Escola do Legislativo da Alesc promoverá seminário sobre Meio Ambiente e Sociedade

Seminário Meio Ambiente e Sociedade 2019

Pesquisadores e especialistas debatem com a comunidade regional ameaças e perspectivas para o meio ambiente.

Um tema atual e importante. Participe deste seminário. Convide e compartilhe entre seus contatos. Clique aqui e faça sua inscrição no site da Escola do Legislativo SC “Deputado Lício Mauro da Silveira”. A iniciativa é do Deputado Padre Pedro Baldissera. do PT.

O objetivo do seminário é desenvolver atividades essenciais para a conservação e/ou recuperação das águas superficiais e subterrâneas, atendendo legítimas demandas da sociedade por um ambiente sustentável. Nesse contexto, propor soluções que promovam a conservação da água e o aproveitamento de energias renováveis.

O seminário tem como público-alvo estudantes, professores, vereadores, gestores públicos, profissionais liberais, famílias, lideranças comunitárias da cidade de Itapema e respectivos municípios do entorno, demais interessados

Programação

  • 13/07/2019 – 8h: Acolhida/Credenciamento.
  • 13/07/2019 – 8h30: Abertura/Composição de Mesa
  • 13/07/2019 – 9h00: Palestra: Ciclo da Água, Aquíferos, Energia e Gás de Xisto
    Ministrante: LUCIANO AUGUSTO HENNING
  • 13/07/2019 – 10h30: Palestra: Energia e Desastres Ambientais
    Ministrante: MARCOS AURELIO ESPINDOLA
  • 13/07/2019 – 12h00: Almoço
  • 13/07/2019 – 13h30: Apresentação Projeto Rios
  • 13/07/2019 – 14h30: Palestra: Energias Renováveis e Técnicas Sociais
    Ministrante: MARCIO ANTONIO NOGUEIRA ANDRADE
  • 13/07/2019 – 16h00: Oficinas
  • 13/07/2019 – 17h00: Encerramento

Serviço

  • SEMINÁRIO MEIO AMBIENTE E SOCIEDADE 2019.
  • Inscrição: Acesse este link e inscreva-se. O seminário é gratuito e será gerado certificado aos participantes.
  • Data: 13/07/2019.
  • Horário: início às 8h.
  • Endereço: SITICOM – Rua 442, 10, Morretes, Itapema – Santa Catarina.
  • Carga horária: 9 horas.
  • Ministrante(s): MARCIO ANTONIO NOGUEIRA ANDRADE, LUCIANO AUGUSTO HENNING, MARCOS AURELIO ESPINDOLA.
  • Ementa: Energias Renováveis; Gestão Integrada de Recursos Hídricos – GIRH; Desastres Ambientais; Agricultura Orgânica; Aproveitamento energético da Biomassa; Energia Solar; Integração Comunitária.

Anúncios

Você conhece Ilhota❓

Nesta reportagem especial, a Assembleia Legislativa de Santa Catarina – Alesc apresenta a cidade Ilhota, uma das capitais catarinenses. Localizada na região do Vale do Itajaí, a cidade é o principal polo de Moda Praia e Íntima de Santa Catarina. São mais de 80 lojas e fábricas, que geram emprego e renda para o município. A venda por atacado se destaca, mas as empresas também investem em ações para o varejo e comércio virtual.

Greenpeace em ação: 11 dias de protesto pacífico

Greenpeace em ação

GreenpeaceEstamos diante de um desafio que está exigindo um grande esforço de todos nós: dar um basta nas agressões ao meio ambiente dos oceanos. É uma luta pela vida no planeta e uma tarefa urgentíssima, como já mencionei em mensagens anteriores.

O apoio que você nos deu foi fundamental para o nosso trabalho de proteger a natureza. Muito obrigada. Agora, contamos novamente com você neste momento decisivo. Peço que apoie o Greenpeace Brasil com uma doação mensal.

Vivemos uma Emergência Climática! Nossos mares sofrem com as montanhas de lixo plástico, pescas predatória e como se não bastasse, sofrem com a exploração desenfreada de petróleo!

Em um cenário cada vez mais próximo que pode inviabilizar nossa existência no planeta, empresas como a petroleira BP insistem em avançar com a extração de petróleo num modelo de exploração que só contribui para os piores impactos do aquecimento global: mais incêndios florestais, mais inundações, mais furacões, perda de diversidade de vida, mais secas, entre outras graves consequências. Um absurdo!

Na tentativa de evitar um cenário como este, permanecemos há 11 dias em alto mar protestando pacificamente contra os absurdos da empresa! Nossa mensagem é clara e diz: “Emergência Climática”. Essas ações devastadoras têm que parar agora!

Estamos reagindo fortemente a esse desafio e precisamos da ajuda dos doadores mais compromissados com o nosso trabalho, como você. Por isso, pedimos a sua doação mensal agora.

Nossa missão é chamar a atenção do mundo para a importância do ecossistema marinho e as agressões que está sofrendo. E também temos que levar adiante a campanha Proteja os Oceanos, que está pressionando os governantes para que 30% da área dos oceanos sejam legalmente preservados.

Então meu amigo, a hora de agir é agora! Por favor, faça uma doação mensal ao Greenpeace e ajude a evitar a calamidade ambiental que ameaça a vida nos oceanos e em todo o planeta.

Continuaremos lhe enviando informações sobre as nossas atividades para proteger os oceanos e o meio ambiente, no Brasil e no mundo.

Agradeço mais uma vez, de coração, a sua ajuda.

Vivian Fasca
Responsável pela área de Captação de Recursos do Greenpeace

P.S.: Com apenas R$ 40,00, você apoia nossas campanhas e nos ajuda ainda mais a proteger os oceanos. É muito simples doar, basta clicar aqui. A doação é realizada de forma espontânea e irrestrita, os valores e condições são sugestões e exemplificam o trabalho que a organização faz diariamente. Todo apoio financeiro de pessoas físicas é aplicado nas campanhas do Greenpeace e na manutenção da estrutura da organização.

Trump permite que crianças deem seus primeiros passos atrás das grades!

O muro de Trump

Anistia Internacional, Dialison, Dialison Cleber, Dialison Cleber Vitti, DialisonCleberVitti, Dialison Vitti, Dialison Ilhota, Cleber Vitti, Vitti, dcvitti, @dcvitti, #dcvitti, #DialisonCleberVitti, #blogdodcvitti, blogdodcvitti, blog do dcvitti, Ilhota, Newsletter, Feed, 2016, ツVocê já se colocou no lugar de milhares de mulheres, crianças e homens que, por conta da violência e da miséria que enfrentam em seus países, precisaram deixar suas vidas e origens para trás, se arriscando em uma viagem perigosa até os Estados Unidos?

Nesse momento, milhares de famílias que buscam segurança nos EUA, em vez de serem acolhidas pelo governo Trump, estão sendo mantidas por meses a fio em centros de detenção, sem acesso a advogados ou tradutores.

Pais com crianças pequenas estão vendo seus filhos aprenderem a falar, engatinhar e dar seus primeiros passinhos atrás das grades, longe dos cuidados básicos de que todas as crianças precisam.

Crianças como o menino Josué, que passou mais da metade de sua vida em detenção, aprendendo a andar e a falar em confinamento. Ele e sua mãe de 28 anos, Teresa, fugiram de ameaças de sequestro e de agressão física e sexual em Honduras, e chegaram aos EUA em busca de asilo. Eles foram presos no Centro de Detenção Berks County, na Pensilvânia, por mais de 16 meses. DERRUBE O MURO DO TRUMP.

Desde que foi eleito, o Presidente Trump ameaça construir um muro ao longo da fronteira dos EUA com o México e faz de tudo para desmantelar totalmente o sistema de asilo dos EUA, violando a lei dos EUA e a internacional, e causando sofrimento extremo às pessoas em risco.

Não podemos podemos fechar os olhos para o sofrimento de milhares de pessoas em risco! Juntos e juntas, temos o poder de lutar para que os direitos dessas pessoas que buscam asilo nos EUA sejam protegidos.

Na semana do Dia Mundial dos Refugiados (20/06), ajude a Anistia Internacional a derrubar esse muro de violações e a exigir que o presidente Trump dê esperança às centenas de pessoas que buscam segurança nos EUA.

Acesse este link, selecione tijolo por tijolo e ajude-nos a derrubar esse muro desumano e a transformar a vida de milhares de pessoas em risco. Centenas de pessoas já derrubaram. Só falta você! Clique neste link e coloque esse muro de violações abaixo.

Com esperança, 
Anistia Internacional Brasil

Estão matando os oceanos! 🐋🌊

Dia Internacional dos Oceanos

GreenpeaceObrigado por confiar no nosso trabalho e somar esforços para salvar a biodiversidade! São pessoas como você que possibilitam que o Greenpeace trabalhe por um mundo melhor! Recentemente, com o Dia Internacional dos Oceanos, no último 8 de junho, temos uma mensagem sobre a necessidade urgente de proteger esse ecossistema fundamental.

Apesar de produzirem metade do oxigênio que respiramos, absorverem a maior parte do CO2, serem essenciais para o equilíbrio do clima e abrigarem milhões de espécies, os oceanos estão sendo degradados de uma forma nunca vista. E é por isso que sua ajuda é tão importante neste momento.

Estão explorando petróleo em áreas sensíveis, escavando minérios em águas profundas, jogando no mar montanhas de lixo plástico e pescando de forma predatória.

Essa devastação tem que parar agora! No ritmo atual, até 2050 haverá mais plástico do que peixes nos oceanos! Já pensou? E mais de 30% dos corais e dos mamíferos marinhos estão ameaçados. Para que um desastre total seja evitado, temos que agir imediatamente!

O Greenpeace está agindo. Nosso navio Esperanza está navegando desde o Polo Norte até o Polo Sul para denunciar as ameaças aos oceanos, confrontar pacificamente os responsáveis pelas agressões e mostrar como a nossa vida depende do ecossistema marinho.

E estamos pressionando os governos em favor da criação do Tratado Global dos Oceanos, para que 30% de todos os mares sejam transformados em áreas de proteção.

Meu amigo, este é um desafio urgente! Precisamos de recursos para enfrentá-lo e contamos com você. Por isso, peço que faça uma doação mensal.

Continuaremos mantendo você informado sobre as nossas atividades para proteger os oceanos e o meio ambiente, no Brasil e no mundo. Agradeço mais uma vez, de coração, a sua ajuda.

Vivian Fasca
Responsável pela área de Captação de Recursos do Greenpeace.

P.S.: Com apenas R$ 40,00, você apoia nossas campanhas e nos ajuda ainda mais a proteger os oceanos. É muito simples doar, basta clicar aqui. A doação é realizada de forma espontânea e irrestrita, os valores e condições são sugestões e exemplificam o trabalho que a organização faz diariamente. Todo apoio financeiro de pessoas físicas é aplicado nas campanhas do Greenpeace e na manutenção da estrutura da organização. Esta doação não substitui qualquer outra que você faça para o Greenpeace.