Território desmatado por invasores

Urso polar branco

“Antiga mata bonita”. O significado da Terra Indígena Marãiwatsédé, no Mato Grosso, já não faz tanto sentido: quase 90% do território foi desmatado por invasores que se instalaram ali ao longo das últimas décadas.

boa notícia é que depois de anos de resistência, os índios Xavante finalmente estão prestes a repovoar suas terras: por decisão da Justiça, os fazendeiros que transformaram floresta em pasto e lavouras estão sendo retirados do local.

Facebook Divulgue a campanha Twitter

A luta dos Xavante, porém, não é só deles. Os povos da floresta continuam enfrentando ameaças e pressões de gente que quer transformar nossas “matas bonitas” em destruição. É por conta desse cenário que mais de 707 mil brasileiros entraram no mesmo barco do desmatamento zero.

Continue compartilhando esse projeto de lei popularpara que a devastação das nossas florestas tenha um ponto final. Continue nessa corrente e junte-se a nós.

Anúncios

Frei Betto recebe prêmio da UNESCO por sua contribuição para a justiça social na América Latina e Caribe

Frei Betto

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) concedeu a Frei Betto o Prêmio Internacional José Martí 2013, por sua  ”contribuição excepcional” para a construção de uma cultura universal de paz, justiça social e direitos humanos na América Latina e no Caribe. A escolha do brasileiro foi feita através da recomendação de um júri internacional.

“O laureado foi escolhido em reconhecimento a seu trabalho como educador, escritor e teólogo; por sua oposição a todas as formas de discriminação, injustiça e exclusão; e sua promoção de uma cultura de paz e direitos humanos”, disse (11) a agência da ONU em um comunicado de imprensa.

O Prêmio Internacional José Martí foi criado em novembro de 1994 pelo Conselho Executivo da UNESCO por iniciativa do Governo de Cuba e homenageia organizações e indivíduos que se destacaram  na causa da unidade e integração da América Latina e Caribe, com base no respeito às tradições culturais e valores humanistas. Também foi criado para aumentar a conscientização sobre os direitos humanos e a igualdade, particularmente entre os tomadores de decisão.

Autor de mais de 50 livros, Frei Betto nasceu em Belo Horizonte, em 1944. Durante o tempo da ditadura militar no Brasil foi preso duas vezes, em 1964 e novamente de 1969 a 1973. O Prêmio homenageia o político e pensador cubano José Martí, importante figura na independência de Cuba da Espanha.  O Prêmio será entregue dia 30 de janeiro na cidade de Havana.

Deputado Jean Wyllys lança sistema de atendimento aos eleitores

Deputado Jean Wyllys lança sistema de atendimento aos eleitores

Conexão Jean é um sistema criado para aproximar eleitores, eleitoras e o mandato e incentivar a participação do público nas questões políticas do Rio de Janeiro e do país.

Desde agosto de 2012, encontra-se em funcionamento o sistema Conexão Jean, processo de atendimento aos eleitores e eleitoras, criado pelo mandato do deputado federal pelo Rio Jean Wyllys (PSOL-RJ). Nesses primeiros meses, o sistema, agora oficialmente lançado para o público externo, passou por uma fase experimental, na qual foram feitos alguns ajustes e mudanças para melhorar o atendimento às inúmeras demandas e consultas que o deputado recebe diariamente. Durante esse período, foram quase 1.800 interações, envolvendo todas as redes sociais das quais o deputado Jean Wyllys faz parte (Facebook, Twitter e YouTube), seu site oficial, e-mail e telefone.

A dinâmica do Conexão Jean é muito simples: todas as mensagens recebidas por quaisquer dos canais de conexão com o deputado são registradas em uma base de dados e catalogadas por assunto. A partir daí, a mensagem é direcionada para assessores/as e/ou para o próprio Jean, para resposta pelo mesmo canal de recebimento da mensagem. O objetivo é que todas as mensagens sejam respondidas da melhor forma e no menor tempo possível.

A grande vantagem do Conexão Jean é que o eleitor pode escolher qual canal prefere usar para se comunicar com o mandato. Seja através de mensagem direta no Facebook, comentários no mural do site ou via e-mail, a mensagem será recebida e devidamente respondida. Não há necessidade de enfrentar listas de espera em centrais telefônicas nem mesmo de acessar um link, instalar plug-ins etc. Tudo pode ser feito diretamente do seu perfil nas redes sociais, ou por outro canal de maior praticidade.

Segundo o deputado, o sistema servirá também para incentivar a participação do público na política: “Desde o início de nossa legislatura, procuramos nos aproximar das pessoas, sejam ou não nossos eleitores. Promover um mandato conectado com toda a população e permitir sua participação ativa nas questões políticas do país – e, em particular, do Rio – é nosso objetivo maior com o sistema Conexão Jean”, afirma Wyllys.

Acabando com a guerra contra a mulher na Índia

Acabando com a guerra contra a mulher na Índia

Ela era uma estudante de fisioterapia de 23 anos que pegou um ônibus em Nova Délhi no mês passado. Seis homens trancaram a porta e a estupraram barbaramente por horas, inclusive com uma haste de metal. Eles a abandonaram nua na rua, e depois de corajosamente ter lutado por sua vida, ela morreu na semana passada.

Em toda a Índia, as pessoas estão protestando para dar um basta nesta situação. Na Índia, uma mulher é estuprada a cada 22 minutos, e poucas encontram justiça. Globalmente, 7 em cada 10 mulheres serão abusadas fisica ou sexualmente em sua vida. O horror em Delhi é a gota d´água. Estamos em 2013 e a guerra brutal contra as mulheres no mundo precisar acabar. Podemos começar essa jornada pela Índia.

O governo está aceitando comentários públicos nas próximas 24 horas. Precisamos urgentemente de um melhor policiamento e um concreto programa de educação pública para mudar as atitudes grotescas, mas comuns, do sexo masculino que permitem a violência contra as mulheres. Se 1 milhão de nós nos juntarmos ao pedido por ação, poderemos ajudar a fazer deste terrível episódio a gota d´água e o início de uma nova esperança: http://www.avaaz.org/po/end_indias_war_on_women/?bYLqhbb&v=20673.

O líder dos estupradores desta mulher disse friamente que ela mereceu ser violentada, pois ela ousou enfrentá-lo. Culpar a vítima e outras atitudes escandalosas são comuns em toda a sociedade, incluindo os policiais que constantemente deixam de investigar estupros. Tais atitudes reprimem mulheres e corrompem homens em todos os lugares. Campanhas de educação pública concretas alteraram radicalmente o comportamento social em casos como dirigir embriagado e fumar, e podem impactar no tratamento de mulheres. Combater as causas da epidemiad e estupro na Índia é vital, juntamente com leis mais eficientes e processos judiciais mais rápidos.

Anúncios publicitários na Índia são relativamente baratos, portanto, um compromisso de financiamento significativo poderia cobrir vários mercados de mídia por um bom tempo. Os anúncios devem visar subculturas masculinas, onde a conservadora misoginia prospera, desafiando e envergonhando diretamente essas atitudes, idealmente usando figuras populares como atletas, que carregam autoridade com o público.

Temos apenas 24 horas para influenciar a Comissão Oficial criada para encontrar formas de reprimir a onda indiana de violência sexual. Se conseguirmos mostrar o verdadeiro sucesso nas mudanças de atitudes na Índia, o modelo poderá ser aplicado em outros países. O dinheiro gasto pagará a si próprio por meio da redução da pobreza e promoção do desenvolvimento, pois o tratamento e o empoderamento das mulheres têm sido identificado como um dos maiores incentivos de progresso social e econômico. Clique para enviar uma mensagem diretamente para o governo indiano: http://www.avaaz.org/po/end_indias_war_on_women/?bYLqhbb&v=20673.

Desde se opor ao apedrejamento de mulheres no Irã e apoiar os direitos reprodutivos femininos no Marrocos, no Uzbequistão e em Honduras, até fazer lobby para uma ação real de combate ao tráfico de mulheres e meninas, a nossa comunidade tem estado na linha de frente da luta para acabar com a guerra contra as mulheres. 2013 começa com uma nova determinação na Índia .

Com esperança e determinação, Emma, ​​Ricken, Luis, Meredith, Iain, Ian, Marie, Michelle, Alaphia, Allison e toda equipe da Avaaz.

Mais informações