Libertos de uma prisão invisível – Cuidado com seus olhos

Cuidado com seus olhos

Em nosso coração instalam-se todo tipo de contaminações possíveis. Em Mateus 15.19 está escrito:

Porque do coração procedem maus pensamentos, homicídios, imoralidade sexual, prostituição, furtos, falsos testemunhos, blasfêmias.

Por onde entram essas impurezas? Elas entram, na maioria dos casos, pelos nossos olhos. Ou seja, o cérebro absorve as informações enviadas pelos olhos, e isso chega ao nosso coração. Portanto, temos que observar bem ao que estamos expondo nossos olhos em nosso dia a dia. O rei Davi cometeu um dos seus grandes pecados, com consequências terríveis, por causa dos seus olhos:

Uma tarde, Davi se levantou do seu leito e andava passeando no terraço do palácio real. Dali viu uma mulher que estava tomando banho; ela era muito bonita
2 Samuel 11.2

Depois dessa experiência amarga que Davi teve através dos seus olhos, ele escreveu o texto de Salmo 101.3: “Não porei coisa injusta diante dos meus olhos.” Em outra passagem bíblica, o personagem Jó afirma:

Fiz acordo com os meus olhos de não olhar com cobiça para as moças
Jó 31.1

Tudo o que os nossos sentidos captam — o que estamos ouvindo as outras pessoas falarem, o que também estamos falando e até onde colocamos nossas mãos — é fonte de bem ou mal.

Sendo assim, estejamos atentos e repreendamos tudo aquilo que nos tira da vontade de Deus. Rejeitemos o que não é bom para os nossos olhos, a fim de que nenhum sentimento maligno tenha lugar em nosso coração.

Objetivos desse devocional

Muitas pessoas, quase sem perceber, vivem em uma prisão. Sem grades, muros ou cercas, ela as escraviza, tornando-as suas reféns. Trata-se do consumo de conteúdo impróprio na Internet, o que vem levando muita gente — de todas as idades, no mundo todo — à compulsão e à depressão, destruindo relacionamentos. Este Plano de Leitura foi preparado para aqueles que passam por esse tipo de situação ou desejam ajudar quem precisa de apoio para vencer essa batalha.

Editor
Gostaríamos de agradecer à Sociedade Bíblica do Brasil por fornecer este plano. Para mais informações, acesse este link!