Capacitação orienta profissionais sobre os cuidados no manuseio de alimentos ofertados nos equipamentos sociais da região


Capacitação orienta profissionais sobre os cuidados no manuseio de alimentos ofertados nos equipamentos sociais da região

Pensando na qualidade dos alimentos oferecidos nos equipamentos sociais CRAS, CREAS e Acolhimentos Institucionais, e na segurança da população que utiliza estes serviços, a Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí – AMFRI realizou na última terça-feira (30), uma capacitação sobre Manuseio de Alimentos. Durante toda a tarde, auxiliares de serviços gerais e educadores sociais da região receberam orientações sobre os cuidados que devem ser tomados no preparo das refeições.

Além das dicas para uma alimentação saudável e adequada, os participantes foram alertados quando à importância de conservar bons hábitos de higiene, que vão desde o asseio pessoal e os cuidados na manipulação dos alimentos, até a hora de servi-los para o consumidor. A principal razão destes cuidados é evitar a ocorrência de doenças provocadas pelo consumo de alimentos contaminados. “A saúde de muitas pessoas está nas mãos de quem prepara o alimento”, salienta a nutricionista Carolina Marini, que ministrou a capacitação, reafirmando a importância do trabalho das cozinheiras.

Ao final do curso, uma série de receitas saudáveis e que ensinam a reaproveitar alimentos a fim de evitar o desperdício foram ensinadas. Para a cuidadora social do município de Itajaí, Simone Guardia, a experiência do treinamento foi enriquecedora. “Esses momentos são muito importantes. Enquanto educadora referência irei repassar todas essas informações para as responsáveis pelo manuseio de alimentos em nosso Abrigo”. Contente com o que aprendeu na capacitação, a merendeira do município de Camboriú, Cleusa Florêncio espera agora conseguir material adequado para o trabalho. “Seria importante também a participação dos nossos chefes, para que percebam a necessidade de fornecer uniforme e material adequados”.

Para a cozinheira do município de Balneário Camboriú, Áurea Maria Antônia Crescêncio, capacitações como esta deveriam ser oferecidas com freqüência. Segundo ela, tão importante quanto o treinamento é a motivação das funcionárias em fazer um trabalho cada vez melhor. “Precisamos de gente com disposição e boas idéias, até para conseguir inserir no cardápio certos alimentos saudáveis, mas que as crianças geralmente têm rejeição”.

Fonte: Camila Raymundi, assessora de comunicação social da AMFRI.

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s