As barragens do Rio Itajai-Açu

Recebi recentemente um e-mail muito interessante de um anexo que diz a respeito das barragens do principal efluente do estado catarinense. Veja nas imagens abaixo, produzida por Denis Pacher, do Deinfra, como o nível das águas do Rio Itajaí-Açu influenciam em Blumenau e nossa região:

Anúncios

“Transparência é para os governos”

Transparência é para os governos.

Transparência é para organizações

que são tão grandes que se tornam parte do governo.

Privacidade é para os indivíduos.

Transparência tira o poder das organizações poderosas

e o confere a quem não tem poder nenhum.

Privacidade protege indivíduos que não tem poder

contra a força das organizações titânicas.

Hoje de manhã teve um talkshop no Santander Cultural acerca do tema “Co-Criação, novos negócios e direito autoral” pelo projeto Agora Ágora, com uns convidados bem bacanas. Falando de internet, direito autoral, produção de conteúdo, etc, o papo acabou descambando pro tema privacidade.

Quão transparente somos individualmente quando cobramos transparência de governos e corporações? O jornalista Lino Bocchini (daquele caso de censura da “Falha de São Paulo”) respondeu com esse trecho da entrevista do Assange.Tá certo, a transparência é pros grandes grupos, pros coletivos humanos tomadores de decisões que nos afetam diariamente.

No entanto, é tênue a zona fronteiriça entre público e privado hoje. O cidadão não tem sua privacidade invadida porque ele mesmo a evade, respondendo às perguntas que ninguém perguntou no Facebook e no Twitter, respondendo às perguntas a si mesmo, talvez. “O que você está pensando? O que está acontecendo? Onde você está agora?”, são perguntas que exigem do sujeito uma reflexão mínima a fim de que sua resposta mostre quem ele é e ao que veio naquele ambiente virtual. Escancarar as portas da vida privada é peça fundamental da construção identitária hoje.

Agora, quanto de nós realmente aparece nesses meios? E aquilo que é preservado, pra onde vai?

Você já comeu hoje?

Ele ainda não.

Milhões de Pessoas em Pobreza Extrema Precisam da sua Ajuda! Não queremos o seu Dinheiro. Só precisamos um pouco do seu tempo. Mais bem pouco mesmo. Algumas ações, podem levar 1 minuto do seu dia, como esta da Petição do Instituto Eu quero Viver.

Participe! Acesse este link e cadastre-se no movimento. Contribua. Não deixe de se cadastrar na rede social do Planeta Voluntários, para participar de outras ações como esta..

Todos pela federalização da FURB

Hoje foi mais um dia em luta pela federalização da Furb, a Fundação Universidade Regional de Blumenau. Deputados se revezaram em suas casas para a defesa da garantia da universalização do ensino superior no estado, sendo eles, o Deputado estadual Jean Kuhlmann usou a tribuna da Alesc, enquanto em brasília, o Deputado Décio Lima manifestou na Câmara dos Deputados.

Ambos tiveram o mesmo discurso, que por incrível que pareça, seus partidos são de extremas, mas o que me chamou bastante a atenção foi o posicionamento de blumenauense Jean Kuhlmann, que deu a entender a defesa literal da Furb Federal e promoveu um pouco a defesa da presidenta Dilma. O ex-prefeito de Blumenau Décio Lima a gente espera tudo, pois além de ser do partido da mulher, tem que se esperar mais em seu discurso. Mas, as coisas são assim mesmo.

Se a Furb não for federal agora com essa tropa de petistas nos altos escalões do governo federal, como o exemplo da ministra Ideli Salvatti, imagina quando? Por fim, convidamos a galera a participar do movimento que está bombando no Facebook tendo debates, prós e contra ao tema e pedimos a você que ingresse nas fileira, pois um dia poderemos ser beneficiados com mais essa oportunidade. Acessem o link https://www.facebook.com/groups/203213556401195/ e participe das discussões.

Conferência de Políticas para as Mulheres

Está no ar a página eletrônica da 3ª Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres, que será de 12 a 15 de dezembro, em Brasília, pela Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) e o Conselho Nacional dos Direitos da Mulher (CNDM). Trata-se de uma ferramenta eletrônica com informações das conferências estaduais e municipais, documentos e notícias, entre outras seções. No menu “Conferências nos estados e municípios”, o internauta poderá saber como está o processo nos 26 estados e Distrito Federal. As informações vão desde as datas das etapas locais e endereços até documentos apresentados. O público também poderá postar, na seção “Coloque o seu município no mapa!”, notícias, imagens, vídeos, áudios e comentários sobre as conferências locais e estaduais. A terceira edição da conferência tem como tema “Autonomia e liberdade das mulheres”.