Canal Astronomia em Pauta sorteia dois livros e fui o feliz contemplado da promoção

Sorteio do livro do canal Astronomia em Pauta. dcvitti foi o sorteado e faturou os livros

Canal Astronomia em Pauta promoveu uma campanha de divulgação de sua rede  e sorteou dois livro na sua página no Facebook.

Graça a uma ajudinha de meu amigo Volney Rock Casas (a quem dou todo crédito) que é hoje a maior autoridade de Ilhota no assunto, um amante e aficionado pela tecnologia aeroespacial, da galáxia em si e do universo em geral, pela turma do Buguinho da programação (sua profissão) e da senvergonhice [risos], me lincou sem querer para participar de uma promoção de divulgação do recém canal do Astronomia em Pauta, idealizado por Bruno Tavares, hospedado no YouTube. A campanha constituiu em sortear dois livros e eu, claro, fui o sortudo que faturou o prêmio.

Na verdade, como o Volney sempre me chama para assistir os lançamentos de foguetes para o espaço no canal do Space Today, do Serjão e de toda sua turma, eu acabei aceitando o desafio, entrei na campanha como quem não quer nada, por que eu sempre apoio iniciativas dessa natureza e sempre curto todas as páginas que recebo notificação, pois acredito que devemos apoiar iniciativas que surgem debaixo, e não esquecer que esse é o conceito da internet, uma grande rede todos interligados com todos.

Não sou um fã do assunto do universo, mas aprendi a gostar da coisa com o tempo e curti a ideia. Confesso e já disse isso em algum lugar, que a Rússia me fascina muito, principalmente a antiga União Soviética e sempre fui um apaixonado pelo programa espacial da CCCP. Viajava com a questão da Sputnik, que foi o primeiro satélite artificial da terra, o lance da cadela Laika, que foi o primeiro ser vivo a orbitar o nosso planeta e o lendário cosmonauta Yuri Gagarin, primeiro homem a ir para o espaço e já li muito sobre o cara. Esse é o meu pequeno relato sobre a coisa. Tem gente que curte a Nasa, nada contra, mas eu sempre curti o programa espacial da russo.

A promoção

Mas… sobre o sorteio? Então… vamos ao assunto! A campanha iniciou no dia 5 de janeiro e foi promovido na página do canal Astronomia em Pauta no Facebook. A ideia inicial era aumentar o número de seguidores nas duas principais plataformas sociais do Astronomia em Pauta na internet, e como forma de agradecimento, realizou o sorteio desses dois livros. Pra participar, o internauta deveria:

  • Curtir a página “Astronomia em Pauta”.
  • Marcar 3 amigos nos comentários.
  • Compartilhar esse post em modo público.
  • O sorteio será realizado no dia 25 de janeiro.

Fiz isso, segui os passos, e por isso fui o sortudo! Não sei se as pessoas que linquei, participaram da campanha ou curtiram a página, mas fiz a minha parte. Na próxima, vocês já sabem, né pessoal?

“Boa sorte aos amantes da astronomia, e céus limpos a todos”
Bruno Tavares

Como havia comentado ali encima, topei o desafio e assim foi minha participação:

Sorteio

O sorteio aconteceu ao vivo no canal Astronomia em Pauta no YouTube. Eu cheguei tarde, não deu tempo pra assistir a transmissão ao vivo, mas vi, alguns minutos depois, o vídeo no canal. Abaixo, o vídeo do sorteio.

Como eu não sou bom em nada, tweetei, claro, sobre o assunto feliz da vida por ter ganho alguma coisa nos últimos dias, por que a coisa não está nada fácil por aqui, onde estamos passando o maior perengue.

Canal no YouTube

A missão do canal Astronomia em Pauta é levar a astronomia pra todos os tipos de público. Pra quem está começando, pra quem tem dúvidas, pra quem já conhece astronomia e quer saber mais, ou mesmo pra quem nunca teve contato com a astronomia. “Vamos juntos descobrir o universo nesse canal que leva a ciência a sério, e que tem o compromisso de trazer informações verdadeiras, de qualidade e com toda a base científica”, definiu de forma sublime Bruno Tavares, idealizador do canal. Eu fui o inscrito de número 172 e está no ar dede 18 de setembro de 2018. Acesse este link e inscreva-se no canal!

Os livros

O sorteio da promoção foi dois super os livros. Um era O Livro de Ouro do Universo e o outro Buracos Negros: Palestra da BBC Reith Lectures. Vou aqui entender melhor o que cada um fala e publicar um resuminho deles.

O livro de ouro do universo traz uma síntese desse emocionante percurso; constelações, asteroides, planetas, cometas, meteoros, meteoritos; Big-bang, quarks, buracos negros, estrelas canibais, extraterrestres; Ptolomeu, Copérnico, Kepler, Galileu Galilei, Newton. O conhecimento de muitas civilizações é aqui apresentado de forma límpida e direta pelo astrônomo e escritor Ronaldo Rogério de Freitas Mourão. O homem contemplou sempre com deslumbre o céu estrelado. Admiração que se fez acompanhar, desde épocas remotas, pela sede de melhor conhecer e compreender o Universo. Nesse trajeto fez descobertas fantásticas e realizou conquistas inimagináveis. Para quem tiver interesse, está à venda na Amazon com poucas unidade e poderá ser adquirido, acessando este link!

O livro Buracos Negros: Palestra da BBC Reith Lectures, trás em sua síntese que em 2016 Stephen Hawking participou da série de palestras BBC Reith Lectures, promovida pela rede de televisão britânica BBC e transmitida pela rádio BBC 4. A cada ano uma figura proeminente em sua área é convidada a discorrer sobre temas relevantes. Naqueles meses de janeiro e fevereiro, Hawking falou sobre um assunto que há décadas ocupa lugar de destaque em suas pesquisas: os buracos negros. Em duas exposições memoráveis, um dos maiores gênios da atualidade argumenta que, se pudéssemos compreender como os buracos negros funcionam e como eles desafiam a natureza do espaço e do tempo, seríamos capazes de desvendar os segredos do universo. Insights de toda uma vida são apresentados com a lucidez e a já conhecida verve cômica de Hawking, acrescidos de notas explicativas que situam o leitor nos trechos mais cruciais.Enquanto a maioria dos especialistas se conforma com o fato de trabalhar com temas praticamente ininteligíveis para o público geral, Stephen Hawking tomou para si o papel de grande paladino da divulgação científica ― e nesse pequeno livro, mais uma vez, extrapola todas as expectativas.“Hawking consegue explicar algumas das questões mais complexas da física cósmica com uma combinação perfeita de clareza e sagacidade”. The Observer. Para quem tiver interesse em comprá-lo, também está à venda na Amazon e poderá ser adquirido, acessando este link!

É isso, pessoal! Espero que vocês possam se apaixonar um pouco mais pela política espacial, que você defenda os interesse do setor e incentive as iniciativas que promovam a aproximação entre os povos e nações com a causa e apoie os canais, grupos e fóruns que tentam desmistificar o assunto. Esse tema requer muita dedicação, alguns milhões em investimento e respeito acima de tudo, mas antes de irmos construir bases na lua e colonizar outros planetas, é preciso, primeiramente, matar a fome no mundo.

Um salve a todos!

Anúncios

Estou na Amazon Prime Video, o mais novo serviço de streaming de vídeos e iniciamos hoje nossa transmissão

Amazon Prime Video

Estamos em mais um streaming de vídeos, agora no Amazon Prime Video Brasil que chegou no Brasil no dia 14/12. Hoje, criamos a conta lá no app, afinal, já estou há muito tempo na Amazon.com e que estava aguardando a chegada do Amazon Prime Video. Então… chegou! Agora, vamos nessa, vamos aproveitar a promoção dos dias free para teste e curtir a novidade. Ainda há muito o que melhorar, como suporte em português, sincronização com Chromecast, um catálogo mais honesto, enfim… estreou agora no país, vamos esperar melhorar a iniciativa e julgar com perfeição o serviço, mas de antemão, posso dizer que está bem longe do concorrente, ao qual prefiro bem mais o Netflix.

As avaliações lá no Google Play não são tão favoráveis assim para a galera da Amazon. Há muita crítica, como eu disse, temos que dar um tempo ao tempo. Precisa haver mais opções. Pode ser que a falta de opções seja pelo fato de terem acabado de lançar. Mas atualmente o app não tem muitas séries ou filmes. Enquanto não melhorarem o catálogo, é melhor continuar com a Netflix. Pelo tempo que esse aplicativo já existe na versão americana era pra ter muito mas títulos e em relação a versão dele no Brasil, muita falta de respeito com o país por vim todo em inglês, e produções sem legendas ou áudio em português mudo minha nota quando melhorar sem suporte pra web.

Tá uma coisa… e assim, a Amazon é uma gigante mundial e bem que poria chegar chegando, mas não chegou.

O que é o Amazon Prime Video

Bem… é um serviço de streaming de filmes e séries que promete competir com a Netflix e agora está disponível no Brasil. A novidade anunciada nesta terça-feira, dia 14/12, permite que usuários brasileiros assinem o serviço pelo preço econômico de US$ 2,99 (cerca de R$ 9,99) nos seis primeiros meses. Os títulos podem ser assistidos pelo aplicativo para celulares Android, iOS (iPhone), tablets Amazon Fire, além de versão web e de outra para Smart TVs. O serviço de streaming de vídeos está disponível em mais de 200 países no mundo e oferece legendas em diversos idiomas, inclusive o português.

No Amazon Prime Video é possível assistir seus filmes em até três dispositivos ao mesmo tempo e até baixar para ver offline no celular ou no tablet, recurso semelhante que foi lançado recentemente pelo Netflix.

A Amazon.com também promete ajustes automáticos na transmissão, se adaptando à velocidade de Internet. Com isso, deve-se limitar o consumo excessivo de dados móveis e apresentar menos interrupções ou lentidões no streaming.

Catálogo do Amazon Prime Video

No catálogo estão disponíveis títulos reconhecidos de filmes novos e clássicos, conteúdo original da Amazon, além de programas e séries de TV.  As séries originais produzidas pela Amazon oferecem ainda dublagem em português, além do francês, italiano e espanhol.

Vale lembrar que o preço no Brasil passa para US$ 5,99 (cerca de R$ 20 em conversão direta), depois do período promocional de seis meses. É possível cancelar a assinatura quando desejar pelo site. Para acessar é necessário fazer um cadastro na Amazon e adicionar um cartão de crédito.

Está chovendo? Use a força e proteja-se!

Guarda-chuva lightsaber de Obi-Wan Kenobi Star Wars, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed Guarda-chuva lightsaber de Obi-Wan Kenobi Star Wars, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed Guarda-chuva lightsaber de Obi-Wan Kenobi Star Wars, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2014, Newsletter, Feed

Você vai ser um com a Força da luz, pelo menos, em tempo de chuva como o seu guarda-chuva sabre-de-luz para protege-lo dos elementos e do mau tempo. A alça é baseada no famoso sabre de luz empunhada por Obi-Wan Kenobi, enquanto que o eixo foi maravilhosamente anodizado em um azul radiante. O preto dossel de nylon 100% tem o emblema da Cavaleiros Jedis nas laterais silk-screen. Vem completo com um nylon elegante levando manga com alça de ombro ajustável. Medidas de 39 centímetros de comprimento, enquanto o dossel mede 47 centímetros de diâmetro. Star Wars Obi-Wan Kenobi estática Lightsaber Umbrella. Você pode comprar pelo Amazon, clicando neste link ou no link da Amazon aqui abaixo.

Amazon

😀

Conheça 7 redes sociais que devem surpreender em 2013

Redes sociais

Lista traz serviços com funções que chegam a ser surpreendentes.

Já que 2012 parece ter sido mesmo o ano do Instagram – apesar de o serviço ter surgido em dezembro de 2010 -, qual será a revelação de 2013, no segmento de redes sociais? A Forbes, que costuma divulgar listas sobre temas variados, fez suas apostas.

São sete aplicativos e o primeiro é o Pheed, que tem uma ideia arrojada sobre como deve funcionar a privacidade numa rede social: se você quer apreciar meu conteúdo, pague por isso. É simples, usuários desembolsam entre US$ 1,99 e US$ 34,99 por mês e, assim, podem acompanhar certas publicações de certos usuários. A rede já faz algum sucesso entre celabridades – como Miley Cyrus e Paris Hilton.

Depois aparece o Thumb, que usa o crowdsource para ajudar os indecisos. Funciona assim: se você vai sair e não sabe qual roupa usar, basta fotografar as peças e deixar que os outros decidam. A Forbes destaca que o nível de engajamento no Thumb impressiona, segurando usuários por, em média, quatro horas ao mês.

A seguir vem o Medium, sobre o qual já falamos aqui no Olhar Digital. É um mix de redes sociais encabeçado pelos criadores do Twitter. Por ora disponível apenas a convidados, o site tem foco no conteúdo e tenta se afastar um pouco das efemeridades das redes convencionais.

Chirpify, o próximo da lista, levou às mídias sociais o conceito da Amazon de 1-Click payments. Você oferece alguma coisa pelo Twitter ou Instagram (roupas, álbuns, ingressos etc.), então o interessado responde com a palavra “buy” (comprar) e pronto, está vendido. Sem cartões de crédito, sem carrinhos, toda a operação é conduzida pela conta do Twitter.

Já a proposta do Flayvr é organizar fotos e vídeos capturados pelos smartphones. Tudo é dividido em pastas por data, localização e evento – casamento de João e Maria na Bahia em janeiro, por exemplo. Pode-se compartilhar as informações em redes sociais e até montar páginas em HTML5 com o conteúdo.

Compartilhamento de arquivos por áudio é o que faz o Chirp. Imagine trocar fotos, vídeos ou mensagens sem precisar de Bluetooth ou e-mail, basta usar uma frequência específica tocada por 2 segundos e os aparelhos habilitados baixam o conteúdo auitomaticamente. O detalhe é que dá pra amplificar isso usando, por exemplo, caixas de som; assim várias pessoas podem fazer download ao mesmo tempo.

Por último ficou o Conversations, recurso do já conhecido HootSuite que leva o conceito de redes sociais ao meio corporativo. É como se fosse um grupo do Facebook em que é possível conversar e trocar informações com pessoas de seu trabalho, separando inclusive por departamento.