Assistentes sociais no combate ao racismo! “Racistas, fascistas, não passarão”

Assistentes sociais no combate ao racismo!

Conjunto CFESS-CRESS lança campanha de gestão e divulga primeiro cartaz.

“Quero começar dizendo que ‘Assistentes sociais no combate ao racismo’ é muito mais do que uma campanha. É uma convocação à nossa categoria, que já passa de 180 mil profissionais inscritos/as”. Com essa afirmação, a presidente do CFESS, Josiane Soares, conduziu o lançamento da Campanha de Gestão do Conjunto CFESS-CRESS 2017-2020, atividade ocorrida na última quarta-feira (1º), durante o 2º Seminário Nacional O trabalho do/a assistente social na política de assistência social, em Fortaleza (CE). A identidade visual da campanha traz um selo, que identificará todas as peças elaboradas para a ação, além de um site exclusivo (www.servicosocialcontraracismo.com.br), vídeos virais, spots de rádio, bottons, banners, além de outras ações. Saiba tudo sobre a campanha e assista ao vídeo de lançamento que está abaixo deste post.

Imagem mostra logomarca da campanha em preto. A figura é um punho cerrado negro, erguido, com uma mapa da África na palma da mão, pessoas negras em volta do braço, mostrando resistência e luta

Anúncios

Nada a Temer! Até os assistentes sociais estão contra a regressão de direitos!

Nada a Temer: assistentes sociais contra a regressão de direitos!

Acompanhe as ações da campanha Nada a Temer: assistentes sociais contra a regressão de direitos!

CFESSEstá chegando o dia nacional de mobilização de assistentes sociais frente à contrarreforma do governo Temer. No dia 30 de novembro, os CRESS de todo o país convocam a categoria para debates e atividades com a temática Nada a Temer: assistentes sociais contra a regressão de direitos!

Tal atividade integra o rol de ações que o Conjunto CFESS-CRESS vem desenvolvendo, em conjunto com os movimentos sociais e sindicais de luta, contra o desmonte praticado pelo governo Temer.

“O Conjunto CFESS-CRESS não está calado frente a tais medidas e tem se manifestado em notas públicas, assim como tem participado das manifestações nas ruas, juntando-se aos movimentos sociais e organizações da classe trabalhadora em luta”, explica o presidente do CFESS, Maurílio Matos, que reforça o convite dos CRESS para que assistentes sociais se mobilizem também no dia 30 de novembro.

Por isso, é importante ficar por dentro das atividades programadas por cada CRESS. Para ajudar assistentes sociais e estudantes de Serviço Social, o CFESS divulga, por estado, os links com as atividades que serão realizadas pelos Regionais. Acesse já e participe!

CRESS Santa Catarina
Realização do Seminário Catarinense de Serviço Social e Seguridade Social no dia 30/11, a partir das 8h30, no Castelmar Hotel – R. Felipe Schmidt, 1260 – Centro, Florianópolis – SC.

Conselho Federal de Serviço Social – CFESS
Diogo Adjuto – JP/DF 7823
Assessoria de Comunicação

Tragédia em Santa Maria/RS denuncia a insegurança dos espaços públicos no Brasil

Tragédia em Santa Mari. arte: Rafael Werkema

O Conselho Federal de Serviço Social (CFESS) vem a público manifestar solidariedade a todas as vítimas da tragédia ocorrida em Santa Maria (RS) no dia 27 de janeiro.  Os/as assistentes sociais do estado do Rio Grande do Sul estão sendo mobilizados/as pelo Conselho Regional de Serviço Social (CRESS) da 10ª Região para atuar no apoio à população, de acordo com o trabalho desenvolvido pela Secretaria Municipal de Sáude daquele município, atendendo pelo telefone (51) 3289 2775.

Ação como esta é prevista no Código de Ética Profissional do/a Assistente Social, em seu artigo 3º, alínea d, que afirma como um dos deveres desse/a profissional: “participar de programas de socorro à população em situação de calamidade pública, no atendimento e defesa de seus interesses e necessidades”.

Essa tragédia revela os graves problemas de segurança existentes nos espaços públicos das cidades brasileiras e alerta os órgãos competentes para a necessidade de planejamento e fiscalização, na perspectiva de evitar tragédias anunciadas.

30 de agosto é Dia Nacional de Luta

Cartaz produzido para o Dia Nacional de Luta (arte: Rafael Werkema)Data marcará mobilização nacional em defesa das 30h semanais sem redução salarial.

A jornada semanal de 30 horas sem redução salarial foi uma das grandes conquistas do Serviço Social brasileiro nos últimos anos. Garantida pela lei 12.317, de 26 de agosto de 2010, as 30h semanais foram implementadas em diversos órgãos públicos e privados neste 1º ano de vigência da norma, cujo aniversário ocorre no próximo dia 27 de agosto. Instituições como a Universidade de Brasília, a Prefeitura de São Paulo, a Petrobras, os governos do Pará e de Rondônia cumprem a lei e garantem as 30h semanais para seus/suas assistentes sociais.

No entanto, alguns órgão públicos federais, estaduais e municipais ainda resistem em cumprir a legislação federal, garantida de forma legal e democrática, após anos de luta da classe trabalhadora e depois de uma expressiva manifestação na Esplanada dos Ministérios, organizada pelas entidades representativas do Serviço Social – Conjunto CFESS-CRESS, ABEPSS e ENESSO – e que contou com a mobilização de 3 mil assistentes sociais e estudantes. Por isso, o próximo dia 30 de agosto será o Dia Nacional de Luta pelas 30 horas e contra a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) 4.468, que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF).

Em todos os estados do Brasil, haverá mobilizações pelo integral cumprimento da lei 12.317/2010, no intuito de pressionar as instituições empregadoras a estabelecerem as 30h semanais sem redução salarial para todos/as os/as assistentes sociais. Para tanto, o CFESS disponibilizará cartazes e adesivos, que serão enviados aos CRESS e Seccionais de todo o país, onde estarão disponíveis para a categoria. Os materiais também estão disponíveis no site do CFESS (clique para ver). Será divulgado ainda uma edição do CFESS Manifesta sobre os desafios que marcam o primeiro ano da luta pela efetivação da lei 12.317/2010.

“A aprovação da jornada de 30 horas sem redução salarial foi uma enorme vitória de nossa categoria. Conquistar um direito trabalhista, em um tempo de restrição e redução de direitos, torna a nossa vitória um fato marcante para toda a classe trabalhadora. Para que esta lei seja cumprida, precisamos prosseguir com muita luta e resistência, fazendo do dia 30 de agosto uma data de intensas mobilizações em todo o país”  declara a presidente do CFESS, Sâmya Ramos.

Marcha por direitos

No mesmo sentido, em parceria com outros movimentos sociais, os/as assistente sociais e o CFESS participarão também da Marcha Nacional em Brasília (DF), que ocorrerá no dia 24 de agosto na Esplanada dos Ministérios. A Marcha faz parte da Jornada Nacional de Lutas, marcada para o período de 17 a 26 de agosto em todo o Brasil.

No mesmo dia, a organização do movimento levará ao Congresso Nacional, ao Poder Judiciário e ao Poder Executivo uma plataforma de reivindicações, que incluem, dentre outras questões, a defesa da aposentadoria e da previdência pública – fim do fator previdenciário, o aumento geral dos salários, a redução da jornada de trabalho sem redução salarial, a defesa da educação e da saúde públicas, a defesa do patrimônio e dos recursos naturais do Brasil, a repúdio à criminalização da pobreza e dos movimentos sociais.

Abaixo-assinado em defesa das 30 horas

É importante lembrar que o Conjunto CFESS-CRESS está na luta contra a ADIN 4.468 da Confederação Nacional da Saúde (CNS), que contesta no Supremo Tribunal Federal (STF) a constitucionalidade da lei 12.317/2010. A participação dos/as assistentes sociais é fundamental nessa luta e o CFESS conclama todos/as a participarem da Campanha “STF, vote contra a ADIN 4.468”, assinando o abaixo-assinado virtual que será entregue aos/às ministros/as do STF e que já conta com mais de 13 mil assinaturas, número que precisa ser aumentado.

Vale dizer que, caso o STF vote pela procedência da ADIN, os/as assistentes sociais de todo Brasil podem perder o direito às 30h semanais, conquistado após anos de luta do Conjunto e da classe trabalhadora. Entre nessa luta e não deixe de assinar!

Faça o download do cartaz do Dia Nacional de Luta pelas 30 horas semanais sem redução salarial

Veja o adesivo do Dia Nacional de Lutas pelas 30 horas

Assine o abaixo-assinado contra a ADIN 4.468, que contesta a lei 12.317/2010

Fonte: Conselho Federal de Serviço Social – CFESS.