Após quase sete anos de obras e entraves burocráticos, população ilhotense recebe a sonhada ponte

Ponte de Ilhota #DialisonCleberVitti © 2016, Dialison, Dialison Cleber, Dialison Cleber Vitti, DialisonCleberVitti, Dialison Vitti, Dialison Ilhota, Cleber Vitti, Vitti, dcvitti, @dcvitti, #dcvitti, #DialisonCleberVitti, #blogdodcvitti, blogdodcvitti, blog do dcvitti, Ilhota, Newsletter, Feed, 2016, ツ

Chegou a hora de cortar a fita de inaugural da Ponte de Ilhota

Muita coisa mudou em Ilhota desde que as primeiras famílias belgas começaram a colonizar o território, por volta de 1844. A condição exclusiva de fonte de exploração de metais e minérios ficou para trás dando lugar à agricultura, à urbanização e ao desenvolvimento econômico, liderado por atividades como a indústria e o comércio de moda íntima e moda praia. Como município, a história de Ilhota é mais curta — completou 58 anos no último dia 21 de junho. No entanto, o sonho da primeira ponte e a dependência de uma única balsa para cruzar o rio Itajaí-Açu ainda prendiam parte da cidade em uma época que remetia ao passado.

A história ganha um novo capítulo nesta sexta-feira, quando a Ponte Padre Cláudio Jeremias Cadorin será inaugurada. A cerimônia está marcada para as 15h e contará com a presença do governador Raimundo Colombo. O trânsito sobre a ponte, que foi liberado na última semana, ficará interditado a partir das 14h. Nas rodovias Jorge Lacerda e BR-470, no entanto, não haverá alteração no fluxo. Na tarde desta quinta-feira, funcionários do consórcio responsável trabalhavam na colocação de grama e pintura do meio-fio no acesso à ponte. O trabalho era a última etapa da execução, segundo o engenheiro responsável Marcelo Vequi.

A luta pela ponte enfrentou a correnteza dos gabinetes. A assinatura da primeira ordem de serviço ocorreu em novembro de 2009. Após dois anos e meio de ritmo lento, a vencedora da licitação, JM Terraplanagem, desistiu dos trabalhos. O consórcio TEC/Setep, segundo colocado no processo, foi chamado e assinou um novo contrato em setembro do mesmo ano. Quatro anos depois, com algumas paralisações e contratempos no caminho, os ilhotenses têm sua ponte para cruzar.

Investimento total foi de R$ 38,8 milhões

Segundo a gerência de Obras e Transportes do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), a obra custou R$ 38,8 milhões – R$ 23,5 milhões da União e R$ 15,3 milhões do governo do Estado. O município assumiu os gastos com as desapropriações. A obra tem 2,4 quilômetros de extensão, sendo 480 metros sobre o rio Itajaí-Açu, e possui pistas simples, acostamento e passagem para pedestres.

Apesar de refletir em mais rapidez no deslocamento para todos que transitam pelo Vale, no município a expectativa é de que a obra beneficie em especial moradores da região da margem esquerda e dos Baús, alijados de serviços como bancos e comércios, concentrados em maior parte na margem direita do rio Itajaí-Açu.

Desde que a ponte foi liberada para passagem para vir até o Centro leva cinco ou 10 minutos. Antes chegava a demorar 40 minutos para passar na balsa ou até mais quando a embarcação sofria algum problema e era preciso dar a volta por Gaspar ou Itajaí
conta o secretário de Obras de Ilhota, Cidney Thomé

Investimentos

  • Valor total: R$ 38.832.857,80
  • Governo federal: R$ 23.500.000,00 (60,5%)
  • Governo do Estado: R$ 15.332.857,80 (39,5%)

Dimensões

  • 2,4 quilômetros de extensão, entre ponte e acessos
  • 480 metros de passagem sobre o rio Itajaí-Açu

Fonte: Artigo de Jean Laurindo, publicado no portal do Jornal de Santa Catarina.

Anúncios

Governador Colombo visita obras da Ponte de Ilhota

Governo do Estado repassa R$ 3 milhões ao município de Ilhota - Governador Colombo visita obras da Ponte de Ilhota. Fotos de James Tavares da SECOM - Ponte de Ilhota Governo do Estado repassa R$ 3 milhões ao município de Ilhota - Governador Colombo visita obras da Ponte de Ilhota. Fotos de James Tavares da SECOM (2) Governo do Estado repassa R$ 3 milhões ao município de Ilhota - Governador Colombo visita obras da Ponte de Ilhota. Fotos de James Tavares da SECOM (3) Governo do Estado repassa R$ 3 milhões ao município de Ilhota - Governador Colombo visita obras da Ponte de Ilhota. Fotos de James Tavares da SECOM (4) Governo do Estado repassa R$ 3 milhões ao município de Ilhota - Governador Colombo visita obras da Ponte de Ilhota. Fotos de James Tavares da SECOM (5) Governo do Estado repassa R$ 3 milhões ao município de Ilhota - Governador Colombo visita obras da Ponte de Ilhota. Fotos de James Tavares da SECOM (6) Governo do Estado repassa R$ 3 milhões ao município de Ilhota - Governador Colombo visita obras da Ponte de Ilhota. Fotos de James Tavares da SECOM (7) Governo do Estado repassa R$ 3 milhões ao município de Ilhota - Governador Colombo visita obras da Ponte de Ilhota. Fotos de James Tavares da SECOM (8) Governo do Estado repassa R$ 3 milhões ao município de Ilhota - Governador Colombo visita obras da Ponte de Ilhota. Fotos de James Tavares da SECOM (9)

Governo do Estado repassa R$ 3 milhões ao município de Ilhota. Governador Colombo visita obras da Ponte de Ilhota. As fotos são de James Tavares da SECOM. O governador Colombo afirmou:

Estou feliz com o andamento das obras de construção da ponte e a nossa ideia é antecipar o cronograma de entrega de julho para abril de 2014

Somente para a ponte sobre o Rio Itajaí-Açu foram liberados R$ 1 milhão. Com extensão de 485 metros e investimentos de R$ 32 milhões, o trecho ligará a Rodovia Jorge Lacerda (SC-470) à BR-470. A obra é uma parceria entre Governo do Estado  e Governo Federal. O consórcio responsável pela ponte é o TEC/SETEP. O secretário de Estado da Infraestrutura, Valdir Cobalchini, explica que as vigas estão totalmente prontas, o que equivale a 55% do total da obra já concluída.

Setep Construções reinicia obras da Ponte da Saudade

Projeto técnico da Ponte de Ilhota (16)

Banner da Prefeitura de Ilhota - Assessoria de ImprensaApós vários meses paradas, as obras da Ponte da Saudade, em Ilhota, foram retomadas neste mês. Mesmo com poucos trabalhadores no local e a passos lentos, os serviços reiniciaram no dia 8 de outubro pela segunda colocada na licitação realizada pelo Governo do Estado, a Setep Construções, de Criciúma.

Com a desistência da JM Terraplanagem, em maio deste ano, a empresa Setep Construções foi chamada para assumir as obras, paralisadas desde julho do ano passado. A empresa vai receber o valor de R$ 19,9 milhões, que será utilizado na execução de serviços como terraplanagem, drenagem, pavimentação asfáltica e sinalização. A previsão é de que a empresa responsável execute os serviços no prazo de 540 dias, ou seja, a ponte deverá ser entregue à comunidade até janeiro de 2014.

Sobre a Ponte

A Ponte da Saudade pretende melhorar a mobilidade urbana e facilitar o escoamento das produções da região. A ponte e os acessos totalizam 2,4 quilômetros de extensão e vão interligar a rodovia Jorge Lacerda, SC-470, à BR-470. A obra será a primeira ligação física entre as duas margens do município de Ilhota, divididas pelo rio Itajaí-Açú. Hoje, os moradores contam com apenas uma balsa para fazer a travessia.

Jornal Cruzeiro do Vale.

Obras da ponte de Ilhota devem ser retomadas em 40 dias

Prefeito Ademar Felisky com a ordem de serviço nas mãos

Banner da Prefeitura de Ilhota - Assessoria de ImprensaDurante a solenidade de assinatura da ordem de serviço para retomada das obras da ponte de Ilhota, o proprietário da Setep Construções, empresa agora responsável pela obra, ressaltou que os trabalhos terão início em 40 dias. O consórcio TEC/SETEP será responsável pela terraplanagem, pavimentação asfáltica, drenagem, obras de arte, sinalização e obras complementares.

Segundo o prefeito Ademar Felisky, a previsão é que a obra fique pronta em 540 dias, ou seja, em janeiro de 2014. “A luta sempre é válida. Nunca desisti deste sonho e, mesmo não sendo prefeito, estarei presente no dia da sua inauguração. Faz sete anos e sete meses que luto por esta ponte. O povo de Ilhota merece esta ligação”, ressaltou.

O vice-governador, Eduardo Pinho Moreira, afirmou que acompanhou de perto a luta do prefeito Ademar. “Por muitas vezes vi este homem batendo nos gabinetes dos deputados lá em Florianópolis. Conheço a empresa Setep. É muito respeitada. Tenho certeza que concluirá esta obra”.

Vice-governador Eduardo Pinho Moreira assina a ordem de serviço para reinicio das obras da Ponte de Ilhota

O secretário estadual adjunto de infraestrutura, Paulo França, também esteve presente na cerimônia. Na oportunidade, disse que há políticos bons e ruins. “Mas, graças a Deus, conheci mais bons do que ruins. Um exemplo do político bom é o prefeito Ademar, que sempre lutou para desenvolver esta cidade. Com esta ponte, a cidade vai ter a oportunidade de ser um único município”.

A primeira colocada na licitação, a JM Terraplanagem, desistiu da obra após mais de um ano de trabalho. A SETEP é a segunda colocada e vai receber o valor de R$19,9 milhões para encerrar a construção. No total, entre ponte e acessos são 2,4 km de extensão.

Ordem de serviço de retomada da construção da Ponte de Ilhota é assinada

Ordem de serviço de retomada da construção da Ponte de Ilhota

O governador Raimundo Colombro assinou nesta tarde de terça-feira (31/07) em Blumenau, a ordem de serviço de retomada da construção da Ponte de Ilhota quando cumpria sua agenda pelo Vale do Itajaí. O documento foi homologado às 15h30min, quando Colombo participou do lançamento da obra de construção da Unidade de Radioterapia e Centro de Diagnóstico por Imagem do Hospital Santo Antônio.

As obras da Ponte de Ilhota, que ligará a Rodovia Jorge Lacerda (SC-470) à BR-470, serão retomadas pelo Consórcio TEC/SETEP, de acordo com as condições estabelecidas pelo edital CC-040/2009, e formalizados através do contrato PJ-203/2012No início de maio e empresa JM Terraplenagem e Construções anunciou a desistência de concluir a obra. Na época, elencou uma série de motivos para justificar o pedido de rescisão do contrato, entre eles, atrasos nos pagamentos e indefinições sobre o projeto da estrutura. Dos R$ 35 milhões orçados para a obra, a JM diz ter recebido cerca de R$ 11 milhões, referente a terraplenagem e acessos.

O documento foi entregue pelo vice-governador Eduardo Pinho Moreira no fim deste dia histórico na sede da Prefeitura de Ilhota em mãos ao prefeito Ademar Felisky, autorizando o Consórcio TEC/SETEP  a executar a obra. No encontro, estavam presente o secretário de estado da saúde Dalmo Claro de Oliveira, o secretário adjunto da Secretaria de Estado da Infraestrutura Paulo França, o secretário regional da SDR de Blumenau Cleverton João Batista e os representantes do da empresa que fará a construção da ponte, alem de representa da comunidade e companheiros de partido.