Como Inicio uma conversa sobre Deus?

Conversa com Deus

Ótima pergunta. Você está pronto para ir para a prática?

Vamos começar assim. Como você inicia qualquer conversa? Tire um tempo para pensar nisso. O que te ajuda a ser bom na comunicação com as pessoas ao seu redor?

Uma vez que você responder essa pergunta, só tem mais uma coisa que precisa fazer. Você precisa acrescentar, na sua história, conversas sobre sua própria experiência pessoal no relacionamento com Jesus. Como é a sua vida diária com Jesus e como é sua experiência com Deus? Não existe nada mais poderoso do que conhecimento adquirido por si só!

Uma forma de te ajudar a fazer isso bem, é se desafiar. É divertido fazer isso com um amigo ou até com um grupo de amigos, e você precisará de alguma prática, certo?

Primeiro, ache um objeto e escolha uma palavra aleatória. Então, tire um minuto para transformar aquele diálogo numa conversa sobre Deus!

Pode parecer estranho no início, mas pode ser bastante divertido e te deixar mais esperto para tudo, e realmente tudo pode se tornar numa conversa sobre Deus. Afinal de contas, Ele criou todas as coisas, certo?!

Você poderia até tentar ir além e descrever alguma coisa da personalidade de Deus e como você experimentou isso na sua própria vida.

Então, sem mais enrolação, é hora de colocar essa prática em ação. Saiba que Deus vai contigo e te dará as palavras certas para falar (Êxodo 4:1-12), e se divirta iniciando conversas sobre Deus com as pessoas ao seu redor. Não se esqueça de sorrir!

Para mais informações, acesse o site da yesHEis. Sobre o devocional, acesse este link!

Anúncios

A resposta de Moisés

A sarça falando com Moisés

E Moisés disse: Não convém que façamos assim, porque sacrificaríamos ao SENHOR, nosso Deus, a abominação dos egípcios; eis que, se sacrificássemos a abominação dos egípcios perante os seus olhos, não nos apedrejariam eles?Êxodo 8.26

A praga das moscas fez Faraó repensar sua ousadia de não permitir a saída dos hebreus a caminho do deserto para sacrificar ao Senhor. Aquele governante pressentia que, caso isso ocorresse, eles não voltariam. Entenda: é muito importante saber se Deus está em algum negócio, pois, se for plano dEle, não haverá como impedir. Quando os filhos de Israel clamaram e seu clamor chegou diante do Altíssimo, Ele decidiu tirar Seu povo do Egito.

O rei permitiu a saída dos hebreus para sacrificar a Deus, desde que o fizessem naquela terra. Moisés não aceitou tal oferta, e, com isso, mais pragas foram enviadas, a fim de que a obra completa de libertação fosse concretizada. Pouco a pouco, o Senhor fazia Israel ganhar terreno na disputa com o potentado egípcio. Assim, o dia chegaria, quando eles sairiam e jamais voltariam ao cativeiro da maldade, o qual simbolizava nossa saída do reino das trevas.

Moisés fala de sacrifícios abomináveis aos egípcios. As religiões não foram criadas por acaso, e sim por obra do príncipe das trevas, para oferecer uma pluralidade de portas que não levam o homem a lugar algum. Somente a Boa Notícia do sacrifício de Jesus em nosso favor dá condições a qualquer pessoa de se libertar totalmente do império da maldade.

Jamais negocie o que sentiu de Deus; se agir dessa maneira, perderá a grande oportunidade da sua vida. A revelação do Altíssimo é sempre o melhor para você em todas as situações. Por isso, mesmo se chegar o momento em que o “vendedor” ou o “comprador” – nesse caso, simbolizado pelo diabo – queira tê-lo nas mãos, não dê atenção à falácia dele. Sem dúvida, o diabo deseja ter você nos laços dele. Misericórdia!

Faraó pressentia que os filhos de Jacó iriam embora quando fossem oferecer tal sacrifício ao Senhor. Dessa forma, ele só o permitiria, caso prometessem não ir muito longe, o que não foi aceito. Quando algo é determinado pelo Altíssimo, mesmo havendo lutas, ele se concretizará. Nenhum dos planos de Deus deixará de se cumprir, pois Ele mesmo, o Todo-Poderoso, está na condução da Sua obra.

Isso deve servir de lição para nós hoje. O maligno sempre tenta nos convencer a servir a Deus de um modo aceitável à sociedade, “sem fanatismo”, como as pessoas dizem. O diabo sabe que o Pai celeste não negocia nenhum dos Seus mandamentos. Dessa maneira, se aceitarmos um pedido de alguém com relação a isso, estaremos fora da direção do Onipotente. O Senhor diz, em Sua Palavra, que temos de recorrer à Lei e ao testemunho; sem essas duas verdades, não há luz (Is 8.20). Fique sempre do lado dEle.

Lembre-se do profeta jovem que saiu de Betel para profetizar contra o altar edificado por Jeroboão e, depois, foi morto por um leão (1 Rs 13). Tal profeta aceitou ir à casa de um profeta velho, em vez de obedecer a Deus seguindo sua viagem, por isso foi morto pelo rei dos animais.

Oração

Senhor, nosso Comandante! Precisamos ser fiéis às Tuas ordens, pois sabes o que é necessário para atingirmos a posição na qual Tu podes nos atender e usar. Por isso, não podemos negociar Tuas determinações, ainda que outra oferta pareça boa.

A praga das moscas fez Faraó recuar por um tempo, pois, ao saber que, em Gósen, ninguém vira uma mosca, entendeu que Tu não estavas brincando. Porém, por não querer perder um só escravo, o rei propôs algo inaceitável.

Vigiando sempre, perceberemos que não podemos negociar com o inimigo. Se não soubermos como proceder nesses momentos, devemos esperar que Tu nos digas o que falar e fazer; então, sob Tua Palavra, marcharemos e faremos Tua obra.

Em Cristo, com amor,
R. R. Soares