artes,Estância De Atibaia, Florida Paulista, Franca, Franco Da Rocha, Francisco Morato, Franco da Rocha, Getulina, Guaira, Guarujá, Guarulhos, Hortolândia, Ilhabela, Itanhaem, Itapecerica da Serra, Itapeva, Itapevi, Itararé, Itatiba, Itu, Ituverava, Jaguariuna, Jambeiro, Jandira, Jarinu, Jaú, Jundiaí, Juquitiba, Lajes,Leme, Limeira, Mauá, Mococa, Olímpia, Paraiso, Paulo de Faria, Pedreira, Pedro de Toledo, Pereira Barreto, Peruíbe, Piracicaba, Pirapora do Bom Jesus, Porto Feliz, Ribeirão Pires, Ribeirão Preto, Rincão, Rio Claro, Rio Grande Da Serra, Salesópolis, Salto, Santa Albertina, Santa Isabel, Santa Rosa de Viterbo, Santo André , Santos, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São João Da Boa Vista, São Paulo, São Roque, São Vicente, Sete Barras, Sorocaba, Sumaré e Suzano.
  • Sergipe: não é feriado em 20 de novembro em nenhuma cidade do estado.
  • Tocantins: só o município de Porto Nacional tem, por lei municipal, feriado no 20 de novembro.

Salve Zumbi \o/\O/\o/

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Minhas postagens, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

O golpismo dos derrotados

o golpe da direita, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed

Estou começando a ficar com medo, e medo de verdade! O resultado das eleições gerais de 2014 onde elegemos, em diferentes esferas de governança, os mesmo representantes e separou o país entre “nós” e “eles”. Os derrotados não concordaram com o resultado obtido pela reeleição da presidente Dilma Rousseff. Eu votei na candidata do PT e acredito em suas propostas, assim como não votei no candidato a governador reeleito em Santa Catarina em primeiro turno Raimundo Colombo, mas o reconheço. Eu não tive vergonha em ter declarado o meu voto, mas fui hostilizado, perdi amigos e bloqueei alguns e não tive medo, tenho agora.

A cada hora fica mais evidente o crescimento da onda golpista. O que segunda-feira parecia birra de perdedor inconformado, hoje causa preocupação. Nas veias da direita latino-americana corre o DNA do golpe. Nossa arrogante e prepotente classe média mais uma vez servindo de escada para os interesses do grande capital nacional e internacional. É da natureza que não aceitem a possibilidade de igualdade social ou a simples acesso daqueles que tanto desprezam aos benefícios que eles tem acesso.

Estamos vivendo um momento muito delicado que precisa ser rapidamente interpretado e encaminhado ações para redirecionar se rumo. Estou triste por ver jovens querendo a volta da ditadura. Isso vai dá m@#$%. Internamente e internacionalmente o Brasil vai quebrar, afinal vai sofrer várias sanções internacionais, a primeira delas é a expulsão do ABRIC

Por fim meus amigos, a maior ameaça a democracia não é o PT, é essa possibilidade de estarem aventando um golpe militar. Vamos perder toda a credibilidade no mundo e nossa economia sim, vai afundar. É estarrecedor ver gente como FHC, Serra, Neves, Marina, até agora não terem se postado contra. Querem instalar no país uma instabilidade política. Se você é a favor da ditadura militar, por favor, faça um favor para mim, me tire de sua vida.

Leio o artigo de Miguel do Rosário pulicado no Brasil 247 http://bit.ly/1xQBfVY.

Sou completamente contra tudo isso, isso em referência ao golpismo.

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Minhas postagens, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Resultado das eleições gerais em Ilhota no 2º turno

Chegamos ao fim do processo eleitoral. O resultado final no município de Ilhota não foi tão promissor para Dilma, isso sem falar do estado catarinense. Dilma obteve míseros 30,48% (2.472) contra 69,52% (5.638) dos votos válidos. O que fez dos ilhotenses a votarem em massa no Aécio. Mudança? Será que a mudança pregada veementemente na campanha eleitoral de 2012 por Daniel Bosi aconteceu? Uma outra coisa… o PMDB ilhotense votou em Aécio? Só pode! Pelos números, votou sim e aprovou por tabela a mudança que o atual gestor está promovendo na cidade. Eu votei em Dilma Rousseff.

O que me chamou a atenção em Ilhota foi o grande número de abstenções. Dos 10.453 eleitores aptos a votarem no município, 18,13% (1.895) dos eleitores não compareceram para votar. Onde eles estavam? Em Santa Catarina, os faltosos chegou quase ao mesmo índice sendo 17,86% (867.106) não foram votar. Os votos inválidos transcorreram dentro da naturalidade da proporcionalidade.

Por fim, confira a apuração final do resultado nominal das Eleições Gerais de 2014 do segundo turno no município de Ilhota/SC. As imagens foram extraídas do programa Divulga. Clique neste link a baixe o programa. Abaixo, o resultado do pleito.

Resultado das eleições gerais do 2º turno -  Ilhota, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed Resultado das eleições gerais do 2º turno -  Santa Catarina, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed

Resultado das eleições gerais do 2º turno -  Brasil, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Minhas postagens, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Direito de resposta de Dilma para revista Veja

direito de resposta de dilma para veja, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed

Ministro do TSE determina publicação imediata de resposta à reportagem que afirma que Dilma e Lula sabiam da corrupção na Petrobras. Leia a íntegra do direito de resposta definido pelo ministro:

Direito de resposta

Veja veicula a resposta conferida à Dilma Rousseff, para o fim de serem reparadas as informações publicadas na edição nº 2397 – ano 47 – nº 44 – de 29 de outubro de 2014.

A democracia brasileira assiste, mais uma vez, a setores que, às vésperas da manifestação da vontade soberana das urnas, tentam influenciar o processo eleitoral por meio de denúncias vazias, que não encontram qualquer respaldo na realidade, em desfavor do PT e de sua candidata.

A Coligação “Com a Força do Povo” vem a público condenar essa atitude e reiterar que o texto repete o método adotado no primeiro turno, igualmente condenado pelos sete ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por terem sido apresentadas acusações sem provas.

A publicação faz referência a um suposto depoimento de Alberto Youssef, no âmbito de um processo de delação premiada ainda em negociação, para tentar implicar a Presidenta Dilma Rousseff e o ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva em ilicitudes. Ocorre que o próprio advogado do investigado, Antônio Figueiredo Basto, rechaça a veracidade desse relato, uma vez que todos os depoimentos prestados por Yousseff foram acompanhados por Basto e/ou por sua equipe, que jamais presenciaram conversas com esse teor.

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Minhas postagens, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Eleições da zuera

Eu já decidi meu voto, mas nada como uma pitada de humor nos últimos momentos das eleições. Eu voto em Dilma mas tenho amigos que votam no Aécio. Esses vídeos da galera do 5 alguma coisa resumiram a zuera dessas eleições na reta final. Vale a pena dar um play nos vídeos.

:D

Publicado em #blogdodcvitti, Minhas postagens, Newsletter | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário