5 cuidados essenciais ao alugar um imóvel para a temporada


Férias em Balneário Camboriú

Enfim, as férias estão batendo na porta! Por conta disso, há uma verdadeira corrida por bons locais para passá-las e começar o ano relaxado.

Por mais que hotéis e pousadas costumem ficar lotados, muitas pessoas preferem alugar um imóvel. Não é para menos: é como ter uma casa longe de casa! Você pode ficar bem mais à vontade, cozinhar, e, ainda, compartilhar esse momento com amigos e familiares, sem pagar nenhum adicional.

No sul do país, por exemplo, os apartamentos para alugar em Balneário Camboriú são uma opção muito visada por quem gosta de estar próximo ao movimento, sair à noite e curtir a cidade.

Agora, quem busca mais tranquilidade e contato com a natureza geralmente opta pelos apartamentos para alugar em Itapema. Mesmo muito próxima a Balneário Camboriú, a localidade é mais calma. As praias também são excelentes e há ampla oferta de comércios e serviços.

Entretanto, o sonho pode facilmente se tornar pesadelo: ano a ano, saem notícias de pessoas que pensam terem feito um ótimo negócio mas, na hora H, descobrem que não era bem assim. Às vezes, o local é totalmente diferente, ou, simplesmente, não existe.

Mas, não se preocupe: isso é facilmente evitável! Basta tomar esses cuidados antes de oficializar o aluguel e partir para o abraço – ou, melhor, para as férias:

1. Comece a busca com antecedência

No Brasil, as férias são sinônimo de praia. Não é raro que as cidades do interior se esvaziem, enquanto as litorâneas se enchem de turistas. Justamente por isso, é muito importante começar a busca por sua casa longe de casa com antecedência.

As casas para alugar em Balneário Camboriú, por exemplo, são muito concorridas. Não é raro que, meses antes da temporada, os proprietários já as tenham alugado por todos os dias, até depois do Carnaval, que é mais cedo em 2018 – a terça-feira será dia 13/02.

Portanto, comece a procurar alguns meses antes, para ter mais tempo e maior disponibilidade para comparar preços. É possível encontrar um lugar exatamente como você quer, pelo preço que você pode pagar, sem correria! Dica: com o Carnaval na primeira metade de fevereiro, vale a pena começar a busca para essa época desde já.

2. Pesquise sobre a região antes de fechar o negócio

Balneário Camboriú e Itapema são cidades muito próximas. Entretanto, como já explicamos, elas são muito diferentes: enquanto a primeira é conhecida pelo movimento e pelo agito, a segunda é famosa por ser mais tranquila, frequentada por muitas famílias que só querem férias relaxantes.

É aí que vem a importância de pesquisar muito sobre todas as regiões nas quais você considera alugar um imóvel para a temporada: há localidades vizinhas que podem ser totalmente diferentes, bem como preços por metro quadrados diferentes. Se você fecha um aluguel à revelia, corre o risco de passar as férias em uma região com um perfil bem diferente do que você pretendia.

Férias em Balneário Camboriú

3. Busque referências do imóvel

Todos os anos, várias pessoas caem em um mesmo golpe: encontram um imóvel para a temporada dos sonhos na internet, por um preço inacreditável, e alugam sem pensar duas vezes.

Só que o sonho rapidamente vira pesadelo: quando elas chegam ao local, descobrem que ele é totalmente diferente das fotos, ou, até mesmo, que o endereço não existe. É claro que, nesse momento, já não conseguem contato com o suposto proprietário, que já sumiu com o dinheiro há muito tempo.

Felizmente, não cair nesse golpe é muito mais simples do que você imagina. Uma busca rápida pelo endereço anunciado no Google Maps já revela se ele realmente existe. Com o Google Street View, você confere se as fotos do edifício condizem com as do anúncio. Também vale a pena procurar pelo imóvel em outros sites, ou, até mesmo, consultar imobiliárias.

Além disso, suspeite de preços muito baixos: ninguém aluga um imóvel para sair no prejuízo. Um valor muito abaixo da média de mercado é um mal sinal.

4. Não abra mão do contrato de aluguel

Os aluguéis temporários são regulados pela mesma lei que regula os aluguéis de longo prazo: a Lei do Inquilinato (Lei 8.241/1991). Ou seja: inquilino e proprietário têm direitos e deveres estabelecidos na legislação no processo de aluguel.

A lei regula alguns itens do contrato, o que proporciona mais segurança jurídica para ambas as partes. Tal qual em um aluguel por período indeterminado, no aluguel de temporada o empresário pode exigir, por exemplo, pagamento de caução. Geralmente, é normal que ele exija metade do valor para reservar o imóvel e o restante na entrega das chaves.

O desejável é que haja um contrato escrito, com todas as condições explícitas. Entretanto, quando se trata de aluguel de temporada, o aluguel verbal ainda é muito comum – tanto que há um artigo sobre ele na Lei do Inquilinato.

Assim, saiba que, caso você estabeleça um contrato verbal e o proprietário descumpra com alguma parte do acordo, você ainda tem direitos – ele está incluído na Lei do Inquilinato. Basta que você tenha provas do que foi celebrado entre vocês, isso é suficiente para entrar na Justiça caso seja necessário. Não precisa ser nada formal: e-mails e até mensagens de WhatsApp contam.

Ainda assim, o contrato escrito vale mais a pena. Ele evita muita dor de cabeça para ambos os lados!

5. Verifique as condições do imóvel na entrada e na saída

Quando você aluga um imóvel por tempo indeterminado, sempre faz duas vistorias: na entrada e na saída.  No caso do aluguel de temporada, é preciso tomar o mesmo cuidado.

Ao pegar as chaves, faça uma inspeção de todo o imóvel. Geralmente o contrato tem um pequeno inventário de tudo o que havia antes da entrada: confira se ele bate com o que realmente há na casa.

Não tenha medo de questionar o proprietário a respeito de nenhuma discrepância. É um direito seu: caso você assine o contrato do jeito que está, ele tem o direito de contestar a discrepância na saída, e descontar isso da caução que você pagou.

Do mesmo modo, na saída, faça a vistoria junto com o proprietário. Qualquer outro problema encontrado também incorre no desconto ou na retenção da caução.

Chaves na Mão

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s