Ajude a para o estupro corretivo na África do Sul


Thembi (nome alterado) foi puxada de um taxi perto de sua casa, espancada e estuprada por um homem que alegava que estava “curando” ela do lesbianismo.

A Thembi não é a única — este crime horrendo é comum na África do Sul, onde lésbicas vivem aterrorizadas com os ataques. Porém, ninguém nunca foi condenado por “estupro corretivo”. De forma surpreendente, a partir de um pequeno esconderijo na Cidade do Cabo algumas ativistas corajosas estão arriscando as suas vidas para garantir que esta prática hedionda acabe. A sua campanha massiva teve resultado, forçando o governo a responder.

Se nós chamarmos a atenção para este horror, de todos os cantos do mundo, nós poderemos aumentar a pressão e ajudar a trazer resultados e ações concretas nas negociações com o governo.Vamos pedir para o Presidente Zuma e o Ministro da Justiça condenar publicamente o “estupro corretivo”, criminalizando crimes de preconceito, e garantindo a implementação imediata a lei, educação da sociedade e proteção para as vítimas. Assine a petição agora e compartilhe com todos — quando alcançarmos 1 milhão de assinaturas, elas serão entregues para o governo da África do Sul com ações bem visíveis e ousadas.

https://secure.avaaz.org/po/join_avaaz/?join.

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s