Comissão de Defesa Civil fará reuniões em cinco Estados

A Comissão de Defesa Civil do Senado, criada para propor uma nova legislação para o setor no país, aprovou nesta quarta-feira, 18, seu plano de trabalho. Está prevista, além do estudo da legislação atual e das propostas em tramitação no Congresso, a realização de audiências públicas e cinco diligências externas, uma em cada região do País.

“Dentro de 90 dias, a comissão apresentará o resultado de seu trabalho, com uma proposição nova, que priorize o caráter preventivo da Defesa Civil”, destacou o senado Casildo Maldaner, relator da Comissão. Além da prevenção, os outros três focos principais da comissão são a preparação, resposta e segurança orçamentária às ações da defesa civil.

As diligências externas ocorrerão nos Estados mais afetados por catástrofes climáticas, sejam relacionados à enchentes, secas ou incêndios. Na região Sul, o estado a ser visitado será Santa Catarina, que no final de 2008 sofreu com enchentes e deslizamentos de terra que deixaram centenas de mortos e milhares de desabrigados. Nestes encontros, serão ouvidos representantes das Defesas Civis estaduais e municipais.

Outra proposta analisado pela comissão é a da criação da Força Nacional da Defesa Civil. “Não podemos ficar esperando a próxima chuva para depois chorar. Queremos concluir esse trabalho para quando chegarmos no próximo verão, na nossa época de chuvas, já estejamos mais preparados”, destaca Casildo Maldaner.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Senador (www.casildo.com.br)

Anúncios

20 milhões participarão da Olimpíada Brasileira de Matemática

Alunos e escolas premiadas receberão computador portátil/ Foto: Governo do Estado do Espírito Santo

Objetivo é estimular o estudo da matemática entre alunos e professores da educação básica da rede pública.

Todos os alunos matriculados em escolas públicas brasileiras municipais, estaduais e federais podem participar da 7ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). As inscrições podem ser feitas pelas escolas até 3 de junho na página eletrônica www.obmep.org.br. No ato da inscrição, as escolas devem indicar quantos alunos irão participar da 1ª Fase da Olimpíada. Dados da coordenação da olimpíada, da última sexta-feira (13), mostram que 15.661 escolas estão inscritas, somando 7,5 milhões de estudantes.

A Obmep é promovida pelos ministérios da Educação e de Ciência e Tecnologia, realizada pelo Instituto Nacional de Matemática Pura Aplicada (Impa) com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM). O objetivo é estimular o estudo da matemática entre alunos e professores da educação básica.

Etapas

A olimpíada tem duas provas. A primeira, com 20 questões, será aplicada em 16 de agosto em cada escola inscrita. A correção dessa prova será feita pelo professor da turma, a partir de instruções e gabaritos elaborados pela Obmep. Serão classificados para a segunda etapa 5% dos alunos de cada escola, em cada nível, com melhor pontuação.

A segunda prova, com seis a oito questões, será em 22 de outubro, em centros de aplicação indicados pela Obmep. Nessa etapa, a aplicação dos testes e a correção serão feitas por educadores indicados pela coordenação da olimpíada.

Premiação

A lista dos premiados será divulgada em 15 de dezembro. Serão premiados 500 alunos com medalhas de ouro; 900 com medalhas de prata; e 1.800 com medalhas de bronze. Também serão premiados 127 professores dentre os que obtiverem o maior número de pontos, conforme o regulamento. O prêmio será um computador portátil com programas relacionados ao ensino da matemática. Serão premiadas, ainda, 81 escolas que receberão um computador portátil com programas relacionados ao ensino da matemática, e kit de projeção móvel (datashow e tela).

Edições anteriores

Criada em 2005, a Olimpíada Brasileira das Escolas Públicas cresce em número de participantes a cada ano. Em 2005 participaram da competição 31.031 escolas públicas, 10,5 milhões de alunos com representação de 93,5% dos municípios. Em 2010 foram 44.715 escolas, 19,6 milhões de estudantes e 99,6% dos 5.565 municípios. A expectativa dos organizadores é alcançar 20 milhões de alunos em 2011.

Níveis de participação:

  • Nível 1 – estudantes de 6º e 7º anos do Ensino Fundamental;
  • Nível 2 – estudantes de 8º e 9º anos do Ensino Fundamental;
  • Nível 3 – estudantes do Ensino Médio.

Inscrições:

Campanha do Desarmamento permite PRF e polícias estaduais receberem armas

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, participa do lançamento da campanha pelo desarmamento, ocorrido no início de maio, no Rio. Foto: MJ/Divulgação-Arquivo

Como forma de ampliar a rede de recebimentos de armas de fogo em todo o Brasil, o Ministério da Justiça editou portaria que autoriza os postos da Polícia Rodoviária Federal (PRF) a participar da campanha do desarmamento. Portaria nº 936 publicada hoje no Diário Oficial da União autoriza PRF a receber armas de fogo, acessórios ou munição e a emitir o protocolo de indenização. A portaria regula ainda o credenciamento de órgãos de segurança pública dos estados e do Distrito Federal interessados em participar da Campanha Nacional do Desarmamento, lançada no início deste mês pelo Ministério da Justiça.

Até agora, apenas as 127 delegacias da Polícia Federal (PF) estavam credenciadas como postos de entrega nos 26 estados e no Distrito Federal. A partir de hoje (18/5), mais 150 postos da PRF passam a integrar a campanha. Com a publicação da portaria, nesta quarta-feira, as polícias Civil e Militar dos estados e do DF poderão integrar a mobilização nacional. Para isso, deverá ser formalizado termo de cooperação entre o Ministério da Justiça e os governos estaduais.

A Campanha Nacional do Desarmamento 2011 tem como objetivo mobilizar a sociedade brasileira para retirar de circulação o maior número de armas de fogo possível e contribuir para a redução da violência no país. Nos últimos anos, campanhas já realizadas no Brasil recolheram 550 mil armas de fogo. O valor da indenização varia entre R$ 100 e R$ 300, conforme a arma de fogo.

Nesta edição, a campanha do desarmamento assegura o anonimato a quem entrega a arma; inutilização dela no ato da entrega e agilidade no pagamento da indenização, realizada em máximo até 30 dias da entrega do armamento. Agora, o governo amplia a rede de recebimento das armas. A campanha vai até 31 de dezembro.

Fonte: Blog do Planalto.

Comissão de segurança se reúne na Câmara de Vereadores de Camboriú

Pauta:

  • Andamento da obra da Penitenciária;
  • Entrega do abaixo assinado solicitando aumento do efetivo e construção de um CIP/CER na região, para que os membros possam recolher as assinaturas; e
  • Andamento do Consórcio Intermunicipal de Segurança Pública.

Nesta quarta-feira (18), a Comissão Intermunicipal de Segurança Pública da Foz do Rio Itajaí Açú, reuniram-se no município de Camboriú. O encontro teve início às 9h, no plenário da Câmara de Vereadores do município e contou com a presença de representantes de entidades organizadas da cidade, vereadores da região, OAB, Consegs, Polícia Militar além dos vereadores de Camboriú e o vereador de Balneário Camboriú e Presidente da Parlaamfri Dão Koedderman. Ilhota teve representado pelo representante do executivo Dialison Cleber Vitti e do legislativo Vereador Calinho.

Na pauta principal a prevenção da criminalidade, aumento de efetivo, criação do Cip e ações sócios educativas para o jovem e o adolescente das cidades da região foram assuntos debatidos.

Santiago Návia, presidente da Comissão e o vereador Zé Branco conduziram os trabalhos.

O vereador Zé Branco de Camboriú abriu o debate e focou em ações e programas de reestruturação familiar, projetos sociais que envolvam as crianças e jovens é de suma importância para uma sociedade mais tranquila e segura.

O presidente da Federação dos Conselhos de Segurança de Santa Catarina (Feconseg) Valdir de Andrade defendeu a urgência no investimento em projetos de prevenção.

O mesmo assunto foi defendido e classificado por unanimidade no encontro.

Outro assunto incluído também na pauta foi o questionamento Associação dos oficiais militares do estado quanto à implantação e atuação da guarda municipal de Balneário Camboriú.

Dão Koeddermann classificou o tema e a transferência do Tenente Coronel Claudio Koglin, que deixa o 12º Batalhão, como uma ingerência e uma atitude descabível.

A próxima reunião da Comissão ficou agendada para o dia 01 de junho na cidade de Itajaí.

Foram aprovadas duas importantes encaminhamentos, sendo uma delas, as aprovação do abaixo-assinado, audiências com todos prefeitos da região na sede da Amfri sobre a consolidação do Consórcio Intermunicipal de Segurança.

Também foram discutida o apoio da Comissão nas funcionalidades dos Gabinete de Gestão Integrada Municipal – GGIM e a constituição nos demais municípios de que são legalmente constituídas dos demais municípios. O Gabinete de Gestão Integrada Municipal – GGIM é um canal de conexão de todos os órgãos de segurança pública das três esferas de governo que atuam em um município. Como a lógica de composição e campo de atuação do GGIM é o limite territorial do município, para dinamizar, ele está conectado diretamente ao gabinete do prefeito, sendo este o responsável por convocar as reuniões do GGIM.

“O GGIM organizará atividades que levarão ao debate da segurança pública no município. Além disso, equipes multidisciplinares atuarão junto ao Pronasci para fomentar o Gabinete de informações e identificar os projetos do Pronasci que podem ser implementados nos municípios”. Complemento dizendo “que estaremos presenteando a proposta ao prefeito Ademar Felisky nos próximos dias para que ilhota faça a criação do GGIM no município”, afirmou o representante da prefeitura na comissão, Dialison Cleber Vitti.

A Cisp

A Comissão Intermunicipal de Segurança Pública foi instituída no dia 13 de Julho de 2009, durante uma audiência pública para debater a criação da Guarda Municipal na Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú. Inicialmente a Comissão era composta por representantes dos Municípios de Itajaí, Balneário Camboriú e Camboriú e tinha seu foco voltado para cobrar a agilidade do Poder Público na construção do Presídio Regional e da Delegacia do Monte Alegre em Camboriú.

Com o passar do tempo os encontros foram se intensificando e as ações ganharam forma através da representatividade de outros municípios com a adesão do Parlaamfri, o Parlamento da Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí-Açu. A comissão atualmente também está empenhada na implantação do Consórcio Intermunicipal de Segurança Pública em uma iniciativa inédita em Santa Catarina.

“Precisamos somar forças para seguir avançando, muitas já foram as vitórias, porém, a Penitanciária ainda não foi inaugurada, faltam policiais nas delegacias e batalhões, os jovens em conflito com a Lei estão se tornando criminosos perigosos, sem contar os estupros, assaltos e outros crimes que estão destruindo a nossa sociedade. Vamos continuar lutando, a CISP sem dúvida é uma ferramenta de luta e você é fundamental nesse processo”, Santiago Martin Navia, presidente da CISP.

Calendários das  reunião do primeiro semestre:

  • 01 de junho: Itajaí (Câmara de Vereadores) as 9h00;
  • 15 de junho: Navegantes (Câmara de Vereadores) as 9h00;
  • 29 de junho: Ilhota (Câmara de Vereadores) as 9h00.

Casa de Orates a R$1 em Itajaí nesse sábado

Trupe Sonora Casa de Orates volta a tocar em Itajaí nesse sábado, dia 21, no Teatro Municipal. Depois de ter um show cancelado por aparelhagem insuficiente na dita Virada Cultural da cidade e outro também impedido no festival R4Life, a Trupe conta com parceria do SESC para que tudo corra dentro do planejado. O show é parte do Palco Giratório do festival Aldeias, promovido pela instituição.

O espetáculo apresentado é nomeado “Entre Sonhos e Bruxas” e contará com músicas já conhecidas, apresentadas no CD de estreia, e músicas que irão integrar o CD novo. O figurino é especial para esse show de transição, que contará ainda com alguns personagens novos e várias surpresas para o público. Os ingressos estão à venda no SESC e no próprio Teatro. Estudantes e comerciários pagam meia entrada, ou seja, garantem seu ingresso pelo valor simbólico R$0,50.

Mais de 130 pessoas já confirmaram presença no evento pelo Facebook, mas a previsão é de casa cheia. Garanta seu ingresso logo e lembre-se: as apresentações do show de transição serão limitadas!