Vídeo mostra momento exato do rompimento da barragem da Vale me Brumadinho

O vídeo foi filmado por um operário da empresa.

O rompimento da barragem de Brumadinho ocorre pouco mais de três anos após a maior tragédia ambiental do País, que envolveu a barragem de Fundão, em 5 de novembro de 2015. A lama de rejeitos atingiu 40 cidades em Minas e no Espírito Santo e contaminou a Bacia Hidrográfica do Rio Doce. Dezoito pessoas morreram. Na Justiça, 22 denunciados pelo Ministério Público Federal, entre elas, funcionários da Vale, Samarco e BHP Billiton, respondem por homicídio.

Anúncios

O banquetaço vem aí!

o banquetaço vem aí

Estamos nos organizando para um ato de protesto em vários estados, contra a extinção do Consea. A ideia é montar um banquete com alimento bom, limpo e justo e distribuir no mesmo dia e horário em várias cidades do país. Essa será uma das ações do Banquetaço. Pretendemos chamar a atenção da sociedade para a importância do Consea e para o direito humano à alimentação.

A ideia é unificar as questões políticas em torno da extinção do Consea e ao mesmo tempo respeitar e valorizar as ações e diferenças em cada estado. Sim! Foi escolhida para uma quarta-feira, dia 27 de fevereiro por duas razões:

  1. Dia em que a Câmara está em funcionamento
  2. Data que antecede a votação da MP 870.

Seguimos em frente e nos organizando. A luta continua!

Os riscos do #DecretoDaMorte de Bolsonaro que flexibiliza a posse de arma no país

Pulp Fiction – Tempo de Violência

Quem age por decreto é ditador e quem dita, não ouve ninguém.

Os riscos do decreto assinado na manhã tenebrosa de terça-feira pelo então presidente #Bolsonaro que flexibiliza a posse de arma para o cidadão de bem, são, em primeiro lugar, as crianças e as mulheres. Esse será um grande problema que veremos com maior frequência num futuro próximo. Vamos ter um aumento significativo, na minha opinião, de acidentes com armas de fogo em crianças, um aumento de suicídios entre adolescentes e crianças, aumentando as mortes dentro de casa.

Consequentemente a isso, teremos o aumento de feminicídio, que já está crescendo muito no país e a tendência agora é se agravar ainda mais a violência doméstica.

A nova faixa de risco do Brasil será o tal homem branco de classe média. Este vínculo estava, praticamente, fora da faixa criminal de homicídios, mas isso já existia e não dávamos bola, porque quem morria e continua morrendo são os jovens negros de periferia.

Entram também nas estatísticas, as brigas de trânsito e os desentendimentos banais comuns, como um debate político, por exemplo, até por que, participar e ter opinião política no país é errado.

Logo, a classe que entrará na faixa de serão os policiais, os grandes defensores dessa política e os mais aguerridos cabos eleitorais bolsonariano.

Quem lê esse artigo, sabe do que estou falando ou tentando passar, e as graves consequências que estão por vir serão terríveis. Existem estudos e pesquisas, fartos de argumentações comprovando que isso é um grave equívoco que o (des)governo adotou e a internet está cheio desses conteúdos. Basta dar um google e pesquisar.

Tenho medo do comportamento arrogante dos reacionários, porque dessa gente não espero nada. Caso alguém venha me perguntar se também iria requerer o uso para o posse de arma de fogo, direi que sim, eu vou como todo mundo irá fazer! Caso se alguém venha com uma pergunta infantil dizendo que crente e não poderei fazer isso, direi a esse infeliz que é nessa hora que temos que separar os zelotes dos fariseus. Pra quem não sabe, os zelotes eram uma seita judaica radical do tempo de Jesus. Eles acreditavam na luta armada contra os romanos e esperavam um Messias guerreiro. Simão, um dos 12 apóstolos, era conhecido como “o zelote”. Simão era Pedro, tá? zelote vem de “zelo”, que significa devoção fervorosa. Os zelotes levaram sua devoção à Palavra de Deus ao extremo, acreditando que deviam fazer tudo para, mas isso é outro debate.

Quando tudo isso acontecer, que amigos matarem amigos, entes familiares mantarem seus entes queridos, que crianças venham a morrer por acidente com armas de fogos, maridos venham matar suas esposas por nada, irmão matarem irmãos… não adianta ir pra igreja chorar e se arrepender. A coisa já foi feita e aquele que cometeu estava em pena faculdade mental do que fez e em quem votou.

O decreto que queria ter lido e comemorado era o do mais emprego e da retomada da economia, mas em 15 dias de (des)governo de Bolsonaro dois decretos, entre outros, foram sancionados. Um foi para a diminuição do salário mínimo e o outro a flexibilização da posse de arma de fogo. Ainda tem gente que diz que estamos torcendo pra dar errado. E precisa?

Bem vindo a nova era da ignorância no país!

Com alegria,
Dialison Cleber Vitti

Discurso do então presidente Lula na cerimônia de assinatura do Estatuto do Desarmamento em 2003

Discurso do então presidente Lula na cerimônia de assinatura do Estatuto do Desarmamento em 2003

Nada é mais urgente diante da violência do que construir a paz. E nada é mais eficiente, para evitar a violência, do que fortalecer a paz. A paz, portanto, é o ponto de partida e de chegada é a linha demarcatória que baliza a trajetória e o destino de qualquer sociedade.

Sabemos que a desigualdade social desfigura essa marcha solidária. É preciso dar à paz seu verdadeiro nome – justiça social.

Preservar a integridade física de todos os seus cidadãos é a primeira obrigação de um Estado democrático. Sem o direito à vida todos os outros direitos humanos se dissipam e perdem sentido.

Discurso do então presidente Lula, na cerimônia de assinatura do Estatuto do Desarmamento, em 2003. Foto: Ricardo Stuckert.

Entrevista com economista Eduardo Moreira na TV 247

O economista e escritor Eduardo Moreira foi um dos entrevista da TV 247 e recomendo que assistam esse vídeo. Lula assistiu, através de uma pen drive, até por que ele tem acesso a uma televisão e pode assistir com a conexão via USB.

Lula enviou um bilhete para equipe do TV 247. Nele, estava escrito outras coisas, sendo o mais importante foi o conteúdo desta entrevista. Lula disse que o economista é bom e fala coisas boas e novas, mas para fazer mudanças, é preciso não esquecer que precisamos construir maioria, maioria em tudo… na Câmara dos Deputados, no Senado Federal, Ministério Público, judiciário e na sociedade para que possamos colocar em prática parte das coisas abordados por Eduardo Moreira, construir uma verdadeira revolução. Para fazer uma revolução, tem que ter maioria, mas também, não menos, estrutura política brasileira.

Será que Eduardo Moreira será o nosso próximo Ministro da Fazenda?

Assista a outros vídeo do documentário que põe em dúvida a facada no mito

A faca do mito

O documentário sobre a facada no mito, deixa claro que se tratou de uma ação grupal e não individual.

A longa, minuciosa e competente análise dos vídeos e fotos  não deixa dúvida nenhuma quanto ao fato de que candidato, agressor, seguranças e pessoal de apoio tinham um único e indisfarçável objetivo: propiciar o atentado.

Tanto que, de forma até hilária, ao fracassar na primeira tentativa de arremeter contra Bolsonaro, Adélio Bispo de Oliveira derrubou sem querer o boné de um segurança – o qual nem depois de atropelado teria se dado conta de que estava diante de um indivíduo armado e pronto para esfaquear aquele por quem ele deveria zelar! Acredite quem quiser.

E o documentário é igualmente bem sucedido em deixar claro que aquelas pessoas (sempre as mesmas!) circulando ao redor de Adélio nada fizeram para proteger Bolsonaro, mas tudo fizeram para evitar que os admiradores do Mito linchassem o Adélio, não demonstrando o mais remoto receio de serem esfaqueadas pelo suposto agressor descontrolado. Por último, a arma do crime misteriosamente sumiu naquele instante, só sendo encontrada (?) convenientemente depois.

Partes do documentário

Assista ao documentário completo acessando este link!

YouTube terá mudança em postagens automáticas no Twitter e no Google+

Youtube dcvitti

YouTubeEu e muitos youtubers devem ter recebidos um aviso sobre uma atualização que pode impactar a comunidade do YouTube. Após o dia 31 de janeiro, a funcionalidade para postar automaticamente a atividade do YouTube (envios, vídeos com marcações “Gostei” etc.) no Twitter e no Google+ não estará mais disponível. Descobrimos que compartilhar essas ações com uma mensagem personalizada (em vez de com postagens geradas automaticamente) oferece uma experiência melhor ao criador de conteúdo e aos seguidores dele nas redes sociais.

Ainda é possível compartilhar vídeos nessas plataformas. Veja como:

  • Na página de exibição em qualquer dispositivo: clique em Compartilhar, depois clique no ícone da rede social.

Para saber mais informações sobre como compartilhar vídeos, confira este artigo da Central de Ajuda.

Equipe do YouTube.

[Documentário] A faca do mito

Alguns dias antes da posse de Bolsonaro, um documentário viraliza na rede na que coloca em xeque o atentado contra Jair Bolsonaro. O documentário “Facada no Mito” que levanta suspeitas de que o “atentado” contra Bolsonaro seria uma armação, passou das 100 mil visualizações em poucas horas, a dois dias da posse do presidente eleito; audiência continua crescendo em ritmo acelerado.

O documentário foi lançado no dia 22 de dezembro no canal do YouTube True or not (que significa verdadeiro ou não numa tradução literal),  uma conta supostamente fake. O vídeo de 57 minutos contém uma análise minuciosa das imagens e circunstâncias do atentado contra Jair Bolsonaro em setembro do passado, em Juiz de Fora, Minas Gerais.

Cuidadosamente, os autores do documentário, que ainda são anônimos, mostram incoerências na narrativa que envolve e fatídica facada e apresentam recortes impressionantes das imagens que registraram o momento do ataque, como interações estranhas entre o autor do crime, Adélio Bispo, seguranças do presidente eleito e apoiadores.

A faca apresentada pelas autoridades como arma do crime também é colocada em xeque.

O vídeo repercutiu apenas em veículos de mídia alternativa, como a Fórum. Após a divulgação, na manhã do domingo, dia 30 de dezembro de 2018, o documentário tinha pouco mais de 48 mil visualizações. Em pouco mais de 6 horas o número de visualizações saltou para mais de 112 mil.

[e-Book] Modernização do Parque de Iluminação Pública

iluminação pública

Uma das maiores tendências no setor de Iluminação Pública para 2019 é a modernização. Um parque de iluminação modernizado pode gerar economia e sustentabilidade para a sua cidade. Quer entender um pouco mais sobre o que é essa modernização e como implementar? Baixe o e-book produzido pelo Grupo Exati. Então, o #blogdodcvitti dá uma focinha para você… clique neste link e baixe o e-Book sobre a Modernização do Parque de Iluminação Pública.

Seu melhor eu começa agora

2019 conectado com a Bíblia

2018 acabou. Nós temos um novo começo agora. Quer ver sua vida transformada em 2019? Você pode. Tudo o que precisamos é de um novo pequeno hábito. Basta começar a fazer isso, uma coisa pequena, uma vez por dia, de forma consistente.

Leia o conteúdo de um plano bíblico, um devocional, todos os dias. Então, de vez em quando, durante o dia, pense sobre o que essa leitura significa em sua vida. Leva apenas alguns minutos. Mas ao longo do tempo, esses minutos vão trazer grandes mudanças.

Coloque a Palavra de Deus em primeiro lugar

Perseverança ajuda você a construir um hábito, mostrando quantos dias seguidos você usa o App da Bíblia. E se parecer que você pode perder um dia, o aplicativo da Bíblia pode enviar um lembrete. A Perseverança pode até mesmo recompensá-lo com minicelebrações especiais quando você atingir novos marcos.

Procure por perseverança e comece a construir seu hábito bíblico diário este ano!