Municípios catarinenses aderem à Campanha Mundial para Redução de Desastres


Para marcar a Semana Nacional de Redução de Desastres, comemorada de 10 a 15 de outubro, e também o Dia Internacional de Redução de Desastres, 12 de outubro, a Secretaria de Estado da Defesa Civil (SDC) realiza algumas ações. Nesta terça-feira (11), o governador Raimundo Colombo fará a entrega dos certificados de adesão à Campanha Mundial para a Redução de Desastres – Desenvolvendo Cidades Resilientes aos municípios de Lages e Araranguá. A Campanha foi criada pela Estratégia Internacional para a Redução de Desastres (EIRD) da ONU. A solenidade de certificação ocorre às 14h, no gabinete do governador, com presença dos prefeitos e suas respectivas defesas civis municipais.

Santa Catarina é o único estado brasileiro que integra a campanha com oito municípios. Outras cidades como Rio do Sul, Tubarão, Itajaí, Florianópolis, Blumenau e Jaraguá do Sul já estão incluídas na campanha. Para participar, as cidades devem se comprometer a desenvolver dez itens essenciais, como ações de prevenção junto às comunidades, nas escolas, preparação das equipes de defesa civil, mapeamentos, estudos e pesquisas que contribuam para a proteção da população no Estado. A campanha será o tema principal das atividades da Semana de Redução de Desastres, da Secretaria Nacional de Defesa Civil. Veja programação completa em http://www.defesacivil.gov.br.

O governador Raimundo Colombo, além de entregar os certificados, vai conhecer um projeto inovador, realizado por alunos da Escola Estadual Ruy Barbosa, de Timbó. A apresentação “Alarme contra enchentes”, dos alunos Guilhermo R. Maass, Charles Benzi e Brayon M. Pieske, do 3º ano, cujo projeto surgiu em novembro de 2008, quando a região do Vale do Itajaí foi atingida pela catástrofe, tem o objetivo de monitorar um local de risco, enviando um sinal sem fio para a central que aciona um dispositivo luminoso e sonoro. O trabalho já foi anteriormente apresentado para os colaboradores da Defesa Civil Estadual.

A Campanha

A Campanha da Estratégia Internacional para Redução de Desastres (EIRD/ONU) se pauta na crescente urbanização mundial e nos problemas decorrentes de uma ocupação desordenada em contraponto à necessidade de prever riscos e criar ferramentas de adaptação e de enfrentamento para construção de cidades mais seguras. O objetivo geral da campanha mundial é construir comunidades urbanas resilientes, sustentáveis e seguras. Para 2011, a meta é atingir mais de 1.000 cidades participantes. Até o momento, são 752 cidades em todo o mundo. A Secretaria Nacional de Defesa Civil lançará oficialmente a Campanha no Brasil, com atividades durante toda a semana.

O projeto “Alarme contra enchente”

O primeiro protótipo foi construído em MDF, com oito saídas para o alarme; já o segundo, foi montado em uma caixa de plástico com isolamento de borracha para a água não entrar. Parecido com uma campainha sem fio, pode ser colocada em qualquer lugar, pois é tão pequena, e se for instalada dentro de casa quase nem dá para perceber, mas o som da central é suficiente para alguém escutar num raio de 50 a 100 metros, dependendo do lugar. O sistema já foi testado na propriedade dos pais de um dos alunos, durante as chuvas, o alarme fez com que toda a plantação de hortaliças e flores fosse salva.

Informações adicionais: Fabiane Pickusch Costa, Secretaria de Estado da Defesa Civil. E-mail: comunicacao@sdc.sc.gov.br – Telefone: (48) 8843-3695

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s