Libertos de uma prisão invisível – Arrependimento

Pornografia arrependimento

O processo de cura de qualquer problema, mau hábito ou compulsão, só se inicia quando há reconhecimento de que algo está errado. Isso deve gerar um arrependimento genuíno em nosso coração.

Na Bíblia, vemos que o grande rei Davi cometeu adultério com Bate-Seba. Depois disso, o rei ainda enviou Urias, o esposo de Bate-Seba, para a frente de batalha, e Urias acabou morrendo. Até então não houve nenhum arrependimento da parte de Davi.

Mas quando o profeta Natã vai até Davi e o confronta com sabedoria, usando uma parábola, o rei experimenta um arrependimento genuíno e reconhece o seu pecado. É só então que Deus vê em Davi um coração sincero e o perdoa.

Em nossa vida acontece o mesmo. A cura só é possível a partir do momento em que experimentamos um arrependimento genuíno, a ponto de dizermos, como Davi: “Pequei contra o Senhor”.

Portanto, reconheçamos o nosso pecado diante de Deus.

Creia: nos próximos dias, em nome de Jesus, ele pode libertar você ou as pessoas que você ama da compulsão por pornografia.

Objetivos desse devocional

Muitas pessoas, quase sem perceber, vivem em uma prisão. Sem grades, muros ou cercas, ela as escraviza, tornando-as suas reféns. Trata-se do consumo de conteúdo impróprio na Internet, o que vem levando muita gente — de todas as idades, no mundo todo — à compulsão e à depressão, destruindo relacionamentos. Este Plano de Leitura foi preparado para aqueles que passam por esse tipo de situação ou desejam ajudar quem precisa de apoio para vencer essa batalha.

Editor
Gostaríamos de agradecer à Sociedade Bíblica do Brasil por fornecer este plano. Para mais informações, acesse este link!

Anúncios