Ajude a criar 40 mil Avaazes

Avaaz logo

A Avaaz está no meio de uma grande revolução – e estamos pedindo a alguns dos nossos membros mais ativos para ajudar a tornar isso uma realidade.

Todos os dias os membros da Avaaz nos enviam ideias brilhantes e importantes para novas campanhas para criar o mundo que todos nós queremos – são inúmeras sugestões, mais do que a nossa pequena equipe poderia administrar sozinha algum dia. Portanto, nós desenvolvemos nossas ferramentas e website para permitir que qualquer membro da Avaaz possa iniciar sua *própria* petição, avisar seus amigos e iniciar campanhas vencedoras.

Nós estamos quase prontos para mostrar essas ferramentas para o mundo, mas antes, este novo sistema precisa ser testado – e nós esperamos que você possa nos ajudar e nos enviar comentários sinceros sobre como o sistema está funcionando. Você pode tentar usar o novo site? Pense numa petição que você gostaria de iniciar a respeito de qualquer assunto – pode ser algo local, na sua comunidade, algum serviço ruim de uma empresa distante ou então uma causa global que você acredita que a Avaaz deveria se focar. Se sua petição decolar, nós consideraremos torná-la numa campanha da Avaaz – seja para membros da sua região, seja para o mundo inteiro! Clique aqui para começar – demorará apenas 10-15 minutos para cirar sua própria campanha! https://secure.avaaz.org/po/petition/start_a_petition/?gmb.

Quando você tiver terminado, por favor, nos conte como foi sua experiência – o que funcionou bem, o que não deu certo e como poderíamos melhorar. Clique em “responder” a este email e divida sua opinião conosco. Nós estamos muito empolgados com isso – a Avaaz conta apenas com 40 funcionários responsáveis por campanhas que servem uma forte comunidade de 14 milhões de pessoas. Imagine se fôssemos 40,0000 funcionários! E você estaria entre os primeiros.

Com muito respeito e esperança, Ricken, Matt, Rich, Caroline, Diego, Wen-Hua e toda a equipe da Avaaz.

Anúncios

Conselho Nacional de Segurança Pública recomenda fim da pena de restrição de liberdade nas corporações militares estaduais

Bombeiros do RJ fazem ato contra a prisão dos colegas de farda

Conasp recomenda o fim de pena de restrição de liberdade

O Conselho Nacional de Segurança Pública (Conasp) emitiu recomendação aos governos estaduais para que promovam atualização nos regulamentos disciplinares das corporações militares estaduais a fim de extinguir as penas com restrição de liberdade, através dos Parlamentos estaduais.

Recomendação 012 , de 20 de abril 2012

A Plenária do Conselho Nacional de Segurança Pública – CONASP/MJ, em sua décima sexta reunião Ordinária, realizada nos dias 19 e 20 de abril de 2012, no uso de suas competências regimentais e atribuições instituídas, e

Considerando que a Disciplina e Hierarquia são os pilares basilares das instituições militares estaduais, e que estas serão mantidas e preservadas;

Considerando a necessidade de adequação dos regulamentos disciplinares das Polícias e Corpos de Bombeiros Militares Estaduais aos preceitos da Constituição Cidadã de 1988, bem como em suas emendas constitucionais;

Considerando o resultado dos princípios, mais notadamente os 3 e 10, e nas diretrizes 21, da 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública, que identificam a necessidade de adequação Constitucional dos regulamentos disciplinares das Polícias e Corpos de Bombeiros Militares dos Estados;

Considerando o Art. 1º da Portaria Interministerial nº 2, de 15 de dezembro de 2010, que estabeleceram as Diretrizes Nacionais de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos dos Profissionais de Segurança Pública;

Considerando o Art. 2º da Portaria Interministerial nº 2, de 15 dezembro de 1010, estabelece que a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e o Ministério da Justiça deverão estabelecer mecanismo para estimular e monitorar iniciativas que visem à implementação de das diretrizes da PI nº 2 de 15 de dezembro de 2010;

Considerando a Diretriz nº 1, da Portaria Interministerial nº 2, assim assevera in verbis: Adequar às leis e regulamentos disciplinares que versam sobre direitos e deveres dos profissionais de segurança pública à Constituição Federal de 1988;

Considerando o parecer elaborado pela Câmara Técnica, “Instituições Policiais” do CONASP, recomenda o fim das penas privativas e restritivas de liberdade para punições de faltas disciplinares;

Resolve:

1 – O Pleno do CONASP recomenda:

1.1 – ao Ministério da Justiça que adote junto à Presidência da República e Congresso Nacional, as providências necessárias à revisão do Decreto-Lei 667/69, a fim de vedar a pena restritiva e privativa de liberdade para punições de faltas disciplinares no âmbito das Polícias e Corpos de Bombeiros Militares, alterando o seu artigo 18.

1.2 – Aos Governadores dos Estados e do Distrito Federal que adotem em seus respectivos entes federados, enviando às Assembléias Legislativas/Câmara Distrital, projetos de Lei alterando os regulamentos disciplinares, extinguindo a pena restritiva de liberdade em conformidade com o sugerido para a alteração do Art. 18 do Decreto Lei nº 667/69.

2 – Sugerir que o artigo 18 do Decreto-Lei 667/69 passe a vigorar com a seguinte redação:

 “Art.18 – As polícias e Corpos de Bombeiros Militares serão regidos por Regulamento Disciplinar estabelecidos em Lei Estadual específica, respeitadas as condições especiais de cada corporação, sendo vedada pena restritiva de liberdade para as punições disciplinares, e assegurada o exercício da ampla defesa e o direito ao uso do contraditório.

Pleno do Conselho Nacional de Segurança Púbica

Ministério da Justiça

Com apoio das lideranças estaduais PMDB de Penha define o pré-candidato a prefeito para o pleito de 2012

Com apoio das lideranças estaduais PMDB de Penha define o pré-candidato a prefeito para o pleito de 2012

Lideranças estaduais e militantes peemedebistas estiveram presentes, na noite de quarta-feira (2), prestigiando o lançamento da pré-candidatura do vereador Aquiles Schneider à prefeitura de Penha, o encontro do PMDB, contou com a presença do presidente em exercício da sigla, ex-governador Paulo Afonso; o vice João Matos e o secretário geral, deputado Renato Hinnig, vereadores e presidentes de diretórios municipais da região, que impulsionaram os companheiros com discursos de força, união e mobilização rumo às eleições municipais deste ano.

O deputado Renato Hinnig incentivou os peemedebistas a participar ativamente e com o maior número de candidatos na próxima eleição “O PMDB é assim, gosta de desafios. E é na adversidade que o partido se supera” Fazendo referência ao PMDB de Penha, que terá candidato para voltar a governar o município.

O ex-deputado João Matos lembrou que uma candidatura forte constrói-se com trabalho e trabalho. Citou como exemplo sua própria trajetória. “ Eleição se vence com trabalho, foi assim que eu, de origem humilde, construí uma carreira política de sete mandatos”, contou.

O Presidente Gilmar afirmou que o evento de fortalece o PMDB PENHENSE que demonstra muita união. “Queremos enaltecer os nomes dos companheiros que também foram especulados para o cargo, e que aos poucos foram entendendo a necessidade do consenso e declinando para a união e fortalecimento do nosso PMDB que agora reascendeu a chama e está cheio de energia para retornar ao comando da prefeitura municipal”.

Com apoio das lideranças estaduais PMDB de Penha define o pré-candidato a prefeito para o pleito de 2012

Incentivado por todos os companheiros presentes, O pré-candidato Aquiles Schneider afirmou que o PMDB está aquecido. “Em momentos como este encontramos razões e energia para ir em frente, pra mim este não é apenas um momento de felicidade, mas de muita responsabilidade com o Partido, agradeço a confiança e apoio de todos os companheiros. Nossa cidade pode e merece muito mais do que está recebendo em todas as áreas. Temos as melhores propostas e por isso vamos convencer nossa gente”.

Um dos organizadores do encontro, o vereador Lino, coordenador regional, destacou que o PMDB mais deseja é o fortalecimento via um projeto regionalizado. “Onde o PMDB tiver candidato, estaremos todos juntos, o pré-candidato Aquiles é um vereador muito atuante e bem articulado e ocupa um papel de destaque no cenário político de Penha, portanto vamos superar os desafios e vencer as barreiras, vamos ser vitoriosos”, afirmou.

O discurso mais esperado do evento foi o do presidente, Paulo Afonso, que emocionou os presentes. “Nenhum partido deste país tem a folha de serviços prestados que o PMDB tem, um partido que contra todos e contra tudo construiu uma história de realizações”, afirmou.

O PMDB continua as discussões com outros Partidos para costurar possíveis alianças.

Mais informações: Gilmar Gonçalves Presidente do PMDB de Penha 47 8835-9630 e Aquiles Schneider pré-candidato 47 9115-5144.