Crise na campanha do Coiso. Vice da coisa ruim quer o fim do 13º salário e o 1/3 das férias. Bolsonazis ficam quietos

13º Salário

É bom lembrar a comunidade que é esse o candidato a presidente do Dida Oliveira e que o prefeito não deu nenhum reajustes salarial para os servidores, mexeu na previdência que logo, logo vai dar tilt e que o Peninha 1510 apoia e foi dos que votou no teto dos investimentos sociais por 20 anos, #ReformaTrabalhista e depois da eleição, Michel Temer anunciou que irá mandar pro congresso a pauta da #ReformaDaPrevidência pra ser votado esse ano ainda.

Então pessoal, infelizmente tenho que destacar uma notícia da chapa que eu critico muito e repudio, e não posso deixar passar barato. Ontem, o general, que é o vice do Coiso, deu uma declaração chocante que disse que é contra aos poucos direitos trabalhistas que restaram após a #ReformaTrabalhista. O 13º salário e o 1/3 das férias. Tenho que destacar isso, até por que, há pessoas que irão dizer que isso é uma mentira, uma fantasia de um qualquer, mas não é um Zé Mané qualquer, é o Mourão, vice do Coiso. Por isso, os bolsominions permaneceram quietos, afinal, a maioria deles são assalariados e pobres de direita.

A declaração é real e isso irá mexer no bolso das pessoas e, consequentemente, atrapalhar a frágil economia, herança do usurpador Temer, deixando ainda mais problemática à situação do trabalhador. Do que já estava ruim, pode piorar ainda mais, e se você já perdeu direito no governo Temer, irá perder o que restou.

O trabalhador conta com isso, todo mundo na verdade. Esse “dinheirinho” a mais, nós, trabalhadores, podemos fazer uma viagem ou pagar as algumas dívidas, reformar a casa, sei lá, fazer alguma útil que irá fomentar a economia. Mas o Mourão é contra e mostrou revê-lo todos dos direitos trabalhistas.

Aumentou ainda mais a crise da sua campanha do Coiso, que está em pleno declínio. Ele proibiu o general em participar de agenda pública e abrir a boca até o dia 7 de outubro. Um tá no hospital e o outro não pode abrir a boca que suja o que já está imundo. Complicado essa chapa! Mas pra nossa felicidade, isso é muito bom.

Tem ainda o tal do Paulo Guedes que teve que sair de cena quando ele disse que iria aumentará o poço imposto do pobre e voltar com a CPMF. Bom! Paulo Guedes será o ministro da Fazenda do Coiso. Acho que o tanto o general como Paulo Guedes estão revelando o verdadeiro projeto do Coiso, aquele que já comentamos por aí, não há nenhuma pauta ou agenda política, não tem nada, a não ser, sugar os últimos suspiros do povo trabalhador.

Ninguém vai votar no cara que vai acabar com o décimo terceiro salário. A CLT é uma das questões essenciais da história dos trabalhadores brasileiros. Você vota nesse cara?

Ainda ontem #28set2018, Lula recebeu um título de doutor #HonorisCausa e foi uma mais homenagem internacional muito importante, a segunda desde que foi preso injustamente na sede da Polícia Federal – PF em Curitiba, Paraná.

Por fim, as pesquisas mostram que Fernando Haddad com mais distância e o mercado já está adaptando ao nome dele como provável presidente da República.

#LulaLivre #HaddadÉLula #HaddadPresidente #OBrasilFelizDeNovo

Anúncios

5 cuidados essenciais ao alugar um imóvel para a temporada

Férias em Balneário Camboriú

Enfim, as férias estão batendo na porta! Por conta disso, há uma verdadeira corrida por bons locais para passá-las e começar o ano relaxado.

Por mais que hotéis e pousadas costumem ficar lotados, muitas pessoas preferem alugar um imóvel. Não é para menos: é como ter uma casa longe de casa! Você pode ficar bem mais à vontade, cozinhar, e, ainda, compartilhar esse momento com amigos e familiares, sem pagar nenhum adicional.

No sul do país, por exemplo, os apartamentos para alugar em Balneário Camboriú são uma opção muito visada por quem gosta de estar próximo ao movimento, sair à noite e curtir a cidade.

Agora, quem busca mais tranquilidade e contato com a natureza geralmente opta pelos apartamentos para alugar em Itapema. Mesmo muito próxima a Balneário Camboriú, a localidade é mais calma. As praias também são excelentes e há ampla oferta de comércios e serviços.

Entretanto, o sonho pode facilmente se tornar pesadelo: ano a ano, saem notícias de pessoas que pensam terem feito um ótimo negócio mas, na hora H, descobrem que não era bem assim. Às vezes, o local é totalmente diferente, ou, simplesmente, não existe.

Mas, não se preocupe: isso é facilmente evitável! Basta tomar esses cuidados antes de oficializar o aluguel e partir para o abraço – ou, melhor, para as férias:

1. Comece a busca com antecedência

No Brasil, as férias são sinônimo de praia. Não é raro que as cidades do interior se esvaziem, enquanto as litorâneas se enchem de turistas. Justamente por isso, é muito importante começar a busca por sua casa longe de casa com antecedência.

As casas para alugar em Balneário Camboriú, por exemplo, são muito concorridas. Não é raro que, meses antes da temporada, os proprietários já as tenham alugado por todos os dias, até depois do Carnaval, que é mais cedo em 2018 – a terça-feira será dia 13/02.

Portanto, comece a procurar alguns meses antes, para ter mais tempo e maior disponibilidade para comparar preços. É possível encontrar um lugar exatamente como você quer, pelo preço que você pode pagar, sem correria! Dica: com o Carnaval na primeira metade de fevereiro, vale a pena começar a busca para essa época desde já.

2. Pesquise sobre a região antes de fechar o negócio

Balneário Camboriú e Itapema são cidades muito próximas. Entretanto, como já explicamos, elas são muito diferentes: enquanto a primeira é conhecida pelo movimento e pelo agito, a segunda é famosa por ser mais tranquila, frequentada por muitas famílias que só querem férias relaxantes.

É aí que vem a importância de pesquisar muito sobre todas as regiões nas quais você considera alugar um imóvel para a temporada: há localidades vizinhas que podem ser totalmente diferentes, bem como preços por metro quadrados diferentes. Se você fecha um aluguel à revelia, corre o risco de passar as férias em uma região com um perfil bem diferente do que você pretendia.

Férias em Balneário Camboriú

3. Busque referências do imóvel

Todos os anos, várias pessoas caem em um mesmo golpe: encontram um imóvel para a temporada dos sonhos na internet, por um preço inacreditável, e alugam sem pensar duas vezes.

Só que o sonho rapidamente vira pesadelo: quando elas chegam ao local, descobrem que ele é totalmente diferente das fotos, ou, até mesmo, que o endereço não existe. É claro que, nesse momento, já não conseguem contato com o suposto proprietário, que já sumiu com o dinheiro há muito tempo.

Felizmente, não cair nesse golpe é muito mais simples do que você imagina. Uma busca rápida pelo endereço anunciado no Google Maps já revela se ele realmente existe. Com o Google Street View, você confere se as fotos do edifício condizem com as do anúncio. Também vale a pena procurar pelo imóvel em outros sites, ou, até mesmo, consultar imobiliárias.

Além disso, suspeite de preços muito baixos: ninguém aluga um imóvel para sair no prejuízo. Um valor muito abaixo da média de mercado é um mal sinal.

4. Não abra mão do contrato de aluguel

Os aluguéis temporários são regulados pela mesma lei que regula os aluguéis de longo prazo: a Lei do Inquilinato (Lei 8.241/1991). Ou seja: inquilino e proprietário têm direitos e deveres estabelecidos na legislação no processo de aluguel.

A lei regula alguns itens do contrato, o que proporciona mais segurança jurídica para ambas as partes. Tal qual em um aluguel por período indeterminado, no aluguel de temporada o empresário pode exigir, por exemplo, pagamento de caução. Geralmente, é normal que ele exija metade do valor para reservar o imóvel e o restante na entrega das chaves.

O desejável é que haja um contrato escrito, com todas as condições explícitas. Entretanto, quando se trata de aluguel de temporada, o aluguel verbal ainda é muito comum – tanto que há um artigo sobre ele na Lei do Inquilinato.

Assim, saiba que, caso você estabeleça um contrato verbal e o proprietário descumpra com alguma parte do acordo, você ainda tem direitos – ele está incluído na Lei do Inquilinato. Basta que você tenha provas do que foi celebrado entre vocês, isso é suficiente para entrar na Justiça caso seja necessário. Não precisa ser nada formal: e-mails e até mensagens de WhatsApp contam.

Ainda assim, o contrato escrito vale mais a pena. Ele evita muita dor de cabeça para ambos os lados!

5. Verifique as condições do imóvel na entrada e na saída

Quando você aluga um imóvel por tempo indeterminado, sempre faz duas vistorias: na entrada e na saída.  No caso do aluguel de temporada, é preciso tomar o mesmo cuidado.

Ao pegar as chaves, faça uma inspeção de todo o imóvel. Geralmente o contrato tem um pequeno inventário de tudo o que havia antes da entrada: confira se ele bate com o que realmente há na casa.

Não tenha medo de questionar o proprietário a respeito de nenhuma discrepância. É um direito seu: caso você assine o contrato do jeito que está, ele tem o direito de contestar a discrepância na saída, e descontar isso da caução que você pagou.

Do mesmo modo, na saída, faça a vistoria junto com o proprietário. Qualquer outro problema encontrado também incorre no desconto ou na retenção da caução.

Chaves na Mão

Que venha 2014, estamos preparados!

iPhoto Editora em férias

Estamos com um sorriso estampado no rosto. Por quê? O ano que se passou foi recheado de realizações e sucesso. A força para fortalecer o mercado fotográfico brasileiro continua total, e por isso nos sentimos realizados.

Que venha 2014, estamos preparados! Assim como 2013, cada um desses 12 meses vai entrar pra história como aquele em que fizemos novas parcerias, novos amigos, fortalecemos os laços de amizade a quem nos apoiou e satisfizemos não só nossos corações como os de nossos clientes.

Depois de um ano de muitos esforços, precisamos de descanso. A iPhoto entra em pausa para no ano que vem voltar com força total. Do dia -> 20/12/13 ao dia 06/01/2014 <-, entramos em recesso, e descansados, faremos de 2014 o melhor ano de todos! Obrigado amigos e boas festas

Minha colega da iPhoto Editora Maiara entrou em férias… e agora Alta?

dcvitti no cafezinho da tarde entre amigos na iPhoto Editora

A  minha colega de trabalho Maiara ao qual compartilho todas as emoções do dia-a-dia da iPhoto Editora entrou em férias hoje. Em comemoração ao último dia, compartilhou com toda galera um regado café acompanhado com um delicioso bolo. Foi bem massa a festinha, mas ainda persiste minha indagação, e agora Alta, como ficamos?

Ela, que é nossa consultora de vendas da editora, informa à todos os nossos clientes que estará de férias entre os dias 20/07 à 05/08, quinze diazinhos em que ficará de bobeira. Férias merecidas, tão planejada pra descansar um pouco e passear (segundo ela). Todos que precisarem de algum tipo de ajuda ou informação, poderão entrar em contato com o e-mail atendimento@iphotoeditora.com.br (o meu) e pelo telemarketing 0800 601-5622  e 3056-5022 ou ainda pelo Skype  atendimento.iphotoeditora. Lembrando que ela volta no dia 06 de agosto com energia renovada e provavelmente com alguns lançamentos em que a iPhoto tem em vista.

E agora que ela partiu com seu noivo Júnior rumo as terras geladas dos Pampas, quem fará o nosso sagrado café na iPhoto? Preciso urgentemente solucionar esse problema!!! Ficaremos com saudades e seja feliz nesses dias… boa viagem colega!