Google começa a integrar perfis do Orkut e do Google+

Usuários agora podem optar por usar os dados da nova rede social para atualizar o perfil do Orkut

Usuários agora podem optar por usar os dados da nova rede social para atualizar o perfil do Orkut.

O Google começou a unificar as suas duas redes sociais – o Orkut e o Google+. O perfil dos dois serviços agora pode ser integrados, permitindo que uma pessoa use as mesmas informações nas duas plataformas, segundo post no blog oficial do Orkut.

Quem optar pela integração terá o perfil do Orkutatualizado. Isso significa que informações como nome, foto e e-mail, por exemplo, passarão do Plus para o Orkut. Assim, se você usa um apelido na antiga rede social e o seu nome na nova, passará a ser conhecido pelo nome no Orkut.

Todo o conteúdo postado publicamente no Google+ será colocado também no Orkut. Porém, o que for postado no Orkut não será colocado no Plus e o que for colocado nos círculos da nova rede social não irá aparecer na antiga.

O Google garante que a integração não é o fim do Orkut e sim uma forma de diminuir a quantidade de perfis diferentes que uma pessoa tem que atualizar na internet. A mesma opção de integração de informações já ocorre com outros serviços como o Blogger, por exemplo.

O orkut já foi a rede social mais popular do Brasil, mas perdeu território recentemente com o crescimento do Facebook. Já o Google+, lançado em 2011, conta com mais de 170 milhões de usuários, segundo o Google.

Anúncios

Seminário discute percepção de risco, planejamento e gestão de desastres

I Seminário de Gestão de Riscos e Desastres

No último dia 23 do mês passado, inicio o I Seminário de Gestão de Riscos e Desastres, das 8 às 19 horas, no auditório C do Campus Unisul na unidade Pedra Branca, em Palhoça. A proposta do encontro é aproximar a prática da Defesa Civil com a academia, propondo ações que visem à compreensão do gerenciamento de riscos e desastres aos profissionais especializados na área.

O evento faz parte da Semana Estadual de Ações de Defesa Civil e é organizado pela Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), com o apoio da Secretaria de Estado da Defesa Civil.

O seminário deve focar em temas como percepção de risco, planejamento e gestão de desastres, assim como a inserção e atribuições dos campos como engenharias, geografia, comunicação e serviço social na atuação em Defesa Civil. A abertura oficial ocorre às 8h30. Em seguida, acontece o painel sobre Percepção de Risco, mediada pela gerente de capacitação, pesquisas e projetos da Secretaria, Regina Panceri. A discussão conta com o professor da Universidade Regional de Blumenau, Juarez Aumond, especializado em geologia, e a mestre em análise de risco pela King’s College de Londres, Andréia Piazza.

Pela tarde, às 13h30min, haverá a mesa redonda sobre inserção profissional na Defesa Civil. Estarão presentes para o debate: o engenheiro e Gerente de Restabelecimento, Fernando Toppan Rabelo, e a assessora de comunicação da Secretaria, Fabiane Pickusch Costa; o assistente social da Prefeitura Municipal de Ilhota, Rosi Voltolini; o professor  Giovani de Paula da Unisul; e os coordenadores das Unidades de Articulação Acadêmica (UnA) da Unisul, Luciano Bittencourt, Anelise Leal Vieira Cubas e Áureo dos Santos.

O diretor de resposta aos desastres da Secretaria de Estado da Defesa Civil, o major Aldo Baptista Neto, irá ministrar, às 16 horas, uma palestra mostrando as principais técnicas para planejamento e gestão de desastres, nas etapas de preparação, assistência, logística e reabilitação. Para finalizar o evento, às 19 horas, ocorre uma oficina sobre abordagem sócio-técnica com famílias, organizada pela Prof. Dra. Darlene de Moraes Silveira.