Dalcosta lança sua campanha nacional nas principais revistas do país

Dalcosta Ilhota

Exemplo lindo e positivo de minha cidade. Não sei como, mas meu e-mail profissional, recebe sempre as atualizações e informações via newsletter de uma das mais importantes marcas da moda praia de Ilhota, a Dalcosta. Isso é muito é importante que deveria ser seguido pelas demais marcas e consolidar uma vez por todas o nosso título definitivamente. Mas como ainda tem empresários que pensam pequeno e vivem à sombra da barroza isso é uma utopia. Muitos de nossos empresários vivem o dia inteiro conectados as redes sociais, mas nada fazem pra divulgar, profissionalmente, a marca nesses meios. Uma pena, pois estamos a caminho de perder o título de capital catarinense da moda íntima e linha praia por falta de profissionalismo nas campanhas publicitárias. Isso é o que não acontece com a Dalcosta que no mês de dezembro lançou sua campanha nacional nas revistas Elle, Claudia e Estilo. Quem viu? Adoramos!

Anúncios

2013: acabou a paz social – Correio da Cidadania em edição especial retrospectiva 2013

Correio da Cidadania em edição especial retrospectiva 2013

A efervescência do mês de junho, com a massividade dos protestos populares em todo o Brasil, faz de 2013 um ano, sem dúvida, bastante singular. Uma população há anos esgotada com a precariedade e ausência de serviços públicos, e assistindo erguerem-se à sua frente monumentais e luxuosos estádios de futebol para atenderem à Copa do Mundo de 2014, se pôs acesa pela bandeira da Tarifa Zero, levantada pelo Movimento Passe Livre.

“2013 deixa um sinal muito positivo”. Essas são as palavras do sociólogo e professor aposentado da USP Chico de Oliveira, nos momentos iniciais da entrevista que concedeu ao Correio para a edição especial retrospectiva de 2013.

Passados, no entanto, os primeiros e intensos meses de democracia viva das ruas, governo e mídia reapropriam-se aos poucos de sua postura de surdez face às demandas populares. A ortodoxia econômica a la FMI do governo cresce a passos largos neste final de ano; já a mídia, passou a linha auxiliar dos legislativos na tentativa de minar as manifestações, criminalizando o que chama de radicalismos, que têm justificado a edição e reedição de leis que permitem encarcerar manifestantes.

Para Chico, nada muito surpreendente, afinal, “como disse certa vez o velho gaúcho Leonel Brizola, com muita amargura, mas precisão quase sociológica, ‘o lulismo é a esquerda que a direita pediu’”.