PMDB racha e produzirá outro 2018

Michel Temer

A derrota parcial do governo golpista na comissão da reforma da previdência na Câmara imprimiu um assédio maior do grupo do ex-deputado Federal Eduardo Cunha (PMDB/RJ) sobre o governo golpista e sobre a cúpula do PMDB com: a nomeação do Deputado André Moura (PSC/SE) para a liderança do governo no Congresso, no lugar do Senador Romero Jucá (PMDB/RR), atual presidente do PMDB – o que evidencia tanto a dificuldade de obter os 308 votos da reforma – como também o assédio do ”centrão” sobre o governo golpista, a nomeação de Osmar Serraglio (PMDB/PR), aliado de Cunha, para o Ministério da Justiça criticada pelo Senador Renan Calheiros (PMDB/AL), que não foi consultado e a carta articulada pelo Deputado Carlos Marun (PMDB/MS) na disputa pelo comando do PMDB e do fundo partidário.

“Essa carta do Marun veio depois da conversa que ele teve lá com o Cunha em Curitiba e agora age como seu porta-voz. Isso é tão óbvio! Imagina, o PMDB, que tem um papel histórico, ser comandado pelo Marun?”, (Renan Calheiros, Valor econômico, 09 de março de 2017).

De outra ótica, o avanço da operação Lava-Jato sobre a cúpula do PMDB com as recentes delações levou a um racha interno, com o objetivo de controle do fundo partidário e um assédio maior do PSDB – que colocou a estratégia de golpe dentro do golpe em repouso – pela necessidade do governo golpista de compor uma base de apoio das reformas, com as nomeações de Moraes no STF – como forma de desarticular o golpe dentro do golpe e de Imbassahy (PSDB/BA) na secretaria de governo.

Se houve queda na base trimestral do 4T de 2016 sobre o 3T de 2016 em 0,9% da produção industrial, é por que não há recuperação econômica em curso, tampouco estabilização da atividade econômica e do nível de renda agregada, mas sim efeitos defasados do nível de desemprego, que atingiu 12,9 milhões de desempregados, na demanda agregada e no investimento privado como evidenciam os último dados. É por isso que a formação bruta de capital fixo registrou 16,4% do PIB em 2016.

“A Formação Bruta de Capital Fixo sofreu contração de 5,4% no quarto trimestre de 2016, a décima primeira consecutiva. Este recuo é justificado, principalmente, pela queda das importações de bens de capital e pelo desempenho negativo da construção neste período. A Despesa de Consumo do Governo, por sua vez, variou negativamente em 0,1% em relação ao quarto trimestre de 2015″, (Contas Nacionais Trimestrais, IBGE, dezembro de 2016), sendo que a despesa previdenciária está aumentando em relação ao PIB, o que poderá inviabilizar a estratégia do teto da despesa da União produzindo desvalorização cambial e manutenção da atual ociosidade da indústria em 77%.

Derrubaram o investimento privado e ao limitarem a despesa pública inviabiliza a própria política fiscal criminalizada pelo TCU, quando da revisão da meta fiscal de 2015, pelo governo da presidenta Dilma Rousseff. Agora, a crítica do desajuste fiscal e expansão da dívida bruta da época do processo de impeachment se voltam contra o governo golpista, tanto que o Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou da possibilidade de aumento de impostos para reverter a dinâmica da dívida bruta e do câmbio, que reduzirá a taxa de lucro monetária da economia brasileira. Dado que não revisarão a meta fiscal, em função do legado do TCU e do teto da despesa é dizer que o governo golpista produziu uma armadilha com os próprios instrumentos institucionais que criou para viabilizar a tomada do poder, inviabilizando o déficit fiscal como pressuposto da reversão da dinâmica do investimento privado, permitindo uma rearticulação da esquerda com a reforma da previdência.

Criaram todas as condições para a tomada do governo com o “centrão” de Cunha e o PSDB, agora produzem todas as condições para o desastre econômico e a retomada da esquerda em 2018 com desafios gigantescos de reverter a inflexão da política externa dos BRICS, a emenda constitucional do teto da despesa e a política de desenvolvimento do BNDES.

Por Heitor Brinhosa, economista da bancada do PT na ALESC

Anúncios

Renovação na câmaras municipal

Renovação na câmaras municipalA eleição já passou e faz tempo e conhecemos os vitoriosos, logo eles serão diplomados e empossados. Esse foi a maior renovação de vereadores da história política moderna. Dos nove acentos, apenas quatro vereadores foram para disputa, desses, apenas dois voltaram. A casa se renovou por completo, 77,78%.

 Infelizmente a classe política está muito desprestigiada e desacreditada e os eleitos devem se capacitar para sempre fazer a coisa correta e bem feita. Analiso que o “populismo” está saindo fora de moda e a população está cobrando cada vez mais, mesmo assim, falta formação e conteúdo politico aos eleitos. Temos muito amadores.

Vejo tudo isso de forma muito decepcionante, pois muitos chegam ao legislativo e por lá permanecem sem saber o que fazer, como fazer ou se podem fazer, muitas leis que ferem a constituição mas que são colocadas somente para o vereador “aparecer” e deixa aqueles que estudam como “maus” por não aprovarem. Precisamos mudar isso.

Minha esperança e de muitos ilhotense está o Rogério, primeiro vereador eleito do PT em Ilhota. Recebemos muito incentivo e acreditamos nesse mandato. Seu conteúdo político e formação credencia para ser um dos mais atuantes vereadores desse legislativo. Nesse período de pós eleição até a posse, estamos em fase de planejamento e organização da instância partidária, preparando o terreno para começar bem a atuação parlamentar. Estamos e teremos muito trabalho pela frente. A luta está apenas começando.

Ilhota precisa de um líder com pulsos firmes e que defenda os interesses da minoria. Esse líder é o Rogério!

 

Os vereadores eleitos em Ilhota

Vereadores eleitos em Ilhota, Eleições 2016, Dialison, Dialison Cleber, Dialison Cleber Vitti, DialisonCleberVitti, Dialison Vitti, Dialison Ilhota, Cleber Vitti, Vitti, dcvitti, @dcvitti, #dcvitti, #DialisonCleberVitti, #blogdodcvitti, blogdodcvitti, blog do dcvitti, Ilhota, Newsletter, Feed, 2016, ツ

As eleições em Ilhota terminou nesse domingo e o candidato a vereador mais votado foi Nordo Adriano, desta vez pelo PMDB, fez 522 votos válidos, eleito pelo quociente partidário. Em segundo lugar, ficou Joninha Jaco, o único eleito do PSDB, com 509 votos também eleito pelo quociente partidário e a primeira vez que concorreu ao cargo. Chico Caroço do PMDB, fez 452 votos eleito pelo quociente partidário fico na terceira colocação. Logo em seguida, SID do PSD, fez seus 413 votos, eleito pelo quociente partidário. Boga, também sua primeira vez foi na disputa, o único eleito do PP, fez lá os seus 394 votos, eleito pelo quociente partidário. Rogério do PT foi o sexto, e fez 304 votos eleito pelo quociente partidário e foi a primeira vez que concorre ao cargo, sendo que em outras vezes, disputou duas eleições como prefeito. Juarez foi o segundo eleito do PSD, primeira vez que concorreu ao cargo, fez 287 votos e foi leito pela média da coligação. Almir Anibal do PMDB foi o oitavo eleito, fez 284 votos, eleito pela média. O último que assumiu a vaga foi o jovem Luiz Gustavo o único do DEM e o único da sua coligação eleito, que fez 246 votos, eleito pelo quociente partidário.

Recebi as primeiras ameças dessas eleições e ela veio por e-mail

E-mail, Tiago Souza, Dialison, Dialison Cleber, Dialison Cleber Vitti, DialisonCleberVitti, Dialison Vitti, Dialison Ilhota, Cleber Vitti, Vitti, dcvitti, @dcvitti, #dcvitti, #DialisonCleberVitti, #blogdodcvitti, blogdodcvitti, blog do dcvitti, Ilhota, Newsletter, Feed, 2016, ツ

Pensava que isso não iria acontecer, mas aconteceu!

Pessoas inteligentes usam e-mails e foi por lá que recebi a primeira ameaça desse processo. Imaginava que não iria receber esse tipo de afrontamento, afinal, estou isento, neutro nesse processo, mas me enganei. Enquanto tivermos pessoas sedentos pelo poder, esse comportamento sempre de domínio sobre as pessoas perpetuará.

O e-mail que recebi, foi endereçado por Tiago Souza, um conhecido, colega de internet, onde compartilhei algumas emoções na vida real. Tiago foi um dos responsáveis pela coordenação da campanha eleitoral do candidato Dida, da coligação #CompromissoComOFuturo e até o que sei ele era da comunicação.

Tiago, há um certo tempo atrás, falava igual a um condenado do então prefeito Ademar Felisky. Mudou o comportamento e logo, esqueceu tudo o que dizia. A reconciliação é importante na vida do homem e eu reconheço isso e valorizo. Em 2008 eu não me lembro onde ele estava mas sei que em 2012, na campanha do Dr. Lucas, ele junto com alguns #compas do 15 deram um micro golpe e apossaram da juventude. Antes de terminar as eleições daquele ano, não havia juventude no partido. Todos aqueles que orquestraram o golpinho migraram e já estavam numa campanha de um candidato a vereador e o Dr. Lucas perdeu por pouquíssimo votos. Na minha concepção, nós não envolvemos a juventude no processo eleitoral. Perdemos por causa da juventude e isso ninguém tira de mim.

Sobre o e-mail, ao que ele está se referindo, trata-se de dois post, onde foi compartilhado por mim e publicado no meu perfil no Facebook. O post são esses link1 e link2.

Não tenho nada a comentar, nem falar ou denegri a imagem do colega da comunicação. Pensou eu que está em sua razão e respeito seu posicionamento. Fez o que entendeu ser o certo!

Minha participação foi com um apoio branco ao candidato Keka. Pedi sim votos pra ele e me declarei simpático a um dos lados da disputa. Não sou em estou agremiado a nenhuma instituição político-partidária e nem pretendo estar. Votei no Keka pelo projeto dele e por afinidade, assim como foi para vereador, no amigo Rogério do PT em que reconciliamos uma amizade fragmentada há 12 anos.

Ganhei e perdi nessas eleições. Muitas pessoas deixaram de nos seguir no Facebook, isso é natural, mas reconciliei com muitos amigos e construí novas amizades.

A eleição passou, não toquei o terror e o peemedebê ganhou! Não participei ativamente de nenhuma campanha nem tomei corpo em quaisquer disputas. Minha participação foi atípica em vista de outros anos, postando alguma coisa (até bastante do que imaginava) referente do meu ponto de vista e concepção política.

Sofri alguns ataques de militantes, que é natural, pelo Facebook. Na rua não tive nada disso. Recebi ofensas em grupos do WhatsApp e até perseguição no mercado onde compramos há mais de 13 anos. Isso foi o triste. Não denegri a imagem ou conduta de ninguém, mas as pessoas idealizaram isso, sedo que a minha opinião atacava a família do candidato. Isso não aconteceu e por aventura isso veio a ocorrer, peço perdão. Meu posicionamento era com a pessoa retrógrada do candidato. O que fiz era de algumas referências entre Michel Temer que empossou a sua esposa no governo. Isso é nepotismo e a galera do manda-brasa escreveu e aprovou uma super lei na câmara aqui em Ilhota.

Mas é isso, águas passadas! Graças a essa mini-reforma política, as eleições municipais desse ano foi bem diferente da última, com uma pós eleição bem sossegada e bem mais cara. Ao Tiago e as outras pessoas, que sejam felizes em vossas jornadas e que defendam seu projeto político.

Tudo que você precisa saber sobre a função de um prefeito antes de cobrar qualquer coisa dele

Prefeitura Municipal de Ilhota

As eleições municipais, acabou. Conhecemos o vencedor. Em Ilhota havia apenas dois projetos estavam em disputa e você escolheu o melhor entre um deles. Nem sempre o vencedor é o melhor. Mas antes de fazer qualquer escolha, é preciso saber o que essa pessoa vai fazer, não é mesmo? Então, vamos conferir, quais são as funções de um prefeito. Se você não sabia disso, passa a saber!

O gestor municipal

Em todas as esferas da nossa federação, encontramos a mesma divisão de poderes do Estado: Executivo, Legislativo e Judiciário (exceção para os municípios, que não possuem Judiciário).

O prefeito é o chefe do Poder Executivo de um município. Isso significa que está nas mãos dele o poder de administrar a cidade em que vive. Ele cobra impostos e taxas que, por sua vez, devem custear obras, serviços e políticas essenciais para a vida nas cidades.

Alguns exemplos de serviços mantidos pelas prefeituras brasileiras são:

  • a limpeza e a iluminação públicas;
  • o sistema de transporte urbano;
  • as ambulâncias e serviços de saúde municipais;
  • a educação infantil (creches, pré-escolas) e o ensino fundamental;
  • e a formação da guarda municipal.

Acordos com os governos estadual e federal

Os prefeitos precisam buscar apoio político em outras esferas de governo, como governador, deputados estaduais, federais e senadores de seu estado. Muitos recursos importantes para os municípios são negociados junto aos governos estaduais e ao governo federal, possibilitando o financiamento de projetos importantes e a melhoria da qualidade de vida da população.

O prefeito também deve colocar em prática um plano de desenvolvimento para o município, buscando atrair e/ou fomentar a criação de novas empresas, a fim de que elas gerem emprego e renda para os seus habitantes.

Relação com os vereadores

Dentro do município, o apoio da câmara municipal também é importante. Em relação à Câmara Municipal, o prefeito possui a mesma função que o presidente em relação ao Congresso Nacional: a sanção ou veto de leis. O processo legislativo municipal segue rito semelhante ao encontrado nos outros níveis da federação. Mas além disso, ele mesmo pode propor novas leis, que são submetidas à análise da Câmara e da sociedade.

Por outro lado, o prefeito deve cumprir as leis aprovadas pela Câmara, além de submeter suas contas à fiscalização, que ocorre com auxílio do Tribunal de Contas estadual – ou municipal, se houver. Além disso, o prefeito deve elaborar a lei orçamentária anual e submetê-la à Câmara, que pode alterá-la, se julgar necessário.

Os secretários

Evidentemente, o prefeito não está à frente de uma cidade inteira por conta própria: ele conta com a ajuda de funcionários públicos, secretários e assessores, cada um incumbido de cuidar de alguma coisa: recursos municipais, sistema público de saúde, sistema educacional, e assim por diante. Muitos desses secretários também são indicados a partir de barganhas políticas, da mesma forma como acontece no âmbito federal.

No fim das contas, os secretários e suas equipes realizam a maior parte do trabalho da máquina pública municipal. O prefeito coordena todo esse trabalho e estabelece as metas e prioridades da prefeitura. Por isso, lembre-se que você elege não apenas um prefeito, mas também um grupo específico, que estará junto com ele no dia a dia da administração do município (em que pese, é bem verdade, que a maior parte dos funcionários públicos são concursados).

E é claro que o cargo de prefeito não garante poder absoluto a ninguém: a pessoa que o ocupa precisa seguir uma série de leis municipais e – em teoria – tem seu trabalho fiscalizado constantemente pela Câmara Municipal.

Por fim, o prefeito tem o dever de implementar as políticas públicas que se comprometeu a fazer durante a campanha. Essas políticas devem ser discutidas com a população.

Com quais recursos o prefeito conta para administrar o município?

Para colocar em prática seus planos, o prefeito conta com recursos de diversas fontes. A primeira delas é o próprio município, que cobra seus próprios impostos, taxas e outros tributos. O Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana, mais conhecido como IPTU, é o mais conhecido imposto municipal.

Mas os prefeitos não contam apenas com os impostos coletados no município: a Constituição de 1988 prevê mecanismos de transferência de recursos dos estados e da União para os municípios. Alguns exemplos são:

  • 22,5% dos recursos arrecadados pela União com Imposto de Renda e Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) são repassados aos municípios;
  • 50% do imposto sobre propriedade rural situada no território do município;
  • 25% do ICMS, imposto estadual, também para nas prefeituras.

Em muitos casos, os recursos que chegam às prefeituras possuem destinos obrigatórios, como aqueles provenientes de fundos para a saúde e a educação. Essas e outras verbas a que municípios têm direito podem ser encontradas nos artigos 158 e 159 da Constituição.

Fonte: Por Politize! e extraído do site Papo de Homem

Dida de Oliveira, Prefeitura de Ilhota

Guarde o plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo para cobrar depois

Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página01

 

As eleições passaram, já conhecemos os vitoriosos, logo o resultado será proclamado no site da Justiça Eleitoral, mas agora é momento de festa para alguns, e frustrações a outros. Não vamos aqui falar da gloriosa vitória dos vereadores eleitos, que renovou a casa legislativa em 77,78%, e sim abordar sobre o assunto do plano de governo eleito. Neste momento, é hora de guardar tudo, baixar arquivos, fotos, downloads de vídeos para que possamos, mais tarde, cobrar as promessas firmada em campanha.

Então… você votou, e escolheu no candidato com a melhor proposta para nossa cidade e que suas políticas irão pautar os próximos 4 anos. Esse não foi o projeto que escolhi e tenho muitas dúvidas quanto a sua execução. Esse projeto é uma mentira! Não acredito nele, pois conheço quem são os personagens e as pessoas por trás dela. Seus currículos são de conduta libidinosa. Mas é isso, o povo optou por ele, o processo foi legítimo, democrático e reconheço que esse é o nosso projeto.

Meu objetivo é tornar os arquivos do plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo disponível a todos, numa plataforma aberta e que todos possam ter acesso no futuro e fazer o uso do seu direito em cobrar, mesmo que você votou nele. Em tese, é isso o que propomos. Sabemos que nem todos estão nem ai com esse princípio. 64,22% dos ilhotenses acreditaram que Dida é a melhor solução para Ilhota. Será? Com essa margem, demos carta branca pra ele fazer o que quiser, mas dentro daquilo que propôs em seu plano de governo.

Em sua página no Facebook, foi publicado alguns vídeos. Abaixo, nós indexamos ao post para que você possa lembrar e rever o que foi prometido. Caso não consiga mais acessá-los, umas das possíveis causas são que elas foram excluídas da página de origem. Mas nós fizemos o download dos vídeos e postaremos nos streaming de vídeos.

Nosso plano de governo está sendo distribuído casa a casa em Ilhota. Mas fizemos um resumo dos nossos principais compromissos para fazer uma Ilhota ainda melhor. Temos compromisso com o futuro da cidade, temos compromisso com você.
Dida de Oliveira

 

As principais propostas de Dida e Joel

Irei transcrever abaixo, um trecho extraído de sua página no Facebook onde o candidato Dida de Oliveria faz a promessa de um de seus principais projetos. Ele disse:

Nós somos os candidatos com as melhores propostas e uma delas, será fundamental para o fomento de nossa mola propulsora da economia. As confecções de lingerie, moda praia e fitnes. Eu e o Joel iremos fazer uma ampla reurbanização e revitalização do trecho urbano da Rodovia Jorge Lacerda, que corta nossa cidade e onde está instalado nosso comércio. Nosso comércio forte, que gera emprego e renda para nosso povo e nossa gente. O nosso projeto pode ser visto neste vídeo. Temos projeto, temos determinação em fazer, por isso queremos seu voto.

A reurbanização e revitalização do trecho urbano da Rodovia Jorge Lacerda, compreende em instalarmos ciclovia, fazermos bolsões de estacionamento a 45º, fazermos uma nova iluminação, sinalização, deixarmos nossa cidade moderna e pujante,essa é a nossa proposta e para isso, peço o voto (…), o voto em quem tem compromisso com o futuro de Ilhota.
Dida de Oliveira

Confira a íntegra do seu plano de governo #CompromissoComOFuturo

Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página02 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página03 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página04 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página05 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página06 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página07 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página08 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página09 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página10 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página11 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página12Vídeos hospedados no Facebook

 

Vídeos de entrevista no YouTube

Pax Romana a moda ilhotense

Candidatos a prefeito de Ilhota firmam acordo de paz

Foto: Jornal Metas

Candidatos a prefeito de Ilhota assinam termo histórico de pacificação. Pena que essa decisão veio tarde, mas… tarde do que nunca!

Aqui neste link, você pode ler a matéria publicada no Jornal Metas

Isso me veio em mente a famosa Pax Romana, que era uma falsa paz, onde ao longo do período de “relativa” paz, gerada pelas armas e pelo autoritarismo, experimentado pelo Império Romano usada na época, possuindo um sentido de segurança em meio a guerra, ordem e progresso para todos os povos dominados por Roma.

A partir desta data, dia 29 de setembro, está proibido as briguinhas. Quem violar o termo do hasteamento da bandeira branca, vai se ver com a dona justiça.

Quem mais sai ganhando com isso, além dos eleitores, os nossos animais de estimação, principalmente os cachorrinhos, que possuem uma capacidade auditiva diferente do ser humano.

Queria publicar o documento assinado pelos candidatos Keka Laureano e Dida de Oliveira, mas até o momento em que publiquei esse post, não estava disponível no mural eletrônico.

Bolão das Eleições de 2016

Bolão das Eleições de 2016, Dialison, Dialison Cleber, Dialison Cleber Vitti, DialisonCleberVitti, Dialison Vitti, Dialison Ilhota, Cleber Vitti, Vitti, dcvitti, @dcvitti, #dcvitti, #DialisonCleberVitti, #blogdodcvitti, blogdodcvitti, blog do dcvitti, Ilhota, Newsletter, Feed, 2016, ツ

Como é de tradição em todas as eleições em Ilhota, o pessoal aqui da cidade organiza o bolão das eleições, uma formar de estimular os eleitores indecisos a escolherem bem os candidatos em quem irão depositar o seu voto e serem os representantes políticos dos próximos 4 anos. A iniciativa é sempre do amigo Rudnei Batista Waltrick, uma grande referência humana na cidade, de ótima leitura e um bom amigo. Além desse aposta, Rudi também encabeça e organiza o Bolão da Copa do Mundo de Futebol, sua paixão.

Neste ano, apenas dois candidatos a prefeitos estão na corrida. 53 candidatos a vereadores se inscreveram e concorrerão a vaga do legislativo municipal. Nesta altura do campeonato, 4 candidatos a vereadores renunciaram a disputa, sendo apenas 49 estão aptos a disputarem a vaguinha na câmara. Sabemos que somente 9 entram, outros 40 dançaram.

O regulamento desse bolão é bem simples! Não possui finalidade e nem destina-se para como fonte de pesquisa relativa a intenção de votos, tanto para vereador como para prefeito. O Objetivo é apenas de entretenimento do pessoal que curti a disputa eleitoral. Em Ilhota, todo mundo gosta e se envolve com a política, participa do processo, e o organizador está fazendo este bolão somente para galera se divertir.

A folha do bolão possui os nomes e números relativos aos candidatos a vereadores e os dois únicos candidatos a prefeito. Segundo a regra, o apostador deve escolher e marcar no espaço entre parenteses 9 vereadores entre os candidatos que acha que vão ser eleitos, e apenas um dos candidatos a prefeito que acha que vai ser eleito.

Para facilitar, atribuí-se 10 pontos a cada acerto, independente do palpite, assim vereador como prefeito, cada acerto vale 10 pontos. Exemplo: totalizando no máximo 10 acertos a 100 pontos; 9 acertos com  90 pontos; e assim sucessivamente. O valor da aposta é de R$ 10,00.

O valor destinado ao pagamento do bolo será de 85%. O administrador do bolão fica com 15% de cada aposta. Cada apostador pode fazer quantas apostas quiser (9 palpites para vereadores eleitos e 1 para prefeito). Caso ocorra de mais de um apostador em fazer a maior pontuação, o valor total do bolão destinado ao prêmio será dividido em partes iguais. Lembrando, de qualquer forma sairá um ganhador, pode ser com 10, 9, 8 ou 7 acertos, enfim não tem como haver chuchu.

O prazo final de entrega é no dia primeiro de outubro, o sábado, data que antecede as eleições. As apostas não serão expostas, mantendo assim o sigilo dos palpites, visando que nenhum apostador copie as apostas já entregue ao administrador do jogo.

Rudi publicará no grupo do bolão no Facebook do o nome das pessoas conforme forem entregando as apostas, assim todo mundo tem acesso a quantia de apostas, valores finais do bolão.

Dúvidas poderão ser sanadas com o próprio com Rudi no Facebook ou pelo telefone 47 3343-1004. Eu talvez irei fazer a minha aposta, e quem sabe, levar esse bolão. Se não ganhar, mas meu candidato se eleger, ficarei mais que feliz.

Dados da eleição 2016

Complemento a informação com alguns dados estatístico das eleições municipais deste ano:

  • Total de eleitores: 10.958 eleitores
  • Total da população (estimativa/IBGE): 13.493 habitantes

Lista dos candidatos

  • Prefeito: 2 candidatos
    • DIDA – ERICO DE OLIVEIRA – 15 – PMDB
    • KEKA – AMARILDO AVELINO LAUREANO – 11 – PP
  • Vice-prefeito: 2 candidatos
  • Vereador: 53 candidatos
    • ADAUTO – JOSE ADAUTO DA SILVA – 55111 – PSD
    • ALEMÃO DA LAVAÇÃO – VANIO ALDO CUSTODIO – 45015 – PSDB
    • ALEX MENGARDA – ALEX LUIS MENGARDA – 55055 – PSD
    • ALMIR ANIBAL – ALMIR ANIBAL DE SOUZA – 15690 – PMDB
    • ALYNE – ALYNE CRISTINA DEBRASSI SILVA – 23000 – PPS
    • ANGELA WALTRICK – ANGELA WALTRICK VARGAS – 11222 – PP
    • BETO DESCHAMPS – PEDRO ROBERTO DESCHAMPS – 23456 – PPS
    • BOGA – CIDNEY CARLOS TOMÉ – 11611 PP
    • CEDENIR MINUZZI – CEDENIR MINUZZI – 25777 – DEM
    • CELINHA – CELIA REGINA MERLINI – 15675 – PMDB
    • CHICO CAROÇO – FRANCISCO DOMINGOS – 15670 – PMDB
    • CLOVIS HOSTINS – CLOVIS HOSTINS – 23333 – PPS
    • DALVA – DALVA DE AMORIM – 11333 – PP (Renúncia)
    • DIOGO FELAÇO – DIOGO ALEXANDRE FELAÇO – 12012 – PDT
    • EDUARDO DOS SANTOS – EDUARDO JOSÉ DOS SANTOS – 25025 – DEM
    • ELIANE – ELIANE BATISTA SIMON – 15500 – PMDB
    • ELIO COSTA – ELIO DA COSTA – 11999 – PP
    • ERENO SCHMITZ – ERENO SCHMITZ – 15650 – PMDB
    • EXPRESSO – PAULO VILMAR BATISTA – 15600
    • FABI – FABIANA DE FRANCA TOMAZ VIEIRA – 11123 – PP
    • FABRICIO ZUCHI – FABRICIO ZUCHI – 25312 – DEM (Renúncia)
    • FERNADA ANGIOLETTI – FERNANDA APARECIDA CARVALHO ANGIOLETTI – 25555 – DEM
    • GILBERTO – GILBERTO DE SOUZA – 11011 – PP
    • HERCULES GONCALVES – HERCULES FERNANDO GONCALVES – 23023 – PPS (Renúncia)
    • JANDIR PEDREIRO – JANDIR JOSE DIAS – 15015 – PMDB
    • JANE – JANDIRA ALVES DE OLIVEIRA – 23555 – PPS
    • JOÃO ROBERTO – JOÃO ROBERTO VIEIRA – 55123 – PSD
    • JONINHA JACO – JONATAS DE OLIVEIRA JACO – 45045 – PSDB
    • JUAREZ – JUAREZ ANTONIO DA CUNHA – 55333 – PSD
    • LEANDRO – LEANDRO ADAO – 44123 – PRP
    • LUIZA DE PAULA – LUIZA APARECIDA DE PAULA – 55255 – PSD
    • LUIZ GUSTAVO – LUIZ GUSTAVO DOS SANTOS FIDEL – 25000 – DEM
    • MACIEL XAVIER – MACIEL XAVIER DA COSTA – 11755
    • MALCON – SYDNEY MALCON MACHADO – 25018 – DEM
    • MARCELO MOTTA – ISAIAS DORVALINO SABINO – 45123 – PSDB
    • MARISTELA PAULO – MARISTELA PAULO – 45455 – PSDB
    • NELI CUSTODIO – NELI NUNES DA SILVA – 44010
    • NELSON BANANEIRO – JOSE NELSON REICHERT – 55555 – PSD
    • NOLI RIBEIRO – NOELI MARISETE RIBEIRO – 23111 – PPS
    • NORDO ADRIANO – ARNOLDO ADRIANO – 15123 – PMDB
    • PEDRO FELISKY – PEDRO FELISKY – 25123
    • QUINHA – MARIA ADELINA SOARES – 15000 – PMDB
    • REJANE – REJANE CATARINA ANTONIOLLI POMATTI – 13123 – PT (Renúncia)
    • REJANE SOARES – REJANE CREPES SOARES – 15700 – PMDB
    • RIBA DO BAU – REVELINO DA SILVA – 15150 – PMDB
    • ROGERIO – ROGERIO FLÔR DE SOUZA – 13456 – PT
    • ROZELI LESSA – ROZELI GONÇALVES LESSA – PDT
    • SID – SIDNEI REINERT – 12650 – PSD
    • SIDNEI – SIDNEI AGOSTINHO – 23232 – PPS
    • TONHO CURBANI – ANTONIO CURBANI NETO – 15800 – PMDB
    • TONHO PASQUALINI – ANTONIO PASQUALINI – 11111 – PP
    • VANDERLEI COSTA – VANDERLEI JOSE COSTA – 12777 – PDT
    • WILMA OLIVEIRA DE SOUZA – WILMA OLIVEIRA DE SOUZA – 25111 – DEM

 

Partido concorrentes

  • Prefeito: 2 partidos
    • 11-PP
    • 15-PMDB
  •  Vice-prefeito: 2 partidos
    • 25-DEM
    • 55-PSD
  •  Vereador: 9 partidos
    • 11-PP: 8
    • 12-PDT: 3
    • 13-PT: 2
    • 15-PMDB: 12
    • 23-PPS: 7
    • 25-DEM: 8
    • 44-PRP: 2
    • 45-PSDB: 4
    • 55-PSD: 7

 

Coligação: 4 coligações

  • Prefeito: 2 coligações
    • COMPROMISSO COM O FUTURO: PMDB/PPS/DEM/PSDB
    • AVANTE ILHOTA: PP/PDT/PT/PRP/PSD
  • Vereador: 4 coligações
    • PP: PP
    • POR AMOR A ILHOTA: PDT/PT/PRP/PSD
    • COMPROMISSO COM ILHOTA: PMDB/PSDB
    • #SOMOS+ILHOTA: PPS/DEM

 

Locais de votação: 11 locais

  • Escola Marcos Konder – Centro
    • Eleitores: 4.366
    • Seções: 64(370), 65(366), 66(367), 67(361), 68(358), 73(361), 109(367), 115(366), 138(362), 147(362), 171(367), 176(359)
  • Escola Domingos José Machado – Ilhotinha
    • Eleitores: 1.418
    • Seções: 69(354), 141(355), 172(353), 185(356)
  • Escola José Elias de Oliveira – Minas
    • Eleitores: 885
    • Seções: 70(353), 116(355), 189(177)
  • Igreja São José – Laranjeiras/São João
    • Eleitores: 222
    • Seções: 71(222)
  • Igreja Santo Antônio – Boa Vista
    • Eleitores: 391
    • Seções: 72(391)
  • Escola Valério Gomes – Pedra de Amolar
    • Eleitores: 1.119
    • Seções: 74(225), 75(225), 76(222), 125(226), 153(221)
  • CEI Tia Flor – Baú Baixo
    • Eleitores: 452
    • Seções: 77(323), 186(129)
  • Escola Alberto Schmitt – Baú Central
    • Eleitores: 409
    • Seções: 78(354), 190(55)
  • CEI Maria Schmitz – Braço do Baú
    • Eleitores: 816
    • Seções: 79(291), 80(236), 112(289)
  • Escola Pedro Teixeira de Melo – Alto Baú
    • Eleitores: 503
    • Seções: 81(255), 167(248)
  • CEI Chapeuzinho Vermelho – Pocinho
    • Eleitores: 377
    • Seções: 130(377)
  • Resumo geral dos eleitores:
    • Margem direita: 7.282 eleitores
    • Margem esquerda: 3.676 eleitores

 

Estatísticas do eleitorado

Estatísticas do eleitorado em Ilhota - Por sexo e faixa etária - Eleições 2016

Estatísticas do eleitorado em Ilhota - Por sexo e grau de instrução - Eleições 2016

Você se lembra em todos os candidatos a prefeito e vereador que você já votou? Eu me lembro!

Eleições, Voto, Dialison, Dialison Cleber, Dialison Cleber Vitti, DialisonCleberVitti, Dialison Vitti, Dialison Ilhota, Cleber Vitti, Vitti, dcvitti, @dcvitti, #dcvitti, #DialisonCleberVitti, #blogdodcvitti, blogdodcvitti, blog do dcvitti, Ilhota, Newsletter, Feed, 2016, ツ

Eu voto desde os meus 16 anos e no ano em que fiz o meu título de eleitor, em 1994, era eleições gerais para presidente e governador, e meu primeiro voto foi pro Lula. Aquela eleição foi em cédula de papel. Nunca votei em branco e nunca anulei meu voto. Aqueles que tem entendimento do processo político, não pode, jamais, jogar o voto fora.

Minha primeira eleição municipal foi em 1996, a última eleição manual. De lá pra cá, foram 5 eleições municipais em que eu depositei meu voto. Compartilho aqui, os candidatos em que escolhi nos pleitos ao longo dos anos e exerci minha obrigação do voto direto e democrático, com o nome, partido e número.

1996
Vereador: Keka Laureno | PMDB – 15615 (não foi eleito, ficou suplente)
Prefeito: Betinho | PDT – 12 (foi eleito)

2000
Vereador: Murilo Cordeiro | PT – 13123 (não foi eleito)
Prefeito: Rogério do PT | PT – 13 (não foi eleito)

2004
Vereador: Calinho | PT – 13713 (não foi eleito)
Prefeito: Ademar Felisky | PMDB – 15 (foi eleito)

2008
Vereador: Calinho | PMDB – 15615 (foi eleito)
Prefeito: Ademar Felisky | PMDB – 15 (foi eleito)

2012
Vereador: Calinho | PMDB – 15615 (não foi eleito, ficou suplente)
Prefeito: Dr. Lucas | PMDB – 15 (não foi eleito)

Em 2016, será a minha sexta eleição e já sei em quem votar. Não estou mais indeciso e votarei novamente em dois candidatos em que já depositei o meu voto, mas com os cargos alternados. 20 anos depois, votarei para o Keka Laureano, mas agora para prefeito. Ao cargo de vereador, depois de 16 anos, irei votar no amigo e irmão, companheiro de muitas lutas Rogério Flor de Souza que uma vez votei para prefeito.

Compartilhe sua opinião e nos diga nos comentários em quem você votou. Abraços!

Os views das entrevistas com os candidatos a prefeito de Ilhota superam as expectativas

Jornal Metas, Dialison, Dialison Cleber, Dialison Cleber Vitti, DialisonCleberVitti, Dialison Vitti, Dialison Ilhota, Cleber Vitti, Vitti, dcvitti, @dcvitti, #dcvitti, #DialisonCleberVitti, #blogdodcvitti, blogdodcvitti, blog do dcvitti, Ilhota, Newsletter, Feed, 2016, ツ, Dida Oliveira, Keka Laureano

Nunca contestei pesquisas, concordo com esse tipo de serviço, mas a divulgação de resultados, sim! Muitas vezes, a publicação das opiniões de intensão de votos num determinado candidato durante o período eleitoral, serve muitas vezes para estimular a militância e dar confiança aos seus cabos eleitorais.

Nesta ótica, desconfio muito da pesquisa publicada no final de semana no Jornal DIARINHO. Me parece que essa tendência em pesquisa é muito tendenciosa. Por que desconfio? Há na cidade uma grande massa que não sabe em quem votar, muitos indecisos e isso é fato! Mas não é somente esse o meu argumento. Tenho outro. Vamos lá!

O candidato Dida Oliveira foi entrevistado pelo Jornal Metas em 16/9 e seu vídeo, postado na fanpage do jornal, foi visualizado (até esse post) 1.580 vezes. Quatro dias depois, o entrevistado foi o candidato Keka Laureano, e o vídeo foi levantado na tarde do dia 20/9, e já foi visualizado 1.800 vezes. Quanta diferença, Batman!

Portanto, quais os números verdadeiros? Quem está falando a verdade? Diante deste argumento, posso afirmar que o Keka esteja na frente ou um empate técnico, algo mais provável. O vídeo do candidato da coligação #CompromissoComOFuturo deveria estar com uma larga vantagem em views contra o da coligação #AvanteIlhota, não é? Pela porcentagem dos números da pesquisa, o vídeo do Dida deveria ter uns 5 mil views contra uns míseros 500 do Keka. Mas não é isso o que os estamos vendo. Infelizmente, não dá pra manipular esses números e se há alguma dúvida, acessa lá a página do tabloide e tire a prova real. Já o resultado da pesquisa, registrada no sob o registro SC-05907/2016… sei lá!

Sobre a interatividade dos vídeos na fanpage do jornal, no Facebook, os números são ainda surpreendentes. As curtidas dos vídeos até esse post é 46 do Keka contra 25 do Dida. O compartilhamento são 73 do Keka contra 40 do Dida. Ambos, as diferenças são quase o dobro. Só lembrando que a diferença na postagem é de 4 dias entre um vídeo para o outro. Sobre os números do comentários, ainda na página do jornal, o Dida tem só 5 manifestação contra 23 do Keka.

Já no Youtube, onde os vídeos também estão disponíveis, o Dida está na frente com 122 visualizações (com 6 joinhas positivas e duas negativas) contra 36 views do vídeo do Keka (com apenas 3 joinhas).

Provavelmente, a essa altura do campeonato, devem estar comentando nos seus fóruns fechados no WhatsApp de algum certo grupo, que essa minha leitura não tem fundamento, que sou um loco e esses números são uma farsas. Acredite no que quiser, a pesquisa encomendada pela galera do 15, não corresponde com a nossa realidade. Não tem problema em falar de mim, não estou desmerecendo a honra de ninguém, apenas, emitindo minha opinião.

Sobre o conteúdo, os argumentos dos candidatos na entrevista, mano… não tenho nem que comentar né! Uma diferença é entre a água e o vinho. O Dida só falou em “EU”, não citou o seu vice, não mostrou propriedade ao responder, não pediu voto e disse que iria fazer a Feria do Brás todo mês. Já o Keka, pediu o voto e disse que seu plano de governo foi construído ouvindo as pessoas.

É! Muita coisa estão por vim por ainda. Teremos uma grande surpresa no dia 2 de outubro. Posso estar enganado, mas mantenho meu posicionamento!

Abaixo, os famosos vídeos postados na página do Facebook do Jornal Metas.