Brasil não vai transferir empregos para outros países, diz presidenta na entrega de navio do PAC

Presidenta Dilma Rousseff durante a cerimônia de entrega do navio Celso Furtado no Estaleiro Mauá, em Niterói. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A presidenta Dilma Rousseff participou hoje (25) da cerimônia de entrega do navio Celso Furtado no Estaleiro Mauá. É a primeira embarcação entregue por um estaleiro brasileiro ao Sistema Petrobras desde 1997. Sua construção faz parte do Programa de Modernização e Expansão da Frota (Promef), que marca a retomada da indústria naval brasileira com a abertura de novos estaleiros e a modernização dos existentes.

No discurso, Dilma Rousseff lembrou o desmonte vivido pela indústria naval no Brasil. Seu ressurgimento, afirmou, é resultado do esforço do ex-presidente Lula, que acreditou no trabalhador brasileiro.

“A indústria naval, quando o presidente Lula chegou ao governo, estava paralisada. E você via no chão, nos muitos estaleiros que já tinham produzido navio, a grama crescendo por entre as pedras. Isso foi responsabilidade de um momento terrível da nossa história, em que nós tivemos uma das maiores perdas para os trabalhadores do setor metalúrgico do Brasil. E aí, o presidente Lula tomou uma decisão. Nós podemos produzir no Brasil o casco, o navio e a plataforma.”

A presidenta Dilma disse ainda que a indústria naval vai continuar gerando emprego. Além da Petrobras, as empresas de petróleo que atuam no país vão manter seus investimentos, o que aumentará a demanda por navios, plataformas e sondas. Os postos de trabalho aqui criados, afirmou a presidenta, não sairão do país.

“Eu lutei muito para que o Brasil voltasse a produzir o que ele era capaz. Nós não vamos transferir emprego para ouros países do mundo. Os empregos gerados para o Brasil serão mantidos no Brasil.”

A presidenta fez uma homenagem ao economista Celso Furtado (1920-2004), que, segundo ela, soube separar crescimento de desenvolvimento.

“Um país só se desenvolvia se os empregos ficassem cada vez melhor, se cada família pudesse colocar seu filho na escola e ter acesso à saúde. Para ter desenvolvimento, teria que ter crescimento, geração de emprego e distribuição de renda. Senão, não era desenvolvimento.”

Programa de Navios

Presidenta Dilma cumprimenta a subchefe de máquinas do navio Celso Furtado, Alessandra Leão Santos. Foto: Roberto Stuckert Filho/PRCom o Celso Furtado, já foram lançados ao mar quatro navios, todos batizados em homenagem a importantes personagens da história do Brasil. Com capacidade para 48,3 mil toneladas de porte bruto, ele será responsável pelo transporte de combustíveis (gasolina e diesel) entre os estados.

Segundo a Transpetro, subsidiária da Petrobras, duas mil pessoas trabalharam na construção do navio. Uma delas, Alessandra dos Santos, subchefe de máquinas, não segurou a emoção. No discurso, falou do antigo sonho de ser comissária de bordo que deixou de lado quando conheceu o trabalho da Marinha Mercante. Trocou o céu pelo mar e acompanhou de perto a construção do Celso Furtado.

dez meses acompanho o nascimento do navio que já faz parte da minha vida. Assim, não poderia deixar de prestar homenagem a todos os trabalhadores do Estaleiro Mauá. Vi de perto o empenho e dedicação de cada um deles que ajudaram a transformar esse sonho em realidade.”

Pelo Promef, que faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), deverão ser entregues, até 2015, 49 navios petroleiros e gaseiros de grande porte, sendo 23 deles na primeira fase do projeto (com 65% de nacionalização) e 26 na segunda etapa (com 70% de nacionalização). Com isso, a frota da Transpetro, hoje com 53 navios, vai superar o número de 110 embarcações.

“Há dez anos, a indústria naval brasileira estava destruída. Não havia navios em construção, não havia funcionários, apenas um resíduo de dois mil funcionários, e nada mais. Hoje são 60 mil funcionários que trabalham na industria naval brasileira”, disse o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão.

Selo e carimbo comemorativos foram lançados pelos Correios na cerimônia no Estaleiro Mauá. Acompanha a imagem da embarcação Celso Furtado, a legenda: Primeiro navio do PAC em operação.

Ouça abaixo a íntegra do discurso da presidenta Dilma Rousseff ou leia aqui a transcrição. Baixar arquivo mp3.

Anúncios

PMDB renova dirigentes municipais em todo o Estado

PMDB 15

Neste final de semana (26 e 27 de novembro), o PMDB de Santa Catarina renovará seus dirigentes partidários no estado. As convenções municipais serão realizadas nos 293 municípios, onde o partido está organizado. Serão eleitos os representantes da sigla em todos os diretórios municipais, as comissões de ética e os delegados à convenção estadual, que será realizada no próximo ano. “A escolha dos novos comandantes é fundamental para a oxigenação do partido. Os novos dirigentes terão a tarefa de coordenar em suas cidades as ações peemedebistas nas eleições do próximo ano”, explica o presidente estadual do PMDB, Eduardo Moreira, ressaltando a importância do momento para o partido.

Ao todo, 16 mil dirigentes serão eleitos e/ou reeleitos durante as convenções, que, em alguns municípios, também servirão de palcos para novas filiações e mobilizações partidárias com a presença de lideranças estaduais.

Moreira deve acompanhar encontros da região Sul, da mesma forma, parlamentares e representantes do PMDB se farão presentes nas convenções de suas respectivas regiões.

Orientações para as Comissões Organizadoras Estaduais

II Conferência Nacional de Juventude

Inscrição e credenciamento de delegados(as) e suplentes

Os(as) delegados(as) e suplentes estarão inscritos(as) a partir do recebimento das fichas de inscrição completas pela coordenação da 2ª Conferência Nacional de Juventude.

O prazo máximo para o envio da relação de delegados(as) e suplentes dos estados já expirou. A última oportunidade para mandar as fichas de inscrição é o dia 24 de novembro, quinta-feira. Após esta data, a coordenação da Conferência não se responsabiliza por estas hospedagens e também pelas passagens. A ficha de credenciamento segue, novamente, em anexo.

O envio do relatório das Conferências Estaduais também é fundamental. O último prazo para envio também é o dia 24 de novembro, quinta-feira. O credenciamento de delegados(as) será realizado no dia 9 de dezembro, sexta-feira, das 10 às 18h, nos próprios hotéis em que ficarão hospedados(as). Os delegados(as) também se credenciarão no dia 10 de dezembro, sábado, das 9 às 12h, no local da Conferência.

O credenciamento de suplentes será no dia 10 de dezembro, sábado, das 12 às 16h, no local da Conferência. Os suplentes somente terão direito à hospedagem a partir do momento em que se credenciarem, ou seja, a partir do sábado. O(a) suplente deverá constar na relação da delegação que foi enviada à coordenação para que possa ser aceito(a) como substituto(a).

A coordenação da Conferência não se responsabiliza pelas passagens dos suplentes, mesmo que haja substituição. As delegações do Governo Federal, do Distrito Federal, observadores, convidados(as) e imprensa farão seu credenciamento no local de realização da Conferência: Pavilhão A do Parque da Cidade de Brasília, tanto no dia 9 quanto no dia 10 de dezembro, de acordo com os horários determinados.

No dia 10 de dezembro, não haverá credenciamento nos hotéis.

Hospedagem

A hospedagem terá início dia 9 de dezembro, sexta-feira, a partir das 12h e se encerrará dia 12 de dezembro, segunda-feira, às 12h. Não nos responsabilizamos por despesas efetuadas nos quartos, como consumo de alimentos e bebidas, telefonemas, serviços de quarto, lavanderia e quaisquer outras despesas efetuadas no hotel. A organização da Conferência oferece a hospedagem e o café da manhã.

A distribuição das delegações nos hotéis será feita por estado. Não será permitida a mudança na quantidade de quartos duplos ou triplos determinada pela coordenação da Conferência. Na ficha de inscrição, as Comissões Organizadoras Estaduais devem passar as informações necessárias sobre as pessoas com deficiência ou se há alguma outra especificidade que necessite atenção ou atendimento diferenciado no que tange à hospedagem.  Nestes casos, é fundamental que seja identificado o tipo de deficiência ou especificidade e os dados do acompanhante – caso haja necessidade: nome, o telefone, e-mail e documentação.

No dia 12 de dezembro, segunda-feira, todos(as) participantes devem deixar o hotel com destino à Conferência já com suas bagagens e com o fechamento dos quartos realizado. A coodenação da Conferência não se responsabiliza pela hospedagem e alimentação das pessoas que não estiverem devidamente credenciadas como delegado(a), com exceção de acompanhantes com deficiência ou alguma outra especificidade que necessite de atenção ou atendimento diferenciado.

Em todos os hotéis, haverá um coordenador de hotel, que pode ser contatado a qualquer momento para solucionar eventuais problemas. Os delegados do Distrito Federal não terão direito à hospedagem.

Alimentação

No dia 9 de dezembro, sexta-feira, será servido jantar para os(as) delegados(as) devidamente credenciados(as) e convidados(as) após a cerimônia de abertura da Conferência. Neste dia, não será servido almoço. Nos dias 10 e 11 de dezembro, sábado e domingo, serão servidos almoço e jantar para os os(as) delegados(as) devidamente credenciados(as) e convidados(as). No dia 12 de dezembro, segunda-feira, será servido almoço para os os(as) delegados(as) devidamente credenciados(as) e convidados(as).

O café da manhã será servido no próprio hotel nos dias 10, 11 e 12 de dezembro para aqueles que estiverem hospedados.

Solenidade de abertura

A solenidade de abertura da Conferência será no dia 9 de dezembro, às 18h, no Pavilhão A do Parque da Cidade de Brasília.

Autoridades nacionais e internacionais estarão presentes neste momento, o que implica na adoção de medidas de segurança que tornam a entrada no local do evento um pouco mais lenta. É importante que as delegados(as) fiquem atentos(as) às saídas dos ônibus dos hotéis para o local da Conferência a fim de evitar atrasos. Será permitida somente a entrada de delegadas(os) credenciadas(os), além de observadores, convidados(as) e imprensa, também devidamente credenciados(as).

Após a solenidade de abertura, será servido o jantar e, em seguida, realizado um show para comemoração do inicio dos trabalhos da 2ª Conferencia Nacional de Juventude.

Transporte

Será oferecido transporte para os(as) delegados(as) do aeroporto para o hotel onde ficarão hospedados no dia 9 de dezembro, sexta-feira. No aeroporto haverá um receptivo do evento orientando os(as) delegados(as) para o acesso ao transporte. É importante lembrar que os(as) participantes somente terão acesso a estes ônibus mediante entrega do comprovante de embarque. Após fazerem o credenciamento e a entrada nos quartos dos hotéis, os(as) participantes terão transporte até o local da Conferência.

Nos dias 10 e 11 de dezembro, sábado e domingo, haverá transporte do hotel para o local da Conferência e do local da Conferência para o hotel, nos horários de início e término das atividades.

No dia 12 de dezembro, segunda-feira, será oferecido transporte do local da Conferência para o aeroporto a partir das 13h30min. É importante lembrar que os participantes somente terão acesso aos ônibus mediante entrega do comprovante de check in do voo. O transporte dos participantes de Goiás será feito por ônibus fretado pela organização da Conferência. O local e horário de encontro destes participantes – para pegarem o ônibus em Goiânia – será informado pela Comissão Organizadora Estadual. No primeiro dia, 9 de dezembro, sexta-feira, a delegação irá para o hotel fazer o credenciamento e o check in. No último dia, o retorno será do local da Conferência direto para o local de origem.

Os participantes do Distrito Federal não terão transporte.

Passagens

Lembramos que os(as) delegados(as) com passagens emitidas pela Secretaria Nacional de Juventude devem, ao desembarcar no aeroporto de Brasília, entregar seus comprovantes de embarque para a organização da Conferência. A não-entrega deste impedirá o credenciamento do(a) delegado(a).

Pedimos às Comissões Organizadoras Estaduais que auxiliem no recolhimento dos comprovantes no momento do embarque em suas cidades de origem. O acesso ao ônibus do aeroporto para o hotel só será permitido para aqueles(as) que apresentarem seus comprovantes de embarque.

O check in do voo de retorno será realizado, de forma online, no Pavilhão A do Parque da Cidade da Brasília, a partir do dia 11 de dezembro, domingo, em balcão destinado para este fim. Todos os(as) delegados(as) deverão realizar seu check in no local da Conferência, para que possa ser gerado seu comprovante de retorno.

Informamos que os delegados(as) que não realizarem este procedimento não embarcarão nos ônibus de retorno ao aeroporto. Os bilhetes aéreos são intransferíveis e destinados aos deslocamentos dos participantes da Conferência. Como são emitidos por conta do interesse da administração pública, eles não podem ser utilizados para outros deslocamentos. Também não podem ser feitas alterações de data, hora ou destino dos bilhetes emitidos pela Secretaria Nacional de Juventude.

Delegados(as) menores de 18 anos

Informamos que os delegados(as) menores de 18 anos deverão apresentar, no ato do credenciamento, documento do(a) juiz(a) da Vara da Infância e Juventude de sua cidade de origem autorizando sua participação na 2ª Conferência Nacional de Juventude. É fundamental indicar uma pessoa maior de idade – preferencialmente da Comissão Organizadora Estadual – como responsável.  A não-apresentação desta autorização implicará no não-credenciamento do(a) delegado(a) e em seu retorno imediato ao seu estado de origem, não podendo o mesmo permanecer na Conferência em nenhuma hipótese e não sendo garantido a ele(ela) hospedagem ou alimentação.

Por isso, solicitamos o empenho das Comissões Organizadoras Estaduais no sentido de identificar e contatar os delegados menos de 18 anos, orientá-los e contribuir na viabilização destas autorizações.

Solicitação

Solicitamos às Comissões Organizadoras Estaduais que informem à coordenação nome e telefone celular de, pelo menos, duas pessoas que acompanhem a delegação dos seus respectivos estados na Conferência. Estes nomes e telefones são fundamentais para que a coordenação do evento possa contatar e acompanhar a delegação durante sua estada em Brasília. Lembramos que celulares pré-pagos (de cartão) não funcionam sem crédito fora de seus estados de origem. Portanto, os números de celulares passados deveram ser de celulares pós-pagos (de conta).

Informações gerais

Brasília é uma localidade que mescla muito calor durante o dia e temperaturas mais baixas durante a noite.  Assim, sugerimos que as(os) delegadas(os) tragam roupas leves para o dia e agasalhos para a noite e não deixem de ingerir muita água. Neste período, a cidade também passa por períodos constantes de chuva.

Conferência debate transparência no poder público

Consocial marca horizontal

Os representantes do poder público e da sociedade civil terão a oportunidade de debater e avaliar a transparência do dinheiro público. Isso porque a Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí (AMMVI) vai promover, no dia 30 de novembro, das 8h às 17h, a 1ª Conferência Regional sobre Transparência e Controle Social do Médio Vale do Itajaí, a Consocial.

“O objetivo é contribuir para um controle social mais efetivo dos cofres públicos, garantindo mais eficiência na execução de projetos e transparência diante da sociedade”, explica José Rafael Corrêa, secretário executivo da AMMVI.

A palestra magna terá o tema “A sociedade no acompanhamento e controle da gestão pública” e ocorrerá às 9h, logo depois da solenidade de abertura. Após acompanharem a apresentação, os participantes se dividirão em três eixos, cada um com uma vertente. O primeiro, Promoção da transparência pública e acesso à informação e dados públicos; o segundo, Mecanismos de controle social, engajamento e capacitação da sociedade para o controle da gestão pública; e o terceiro, Diretrizes para a prevenção e combate à corrupção.

Para se inscrever na 1ª Consocial, acesse o site da AMMVI e preencha o cadastro. As inscrições são gratuitas, obrigatórias e podem ser efetuadas até dia 18 de novembro.

Concurso da Celesc tem 3779 inscritos

Celesc

Quase quatro mil candidatos estão inscritos para o concurso público da Celesc Distribuição, destinado a prover vagas para os cargos de Advogado e Engenheiro, além de formar cadastro de reserva. O concurso, realizado sob a responsabilidade da Fundação de Estudos e Pesquisas, oferece 37 vagas para cargos de nível superior com salários variados de R$ 4.632,50 e R$ 4.972,99, mais vale alimentação ou refeição de R$ 616,00. A jornada de trabalho, para todos os cargos, é de 8 horas diárias. Do total de vagas, 5% são reservadas às pessoas com deficiência física, auditiva, visual ou intelectual. O local de trabalho para todas as vagas de Engenheiro é a Administração Central da Celesc em Florianópolis.

A prova escrita será realizada no dia 04 de dezembro de 2011, nas cidades de Blumenau, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Joinville e Lages, em locais e horários a serem divulgados, via internet, no endereço eletrônico celesc.fepese.org.br. O gabarito da prova escrita será divulgado a partir das 20h do dia da sua realização, no endereço eletrônico do concurso.

Número de inscritos para cada cargo

  • Advogado: 12 vagas/1863 inscritos.
  • Engenheiro Agrimensor: 1 vaga/62 inscritos.
  • Engenheiro Civil: 2 vagas/318 inscritos.
  • Engenheiro de Produção – Eng. Elétrica: 2 vagas/66 inscritos.
  • Engenheiro de Telecomunicações: 1 vaga/124 inscritos.
  • Engenheiro Eletricista: 17 vagas/1189 inscritos.
  • Engenheiro Mecânico: 2 vagas/238 inscritos.
  • TOTAL: 3779 candidatos inscritos.

AMMVI faz avaliação da primeira missão internacional

AMMVI faz avaliação da primeira missão internacional

A primeira missão internacional da Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí (AMMVI) à Europa se encerrou com agenda de trabalho em Berlim, na Alemanha. Por lá, o Centro Empresarial e Científico Brasil-Alemanha (WWZ) confirmou à comitiva catarinense o interesse em prover investimentos na região do Médio Vale. Além disso, negociações com empresas e universidades alemãs foram iniciadas e projetos futuros podem ser concretizados na região.

O presidente da AMMVI e prefeito de Brusque, Paulo Eccel, considera que a missão teve um saldo muito positivo, pois os objetivos foram cumpridos e os gestores trouxeram na bagagem a certeza de que ações em prol do desenvolvimento sustentável da região serão realizadas. “Tanto a iniciativa privada quanto o governo alemão têm interesse em investir em nossa região, não só pelas raízes do povo, mas também pela capacidade de trabalho e peculiaridades que fazem do Médio Vale uma região promissora” comenta.

Na viagem internacional, foram formalizadas propostas de investimentos na região, principalmente nas áreas de gerenciamento de resíduos sólidos urbanos e medicina comunitária. “Durante a passagem da comitiva pela Alemanha, Espanha e Suécia abrimos relacionamentos com empresas e divulgamos que a região tem potencial para desenvolver as áreas de interesse desses países” declara o prefeito de Doutor Pedrinho, Hartwig Persuhn.

Na Europa, a delegação pode acompanhar exemplos do destino que é dado ao lixo orgânico através da biometanização, que transforma os resíduos em energia, como também conhecer o sistema de reciclagem e alternativas de tratamento. “O aterro sanitário que temos em Timbó e que atende os nove municípios membros do Consórcio Intermunicipal do Médio Vale do Itajaí (CIMVI) tem uma vida útil de apenas 15 a 20 anos, por isso consideramos ainda mais importante essa viagem”, disse Laércio.

Para o vice-prefeito de Blumenau, Rufinus Seibt, a missão contribuiu também para estabelecer relações em áreas como desenvolvimento econômico, turismo e cultura, buscando apoio a projetos relacionados a tais campos na região do Médio Vale.

“Saímos de lá com o compromisso de conversarmos com os prefeitos da AMMVI e iniciarmos o processo de implantação do modelo de tratamento de resíduos sólidos, aprimorando a reciclagem nos municípios e produzindo energia limpa”, fala o presidente da AMMVI. Conforme ele, os gestores estão convencidos da necessidade de se dar outra utilidade para o lixo. “As tratativas foram iniciadas e, embora estejamos dando passos contidos e seguros, o caminho já está aberto e temos a expectativa que a região seja referência no país”, destaca Eccel.

Roteiro

Antes do embarque para a Alemanha, os catarinenses estiveram na Espanha, em visita a Mataró, onde conheceram a experiência espanhola em gerenciamento de resíduos sólidos urbanos e o sistema de tratamento de esgoto.  Por lá, o tratamento é feito por meio de um consórcio que utiliza o processo de incineração, além de executar um trabalho de reciclagem.

Em solo alemão, a comitiva da AMMVI passou por sete cidades em busca de experiências bem-sucedidas e investimentos na região. Em Rosenow, Demmin e Rostock a agenda esteve voltada ao gerenciamento de resíduos sólidos e alternativas para o aproveitamento do potencial energético. Conforme o secretário executivo da AMMVI, José Rafael Corrêa, a cidade utiliza processo semelhante ao do consórcio espanhol, com foco na incineração e também reunindo um grupo de municípios.

Para Hans-Jürgen Geier, diretor geral da OVVD, é relevante a consolidação de grupos maiores de municípios, a exemplo de consórcios públicos, para facilitar a logística dos processos, diminuir custos e viabilizar o correto manejo dos resíduos. “Recebemos proposta de assessoria dessa empresa para auxiliar a implantação de um sistema semelhante ao visitado no Médio Vale, porém vamos analisar com cautela”, pondera Corrêa.

Em Demmin, os gestores públicos visitaram as instalações de uma usina de biogás que utiliza a silagem de milho e cereais para a produção de energia limpa, suficiente para abastecer 2 mil habitações com água quente. “Temos grande potencial energético através de nossas usinas e pequenas centrais hidrelétricas, mas esta também é uma alternativa de produção de energia que pode ser viabilizada na região”, analisa o assessor técnico da prefeitura de Rio dos Cedros, Pedro Claudino dos Santos Junior.

Já em Rostock, o foco da agenda foi conhecer o processo de biometanização. O roteiro foi escolhido pela relevância da implantação deste processo na região, como também pelo sistema de gerenciamento de resíduos feito pela empresa alemã, visando ao aproveitamento energético e ao controle da poluição.

“Durante a visita a AMMVI recebeu também do escritório alemão a proposta financeira para a elaboração de um projeto executivo para a construção de uma usina de biometanização na região. Mas o assunto será tratado com os prefeitos”, explica o secretário executivo do CIMVI, Valter Conrado de Araújo.

Dando continuidade ao roteiro, a comitiva foi recepcionada pelos prefeitos de Torgelow – cidade co-irmã de Pomerode – e Greifswald. Nesta, agenda institucional foi cumprida também na universidade da cidade que pretende firmar um acordo bilateral com a Universidade Regional de Blumenau (Furb) para a aplicação de um estudo sobre a influência de fatores de risco que causam doenças na população, conforme já vem sendo feito na região da Pomerania desde 1997.

“O estudo está conseguindo importantes publicações e reconhecimento científico, por isso estamos nas tratativas para viabilizar a parceria entre as duas universidades, de modo que a pesquisa possa ser reproduzida na região e contribua para o esclarecimento de algumas questões pertinentes à saúde da população” explica o reitor da Furb, João Natel.

A Suécia também fez parte do roteiro da comitiva catarinense. Em uma agenda paralela, profissionais da AMMVI e do CIMVI passaram pela cidade de Borás para analisar o sistema de gerenciamento e tratamento de resíduos sólidos naquela localidade, que também utiliza a biometanização. Segundo Fabiana de Carvalho Rosa, assessora de Saneamento Básico da AMMVI, dentre os produtos gerados nesse processo está o biogás, que é utilizado para abastecimento dos carros e geração de energia elétrica, entre outras finalidades.

“Podemos observar ainda o grau de conscientização e participação da população na reciclagem, que utiliza os sacos cedidos pelo poder público para a correta separação dos resíduos e ainda leva os materiais reaproveitáveis em pontos de coleta distribuídos pela cidade”, diz. Além disso, explica Fabiana, o grupo sueco quer ser parceiro na construção do conhecimento e no desenvolvimento de tecnologia.

Encerrando a missão internacional, a comitiva da AMMVI teve a última agenda em Berlim, capital da Alemanha. Na ocasião, foram estabelecidas relações com especialistas de diversas áreas para dar resposta aos interesses do Brasil por meio do Centro Empresarial e Científico Brasil-Alemanha (WWZ).  O grupo foi recepcionado também pela embaixada brasileira onde apresentou os objetivos da viagem. Após, partiram para o Brasil.

Comitiva

A comitiva da Missão Internacional Alemanha, Espanha e Suécia foi composta pelos prefeitos de Brusque, Paulo Eccel; Doutor Pedrinho, Hartwig Pesuhn; e Timbó, Laércio Schuster Junior; o vice-prefeito de Blumenau, Rufinus Seibt; o assessor técnico da prefeitura de Rio dos Cedros, Pedro Claudino dos Santos Junior; o reitor da Furb, João Natel; o presidente e o diretor de Operações do Samae de Blumenau, Evandro Luiz Schuler e Moisés Lazzari; o diretor do Samae de Pomerode, Ércio Kriek; e equipe técnica da AMMVI e CIMVI.

Secretaria de educação planeja ano letivo de 2012

Raul Fernando dos Santos, secretário de educação

Já estamos em novembro e o ano está chegando ao fim. Assim como as aulas já tem data para terminar, as do próximo ano tem dia e mês para começar. Por este motivo, a secretaria de educação promoverá um planejamento com todos que participam diretamente do ensino na rede municipal de Ilhota. A intenção é fazer um balanço deste último ano e propor novas atividades para o próximo. O encontro acontecerá no dia 05 de dezembro, às 19h, na Associação dos Servidores Públicos, localizada na rua Manoel Felizardo de Souza, n° 459, no bairro Missões.