AMMVI faz avaliação da primeira missão internacional


AMMVI faz avaliação da primeira missão internacional

A primeira missão internacional da Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí (AMMVI) à Europa se encerrou com agenda de trabalho em Berlim, na Alemanha. Por lá, o Centro Empresarial e Científico Brasil-Alemanha (WWZ) confirmou à comitiva catarinense o interesse em prover investimentos na região do Médio Vale. Além disso, negociações com empresas e universidades alemãs foram iniciadas e projetos futuros podem ser concretizados na região.

O presidente da AMMVI e prefeito de Brusque, Paulo Eccel, considera que a missão teve um saldo muito positivo, pois os objetivos foram cumpridos e os gestores trouxeram na bagagem a certeza de que ações em prol do desenvolvimento sustentável da região serão realizadas. “Tanto a iniciativa privada quanto o governo alemão têm interesse em investir em nossa região, não só pelas raízes do povo, mas também pela capacidade de trabalho e peculiaridades que fazem do Médio Vale uma região promissora” comenta.

Na viagem internacional, foram formalizadas propostas de investimentos na região, principalmente nas áreas de gerenciamento de resíduos sólidos urbanos e medicina comunitária. “Durante a passagem da comitiva pela Alemanha, Espanha e Suécia abrimos relacionamentos com empresas e divulgamos que a região tem potencial para desenvolver as áreas de interesse desses países” declara o prefeito de Doutor Pedrinho, Hartwig Persuhn.

Na Europa, a delegação pode acompanhar exemplos do destino que é dado ao lixo orgânico através da biometanização, que transforma os resíduos em energia, como também conhecer o sistema de reciclagem e alternativas de tratamento. “O aterro sanitário que temos em Timbó e que atende os nove municípios membros do Consórcio Intermunicipal do Médio Vale do Itajaí (CIMVI) tem uma vida útil de apenas 15 a 20 anos, por isso consideramos ainda mais importante essa viagem”, disse Laércio.

Para o vice-prefeito de Blumenau, Rufinus Seibt, a missão contribuiu também para estabelecer relações em áreas como desenvolvimento econômico, turismo e cultura, buscando apoio a projetos relacionados a tais campos na região do Médio Vale.

“Saímos de lá com o compromisso de conversarmos com os prefeitos da AMMVI e iniciarmos o processo de implantação do modelo de tratamento de resíduos sólidos, aprimorando a reciclagem nos municípios e produzindo energia limpa”, fala o presidente da AMMVI. Conforme ele, os gestores estão convencidos da necessidade de se dar outra utilidade para o lixo. “As tratativas foram iniciadas e, embora estejamos dando passos contidos e seguros, o caminho já está aberto e temos a expectativa que a região seja referência no país”, destaca Eccel.

Roteiro

Antes do embarque para a Alemanha, os catarinenses estiveram na Espanha, em visita a Mataró, onde conheceram a experiência espanhola em gerenciamento de resíduos sólidos urbanos e o sistema de tratamento de esgoto.  Por lá, o tratamento é feito por meio de um consórcio que utiliza o processo de incineração, além de executar um trabalho de reciclagem.

Em solo alemão, a comitiva da AMMVI passou por sete cidades em busca de experiências bem-sucedidas e investimentos na região. Em Rosenow, Demmin e Rostock a agenda esteve voltada ao gerenciamento de resíduos sólidos e alternativas para o aproveitamento do potencial energético. Conforme o secretário executivo da AMMVI, José Rafael Corrêa, a cidade utiliza processo semelhante ao do consórcio espanhol, com foco na incineração e também reunindo um grupo de municípios.

Para Hans-Jürgen Geier, diretor geral da OVVD, é relevante a consolidação de grupos maiores de municípios, a exemplo de consórcios públicos, para facilitar a logística dos processos, diminuir custos e viabilizar o correto manejo dos resíduos. “Recebemos proposta de assessoria dessa empresa para auxiliar a implantação de um sistema semelhante ao visitado no Médio Vale, porém vamos analisar com cautela”, pondera Corrêa.

Em Demmin, os gestores públicos visitaram as instalações de uma usina de biogás que utiliza a silagem de milho e cereais para a produção de energia limpa, suficiente para abastecer 2 mil habitações com água quente. “Temos grande potencial energético através de nossas usinas e pequenas centrais hidrelétricas, mas esta também é uma alternativa de produção de energia que pode ser viabilizada na região”, analisa o assessor técnico da prefeitura de Rio dos Cedros, Pedro Claudino dos Santos Junior.

Já em Rostock, o foco da agenda foi conhecer o processo de biometanização. O roteiro foi escolhido pela relevância da implantação deste processo na região, como também pelo sistema de gerenciamento de resíduos feito pela empresa alemã, visando ao aproveitamento energético e ao controle da poluição.

“Durante a visita a AMMVI recebeu também do escritório alemão a proposta financeira para a elaboração de um projeto executivo para a construção de uma usina de biometanização na região. Mas o assunto será tratado com os prefeitos”, explica o secretário executivo do CIMVI, Valter Conrado de Araújo.

Dando continuidade ao roteiro, a comitiva foi recepcionada pelos prefeitos de Torgelow – cidade co-irmã de Pomerode – e Greifswald. Nesta, agenda institucional foi cumprida também na universidade da cidade que pretende firmar um acordo bilateral com a Universidade Regional de Blumenau (Furb) para a aplicação de um estudo sobre a influência de fatores de risco que causam doenças na população, conforme já vem sendo feito na região da Pomerania desde 1997.

“O estudo está conseguindo importantes publicações e reconhecimento científico, por isso estamos nas tratativas para viabilizar a parceria entre as duas universidades, de modo que a pesquisa possa ser reproduzida na região e contribua para o esclarecimento de algumas questões pertinentes à saúde da população” explica o reitor da Furb, João Natel.

A Suécia também fez parte do roteiro da comitiva catarinense. Em uma agenda paralela, profissionais da AMMVI e do CIMVI passaram pela cidade de Borás para analisar o sistema de gerenciamento e tratamento de resíduos sólidos naquela localidade, que também utiliza a biometanização. Segundo Fabiana de Carvalho Rosa, assessora de Saneamento Básico da AMMVI, dentre os produtos gerados nesse processo está o biogás, que é utilizado para abastecimento dos carros e geração de energia elétrica, entre outras finalidades.

“Podemos observar ainda o grau de conscientização e participação da população na reciclagem, que utiliza os sacos cedidos pelo poder público para a correta separação dos resíduos e ainda leva os materiais reaproveitáveis em pontos de coleta distribuídos pela cidade”, diz. Além disso, explica Fabiana, o grupo sueco quer ser parceiro na construção do conhecimento e no desenvolvimento de tecnologia.

Encerrando a missão internacional, a comitiva da AMMVI teve a última agenda em Berlim, capital da Alemanha. Na ocasião, foram estabelecidas relações com especialistas de diversas áreas para dar resposta aos interesses do Brasil por meio do Centro Empresarial e Científico Brasil-Alemanha (WWZ).  O grupo foi recepcionado também pela embaixada brasileira onde apresentou os objetivos da viagem. Após, partiram para o Brasil.

Comitiva

A comitiva da Missão Internacional Alemanha, Espanha e Suécia foi composta pelos prefeitos de Brusque, Paulo Eccel; Doutor Pedrinho, Hartwig Pesuhn; e Timbó, Laércio Schuster Junior; o vice-prefeito de Blumenau, Rufinus Seibt; o assessor técnico da prefeitura de Rio dos Cedros, Pedro Claudino dos Santos Junior; o reitor da Furb, João Natel; o presidente e o diretor de Operações do Samae de Blumenau, Evandro Luiz Schuler e Moisés Lazzari; o diretor do Samae de Pomerode, Ércio Kriek; e equipe técnica da AMMVI e CIMVI.

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s