Renovação na câmaras municipal

Renovação na câmaras municipalA eleição já passou e faz tempo e conhecemos os vitoriosos, logo eles serão diplomados e empossados. Esse foi a maior renovação de vereadores da história política moderna. Dos nove acentos, apenas quatro vereadores foram para disputa, desses, apenas dois voltaram. A casa se renovou por completo, 77,78%.

 Infelizmente a classe política está muito desprestigiada e desacreditada e os eleitos devem se capacitar para sempre fazer a coisa correta e bem feita. Analiso que o “populismo” está saindo fora de moda e a população está cobrando cada vez mais, mesmo assim, falta formação e conteúdo politico aos eleitos. Temos muito amadores.

Vejo tudo isso de forma muito decepcionante, pois muitos chegam ao legislativo e por lá permanecem sem saber o que fazer, como fazer ou se podem fazer, muitas leis que ferem a constituição mas que são colocadas somente para o vereador “aparecer” e deixa aqueles que estudam como “maus” por não aprovarem. Precisamos mudar isso.

Minha esperança e de muitos ilhotense está o Rogério, primeiro vereador eleito do PT em Ilhota. Recebemos muito incentivo e acreditamos nesse mandato. Seu conteúdo político e formação credencia para ser um dos mais atuantes vereadores desse legislativo. Nesse período de pós eleição até a posse, estamos em fase de planejamento e organização da instância partidária, preparando o terreno para começar bem a atuação parlamentar. Estamos e teremos muito trabalho pela frente. A luta está apenas começando.

Ilhota precisa de um líder com pulsos firmes e que defenda os interesses da minoria. Esse líder é o Rogério!

 

Anúncios

Conheça as responsabilidades da prefeitura e prepare-se pra cobrar!

Resultado das eleições 2016 em Ilhota - Prefeito

Deixa eu te fazer uma pergunta, você sabe me dizer claramente o que é responsabilidade do seu município em termos de políticas públicas? Não?

Então… no domingo passado do dia 2/10 você votou, e escolheu no candidato com a melhor proposta para nossa cidade e que suas políticas irão pautar os próximos 4 anos. Em tese, esse é o objetivo, mas nem todos estão nem ai com esse princípio. 64,22% dos ilhotenses acreditaram que Dida é a melhor solução para Ilhota. Será? Com essa margem, demos carta branca pra ele fazer o que quiser, mas dentro daquilo que propôs em seu plano de governo.

Mas a nossa responsabilidade não termina na urna. Agora é a hora de entender de uma vez por todas, qual o papel do governo municipal liderado pelo peemedebe tem para cidade, mas para isso, você tem que entender como funciona esse jogo. Portanto, saiba como fiscalizar e cobrar do candidato eleito a sua promessa.

Nesse post apresento um super material, um eBook, intitulado Agenda Municipal. Nele, você vai encontrar quais são as responsabilidades do município perante diversos temas que provavelmente fazem parte do seu cotidiano como saúde, educação, segurança, mobilidade urbana e muito mais.

Sabendo exatamente qual o papel de uma administração pública municipal, fica mais fácil cobrar, não é? Clique nesse link, acesse o eBook e faça o download!

Espero que seja esclarecedor.

 

Nota Pública do Pólis frente à eleição municipal em São Paulo

João Dória, PSDB, 45, Instituto Pólis, Dialison, Dialison Cleber, Dialison Cleber Vitti, DialisonCleberVitti, Dialison Vitti, Dialison Ilhota, Cleber Vitti, Vitti, dcvitti, @dcvitti, #dcvitti, #DialisonCleberVitti, #blogdodcvitti, blogdodcvitti, blog do dcvitti, Ilhota, Newsletter, Feed, 2016, ツ, São Paulo,

O Instituto Pólis respeita o processo democrático e a decisão das urnas do último domingo, dia 2 de outubro, mas considera que a vitória de João Dória, um empresário que se elegeu com base na apologia à “não política” e à defesa de uma gestão empresarial na maior capital do país, aponta para o aprofundamento da exclusão social e acirramento das desigualdades na cidade de São Paulo.

Avançamos em políticas sociais durante mais de uma década, com resultados marcantes na transformação do quadro de desigualdades. No entanto, esses avanços estão em risco não só no plano federal, mas agora mais ainda no âmbito municipal. Em meio a uma intensa disputa de narrativas no campo político, a onda conservadora retoma as propostas neoliberais onde os interesses privados se sobrepõem ao interesse público, enfraquecendo as responsabilidades do Estado em um país em que impera a desigualdade. Nesse contexto, a eleição de João Dória representa um retrocesso na medida em que põe em xeque o papel do Estado como provedor dos direitos de cidadania.  Não apenas a saúde, educação e transporte passam a ser regidos pela lógica de mercado, mas também os espaços públicos, o meio ambiente, a cultura e o lazer tornam-se reféns do capital e de uma lógica privatista.

O Pólis se posiciona criticamente frente ao cenário que se avizinha e reafirma a importância da atuação do Estado para a garantia dos direitos humanos e de políticas públicas participativas que assegurem a qualidade de vida e o bem estar sobretudo da população mais vulnerável.   Defendemos que o Direito à Cidade deve ser o parâmetro para o desenvolvimento de políticas inclusivas e de cobrança da sociedade civil para a construção de uma cidade mais humana, solidária, justa e sustentável.

Nota publicada no site do Instituto Pólis no dia 5 de outubro de 2016

Instituto Pólis

Os vereadores eleitos em Ilhota

Vereadores eleitos em Ilhota, Eleições 2016, Dialison, Dialison Cleber, Dialison Cleber Vitti, DialisonCleberVitti, Dialison Vitti, Dialison Ilhota, Cleber Vitti, Vitti, dcvitti, @dcvitti, #dcvitti, #DialisonCleberVitti, #blogdodcvitti, blogdodcvitti, blog do dcvitti, Ilhota, Newsletter, Feed, 2016, ツ

As eleições em Ilhota terminou nesse domingo e o candidato a vereador mais votado foi Nordo Adriano, desta vez pelo PMDB, fez 522 votos válidos, eleito pelo quociente partidário. Em segundo lugar, ficou Joninha Jaco, o único eleito do PSDB, com 509 votos também eleito pelo quociente partidário e a primeira vez que concorreu ao cargo. Chico Caroço do PMDB, fez 452 votos eleito pelo quociente partidário fico na terceira colocação. Logo em seguida, SID do PSD, fez seus 413 votos, eleito pelo quociente partidário. Boga, também sua primeira vez foi na disputa, o único eleito do PP, fez lá os seus 394 votos, eleito pelo quociente partidário. Rogério do PT foi o sexto, e fez 304 votos eleito pelo quociente partidário e foi a primeira vez que concorre ao cargo, sendo que em outras vezes, disputou duas eleições como prefeito. Juarez foi o segundo eleito do PSD, primeira vez que concorreu ao cargo, fez 287 votos e foi leito pela média da coligação. Almir Anibal do PMDB foi o oitavo eleito, fez 284 votos, eleito pela média. O último que assumiu a vaga foi o jovem Luiz Gustavo o único do DEM e o único da sua coligação eleito, que fez 246 votos, eleito pelo quociente partidário.

Recebi as primeiras ameças dessas eleições e ela veio por e-mail

E-mail, Tiago Souza, Dialison, Dialison Cleber, Dialison Cleber Vitti, DialisonCleberVitti, Dialison Vitti, Dialison Ilhota, Cleber Vitti, Vitti, dcvitti, @dcvitti, #dcvitti, #DialisonCleberVitti, #blogdodcvitti, blogdodcvitti, blog do dcvitti, Ilhota, Newsletter, Feed, 2016, ツ

Pensava que isso não iria acontecer, mas aconteceu!

Pessoas inteligentes usam e-mails e foi por lá que recebi a primeira ameaça desse processo. Imaginava que não iria receber esse tipo de afrontamento, afinal, estou isento, neutro nesse processo, mas me enganei. Enquanto tivermos pessoas sedentos pelo poder, esse comportamento sempre de domínio sobre as pessoas perpetuará.

O e-mail que recebi, foi endereçado por Tiago Souza, um conhecido, colega de internet, onde compartilhei algumas emoções na vida real. Tiago foi um dos responsáveis pela coordenação da campanha eleitoral do candidato Dida, da coligação #CompromissoComOFuturo e até o que sei ele era da comunicação.

Tiago, há um certo tempo atrás, falava igual a um condenado do então prefeito Ademar Felisky. Mudou o comportamento e logo, esqueceu tudo o que dizia. A reconciliação é importante na vida do homem e eu reconheço isso e valorizo. Em 2008 eu não me lembro onde ele estava mas sei que em 2012, na campanha do Dr. Lucas, ele junto com alguns #compas do 15 deram um micro golpe e apossaram da juventude. Antes de terminar as eleições daquele ano, não havia juventude no partido. Todos aqueles que orquestraram o golpinho migraram e já estavam numa campanha de um candidato a vereador e o Dr. Lucas perdeu por pouquíssimo votos. Na minha concepção, nós não envolvemos a juventude no processo eleitoral. Perdemos por causa da juventude e isso ninguém tira de mim.

Sobre o e-mail, ao que ele está se referindo, trata-se de dois post, onde foi compartilhado por mim e publicado no meu perfil no Facebook. O post são esses link1 e link2.

Não tenho nada a comentar, nem falar ou denegri a imagem do colega da comunicação. Pensou eu que está em sua razão e respeito seu posicionamento. Fez o que entendeu ser o certo!

Minha participação foi com um apoio branco ao candidato Keka. Pedi sim votos pra ele e me declarei simpático a um dos lados da disputa. Não sou em estou agremiado a nenhuma instituição político-partidária e nem pretendo estar. Votei no Keka pelo projeto dele e por afinidade, assim como foi para vereador, no amigo Rogério do PT em que reconciliamos uma amizade fragmentada há 12 anos.

Ganhei e perdi nessas eleições. Muitas pessoas deixaram de nos seguir no Facebook, isso é natural, mas reconciliei com muitos amigos e construí novas amizades.

A eleição passou, não toquei o terror e o peemedebê ganhou! Não participei ativamente de nenhuma campanha nem tomei corpo em quaisquer disputas. Minha participação foi atípica em vista de outros anos, postando alguma coisa (até bastante do que imaginava) referente do meu ponto de vista e concepção política.

Sofri alguns ataques de militantes, que é natural, pelo Facebook. Na rua não tive nada disso. Recebi ofensas em grupos do WhatsApp e até perseguição no mercado onde compramos há mais de 13 anos. Isso foi o triste. Não denegri a imagem ou conduta de ninguém, mas as pessoas idealizaram isso, sedo que a minha opinião atacava a família do candidato. Isso não aconteceu e por aventura isso veio a ocorrer, peço perdão. Meu posicionamento era com a pessoa retrógrada do candidato. O que fiz era de algumas referências entre Michel Temer que empossou a sua esposa no governo. Isso é nepotismo e a galera do manda-brasa escreveu e aprovou uma super lei na câmara aqui em Ilhota.

Mas é isso, águas passadas! Graças a essa mini-reforma política, as eleições municipais desse ano foi bem diferente da última, com uma pós eleição bem sossegada e bem mais cara. Ao Tiago e as outras pessoas, que sejam felizes em vossas jornadas e que defendam seu projeto político.

Tudo o que você precisa saber sobre a função de um vereador antes de sair falando que ele não faz nada

Vereadores eleitos em Ilhota, Eleições 2016, Dialison, Dialison Cleber, Dialison Cleber Vitti, DialisonCleberVitti, Dialison Vitti, Dialison Ilhota, Cleber Vitti, Vitti, dcvitti, @dcvitti, #dcvitti, #DialisonCleberVitti, #blogdodcvitti, blogdodcvitti, blog do dcvitti, Ilhota, Newsletter, Feed, 2016, ツ

Neste ano de 2016, os 10.958 eleitores ilhotense foram chamados para irem nem uma das 36 urnas para escolher seus representantes no poder público municipal. Ao todo serão eleitos apenas um, entre os dois candidatos a prefeito e outros 9 dos 49 vereadores no município de Ilhota. Por isso, entender o papel desses representantes é essencial. A intenção é explicar como deve agir um vereador, como eles são eleitos e o que nós como cidadãos podemos esperar e cobrar deles.

O que é um vereador?

O vereador é um agente político, eleito para sua função pelo voto direto e secreto da população. Ele trabalha no Poder Legislativo da esfera municipal da federação brasileira. Assim, o vereador tem um papel equivalente ao que deputados e senadores têm nas esferas mais amplas (Estados e União).

Como integrante do Poder Legislativo municipal, o vereador tem como função primordial representar os interesses da população perante o poder público. Esse é (ou pelo menos deveria ser) o objetivo final de uma pessoa escolhida como representante do povo.

Pode-se dizer que a atividade mais importante do dia a dia de um vereador é legislar. Isso significa tomar todas as ações relacionadas ao tratamento do corpo de leis que regem as ações do poder público e as relações sociais no município.

Dessa forma, podemos citar como ações típicas ao alcance de um vereador criar, extinguir e emendar leis, da maneira que ele julgar que seja mais adequada ao interesse público. Mas atenção, o mandato de um vereador é restrito à esfera municipal, portanto, faz todo sentido que as leis deliberadas, criadas, emendadas ou extintas por eles tenham efeitos exclusivos para os municípios a que eles pertencem.

Essa é a primeira pegadinha importante: não adianta um vereador prometer que vai mudar leis que não sejam do âmbito do município. Ele simplesmente não terá competência para tratar sobre assuntos que digam respeito a mais de uma cidade, a um estado, ou mesmo ao país inteiro.

Veja alguns exemplos de assuntos que podem ser tratados em lei por um vereador:

  • Mudança, criação ou extinção de tributos municipais;
  • Criação de bairros, distritos e subdistritos dentro do município;
  • Estabelecer o chamado perímetro urbano (a área do município que é urbanizada);
  • Sugerir nomes de ruas e avenidas;
  • Aprovar ou não os documentos orçamentários do município;
  • Elaborar, deliberar e votar o Plano Diretor municipal;
  • Aprovar o plano municipal de educação;
  • Estabelecer as regras de zoneamento, uso e ocupação do solo;
  • Determinar o tombamento de prédios como patrimônio público, preservando a memória do município;

Vereador pode propor trocar o nome das ruas, mas isso não quer dizer que ele só deva fazer isso.

Porém, não adianta um candidato a vereador prometer que vai criar leis que se chocam com as leis dos Estados, da União ou da Constituição. Isso é ilegal e muito provavelmente esse projeto de lei nem será considerado dentro da Câmara dos Vereadores.

O papel de fiscalizar o prefeito

Mas as atividades do vereador não podem ser resumidas apenas ao tratamento das leis do município. Existe ainda uma função ligada ao cargo de vereador que é fundamental para a própria saúde da nossa democracia. Trata-se da fiscalização das ações do Poder Executivo municipal – ou seja, das ações do prefeito.

O ato de fiscalizar torna mais equilibradas as ações do Poder Executivo. O que é essencial para que o poder do prefeito não se torne tão grande que o deixe acima da lei. É por isso que a lei prevê expressamente alguns deveres importantes dos vereadores em relação à prefeitura, como:

  • Fiscalizar as contas da prefeitura, de forma a inibir a existência de obras superfaturadas e/ou atrasadas;
  • Fiscalizar e controlar diretamente os atos do Poder Executivo, inclusive da administração indireta (por exemplo, visitar órgãos municipais e fazer questionamentos por escrito ao prefeito, que é obrigado por lei a prestar esclarecimentos em até 30 dias);
  • Criar comissões parlamentares de inquérito; e
  • Realizar o chamado controle externo das contas públicas, com ajuda do Tribunal de Contas do Estado ou do Município responsável.

O que um candidato a vereador pode prometer?

Faz sentido que um candidato a vereador prometa coisas como:

  • Fazer mudanças na lei orgânica do município;
  • Propor a criação de novos tributos, a extinção de tributos existentes ou mudanças nos tributos do município que sejam benéficas para a população; e
  • Fazer mudanças na lei do município relacionada à Educação.

Vereador deve zelar pela educação municipal, mas não pode prometer entregar X escolas novas.

Mas um candidato a vereador não deveria promete coisas do tipo:

  • Terminar a obra de uma rua ou uma escola;
  • Melhorar o serviço de coleta de lixo do município;
  • Implantar escola em tempo integral;
  • Aumentar o número de vagas na rede de educação;
  • Criar centros de arte e cultura;
  • Reforçar o policiamento em certos bairros;

Isto porque essas atribuições que não lhe cabem. Elas dizem respeito à prefeitura e até, algumas vezes, ao governo do estado.

Quais direitos um vereador possui?

Mas os candidatos a vereador não estão lá apenas por extremo senso de civilidade. Ocupar a posição de vereador rende alguns benefícios garantidos como:

  • Imunidade parlamentar: os vereadores podem expressar livremente suas opiniões sem que possa sofrer ameaças judiciais, evitando que sua capacidade de exercer suas competências seja limitada (isso não significa que o vereador pode cometer crimes de ódio, nem fazer apologia a crimes).
  • Direito à renúncia: o vereador pode renunciar ao seu cargo quando bem entender.
  • Direito a exercer outra profissão: o vereador pode ser médico, engenheiro, professor, policial, qualquer profissão, desde que isso não prejudique suas atividades como vereador.
  • Direito a remuneração: um vereador recebe salário pelo seu cargo na Câmara Municipal. O valor do salário varia de município para município, equivalendo a algo entre 15% e 70% do salário de um deputado estadual.

Artigo publicado no site Papo de Homem e desenvolvido por Bruno Blume, onde é bacharel em Relações Internacionais pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e atualmente editor do portal Politize.

Tudo que você precisa saber sobre a função de um prefeito antes de cobrar qualquer coisa dele

Prefeitura Municipal de Ilhota

As eleições municipais, acabou. Conhecemos o vencedor. Em Ilhota havia apenas dois projetos estavam em disputa e você escolheu o melhor entre um deles. Nem sempre o vencedor é o melhor. Mas antes de fazer qualquer escolha, é preciso saber o que essa pessoa vai fazer, não é mesmo? Então, vamos conferir, quais são as funções de um prefeito. Se você não sabia disso, passa a saber!

O gestor municipal

Em todas as esferas da nossa federação, encontramos a mesma divisão de poderes do Estado: Executivo, Legislativo e Judiciário (exceção para os municípios, que não possuem Judiciário).

O prefeito é o chefe do Poder Executivo de um município. Isso significa que está nas mãos dele o poder de administrar a cidade em que vive. Ele cobra impostos e taxas que, por sua vez, devem custear obras, serviços e políticas essenciais para a vida nas cidades.

Alguns exemplos de serviços mantidos pelas prefeituras brasileiras são:

  • a limpeza e a iluminação públicas;
  • o sistema de transporte urbano;
  • as ambulâncias e serviços de saúde municipais;
  • a educação infantil (creches, pré-escolas) e o ensino fundamental;
  • e a formação da guarda municipal.

Acordos com os governos estadual e federal

Os prefeitos precisam buscar apoio político em outras esferas de governo, como governador, deputados estaduais, federais e senadores de seu estado. Muitos recursos importantes para os municípios são negociados junto aos governos estaduais e ao governo federal, possibilitando o financiamento de projetos importantes e a melhoria da qualidade de vida da população.

O prefeito também deve colocar em prática um plano de desenvolvimento para o município, buscando atrair e/ou fomentar a criação de novas empresas, a fim de que elas gerem emprego e renda para os seus habitantes.

Relação com os vereadores

Dentro do município, o apoio da câmara municipal também é importante. Em relação à Câmara Municipal, o prefeito possui a mesma função que o presidente em relação ao Congresso Nacional: a sanção ou veto de leis. O processo legislativo municipal segue rito semelhante ao encontrado nos outros níveis da federação. Mas além disso, ele mesmo pode propor novas leis, que são submetidas à análise da Câmara e da sociedade.

Por outro lado, o prefeito deve cumprir as leis aprovadas pela Câmara, além de submeter suas contas à fiscalização, que ocorre com auxílio do Tribunal de Contas estadual – ou municipal, se houver. Além disso, o prefeito deve elaborar a lei orçamentária anual e submetê-la à Câmara, que pode alterá-la, se julgar necessário.

Os secretários

Evidentemente, o prefeito não está à frente de uma cidade inteira por conta própria: ele conta com a ajuda de funcionários públicos, secretários e assessores, cada um incumbido de cuidar de alguma coisa: recursos municipais, sistema público de saúde, sistema educacional, e assim por diante. Muitos desses secretários também são indicados a partir de barganhas políticas, da mesma forma como acontece no âmbito federal.

No fim das contas, os secretários e suas equipes realizam a maior parte do trabalho da máquina pública municipal. O prefeito coordena todo esse trabalho e estabelece as metas e prioridades da prefeitura. Por isso, lembre-se que você elege não apenas um prefeito, mas também um grupo específico, que estará junto com ele no dia a dia da administração do município (em que pese, é bem verdade, que a maior parte dos funcionários públicos são concursados).

E é claro que o cargo de prefeito não garante poder absoluto a ninguém: a pessoa que o ocupa precisa seguir uma série de leis municipais e – em teoria – tem seu trabalho fiscalizado constantemente pela Câmara Municipal.

Por fim, o prefeito tem o dever de implementar as políticas públicas que se comprometeu a fazer durante a campanha. Essas políticas devem ser discutidas com a população.

Com quais recursos o prefeito conta para administrar o município?

Para colocar em prática seus planos, o prefeito conta com recursos de diversas fontes. A primeira delas é o próprio município, que cobra seus próprios impostos, taxas e outros tributos. O Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana, mais conhecido como IPTU, é o mais conhecido imposto municipal.

Mas os prefeitos não contam apenas com os impostos coletados no município: a Constituição de 1988 prevê mecanismos de transferência de recursos dos estados e da União para os municípios. Alguns exemplos são:

  • 22,5% dos recursos arrecadados pela União com Imposto de Renda e Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) são repassados aos municípios;
  • 50% do imposto sobre propriedade rural situada no território do município;
  • 25% do ICMS, imposto estadual, também para nas prefeituras.

Em muitos casos, os recursos que chegam às prefeituras possuem destinos obrigatórios, como aqueles provenientes de fundos para a saúde e a educação. Essas e outras verbas a que municípios têm direito podem ser encontradas nos artigos 158 e 159 da Constituição.

Fonte: Por Politize! e extraído do site Papo de Homem

Dida de Oliveira, Prefeitura de Ilhota

Guarde o plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo para cobrar depois

Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página01

 

As eleições passaram, já conhecemos os vitoriosos, logo o resultado será proclamado no site da Justiça Eleitoral, mas agora é momento de festa para alguns, e frustrações a outros. Não vamos aqui falar da gloriosa vitória dos vereadores eleitos, que renovou a casa legislativa em 77,78%, e sim abordar sobre o assunto do plano de governo eleito. Neste momento, é hora de guardar tudo, baixar arquivos, fotos, downloads de vídeos para que possamos, mais tarde, cobrar as promessas firmada em campanha.

Então… você votou, e escolheu no candidato com a melhor proposta para nossa cidade e que suas políticas irão pautar os próximos 4 anos. Esse não foi o projeto que escolhi e tenho muitas dúvidas quanto a sua execução. Esse projeto é uma mentira! Não acredito nele, pois conheço quem são os personagens e as pessoas por trás dela. Seus currículos são de conduta libidinosa. Mas é isso, o povo optou por ele, o processo foi legítimo, democrático e reconheço que esse é o nosso projeto.

Meu objetivo é tornar os arquivos do plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo disponível a todos, numa plataforma aberta e que todos possam ter acesso no futuro e fazer o uso do seu direito em cobrar, mesmo que você votou nele. Em tese, é isso o que propomos. Sabemos que nem todos estão nem ai com esse princípio. 64,22% dos ilhotenses acreditaram que Dida é a melhor solução para Ilhota. Será? Com essa margem, demos carta branca pra ele fazer o que quiser, mas dentro daquilo que propôs em seu plano de governo.

Em sua página no Facebook, foi publicado alguns vídeos. Abaixo, nós indexamos ao post para que você possa lembrar e rever o que foi prometido. Caso não consiga mais acessá-los, umas das possíveis causas são que elas foram excluídas da página de origem. Mas nós fizemos o download dos vídeos e postaremos nos streaming de vídeos.

Nosso plano de governo está sendo distribuído casa a casa em Ilhota. Mas fizemos um resumo dos nossos principais compromissos para fazer uma Ilhota ainda melhor. Temos compromisso com o futuro da cidade, temos compromisso com você.
Dida de Oliveira

 

As principais propostas de Dida e Joel

Irei transcrever abaixo, um trecho extraído de sua página no Facebook onde o candidato Dida de Oliveria faz a promessa de um de seus principais projetos. Ele disse:

Nós somos os candidatos com as melhores propostas e uma delas, será fundamental para o fomento de nossa mola propulsora da economia. As confecções de lingerie, moda praia e fitnes. Eu e o Joel iremos fazer uma ampla reurbanização e revitalização do trecho urbano da Rodovia Jorge Lacerda, que corta nossa cidade e onde está instalado nosso comércio. Nosso comércio forte, que gera emprego e renda para nosso povo e nossa gente. O nosso projeto pode ser visto neste vídeo. Temos projeto, temos determinação em fazer, por isso queremos seu voto.

A reurbanização e revitalização do trecho urbano da Rodovia Jorge Lacerda, compreende em instalarmos ciclovia, fazermos bolsões de estacionamento a 45º, fazermos uma nova iluminação, sinalização, deixarmos nossa cidade moderna e pujante,essa é a nossa proposta e para isso, peço o voto (…), o voto em quem tem compromisso com o futuro de Ilhota.
Dida de Oliveira

Confira a íntegra do seu plano de governo #CompromissoComOFuturo

Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página02 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página03 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página04 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página05 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página06 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página07 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página08 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página09 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página10 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página11 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página12Vídeos hospedados no Facebook

 

Vídeos de entrevista no YouTube

A opinião do meu amigo Rudnei sobre os dois planos governos dos candidatos a prefeito em Ilhota

Plano de Governo, Eleições 2016, Dialison, Dialison Cleber, Dialison Cleber Vitti, DialisonCleberVitti, Dialison Vitti, Dialison Ilhota, Cleber Vitti, Vitti, dcvitti, @dcvitti, #dcvitti, #DialisonCleberVitti, #blogdodcvitti, blogdodcvitti, blog do dcvitti, Ilhota, Newsletter, Feed, 2016, ツ

As pessoas não podem fazer promessas que não podem cumprir! Isso é fato. Mas para ficar a bonito aos eleitores e cumprir os requisitos da justiça eleitoral ao registrarem suas candidatura, instituem os planos de governos. Se isso não fosse obrigatória, talvez isso não existira.

Mas a construção de um plano inicia-se com inserção do partido junto as suas bases, na elaboração das concepções políticas-administrativas, envolvendo militância e sociedade.

Em tempos de eleição, o que não falta são planos de governo de candidatos a prefeitos. No entanto, um plano de governo focado nas intenções individuais ou de grupos de pessoas para quatro anos nem sempre contempla todas as necessidades de um município.

O atendimento das necessidades dos municípios, principalmente os que buscam melhorar a qualidade de vida dos seus munícipes, deve ser planejado estrategicamente, para mais de quatro anos. Inquestionavelmente, tal estudo deve levar em conta propostas coerentes, integradas e viabilizadas por meio de políticas públicas factíveis e participativas

Pensar estrategicamente essas temáticas municipais, de forma integrada, factível e participativa, muito além do “plano de governo” significa propiciar aos munícipes uma qualidade de vida mais adequada e de longo prazo. Mas nem sempre é assim. Pelo que eu sei, poucos eleitos, esquecem no primeiro do mandato o que prometeram em campanha.

Após uma enchida na linguiça neste post e tentar explicar um pouco sobre plano de governo, vamos ao objetivo, em compartilhar a opinião dos dois projetos em pautas nessas eleições. Vamos nessa:

Compartilho com #aminhaopinião em relação aos dois planos de governos dos nossos candidatos a prefeito desta eleição em #Ilhota. Gostaria de deixar claro que não possuo qualquer vínculo partidário, interesse em alguma situação que o resultado final do pleito de 2 de outubro possa trazer, nunca tive bandeira ou placa de quaisquer candidato ou partido, nunca ganhei gasolina nem outros presentinhos. Fui domingo passado acompanhar meu primeiro comício e retorno a Pedra de Amolar no próximo domingo para acompanhar mais um. Ao expor meu ponto de vista, não pretendo influenciar, magoar ou ofender ninguém, curto acima de tudo uma boa conversa, uma boa discussão, que resultam em bons resultados, mas para ela ser praticada precisamos de cidadãos livres de interesses, sem sede de vingança política, com a mente aberta para o bem coletivo e não somente de um grupo restrito. #aminhaopinião será baseada no que está escrito e nas fotos, como disse respeito as mais variadas opiniões e opções que iram surgir.

Os dois planos apresentam inúmeras novidades, mais a que mais chama a atenção #minha são os sorrisos dos candidatos, poxa a politica faz coisa.

O plano peemedevista é o que mais tempo está na praça, bonito e futurista. Dida e seus aliados capricharam. Destaco a página dedicada ao compromisso com a administração, gestão pública eficiente. É o único que menciona a iluminação na Ponte. Lamento não termos a palavra continuidade ou uma página ou parágrafo com algo referente a continuidade de algum projeto que é atualmente executado. Será possível implantar o pronto atendimento na unidade central? Será possível revitalizar todo o perímetro urbano? Inclusive com uma ciclovia? Substituir apostilas por tablets? Construção de escola e CEI no Centro? E o compromisso com a cultura, restaurar o prédio na antiga prefeitura será viável? A construção do estádio municipal… olha isso eu vô cobrar! Não acho uma boa a questão da compra do caminhão de lixo… para concluir #naminhaopiniao esse plano de governo e razoável, audacioso, por isso receio que no pontos mais futuristas, seja impraticáveis em 4 anos.

O plano de Keka e Cia saiu online faz uns 10 dias e no último sábado o impresso. Confesso que fiz críticas a esse atraso, a resposta a este atraso, foi que os candidatos em visitas as localidades ouviram os moradores e juntos montaram o plano. Parabéns pela iniciativa! Gostei da palavra ampliar. A ampliação e continuidade de projetos gera uma economia tremenda de dinheiro público. Destaco a continuidade da apostila positivo e do programa sábado saudável, mas tenho que citar que a reforma do campo municipal no centro, onde em um ato que até hoje não consigo entender, virá a gerar gastos desnecessários. A construção da pista de skate… poxa, eu já li isso antes! O plano é simples, objetivo e creio que mais executável.

Quem tiver alguma crítica, elogio ou sugestão aos envolvidos nesta corrida eleitoral, fica a vontade para comentar. Abraços!

Complementando o artigo do amigo Rudnei Batista Waltrick, postado no grupo Bolão da Eleição 2016, no Facebook, destaco alguns comentários e aqui descrevo.

Para Elaine Souza, professora e historiadora, autora de livros que aborda a história da cidade, disse que:

Adorei suas observações! Meu ceticismo com relação a esta eleição vai muito além ao de muito tempo! Rsrs Contudo acredito q pelo menos sonhar é necessário para esta terra! Neste aspecto acredito que o Dida pode até fazer a diferença mais que necessária diga-se de passagem esse nosso centro é horrível! A sorte é o comércio que investiu por conta própria nas lojas… Agora a ciclovia vai sair aonde? Sob p rio ou aérea, pois nem acostamento tem! Já os méritos do Keka uma coisa simples que fez toda a diferença em sua adm frente ao posto de saúde foi o agendamento de consultas! MEUS PARABÉNS! Me doía a alma ver os mais carentes é necessitados madrugando pra pegar uma ficha e ter q voltar pra ser atendido quando conseguiam ficha… Sem precisar de jeitinho, conhecidos, médico bonzinho! Prova de que o simples pode fazer a diferença, mais ousar também é imprescindível!

Fabio Costa, um importante líder dos Bombeiros Voluntários de Ilhota, comentou que:

Também acredito em uma opção de continuidade, seja o mais viável… pq muito se gasta, e 4 anos na administração publica passam muito rápido. Também deixo meu ponto de vista sobre tudo o que se tem colocado nos dois planos de governo. E acho q optar pelo mais simples, quando se fala em obras é o mais correto na situação atual a nível nacional. Espero sim independentemente do resultado, que nossos futuros governantes saibam realmente oq precisamos, e escolher a opção de ouvir o povo seja a mais vantajosa… sorte pra todos

Há 30 dias que antecedem as eleições, eu compartilhei em meu perfil no Facebook e no grupo doBolão da Eleição 2016, as propostas de governo dos candidatos ao poder executivo em #Ilhota, publicado recentemente no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para as #Eleições2016. Abaixo, os links das propostas:

>>> http://bit.ly/PropostaDeGovernoKeka “Keka e Beto

>>> http://bit.ly/PropostaDeGovernoDida “Dida Oliveira

Não há mais considerações a fazer!

Minha opinião, o plano dos peemedebê é uma mentira.

Vamos ver quem será o plano vencedor e cobrar a efetivação das promessas e tentar acompanhar de perto as políticas públicas do novo prefeito.

Bolão das Eleições de 2016

Bolão das Eleições de 2016, Dialison, Dialison Cleber, Dialison Cleber Vitti, DialisonCleberVitti, Dialison Vitti, Dialison Ilhota, Cleber Vitti, Vitti, dcvitti, @dcvitti, #dcvitti, #DialisonCleberVitti, #blogdodcvitti, blogdodcvitti, blog do dcvitti, Ilhota, Newsletter, Feed, 2016, ツ

Como é de tradição em todas as eleições em Ilhota, o pessoal aqui da cidade organiza o bolão das eleições, uma formar de estimular os eleitores indecisos a escolherem bem os candidatos em quem irão depositar o seu voto e serem os representantes políticos dos próximos 4 anos. A iniciativa é sempre do amigo Rudnei Batista Waltrick, uma grande referência humana na cidade, de ótima leitura e um bom amigo. Além desse aposta, Rudi também encabeça e organiza o Bolão da Copa do Mundo de Futebol, sua paixão.

Neste ano, apenas dois candidatos a prefeitos estão na corrida. 53 candidatos a vereadores se inscreveram e concorrerão a vaga do legislativo municipal. Nesta altura do campeonato, 4 candidatos a vereadores renunciaram a disputa, sendo apenas 49 estão aptos a disputarem a vaguinha na câmara. Sabemos que somente 9 entram, outros 40 dançaram.

O regulamento desse bolão é bem simples! Não possui finalidade e nem destina-se para como fonte de pesquisa relativa a intenção de votos, tanto para vereador como para prefeito. O Objetivo é apenas de entretenimento do pessoal que curti a disputa eleitoral. Em Ilhota, todo mundo gosta e se envolve com a política, participa do processo, e o organizador está fazendo este bolão somente para galera se divertir.

A folha do bolão possui os nomes e números relativos aos candidatos a vereadores e os dois únicos candidatos a prefeito. Segundo a regra, o apostador deve escolher e marcar no espaço entre parenteses 9 vereadores entre os candidatos que acha que vão ser eleitos, e apenas um dos candidatos a prefeito que acha que vai ser eleito.

Para facilitar, atribuí-se 10 pontos a cada acerto, independente do palpite, assim vereador como prefeito, cada acerto vale 10 pontos. Exemplo: totalizando no máximo 10 acertos a 100 pontos; 9 acertos com  90 pontos; e assim sucessivamente. O valor da aposta é de R$ 10,00.

O valor destinado ao pagamento do bolo será de 85%. O administrador do bolão fica com 15% de cada aposta. Cada apostador pode fazer quantas apostas quiser (9 palpites para vereadores eleitos e 1 para prefeito). Caso ocorra de mais de um apostador em fazer a maior pontuação, o valor total do bolão destinado ao prêmio será dividido em partes iguais. Lembrando, de qualquer forma sairá um ganhador, pode ser com 10, 9, 8 ou 7 acertos, enfim não tem como haver chuchu.

O prazo final de entrega é no dia primeiro de outubro, o sábado, data que antecede as eleições. As apostas não serão expostas, mantendo assim o sigilo dos palpites, visando que nenhum apostador copie as apostas já entregue ao administrador do jogo.

Rudi publicará no grupo do bolão no Facebook do o nome das pessoas conforme forem entregando as apostas, assim todo mundo tem acesso a quantia de apostas, valores finais do bolão.

Dúvidas poderão ser sanadas com o próprio com Rudi no Facebook ou pelo telefone 47 3343-1004. Eu talvez irei fazer a minha aposta, e quem sabe, levar esse bolão. Se não ganhar, mas meu candidato se eleger, ficarei mais que feliz.

Dados da eleição 2016

Complemento a informação com alguns dados estatístico das eleições municipais deste ano:

  • Total de eleitores: 10.958 eleitores
  • Total da população (estimativa/IBGE): 13.493 habitantes

Lista dos candidatos

  • Prefeito: 2 candidatos
    • DIDA – ERICO DE OLIVEIRA – 15 – PMDB
    • KEKA – AMARILDO AVELINO LAUREANO – 11 – PP
  • Vice-prefeito: 2 candidatos
  • Vereador: 53 candidatos
    • ADAUTO – JOSE ADAUTO DA SILVA – 55111 – PSD
    • ALEMÃO DA LAVAÇÃO – VANIO ALDO CUSTODIO – 45015 – PSDB
    • ALEX MENGARDA – ALEX LUIS MENGARDA – 55055 – PSD
    • ALMIR ANIBAL – ALMIR ANIBAL DE SOUZA – 15690 – PMDB
    • ALYNE – ALYNE CRISTINA DEBRASSI SILVA – 23000 – PPS
    • ANGELA WALTRICK – ANGELA WALTRICK VARGAS – 11222 – PP
    • BETO DESCHAMPS – PEDRO ROBERTO DESCHAMPS – 23456 – PPS
    • BOGA – CIDNEY CARLOS TOMÉ – 11611 PP
    • CEDENIR MINUZZI – CEDENIR MINUZZI – 25777 – DEM
    • CELINHA – CELIA REGINA MERLINI – 15675 – PMDB
    • CHICO CAROÇO – FRANCISCO DOMINGOS – 15670 – PMDB
    • CLOVIS HOSTINS – CLOVIS HOSTINS – 23333 – PPS
    • DALVA – DALVA DE AMORIM – 11333 – PP (Renúncia)
    • DIOGO FELAÇO – DIOGO ALEXANDRE FELAÇO – 12012 – PDT
    • EDUARDO DOS SANTOS – EDUARDO JOSÉ DOS SANTOS – 25025 – DEM
    • ELIANE – ELIANE BATISTA SIMON – 15500 – PMDB
    • ELIO COSTA – ELIO DA COSTA – 11999 – PP
    • ERENO SCHMITZ – ERENO SCHMITZ – 15650 – PMDB
    • EXPRESSO – PAULO VILMAR BATISTA – 15600
    • FABI – FABIANA DE FRANCA TOMAZ VIEIRA – 11123 – PP
    • FABRICIO ZUCHI – FABRICIO ZUCHI – 25312 – DEM (Renúncia)
    • FERNADA ANGIOLETTI – FERNANDA APARECIDA CARVALHO ANGIOLETTI – 25555 – DEM
    • GILBERTO – GILBERTO DE SOUZA – 11011 – PP
    • HERCULES GONCALVES – HERCULES FERNANDO GONCALVES – 23023 – PPS (Renúncia)
    • JANDIR PEDREIRO – JANDIR JOSE DIAS – 15015 – PMDB
    • JANE – JANDIRA ALVES DE OLIVEIRA – 23555 – PPS
    • JOÃO ROBERTO – JOÃO ROBERTO VIEIRA – 55123 – PSD
    • JONINHA JACO – JONATAS DE OLIVEIRA JACO – 45045 – PSDB
    • JUAREZ – JUAREZ ANTONIO DA CUNHA – 55333 – PSD
    • LEANDRO – LEANDRO ADAO – 44123 – PRP
    • LUIZA DE PAULA – LUIZA APARECIDA DE PAULA – 55255 – PSD
    • LUIZ GUSTAVO – LUIZ GUSTAVO DOS SANTOS FIDEL – 25000 – DEM
    • MACIEL XAVIER – MACIEL XAVIER DA COSTA – 11755
    • MALCON – SYDNEY MALCON MACHADO – 25018 – DEM
    • MARCELO MOTTA – ISAIAS DORVALINO SABINO – 45123 – PSDB
    • MARISTELA PAULO – MARISTELA PAULO – 45455 – PSDB
    • NELI CUSTODIO – NELI NUNES DA SILVA – 44010
    • NELSON BANANEIRO – JOSE NELSON REICHERT – 55555 – PSD
    • NOLI RIBEIRO – NOELI MARISETE RIBEIRO – 23111 – PPS
    • NORDO ADRIANO – ARNOLDO ADRIANO – 15123 – PMDB
    • PEDRO FELISKY – PEDRO FELISKY – 25123
    • QUINHA – MARIA ADELINA SOARES – 15000 – PMDB
    • REJANE – REJANE CATARINA ANTONIOLLI POMATTI – 13123 – PT (Renúncia)
    • REJANE SOARES – REJANE CREPES SOARES – 15700 – PMDB
    • RIBA DO BAU – REVELINO DA SILVA – 15150 – PMDB
    • ROGERIO – ROGERIO FLÔR DE SOUZA – 13456 – PT
    • ROZELI LESSA – ROZELI GONÇALVES LESSA – PDT
    • SID – SIDNEI REINERT – 12650 – PSD
    • SIDNEI – SIDNEI AGOSTINHO – 23232 – PPS
    • TONHO CURBANI – ANTONIO CURBANI NETO – 15800 – PMDB
    • TONHO PASQUALINI – ANTONIO PASQUALINI – 11111 – PP
    • VANDERLEI COSTA – VANDERLEI JOSE COSTA – 12777 – PDT
    • WILMA OLIVEIRA DE SOUZA – WILMA OLIVEIRA DE SOUZA – 25111 – DEM

 

Partido concorrentes

  • Prefeito: 2 partidos
    • 11-PP
    • 15-PMDB
  •  Vice-prefeito: 2 partidos
    • 25-DEM
    • 55-PSD
  •  Vereador: 9 partidos
    • 11-PP: 8
    • 12-PDT: 3
    • 13-PT: 2
    • 15-PMDB: 12
    • 23-PPS: 7
    • 25-DEM: 8
    • 44-PRP: 2
    • 45-PSDB: 4
    • 55-PSD: 7

 

Coligação: 4 coligações

  • Prefeito: 2 coligações
    • COMPROMISSO COM O FUTURO: PMDB/PPS/DEM/PSDB
    • AVANTE ILHOTA: PP/PDT/PT/PRP/PSD
  • Vereador: 4 coligações
    • PP: PP
    • POR AMOR A ILHOTA: PDT/PT/PRP/PSD
    • COMPROMISSO COM ILHOTA: PMDB/PSDB
    • #SOMOS+ILHOTA: PPS/DEM

 

Locais de votação: 11 locais

  • Escola Marcos Konder – Centro
    • Eleitores: 4.366
    • Seções: 64(370), 65(366), 66(367), 67(361), 68(358), 73(361), 109(367), 115(366), 138(362), 147(362), 171(367), 176(359)
  • Escola Domingos José Machado – Ilhotinha
    • Eleitores: 1.418
    • Seções: 69(354), 141(355), 172(353), 185(356)
  • Escola José Elias de Oliveira – Minas
    • Eleitores: 885
    • Seções: 70(353), 116(355), 189(177)
  • Igreja São José – Laranjeiras/São João
    • Eleitores: 222
    • Seções: 71(222)
  • Igreja Santo Antônio – Boa Vista
    • Eleitores: 391
    • Seções: 72(391)
  • Escola Valério Gomes – Pedra de Amolar
    • Eleitores: 1.119
    • Seções: 74(225), 75(225), 76(222), 125(226), 153(221)
  • CEI Tia Flor – Baú Baixo
    • Eleitores: 452
    • Seções: 77(323), 186(129)
  • Escola Alberto Schmitt – Baú Central
    • Eleitores: 409
    • Seções: 78(354), 190(55)
  • CEI Maria Schmitz – Braço do Baú
    • Eleitores: 816
    • Seções: 79(291), 80(236), 112(289)
  • Escola Pedro Teixeira de Melo – Alto Baú
    • Eleitores: 503
    • Seções: 81(255), 167(248)
  • CEI Chapeuzinho Vermelho – Pocinho
    • Eleitores: 377
    • Seções: 130(377)
  • Resumo geral dos eleitores:
    • Margem direita: 7.282 eleitores
    • Margem esquerda: 3.676 eleitores

 

Estatísticas do eleitorado

Estatísticas do eleitorado em Ilhota - Por sexo e faixa etária - Eleições 2016

Estatísticas do eleitorado em Ilhota - Por sexo e grau de instrução - Eleições 2016