Arte para jovens promove a inclusão social em Ilhota

A história de vida dos adolescentes que integram o projeto Museu de Arte Jovem, de Ilhota, será o foco principal dos trabalhos desenvolvidos pela professora Daniela Chaves com os alunos no decorrer deste ano de 2011. O tema “Minha infância, minha vida”, foi escolhido com o objetivo de resgatar nos alunos a importância da trajetória de vida na formação de cada um como pessoa.

O projeto Museu de Arte Jovem foi criado no ano passado, visa oferecer um espaço de inclusão social através da arte e da educação e neste ano terá muitas novidades.

A principal mudança é no local onde acontecem as aulas, que antes eram realizadas nas escolas e agora são oferecidas no Espaço Cultural Edith Maes, que fica anexo à Prefeitura, no local onde antes funcionava a Câmara de Vereadores. A mudança, segundo o diretor de Cultura, Raul dos Santos, é oferecer um espaço mais confortável para os alunos, pois nas escolas são realizadas muitas outras atividades extracurriculares. Além disso, uma nova turma será formada, ainda este ano, para atender os adolescentes ligados ao Centro de Referência a Assistência Social, CRAS.

As aulas do projeto acontecem de segunda à sexta-feira, duas vezes por semana para cada grupo, no contra turno escolar. Podem participar estudantes com idade entre 12 e 17 anos matriculados nas escolas da cidade. Nas aulas, os alunos aprendem técnicas artísticas através de oficinas práticas.

Formatura

Na semana passada, os alunos que integraram o projeto no ano passado participaram da cerimônia de formatura. Na ocasião foram selecionados os três melhores trabalhos. Além da premiação oferecida para os vencedores, as telas também foram levadas para serem expostas na sede da empresa Descapark, em São Paulo. A empresa é patrocinadora do projeto.

 

Publicado na edição 1279 do Jornal Cruzeiro do Vale.

Anúncios

Prestação de contas

Valeu!

Gostaria de agradecer aos constantes apoio que os jornais Cruzeiro do Vale e Metas vem proporcionando nas políticas e ações ao qual fazemos parte, tanto na atuação do governo do prefeito Ademar Felisky, quanto nos movimentos sociais organizados.

Sem o apoio da imprensa, nossas ações não teriam credibilidade e como agente público que somos, entendo que é o nosso dever e compromisso prestar conta a sociedade das responsabilidades assumidas e sou muito grato ao jornal em divulgar os resultados obtidos.

Esperamos contar sempre com essa parceria, pois temos muito a construir. A todos do jornal, nosso eterno reconhecimento!

Sanctity, primeiro disco de Mapuche

Flyer Mapuche

Acaba de sair Sanctity o primeiro disco de Mapuche, projeto solo do Dj e Produtor Isaac Varzim. O disco de estréia, lançado em 18 de março, privilegia sonoridades introspectivas e intimistas, com arranjos delicados, andamentos mais lentos e atmosfera musical orgânica e calorosa.

Sanctity está disponível para Download Gratuito nos primeiros 30 dias de lançamento, até 18 de abril. Entre no site, baixe o album completo e conheça mais sobre Mapuche. www.mapucheways.com.

Se você é produtor, o album completo está disponível para download com as partes separadas para ser remixado da forma que você preferir. Encontre-nos nas redes sociais: Facebook, Twitter, Soundcloud.