Aprender fotografia agora é play! iPhoto Play, o mais novo projeto da iPhoto Editora está no ar

iPhoto Play, iPhoto Editora, Altair Hoppe, Dialison, Dialison Cleber, Dialison Cleber Vitti, DialisonCleberVitti, Dialison Vitti, Dialison Ilhota, Cleber Vitti, Vitti, dcvitti, @dcvitti, #dcvitti, #DialisonCleberVitti, #blogdodcvitti, blogdodcvitti, blog do dcvitti, Ilhota, Newsletter, Feed, 2016, ツ

iPhoto EditoraA iPhoto Editora tem o prazer de anunciar o lançamento do iPhoto Play – a mais moderna e inteligente plataforma de cursos online de fotografia do Brasil.

Na era do WhatsApp, Facebook, NetFlix e Instagram, a velocidade se tornou indispensável para todos nós. Queremos estar antenados em tudo, a toda hora. Com algumas exigências importantes! O acesso precisa ser rápido, simples econômico. Não podemos perder tempo!

E como você aprende fotografia hoje? Você acha o formato muito cansativo e demorado? Nós também. Por isso, o iPhoto Play é uma revolução. Agora você aprender fotografia em alguns minutos ou em poucas horas pelo seu celular, tablet ou computador, 24 horas por dia.

Quer ver como funciona? Quer aprender e assistir algumas dicas? Então, acesse agora: www.iphotoplay.com.br.

Abraços e bom play!

Anúncios

Nota Pública do Pólis frente à eleição municipal em São Paulo

João Dória, PSDB, 45, Instituto Pólis, Dialison, Dialison Cleber, Dialison Cleber Vitti, DialisonCleberVitti, Dialison Vitti, Dialison Ilhota, Cleber Vitti, Vitti, dcvitti, @dcvitti, #dcvitti, #DialisonCleberVitti, #blogdodcvitti, blogdodcvitti, blog do dcvitti, Ilhota, Newsletter, Feed, 2016, ツ, São Paulo,

O Instituto Pólis respeita o processo democrático e a decisão das urnas do último domingo, dia 2 de outubro, mas considera que a vitória de João Dória, um empresário que se elegeu com base na apologia à “não política” e à defesa de uma gestão empresarial na maior capital do país, aponta para o aprofundamento da exclusão social e acirramento das desigualdades na cidade de São Paulo.

Avançamos em políticas sociais durante mais de uma década, com resultados marcantes na transformação do quadro de desigualdades. No entanto, esses avanços estão em risco não só no plano federal, mas agora mais ainda no âmbito municipal. Em meio a uma intensa disputa de narrativas no campo político, a onda conservadora retoma as propostas neoliberais onde os interesses privados se sobrepõem ao interesse público, enfraquecendo as responsabilidades do Estado em um país em que impera a desigualdade. Nesse contexto, a eleição de João Dória representa um retrocesso na medida em que põe em xeque o papel do Estado como provedor dos direitos de cidadania.  Não apenas a saúde, educação e transporte passam a ser regidos pela lógica de mercado, mas também os espaços públicos, o meio ambiente, a cultura e o lazer tornam-se reféns do capital e de uma lógica privatista.

O Pólis se posiciona criticamente frente ao cenário que se avizinha e reafirma a importância da atuação do Estado para a garantia dos direitos humanos e de políticas públicas participativas que assegurem a qualidade de vida e o bem estar sobretudo da população mais vulnerável.   Defendemos que o Direito à Cidade deve ser o parâmetro para o desenvolvimento de políticas inclusivas e de cobrança da sociedade civil para a construção de uma cidade mais humana, solidária, justa e sustentável.

Nota publicada no site do Instituto Pólis no dia 5 de outubro de 2016

Instituto Pólis