Presidente da República e governador de SC irão participar do velório coletivo em Chapecó

Chapecoense

Logo do Governo do Estado Santa Catarina, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, FeedO presidente da República, Michel Temer, e o governador Raimundo Colombo irão acompanhar o velório coletivo dos mortos no acidente aéreo com a delegação da Chapecoense. A cerimônia fúnebre acontecerá na Arena Condá, em Chapecó, e está prevista para esta sexta-feira, 2, ainda sem horário definido. O presidente confirmou a presença durante conversa com o governador de Santa Catarina na noite desta quarta-feira, 30.

O secretário executivo de Assuntos Internacionais, Carlos Adauto Virmond Vieira, informou, no final da tarde desta quarta-feira, 30, que 45 corpos das vítimas do acidente aéreo envolvendo a delegação da Chapecoense e um grupo de jornalistas estão formalmente identificados. Carlos Adauto está em Medellín, onde acompanha os trâmites para agilizar a liberação dos corpos das vítimas. “No Comitê de Desastres, montado no aeroporto de Medellín, o secretário de Segurança Pública de Medellín, Gustavo Villegas, informou que os 45 corpos começam a ser embalsamados nas próximas horas”, disse.

Há uma expectativa que todos os corpos estejam identificados e embalsamados até noite de quinta-feira, caso não ocorra nenhum problema técnico. Duas aeronaves da FAB, que farão o transporte dos corpos de Medellín até Chapecó, já estão posicionadas na Base Aérea de Manaus aguardando a conclusão dos trabalhos na capital colombiana para fazer o traslado.

Carlos Adauto disse ainda que a prefeitura de Medellín está organizando um ato de despedida às vítimas do acidente. “Estão sendo providenciados 70 carros funerários para levar os corpos até o aeroporto de Medellín, onde terá uma cerimônia com honras militares para os atletas e jornalistas que perderam a vida nesta tragédia aqui na Colômbia”, afirmou.

O secretário também informou que os médicos catarinenses que integram a comitiva do Governo do Estado visitaram os hospitais nos quais os sobreviventes estão internados. “A impressão geral é que tratam-se de hospitais de altíssima qualidade e que todo o atendimento prestado às vítimas do acidente, desde os primeiros socorros até o atendimento em UTI, foram de um elevado nível técnico”, disse.

Secom Santa Catarina

Anúncios

Chapecó prepara-se para velório coletivo das vítimas de acidente aéreo

Chapecó

Logo do Governo do Estado Santa Catarina, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, FeedDe luto, a cidade de Chapecó prepara-se para receber os corpos dos atletas e dirigentes da Chapecoense e dos jornalistas que fariam a cobertura da Copa Sul-Americana e estavam no avião que caiu na cidade colombiana de Medellín. A assessoria de comunicação da Associação Chapecoense de Futebol informa que o velório com as vítimas deverá ser coletivo, aberto ao público e realizado no gramado da Arena Condá. O aeroporto municipal também está sendo preparado para receber o avião que fará o traslado dos corpos.

De luto, a cidade de Chapecó prepara-se para receber os corpos dos atletas e dirigentes da Chapecoense e dos jornalistas que fariam a cobertura da Copa Sul-Americana e estavam no avião que caiu na cidade colombiana de Medellín. A assessoria de comunicação da Associação Chapecoense de Futebol informa que o velório com as vítimas deverá ser coletivo, aberto ao público e realizado no gramado da Arena Condá. O aeroporto municipal também está sendo preparado para receber o avião que fará o traslado dos corpos.

No município, as aulas da rede estadual foram suspensas nesta terça, 29, e quarta-feira, 30. O mesmo procedimento ocorre nas escolas da rede municipal de ensino. As universidades também suspenderam as aulas por dois dias, e nesta quarta-feira o prefeito em exercício Elio Cela decretou ponto facultativo. A prefeitura decretou luto oficial de 30 dias e todos os eventos agendados foram suspensos.

Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Chapecó

Nota oficial do governador Raimundo Colombo sobre a tragédia ocorrida com a delegação da Chapecoense

Chapecoense

Logo do Governo do Estado Santa Catarina, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2015, Newsletter, FeedO governador Raimundo Colombo lamentou profundamente a tragédia ocorrida, na madrugada desta terça-feira, 29, com a delegação da Chapecoense que se deslocava para Medelin, na Colômbia, onde amanhã disputaria o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional. O Governo do Estado decretou luto oficial de três dias em razão da tragédia ocorrida.

Consternado, Colombo lembrou que a Chapecoense, além de levar o nome de Chapecó e de Santa Catarina para todo o Brasil e a América Latina, estava fazendo história ao ser o primeiro clube catarinense a disputar a final de uma competição internacional.

Ainda chocado com as primeiras informações vindas da Colômbia, o governador manifestou solidariedade aos familiares dos jogadores, dirigentes e jornalistas, que estavam na delegação, e aos torcedores da Chapecoense neste momento de muita dor para o esporte de Santa Catarina e do Brasil.

O presidente Michel Temer telefonou às 8h15 para governador Raimundo Colombo prestando solidariedade pela tragédia ocorrida com a delegação da Chapecoense na Colômbia.

Temer informou que um avião da FAB deverá ir para Chapecó de onde transportará familiares dos jogadores, comissão técnica, dirigentes e de jornalistas para a Colômbia para a identificação dos mortos.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Gelson Merisio, e o deputado federal João Rodrigues estão reunidos neste momento com o governador na Casa da Agronômica, na Capital.

Secretaria de Estado de Comunicação

Vice-governador lamenta a tragédia ocorrida com a delegação da Chapecoense

Charge conda voo chapecoense

Lamento profundamente a tragédia ocorrida com a delegação da Chapecoense, jornalistas e demais passageiros e tripulantes da aeronave que seguia para Medelin, na Colômbia, na madrugada desta terça-feira, 29, onde o grupo de atletas disputaria o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana.

Aos familiares, amigos e aos catarinenses, especialmente os chapecoenses, manifesto minha solidariedade neste momento de muita dor.

Eduardo Pinho Moreira
Vice-governador do Estado de Santa Catarina