Pilhas de árvores no chão

Pilhas de árvores no chão

Há alguns dias, o Greenpeace sobrevoou o entorno da Reserva Extrativista Verde para Sempre e encontrou pilhas de árvores no chão, caminhões e balsas cheias de madeira. A área é protegida e reservada para populações tradicionais do Pará, mas vem sendo constantemente pressionada por madeireiros que querem explorar comercialmente a unidade de conservação.

Uma denúncia foi entregue ao Ministério Público e ao Ministério do Meio Ambiente pedindo a investigação sobre a retirada de madeira da região.Você pode se juntar a nós usando seu título de eleitor para validar sua assinatura na campanha pelo Desmatamento Zero e ajudar a proteger as florestas. Caso você não saiba seu número, basta consultá-lo no site do Tribunal Superior Eleitoral.

O número do título de eleitor é exigido pela Constituição para verificar a legitimidade da campanha. Compartilhe a iniciativa de lei popular que pede o fim da devastação das florestas brasileiras.

Este ano completamos 20 anos no Brasil, graças a pessoas como você, que acreditam que um futuro mais verde e pacífico é possível. Faça parte do Greenpeace, junte-se a nós.

Anúncios