Aniversário de Ilhota terá Show de Talentos Musicais

SHOW DE TALENTOS MUSICAIS

Se você sabe cantar, sempre recebeu elogios pela sua voz, chegou a sua hora. A prefeitura de Ilhota promoverá durante a programação dos 53 anos da cidade, um Show de Talentos Musicais. O evento ocorrerá no dia 18 de junho (sábado), em frente à prefeitura, às 20h30. A participação é gratuita e dirigida aos moradores da cidade.

Os interessados devem comparecer no auditório da Fundação Municipal de Cultura em 10 de junho, das 18h30 às 21h30. Na oportunidade ocorrerá uma seletiva. “Teremos duas categorias: adulto e infantil. Todos estão convidados. Não deixe seu talento apagado. Venha mostrá-lo neste festival e comemorar o aniversário do município conosco”, ressaltou o superintendente Rui Max.

Três jurados já estão confirmados para a seletiva: professores Raul dos Santos, Paulo Abdu e Dayro Bornhausen. O primeiro colocado de cada categoria, no dia 18, ganhará um violão.

Anúncios

O neto de Trotsky no Brasil

Esteban Volkov Bronstein é neto de Lev Davidovich Bronstein, mais conhecido como Leon Trotsky – o líder revolucionário que, ao lado de Lênin, jogou papel fundamental na Revolução de Outubro de 1917. Foi também o organizador do Exército Vermelho e o fundador da IV Internacional. Sua obra, por sua grandiosidade e profundidade, é considerada a continuadora da obra de Marx, Engels e Lênin.

Esteban foi o único sobrevivente da família de Trotsky, que foi toda assassinada a mando de Stalin na década de 30. Ele tinha apenas 14 anos de idade e já morava com seu avô, quando este foi assassinado no México, em 20 de agosto de 1940, por um agente stalinista.

Trotsky morreu, mas sua obra, seu legado, suas idéias permanecem vivas no coração da classe operária mundial e em cada luta travada pelos trabalhadores contra os capitalistas e contra a burocracia que contamina o movimento operário.

Esteban dedicou sua vida a preservar e defender a obra e o legado de seu avô, que sofreu ataques de todos os lados, com fasificações, campanhas difamatórias e calúnias de todo tipo. Ele fundou o Museu Leon Trotsky, que funciona na antiga casa do avô, no México, e agora vem ao Brasil, aos 85 anos de idade, para ministrar conferências públicas sobre a atualidade da obra e a vida de Leon Trotsky.

Infelizmente, a idade avançada de Esteban acaba limitando o número de conferências públicas e acabamos optando por realizar uma no nordeste, uma no sudeste e uma no sul.

Nessas conferências será lançado no Brasil o documentário inédito de Adolfo Garcia Videla – e produzido pelo Museu Casa de Leon Trotsky (coordenado por Esteban Volkov): “Trotsky & México: Duas revoluções do Século XX”.

Além disso, Esteban também deverá participar da abertura do Encontro de 8 anos de aniversário da ocupação da Flaskô (fábrica ocupada pelos trabalhadores) em Sumaré (região de Campinas – SP). Este será no dia 10/06 e mais informações podem ser obtidas no site da Flaskô.

A entrada nas atividades será gratuita e não é necessário inscrição, entretanto recomendamos chegar com antecedência para garantir lugar sentado.

Alcoolismo

O impacto de uma Droga Psicotrópica socialmente aceita!

A semana que passou houve de tudo… da aberração na aprovação do Código Florestal até os velhos métodos governamentais dos Esconderijos Palacianos no Submundo Palocciano (sobre o tema respondo com meu artigo já publicado: (Só enriquece na política quem é ladrão!). Aqui em Alagoas o vandalismo que destrói a dignidade do nosso povo sucateando ainda mais a saúde, educação, segurança pública, reina impunemente – aqui ou em Brasília – pela ação ou omissão da canalha política e da maioria dos eleitores. E como tudo isso já muito não fosse ainda tivemos que ver a repetição dos gravíssimos problemas, há muito anunciados, da Braskem que teve a ousadia de chamar de incidente um vazamento que assombrou milhares de pessoas. Embora eu tenha posição formada sobre a necessidade de transferência da referida estrutura industrial, do local onde hoje se encontra, tratarei sobre o tema – com todo rigor necessário – após a publicação do Laudo Técnico que será apresentado quando este artigo já foi para publicação. Ficará para o próximo!

Infelizmente além dessa metodologia de promiscuidade política dirigida pela irresponsabilidade e omissão criminosa na Administração Pública e do caos nos serviços públicos e do aumento na circulação das drogas ilícitas que formam imensos exércitos de mão-de-obra escrava com os pobres para o mundo maldito do narcotráfico… existe mais um problema de dimensão inimaginável na vida de crianças e jovens e da sociedade em geral. Neste artigo tratarei de uma droga psicotrópica – o álcool – socialmente aceita e irresponsavelmente estimulada pela intensa publicidade diária nos meios de comunicação como retrato da covardia vergonhosa do Governo Federal e do Congresso Nacional.

Primeiro gostaria de alertar – especialmente aos que gostam de se apresentar como cretinos contumazes – que a breve análise que farei sobre o tema não está fundamentada em nenhuma concepção religiosa e muito menos no velho moralismo farisaico que desprezo. Quem quiser construir seus “paraísos artificiais” ou “férias químicas de si mesmo e do mundo medíocre” que o faça… mas sem hipocrisia ou discurso cínico e pretensamente avançado, e de preferência tirando as patas das crianças e jovens! Devo registrar ainda que conheço muitas pessoas que usam bebidas alcoólicas com moderação, mas conheço também muitas mais que destruíram suas vidas e suas famílias ou embriagadas mutilaram ou assassinaram outras pessoas. As frias estatísticas oficiais e todos os Estudos Científicos mostram o impacto dessa droga psicotrópica.

Heloísa HelenaO álcool é a droga preferida de 70% dos brasileiros; é a droga de maior prevalência de uso na vida (53,2%); já é utilizada por 52% de crianças de 9 a 12 anos (32% destes já usaram em doses elevadas até a completa embriaguez); é responsável por mais de 95% das internações hospitalares provocadas por drogas; é identificada como porta de entrada para outras drogas em 68% dos adolescentes; está diretamente relacionada a 76% dos acidentes de trânsito com vítimas fatais; está inserida em mais de 60% dos homicídios e em 80% dos casos de violência sexual contra crianças e agressão e mutilação a mulheres nos seus lares; entre outros!

É uma droga que gera torpor, tonturas, vômito, comprometimento das funções mentais e reflexos retardados, fala incompreensível, redução do controle cerebral, superestimação das possibilidades e, entre outros, danos graves ao fígado, aparelho digestivo, cardiovascular, polineurite alcoólica, Síndrome Fetal pelo Álcool, coma alcoólico. Além do desenvolvimento dos limites de tolerância (têm que beber cada vez mais para produzir os mesmos efeitos) e a síndrome de abstinência (que vai do tremor de mãos até os gravíssimos delírios tremens).

A iniciação no consumo, conforme demonstra vários estudos, está relacionada a várias condições, entre elas: a droga ser rotineiramente utilizada nas famílias (inclusive oferecendo às crianças), como facilitadora em situações difíceis (tomar para relaxar), curiosidade, busca de coragem, pressão dos amigos… e (claro!) às belíssimas peças publicitárias onde uma droga é apresentada como permanentemente consumida por pessoas lindas, ricas e símbolos do sucesso. Na publicidade enganosa são gastos mais de 1 bilhão/ano para promover estímulos diversos e belos que possibilitem o consumo e termina numa vozinha ridícula “se beber não dirija” ou “beba com moderação”… tipo assim “só uma pedrinha de crack” ou “cheire socialmente”. Os cínicos produtores das bebidas alcoólicas justificam dizendo que há “um vazamento do sinal além do público-alvo” quando há uma ilegalidade ao induzir condutas enganosas e atribuir finalidades diferentes das que verdadeiramente a droga possui. Aliás, eu como Senadora e alguns outros lutamos muito para proibir a publicidade (da mesma forma que foi feito com cigarros) ou ao menos colocar rótulos… nada!

Respeitamos muito o A.A e outros grupos de auto-ajuda, reconhecemos a importância dos CAPS AD e Centros de Recuperação de Usuários de Drogas Psicotrópicas (coloquei no Orçamento de Maceió quase 2 milhões para a Construção de um)… mas sem políticas sociais globais para o enfrentamento do problema é causa digna de ser lutada por mim e outros mais… mas quase perdida! Continuemos a nossa Luta… afinal, como diz o lema, “o difícil a gente faz, o impossível a gente tenta!”

Fonte: site da Fundação Lauro Campos.

Cidades da região avançam na adesão ao Pronasci

Cidades da região avançam na adesão ao Programa Nacional de Segurança com Cidadania.

O prefeito de Balneário Camboriú Edson Renato Dias (Piriquito), e o secretário de Gestão em Segurança e Incolumidade Pública, Nilson Probst, estiveram reunidos na manhã de hoje, 26, com os prefeitos dos municípios de Camboriú, Itajaí, Itapema e Navegantes, para dar seqüência ao processo de efetivação do Consórcio Intermunicipal de Segurança Pública, com a finalidade de cumprir as etapas necessárias à adesão dos municípios ao Programa Nacional de Segurança com Cidadania (Pronasci).

O prefeito Edson Piriquito ressaltou a importância do consórcio para os municípios, frisando a responsabilidade e comprometimento de todos os envolvidos, para que a adesão ao programa seja consolidada. Objetivando a formação de uma comissão que representará o Gabinete de Gestão Integrada Regional (GGIR) o prefeito sugeriu que os representantes dos municípios indicassem os nomes a compor a comissão.

Os representantes dos municípios ressaltaram empenho do presidente da Federação dos Conselhos Comunitários de Segurança (Feconseg) Valdir de Andrade, juntamente com os demais presidentes dos Conselhos Municipais de Segurança (Consegs) na criação do consórcio, destacando que é de extrema importância que todos participem do processo.

A reunião aconteceu no gabinete do prefeito de Balneário Camboriú e contou com a presença dos prefeitos Sabino Bussanello, de Itapema, Luzia Coppi Mathias, de Camboriú, Roberto Carlos de Souza, de Navegantes, Sônia Maria Alves, chefe de gabinete de Itajaí, que representando o prefeito Jandir Bellini, Susi Bellini, vereadora de Itajaí, Dão Koerddermann, vereador e presidente do Parlamento da Macro-Região da Foz do Rio Itajaí (Parlaamfri), Luciano Estevan, chefe de gabinete de Itapema e Christian Barbosa, diretor de Segurança de Itapema.

O prefeito Edson Piriquito, aproveitou a ocasião para comentar com os chefes do Executivo das cidades da região sobre a situação do Hospital Ruth Cardoso, sugerindo que eles unam forças para reivindicar soluções junto ao Governo do Estado, já que a entidade também atende os munícipes das cidades vizinhas.

Confira a comissão criada para garantir a adesão da região ao Pronasci:

Nilson Probst – representará Balneário Camboriú

  • João Calisto Faquile – representará Camboriú.
  • Christian Barbosa e Luciano Estevan – representarão Itapema.
  • Sônia Maria Alves – representará Itajaí.
  • Joabe Bezerra Duarte – representará Navegantes.

Mais informações com o secretário de Segurança Nilson Probst pelo telefone 8824-2777.

Inscrições abertas para o Ilhota Rock Festival, que rola em junho

Tem banda? Tá afim de tocar em um dos eventos alternativos mais clássicos da música catarinense, então se agilize que estão abertas as inscrições para tocar na edição 2011 do Ilhota Rock Festival. Além de anunciar a seleção de atrações, a organização do evento também divulgou a data do festival: 17 de junho, na capital da lingerie, é claro. Os interessados devem vender o seu peixe nesse e-mail aqui: ilhotarockfestival@gmail.com. Mas é bom correr, porque o comunicado que vem de Ilhota avisa que essa semana sai a escalação oficial da festa.