GM investe R$ 710 milhões em nova fábrica de transmissões em Santa Catarina


Logotipo da Chevrolet

Santa Catarina está se transformando em um polo automobilístico. O governador Raimundo Colombo, o vice-governador Eduardo Pinho Moreira, o prefeito de Joinville, Carlito Merss, o vice-presidente da GM do Brasil, Marcos Munhoz, e o diretor de Assuntos Institucionais, Luiz Moan, assinaram um protocolo de intenções para investimentos da empresa em Santa Catarina. A cerimônia de assinatura do protocolo de intenções foi realizada, nesta quinta-feira (23), no Centro Administrativo do Governo, em Florianópolis.

A General Motors do Brasil irá investir R$ 710 milhões para construir uma nova fábrica de transmissões de veículos em Joinville. Santa Catarina, de acordo com vice-presidente Marcos Munhoz, foi escolhida por reunir três condições vitais para o desenvolvimento da fábrica. A logística, a mão-de-obra qualificada e a infraestrutura fabril de Joinville foram decisivas para que a GM instalasse sua segunda fábrica no Estado, já que a primeira foca na produção de motores. ”Joinville reuniu todas essas condições e o Estado também foi importante na parceria dos incentivos fiscais, como o Pró-Emprego”, afirma Munhoz.

Santa Catarina também será beneficiada com a instalação da nova fábrica. “O Estado ganha na geração de empregos, em agregação de tecnologia, em competitividade e passamos a ser um polo automotivo, que é um setor muito importante para a nossa economia, e também na receita de impostos”, declara o governador Raimundo Colombo, lembrando que em todo o país a GM já emprega 22 mil pessoas.

A nova fábrica, que será construída no complexo onde hoje estão sendo finalizadas as obras civis da fábrica de motores, iniciará operações em 2014 e terá uma capacidade de produção de 150 mil transmissões por ano, em sua primeira fase de instalação. A implantação da nova fábrica vai gerar 350 empregos na primeira fase. Ela terá uma área construída de 50 mil m2 e a previsão de faturamento é de R$ 200 milhões por ano. “Ao investir em uma nova fábrica de transmissões, a GM reafirma a importância do Brasil no cenário automotivo internacional como centro produtor determinado a superar desafios estruturais para ser competitivo”, destaca Marcos Munhoz.

O que vai produzir?

Trata-se de uma transmissão “estado da arte” de seis marchas, com alta eficiência e maior capacidade de torque, para cobrir uma gama de aplicações. Metade da produção terá como destino o mercado local, substituindo importações, e a outra metade será exportada para a Europa.

Números da GM no mundo e no Brasil

A General Motors Company e seus parceiros produzem veículos em 30 países e a companhia ocupa posições de liderança nos maiores mercados e de mais rápido crescimento do mundo. As marcas da GM incluem Chevrolet e Cadillac, além de Baojun, Buick, GMC, Holden, Isuzu, Jiefang, Opel, Vauxhall e Wuling.

No Brasil a GM fabrica e comercializa veículos com a marca Chevrolet há 87 anos. Em 2011, no país, a Chevrolet vendeu mais de 630 mil veículos. Desde 2008, a companhia já investiu R$ 5,3 bilhões no Brasil e se consolidou como segundo maior mercado da marca Chevrolet em todo o mundo. “O Brasil é o terceiro maior mercado da GM hoje em dia, ficando atrás apenas da China e dos Estados Unidos”, revela Moan.

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s