O poder em suas mãos: escreva pelos direitos humanos

Anistia Internacional - O poder em suas mãos: escreva pelos direitos humanos

>>>ASSINAR CARTAS ONLINE AGORA<<<

Em 10 de dezembro comemoramos o Dia Internacional dos Direitos Humanos, data que marca o dia em que a Organização das Nações Unidas adotou a Declaração Universal dos Direitos Humanos, documento que serve de base para a maior parte dos tratados e documentos do direito internacional.

A data, portanto, é muito relevante para todas as pessoas que, assim como você, defendem e acreditam que só com plenos direitos teremos um mundo mais justo e igualitário.

Que tal aproveitar o espírito deste dia para escrever ou assinar cartas em defesa dos direitos humanos de pessoas e comunidades ao redor do mundo? É tudo muito simples!

  1. Acesse a plataforma Escreva por Direitos 2016.
  2. Clique em assinar cartas online!
  3. Assine as cartas que você quiser – todas de uma vez, ou uma a uma.

Compartilhe os materiais de campanha nas suas redes sociais. Assim, você estará se mobilizando contra violações de direitos humanos em diferentes países, como Brasil, Peru, Canadá, Estados Unidos, Irã, e Camarões.

Esta campanha mobilizou mais de 4 milhões de pessoas no mundo todo somente no ano passado. Em 2016, queremos enviar pelo menos 60 mil cartas pressionando as autoridades que podem fazer a diferença para os 6 casos que estamos trabalhando. Não estamos longe, mas precisamos da sua ajuda!

A hora é agora! Acesse escrevapordireitos.anistia.org.br e participe. Cada carta escrita pode mudar uma vida! E como já dizia o poeta Ferréz, de São Paulo: só a mobilização traz transformação. #Venceremos.

Conheça os casos da Maratona Escreva por Direitos 2016:

Anistia Internacional - Maratona Escreva por Direitos 2016

Anistia Internacional Brasil

Anúncios

Uma homenagem aos jogadores do Chapecoense, vítimas da tragédia no avião #FutebolDeLuto

Chapecoense homenagens

O futebol é uma paixão para mim e para milhares de pessoas. No entanto, hoje ocorreu uma grande tragédia: o avião em que estavam os jogadores do Clube Chapecoense caiu na Colômbia, matando 75 pessoas. É hora de termos união e solidariedade,não importa se gostamos ou não de futebol e qual seja nossa equipe do coração.

Temos que fazer algo em memória destes profissionais. Por isso, peço que assinem esta petição para que a Copa Sul-Americana (campeonato cuja final seria disputada entre o Chapecoense e o Atlético Nacional) seja rebatizada para homenagear as vítimas desta tragédia.

A Conmebol (instituição que organiza a Copa Sul-Americana) poderia adotar o nome de Copa Chapecoense. Outra ideia é consultar as famílias das vítimas para saber que nome elas preferem. O mínimo que podemos fazer é reunir milhares de assinaturas para obter esta homenagem.

A vida das 75 pessoas que estavam no avião não vai voltar. No entanto, pelo menos a memória deles ficará para sempre.

Outra homenagem pode ser a Conmebol aceitar a sugestão do Atlético Nacional, de que o Chapecoense seja considerado campeão da Copa Sul-Americana. Isso seria bonito, em respeito aos jogadores.

Por último, uma ideia para reconstruir o Chapecoense: que cada equipe brasileira entre as 20 da Série A possa ceder um jogador para reestruturar o time. Isso é uma boa homenagem e garante condições para o time continuar existindo.

Este abaixo-assinado será entregue para:

  • Confederação Sulamericana de Futebol (CONMEBOL)
  • Conmebol
  • Assessoria de imprensa da Conmebol

Carta para Conmebol

Change

 

Adeus e-Sedex! Estão desmantelando os Correios

e-Sedex

Correios decide encerrar e-Sedex; frete de compras online deve ficar mais caro

Os Correios confirmou nesta quarta-feira (30) que o e-Sedex está prestes a ser descontinuado. A modalidade de envio de entrega rápida era voltada para o comércio eletrônico e um dos principais produtos da empresa.

Exclusivo para o comércio eletrônico, o serviço oferece preço similar às encomendas convencionais, mas tem os mesmos prazos de entrega do Sedex normal. O único “porém” é que sua cobertura é restrita a algumas cidades e o limite de peso dos objetos postados é limitado a até 15 quilos.

Além disso, segundo a Associação Brasileira de Franquias Postais (Abrapost), a modalidade responde por 30% do faturamento das lojas franqueadas, que ficaram assustadas com a decisão.

“O que está deixando a gente assustado é que recebemos centenas de ligações de associados querendo saber o porquê de os Correios terem decidido acabar com o e-Sedex. Não sei responder”, disse Chamoun Hanna Joukeh, presidente da Abrapost, ao Globo. “A gente está muito preocupado com a possibilidade de o cliente ir para a concorrência”.

Em comunicado, os Correios confirmaram que o fim do e-Sedex passa a vigorar a partir do dia 1º de janeiro de 2017. Procurado pelo jornal, o presidente dos Correios, Guilherme Campos Júnior, alegou que a medida tem a ver com o corte de custos: “O e-Sedex tem preço de PAC e qualidade de Sedex. Isso é ter a liberdade de ser solteiro com o conforto de casado”. Atualmente, a companhia enfrenta a maior crise financeira de sua história. No ano passado, ela registrou um prejuízo de R$ 2,1 bilhões mesmo monopolizando a entrega de cartas no Brasil.

Impacto no comércio eletrônico

Apesar da súplica da Abrapost, que sugeriu o reajuste do valor do e-Sedex ao invés do fim do serviço, o presidente dos Correios disse que não tem mais volta.

Além de impactar negativamente o faturamento dos franqueados, a medida também deve pesar no bolso do consumidor que compra produtos online. A tendência é que o valor dos fretes se torne ainda mais caro, sobretudo para quem tem urgência em receber a mercadoria.

Outra possibilidade é que vejamos cada vez mais varejistas lançando assinaturas anuais para que o cliente sempre possa contar com frete grátis em suas compras, uma modalidade popularizada nos Estados Unidos pela Amazon com o Prime e que recentemente foi implantada aqui no Brasil pelo Submarino.

Contrariados, os franqueados garantiram ao Globo que vão entrar na Justiça para impedir o fim do e-Sedex.

Canaltech

Participe! Palestra grátis sobre iluminação – a essência de um grande fotógrafo

Palestra grátis com Danilo Russo sobre iluminação

Dominar a arte de iluminar é fundamental para o sucesso na fotografia. Hoje, quinta-feira, a partir das 20 horas, você poderá assistir gratuitamente e online, a palestra Iluminação: a essência de um grande fotógrafo.

A palestra será ministrada pelo renomado fotógrafo italiano Danilo Russo, diretor do Instituto Internacional de Fotografia e criador do congresso Newborn Photo Conference. Participação especial: Altair Hoppe

Inscreva-se agora →

Na palestra, você aprenderá todas as possibilidades e maneiras de usar a luz em ensaios de estúdio, externa e em locações. A palestra que todo fotógrafo precisa assistir!

O que você vai aprender nesta palestra:

  • Como pensar a Iluminação
  • Dicas eficazes para iluminar ao ar livre e em estúdio
  • As principais características da luz
  • Princípio de iluminação

Deu vontade de aprofundar seu conhecimento sobre iluminação? Então não perca a oportunidade de saber como.