Adesão do prefeito Ademar ao projeto Oasis

Relembrando as antigas que fiz e faço na Assessoria da Juventude, esse é o vídeo ao qual o prefeito Ademar Felisky adere ao movimento de massas do Oasis Santa Catarina no ano de 2009. Esse na verdade foi o primeiro projeto desenvolvido pela Assessoria para Assuntos da Juventude.

Anúncios

Participe dessa INOVAÇÃO…

A Organização Mundial do Movimento Escoteiro está promovendo um concurso para a criação do logotipo da edição deste ano do Jamboree-On-The-Air (JOTA) e Jamboree-On-The Internet (JOTI).

Escoteiros de todo o mundo estão convidados a apresentar seu projeto. O logotipo aprovado será utilizado como emblema oficial d o evento, para ser usado por todos os participantes do 54 º JOTA – Jamboree no Ar e 15 º JOTI – Jamboree na Internet, marcados para os dias 15 e 16 de outubro de 2011.

Os usuários do Facebook serão convidados a votar em seus distintivos favoritos, sendo que os 10 (dez) mais votados serão então submetidos a um júri composto por voluntários e profissionais no Escotismo, para o processo seletivo final.

O tema do concurso é “Paz, Meio Ambiente e Desastres Naturais”. Seu projeto para o logo deve refletir o tema. Para ser aceito o logotipo devem apresentar o nome abreviado do evento “JOTA – JOTI”; o nome oficial em Inglês e Francês ”54 º Jamboree On The Air/Jamboree 54e Sur Les Ondes” e “15 º Jamboree On The Internet /15e Jamboree Sur Internet”; as datas do evento em Inglês e Francês “15 -16 de outubro/Octobre 2011” e o emblema Escoteiro mundial (em roxo). O tamanho do logotipo para o distintivo deve caber em um espaço de 6cm x 6cm (quadrado).

A coordenação pede para que os interessados consultem os projetos de anos anteriores para ter uma idéia de como os elementos podem ser exibidos, e lembra que o projetos, que não respeitam as regras, serão removido do grupo no Facebook. Seja criativo ao conceber o design do distintivo e quando o projeto estiver pronto, vá para a página do Facebook OMME e siga as instruções para carregar seu distintivo. Você pode enviar seu projeto no período de 1 º a 30 de abril de 2011.

Criar a Explicação de sua idéia (Buzz) – Os passos anteriores são essenciais. No entanto, você pode dizer mais sobre seu processo criativo, fazendo um pequeno vídeo explicando como você concebeu o seu projeto. Sugestão: Convide seus amigos para votar em seu projeto no Facebook, escoteiros de todo o mundo podem decidir quais projetos serão apresentados ao júri.

Um júri irá escolher o vencedor entre os 10 projetos que receberem mais votos. Os membros do júri irão acompanhar o processo e analisar os 10 projetos mais populares e o vencedor será escolhido nos seguintes critérios: Composição, criatividade, técnica, apelo visual e impressão global.

O “designer” do Bureau Escoteiro Mundial vai ajudar o vencedor a adaptar o projeto e ajustar o logotipo para a produção final dos distintivos. Os prêmios serão anunciados junto com o anúncio dos vencedores.

PARTICIPE! Vamos ter um logotipo Brasileiro na realização do próximo JOTA/JOTI.

 

Fonte: União dos Escoteiros do Brasil – Região de Santa Catarina.

A ficção da continência suprimida

Na tarde de terça-feira (5/4) uma teoria conspiratória circulou entre alguns jornalistas de Brasília: os oficiais-generais recém promovidos, durante a cerimônia de apresentação à presidenta da República, Dilma Rousseff, ocorrida na manhã daquele dia, não fizeram continência à comandante-em-chefe das Forças Armadas. Portanto, estavam se rebelando contra a presidenta.

A assessoria do Palácio do Planalto mostrou aos jornalistas o equívoco daquela leitura, pois não se presta continência nesse tipo de cerimônia. Mostrou-se que, ao contrário, essa forma de cumprimento é vedada por escrito. Para comprovar, foram distribuídas aos jornalistas cópias de uma página do roteiro da última cerimônia de apresentação do governo Lula (20/12/2010), onde constava: “Durante a apresentação, o Oficial-General não presta a continência individual, apenas declina o posto e o nome de guerra”. Foram distribuídas cópias também do mesmo livreto da cerimônia desta semana, onde a comparação mostrava textos quase idênticos, apenas com ajustes relativos à mudança de gênero do Chefe de Estado.

O esclarecimento, no entanto, não desfez a teoria conspiratória, que apenas, teve seu lado invertido. O sujeito da ação deixou de ser o militar e passou a ser a presidenta, que segundo noticiado, “abriu mão de receber continências”. E nesta quarta-feira (6/4), novo questionamento foi feito sobre o assunto. Cobrou-se informação sobre cerimônias mais remotas, como se não bastasse uma cerimônia do governo anterior para jogar por terra a teoria conspiratória de que uma mudança de ritual ocorrera na atual gestão.

Diante da situação inusitada, e para esclarecimento cabal do assunto, o Blog do Planalto reproduziu abaixo três vídeos com cenas das cerimônias de apresentação de oficiais-generais, em 2008, 2009 e 2011. Desta forma, qualquer cidadão poderá comprovar que em nenhuma delas há a prestação de continência, e que o cerimonial foi mantido sem mudanças no atual governo.

 

Fonte: Blog do Planalto.

Agrotóxicos, veneno do agronegócio, contaminam alimentos e meio ambiente

Agrotóxico em bananal

O casamento do capital financeiro com o latifúndio gerou o que chamam de “moderno” agronegócio. A lógica de exploração da terra – grandes extensões, monocultura, produção basicamente de grãos para exportação, mecanização e pagamento de baixos salários – necessita ainda de um ingrediente venenoso: mais de um bilhão de litros de agrotóxicos despejados na lavoura  no Brasil, só em 2009. Isso significa que cada brasileiro consome cerca de 5,2 litros de venenos por ano, dissolvidos nos alimentos e na água contaminados. O impacto desses produtos sobre a saúde humana, tanto de quem os maneja diretamente (trabalhadores rurais), como das comunidades e dos consumidores, é grande, inclusive com registros de inúmeros casos de problemas neurológicos, má formação fetal, câncer e até mortes.

Em 2009, o Brasil se tornou o maior consumidor do produto no mundo. O uso exagerado de agrotóxicos é o retrato do agronegócio: apesar de todo seu dito “avanço tecnólogico”, não conseguiu criar um modelo de produção e técnicas agrícolas que garantam a produção de alimentos saudáveis para a população. Porque esse não é o interesse do agronegócio.

O agronegócio expulsa os camponeses do campo, destrói a terra, enche suas grandes extensões de máquinas e venenos, paga mal seus poucos trabalhadores e para quê? Para vender soja e cana para outros países. Correm para aprovar transgênicos – mesmo que seus potenciais danos à saúde ainda não tenham sido comprovados – querem de qualquer jeito flexibilzar o Código Florestal, para poderem desmatar mais sem ter que prestar contas por isso. Enfim, querem fazer do Brasil uma grande colônia de exploração, um quintal das transnacionais.

Por isso estamos nos somando a mais de 20 de entidades da sociedade civil brasileira, movimentos sociais, entidades ambientalistas e grupos de pesquisadores na “Campanha Permanente contra o Uso dos Agrotóxicos e pela Vida”.

A campanha pretende abrir um debate com a população sobre os impactos dos venenos na saúde dos trabalhadores, das comunidades rurais e dos consumidores nas cidades, a contaminação dos solos e das águas e denunciar a falta de fiscalização do uso, consumo e venda de agrotóxicos.

A campanha prevê a realização de atividades em todo o país. Em Brasília, mais de 3 mil pessoas fizeram um ato no dia 7 para denunciar a responsabilidade do agronegócio pelo uso abusivo de agrotóxicos no país.

Participe dessa campanha para acabar com os agrotóxicos! Saiba mais sobre a campanha em: http://www.mst.org.br/Campanha-contra-o-uso-de-agrotoxicos.

O governo não ficará surdo às reivindicações dos movimentos sociais

Para uma plateia de 450 mulheres que integram o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), a presidenta Dilma Rousseff assegurou ser “contra aqueles que acham que o governo deva ficar surdo às reivindicações” dos movimentos sociais. Na oportunidade, a presidenta Dilma recebeu uma carta com os pleitos estabelecidos a partir de reunião que aconteceu em Brasília (DF). Em resposta, a presidenta afirmou que colocará o seu ministério à disposição para atender as demandas.

“Escutarei todos e farei tudo que for possível para atender 100% das reivindicações. Iremos nos empenhar para encarar as grandes demandas que emergem deste movimento”, disse.

Sob organização do ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, a presidenta Dilma arrumou espaço na agenda para o encontro com as representantes do MAB que participaram do I Encontro de Mulheres Atingidas por Barragens em Luta por Direitos e pela Construção de um Projeto Energético Popular. A reunião contou com a participação dos ministros Afonso Florence (Desenvolvimento Agrário) e Tereza Campello (Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza), além de Márcia Camargo, que representou o Ministério de Minas e Energia.

Acomodadas no Salão Nobre, as mulheres integrantes do MAB aguardaram alguns minutos pelo início da cerimônia. O ministro Gilberto Carvalho abriu a série de discursos informando que o movimento está comemorando 20 anos de existência e, por este motivo, o empenho para que o grupo fosse recebido pela presidenta Dilma. Carvalho contou que a proposta é manter reunião com lideranças deste movimento a cada dois meses.

Em seguida, Soniamara Maranho, que integra a coordenação nacional do MAB, fez a leitura da carta contendo a pauta do movimento. Depois, Maranho convidou Dilma da Silva, outra representante do MAB, para entregar o documento oficial estabelecido na reunião de Brasília. Para fechar o evento, a presidenta Dilma fez um pronunciamento onde destacou a importância das mulheres por estarem participando deste movimento e enfatizou que o maior compromisso do governo “é a superação da pobreza em nosso país”.

 

Fonte: Blog do Planalto.

As fantásticas aventuras de Cloudman

Série de Mortal Kombat começa a ser exibida no YouTube na próxima semana

O canal Machinima, do YouTube, exibirá um bate-papo ao vivo com o diretor da série antes da estréia.

Uma série em live action (com atores reais) da franquia Mortal Kombat começará a ser exibida na próxima terça-feira (12/04) através do YouTube.

De acordo com o siteHadoken, antes do lançamento, o canalMachinima exibirá ao vivo, por quatro horas, um bate-papo com o diretor da série, Kevin Tancharoen. O stream contará com a participação dos atores responsáveis pelos papéis dos lutadores nos episódios.

A série tem o objetivo de promover o novo jogo de Mortal Kombat, que chegará ao Brasil no final deste mês.

População pode consultar repasses da Saúde para todos os municípios

Clique na imagem para acompanhar o repasse no município de Ilhota/SC

Clique na imagem para acompanhar o repasse no município de Ilhota/SC

 

Sistema permite consulta de transferências a todos os municípios do País. Medida está entre as ações anunciadas no Dia Mundial da Saúde.

A página do Ministério da Saúde na internet tem agora um sistema de consulta com informações sobre todos os repasses de recursos do Fundo Nacional de Saúde (FNS) aos municípios brasileiros. Ao clicar no nome do município, será possível conferir o valor do repasse, para quê foi destinado, número do processo, o banco onde foi feito o depósito, número da conta e da agência. A medida está entre as ações anunciadas pelo governo federal no Dia Mundial da Saúde, nesta quinta-feira (7).

A Assessoria de Comunicação Social do Ministério da Saúde vai produzir matérias regionais com todos os repasses. As matérias serão divulgadas pela Web Rádio Saúde, publicadas no portal e enviadas às mídias regionais.

Ao dar maior visibilidade a estas informações, o objetivo do ministério é possibilitar que a população, em todos os municípios brasileiros, acompanhe cada transferência, verificando seu valor e sua destinação.

A transferência de recursos do Fundo Nacional de Saúde é feita por blocos de financiamento: Atenção Básica; Média e Alta Complexidade; Vigilância em Saúde; Assistência Farmacêutica; Gestão do SUS; e Investimentos. Com exceção do Bloco Vigilância em Saúde, em que os repasses são feitos a cada quatro meses, nos outros blocos as transferências acontecem mensalmente, na sua maioria.

 

Fonte: Portal Saúde: www.saude.gov.br.

Maconha pode piorar desempenho sexual

Ilusão de ótica da maconha

Maconha versus sexo

O uso da maconha pode afetar negativamente o desempenho sexual masculino.

Este é o resultado de uma revisão das pesquisas publicadas na literatura médica, voltadas especificamente para o estudo da relação entre o consumo de cannabis e a saúde sexual.

“A maconha é a droga ilícita mais usada globalmente,” diz o Dr. Rany Shamloul, da Universidade de Queens, no Canadá. “Ela também é frequentemente usada pelas pessoas sexualmente ativas mais jovens que não estão cientes dos efeitos danosos que ela pode ter sobre sua saúde sexual e seu desempenho”.

Receptores penianos

Estudos em animais e in vitro identificaram novas conexões negativas entre o consumo de maconha e a disfunção sexual, que podem pôr fim às controvérsias que têm reinado sobre o assunto.

Embora já se soubesse que a maconha pode afetar determinados receptores no cérebro, agora se acredita que esses receptores também estão presentes no pênis.

O consumo da maconha pode ter um efeito neutralizador sobre esses receptores no pênis, tornando mais difícil para um homem para alcançar e manter uma ereção.

“Estes resultados vão mudar o atual entendimento da magnitude do impacto do uso da maconha sobre a saúde sexual,” diz o Dr. Shamloul.

Efeitos da maconha

Estudos anteriores que analisaram os efeitos do uso da maconha sobre a função sexual masculina têm sido limitados e muitos destes estudos têm produzido resultados contraditórios, pondera o pesquisador.

Enquanto alguns estudos apontam que a maconha pode ter efeitos benéficos na melhoria da função erétil, outros estudos concluíram o oposto.

As conclusões do Dr. Shamloul baseiam-se em uma revisão de todas estas pesquisas, colocando-as sob um mesmo critério e tirando suas próprias conclusões, sem a execução de novos experimentos.

 

Fonte: site da Diário Saúde.