Vice-prefeito Joel é o novo secretário de saúde de Ilhota

Portaria 142018 - Nomeação de Joel Soares para Secretário de Saúde

Agora vai! Agora é pra valer.

Depois do trágico uso do mensageiro de texto/áudio/vídeo WhatsApp, em que uma conversa do prefeito a um servidor da Prefeitura, seu cargo de confiança em pleno horário de trabalho, ter sido enviado por engano no grupo dos capas do emedebê e ter viralizado na rede, prefeito cumpriu com o prometido e exonerou a secretária de saúde. no dia 5 desse mês. Você poderá entender melhor acessando este link!

Mas a pasta não ficou vaga por muito tempo. Dois dias depois, o vice-prefeito Joel José Soares irá responder pela Secretaria Municipal da Saúde. A portaria (que deveria ser um decreto) Nº 14/2018, datado em 7 de fevereiro, publicado Diário Oficial dos Municípios ontem (8/2/2018), confirma o que a rádio pião e as imensas notificações do ZapZap vinha alertando. Será o Joel! E pior que foi mesmo.

Houve muita especulação de quem seria o nome. Comentei num outro post, que a boca miúda, daria a entender que o pretendente seria ex-secretário da pasta e ex-vereador Lavino, ou mais um apadrinhado político de Luiz Alves. Também especulou-se alguém de Balneário Camboriú. Na Pedra de Amolar correu o boato que poderia ser até o Keka, candidato a prefeito derrotada na última eleição. Só que não! O Dida botou o Joel mesmo pra felicidade dos republicanos ilhotenses.

O que tenho a dizer disso tudo? Nada! Cada um está em uso de seus juízos e sabe o que é melhor pra sim, mas para os outros e pra coletividade, ai já não sei. Mas eu acho que o Joel pegou um baita pepino pra descascar e um abacaxi gigante. Se a saúde estava tão mal assim, isso poder manchar a imagem do bom menino que o vice tem. Até agora ele não teve nada que desabonasse sua imagem de político. Estava longe do furdunço, não se envolveu em treta, não tinha nada. Agora na saúde, o buraco é mais embaixo e vai ter muita unha pra roer. Todo mundo sabe como anda a saúde no estado. Não precisamos desenhar nada. Vai ter muito serviço pela frente. Só quero ver. Mas sou humilde e reconheço valores. Desejo boa sorte.

Fiz um post no Facebook comentando sobre a exoneração da antiga secretária de saúde. Olha só o que esse cidadão comentou:

Comentário de Maurício Juttel

Mas o que entendi, ouvindo alguns por ai, é que a indicação do Joel para pasta é transitório até o rei encontrar outro definitivo para o lugar de secretário. Não sei, vamos aguardar pra ver.

Depois do racha do emedebê, abriu mais uma secretaria pra negociar com os descontentes das outras agremiações. Uma força já negou, outros estão construindo o super PP.

Acho que o Dida vai ficar sozinho, #SóAcho!

Com alegria,
#DialisonCleberVitti

Anúncios

Prefeito Dida exonera secretária de saúde, sua maior apoiadora nas eleições

Portaria 11/2018 da Prefeitura de Ilhota sobre a exoneração de Jocelene da Silveira

Esse é o Dida sendo o Dida. Eu já sabia que isso iria acontecer, cedo ou tarde, mas nunca imaginei que iria demorar tanto. Por isso não o apoiei em sua campanha eleitoral, não votei nele e saí bem antes, quando soube que ele seria o candidato. Tentei avisar, ninguém ouviu e fui zombado.

Dida cumpriu com o prometido. Não o de campanha, mas a sua em particular. Enquanto desfrutava de suas férias, deu a ordem via ZapZap e logo, ao retornar, exonerou seu maior expoente durante a sua campanha eleitoral que resultou na vitória, Jocelene da Silveira, esposa do popular Dr. Lucas. A Portaria 11/2018, foi assinado em 5 de fevereiro e publicado hoje no Diário Oficial dos Municípios. Junto com a secretária, outros duas servidoras em regime de comissão também foram exoneradas.  Cheila Carla Darossi, do cargo de Diretor de Departamento e Jaqueline Aparecida Ferreti, do cargo de Chefe de Divisão.

Os áudios que o prefeito Dida enviou por engano a outros destinatários no final da semana passada, deu o que falar e falou bonito. Reza uma lenda da The Zueira Never Ends quem não sabe escrever, envia áudio. Também, quando os tiozinhos, as pessoas leigas usam a internet sem saber como funciona, dá nisso.

Depois de ter aprontado todo furdunço no ZapZap, ele publicou uma nota justificando o ocorrido, que foi postado aqui neste blog (leia a carta acessando este link). Em resumo ele dize, segundo a nota, que para quem em insiste em atacar o seu governo, os resultados estão aí para quem quiser ver. Como um clássico carrasco medial e utilizando-se de um terrível golpe de um machado super afiando, cortou a cabeça dos seus “pseudos” traidores. O prefeito começou a mudar e foi logo pela saúde, que estava de mal a pior. Cortou a cabeça da atual secretária Jocelene e membros de sua equipe.

Não vou e nem quero comemorar a desgraça alheia, pois isso vai contra minha conduta que deveria ser um princípio compartilhado por todos, mas postarei minha opinião. Nada a favor da coisa, nem muito menos contra. Cada um sabe o que faz e estão todos em pleno uso de seus juízos.

Nas entrelinhas dos bastidores da política é assim que a coisa funciona, cheio de altos e baixos, perseguições, trairagens, cinismos e todos os adjetivos propício para aqueles que deslumbram o poder. Na política, quem está com a razão é sempre o mais forte. Nem sempre é assim, nesta ordem, pois o mais fraco, do outro lado, é quem geralmente paga o pato, por não ter força para encarar o enfrentamento, perde e cai no esquecimento.

Agora, a pasta da saúde está vaga. A boca miúda, a rádio peão que circula na cidade dão por conta que o prefeito pretende contratar o ex-secretário Lavino ou mais um apadrinhado político de Luiz Alves. Há quem diga que poderá ser mais um do ex-prefeito Periquito de Balneário Camboriú, que perdeu a disputa lá e migraram pra Zióta. O banco de aposta está aberta.

Por fim, quero crer que essa portaria seja mais uma das coincidências da vida. A portaria que exonerou uma das emedebista mais fervorosas do 15, é a de número 11.

Carta de renúncia de Ademar Felisky da função de delegado do Diretório do MDB de Ilhota

Carta de renúncia de Ademar Felisky da função de delegado do Diretório do MDB de Ilhota

É minha gente, o ZapZap tá dano o que falar. Ele foi feito para escrever, mas como nem todo mundo sabe escrever, envia áudio e dá no que deu.

Essa é a carta de renúncia do ex-prefeito Ademar Felisky da função de delegado do Diretório do emedebê de Ilhota. Para colaborar com as notícias dos tabloides da região, o povo da oposição estão mexendo os seus os pauzinhos e conseguem se infiltrarem nos grupos adversários.

Na coluna Pimenta, do Jornal Metas, o editor descreve a situação do caso do ex-prefeito Ademar Felisky comentando a respeito de sua carta de renuncia da função ao qual foi  já pegou eleito.

Ademar entregou um requerimento onde comunica a sua renúncia da função de delegado do Diretório do MDB de Ilhota. A decisão foi tomada depois dele ouvir o áudio do prefeito Dida que todo mundo ouviu (logo irei criar um podcast e publicar esses áudios). Segundo a coluna Pimenta, Ademar nunca escondeu sua simpatia pelo Dr. Lucas como candidato a prefeito nas últimas eleições, porém, foi voto vencido, e acabou trabalhando pela eleição de Dida. Também deve estar se sentindo parte da “Turma do Lucas”, como mencionou Dida no áudio.

Sabe o que tenho a dizer disso tudo? Nada! Apenas observo. Eles que são ilhotenses que se entendam. Se alguém quiser me contratar para assessoramento de comunicação social e marketing, me chama no inbox. Um salve a todos e fiquem com  as bênçãos de Deus!

Posse do novo prefeito e vice de Ilhota para o mandato de 2017-2020

Dida Oliveira e Joel Soares

O novo prefeito, vice e os vereadores de Ilhota eleitos em 2 de outubro de 2016 tomaram posse de seus cargos públicos na manhã de domingo, 1º de janeiro. A solenidade aconteceu no auditório da Câmara de Vereadores de Ilhota, que ficou lotado pela comunidade que foi conferir de perto o importante momento.

Em seu discurso, o novo prefeito de Ilhota, Erico de Oliveira, mais conhecido como Dida, afirmou que vai governar a cidade ouvindo os moradores. Ele disse ainda que as portas da prefeitura estarão sempre abertas para que todos possam fazer suas reivindicações e que tem certeza que, ao final do mandato, sairá de cabeça erguida. “Esse é um dia muito importante. A partir de hoje vou governar a minha cidade, e isso não tem preço. As portas da prefeitura estarão sempre abertas à população e minha administração vai ser totalmente voltada ao cumprimento das leis. Digo, do fundo do meu coração, que Ilhota não vai se arrepender de ter o prefeito Dida e o vice Joel”, afirmou.

Ainda durante seu pronunciamento, Dida enfatizou a importância da união entre prefeito e vice com a Câmara de Vereadores. “Após o resultado das eleições, sempre fui claro com todos os vereadores eleitos: vamos ter uma administração transparente. Qualquer pessoa vai poder ver quanto se gasta e quanto se arrecada no município. Os novos secretários da prefeitura estão autorizados a passarem qualquer tipo de informação que os vereadores acharem necessário. Afinal, a câmara é uma peça importante na administração pública. O prefeito, sozinho, não faz nada”.

O novo vice prefeito de Ilhota, Joel Soares, também aproveitou o momento para afirmar que, a partir da posse, siglas partidárias devem ser deixadas de lado para que o foco seja totalmente o desenvolvimento da cidade. “Vamos deixar as siglas partidárias para 2020, quando esse mandato começar a chegar ao fim. Temos que discutir as medidas para o crescimento de Ilhota sem rixas políticas”.

Joel aproveitou ainda para afirmar que vai trabalhar lado a lado com o prefeito durante os próximos quatro anos e reiterou ainda um dos pontos levantados por ele e por Dida durante a campanha eleitoral: a economia. “Não quero fazer parte de um passado onde o vice prefeito se acomodava e ficava distante da administração pública. Em nossa campanha, a palavra chave foi economizar. Precisamos guardar dinheiro e reduzir nossas despesas. Isso é que vai fazer com que Ilhota cresça cada vez mais e é em cima disso que vamos trabalhar”.

Na prefeitura

Após a leitura e assinatura do Termo de Posse no plenário da Câmara de Vereadores de Ilhota, o novo prefeito da cidade seguiu para a Prefeitura para tomar posse, oficialmente, dos trabalhos de 1º de janeiro de 2017 até 31 de dezembro de 2020.

O servidor municipal Jacir Tres realizou a entrega das chaves da prefeitura ao novo responsável pela cidade. Após a abertura da porta principal, Dida seguiu para seu gabinete, onde houve a benção, a transmissão de cargo e a convocação dos servidores para que às 7h de segunda-feira, 2 de janeiro, se apresentem em suas secretarias para o início dos trabalhos. O ex prefeito de Ilhota, Daniel Bosi, não participou da solenidade e, segundo Dida, não apresentou um relatório completo com os bens entregues para a nova administração.

Secretários

Após as eleições de outubro de 2016, diversas especulações rondaram a nomeação dos novos secretários de Ilhota. Porém, a divulgação oficial dos nomes que vão administrar Ilhota ao lado de Dida aconteceu por volta do meio dia de 1º de janeiro, na sala do novo prefeito da cidade.

Confira as nomeações confirmadas:

  • Secretaria de Administração e Finanças + Chefia de Gabinete: Aline Michele Deschamps
  • Secretaria de Educação: Andréa Cordeiro Quintino
  • Secretaria de Saúde: Jocilene da Silveira
  • Secretaria de Obras: Viland Bork
  • Defesa Civil: Antônio Schmitz
  • Secretaria de Assistência Social: Rosi Voltolini

Em seu discurso, Dida aproveitou para explicar como vai funcionar o andamento das secretarias que não possuem nomeação de secretários. “A princípio, são essas as nomeações. As demais secretarias serão coordenadas pelo meu vice, Joel, até que possamos ter uma noção certa de como está a situação da prefeitura”.

Jornal Cruzeiro do Vale

Ministério da Saúde avalia positivamente serviços prestados pela prefeitura

Unidades Báscias de Saúde Padre Carlos Guesser do CentroBanner da Prefeitura de Ilhota - Assessoria de ImprensaNa semana passada, representantes do Ministério da Saúde vieram a Ilhota avaliar os serviços prestados pelo Estratégia de Saúde da Família – ESF (antigo Programa Saúde da Família –PSF). Os 11 auditores da instituição analisaram a equipe 01 Unidade de Saúde do Baú, equipe 02 da Unidade de Saúde Central e a equipe 03 da Unidade de Saúde Pedra de Amolar.

A avaliação consistia em quatro conceitos: muito satisfatório, satisfatório, regular e insatisfatório. Ilhota recebeu as melhores notas da região, sendo dois satisfatórios e um muito satisfatório. “Tenho certeza que surpreendemos os auditores. Mesmo sendo uma cidade pequena, mostramos a eles que somos organizados e prezamos pela saúde da nossa população”, explica a secretária de saúde, Jocelene da Silveira.

A vistoria faz parte do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica, que procura induzir a instituição de processos que ampliem a capacidade das gestões federal, estadual e municipal, além das equipes de Atenção Básica, em ofertar serviços que assegurem maior acesso e qualidade.

Ilhota atinge meta de vacinação contra gripe

Ilhota atinge meta de vacinação contra gripe

Banner da Prefeitura de Ilhota - Assessoria de ImprensaAo todo, 1890 moradores de Ilhota receberam a vacina contra a gripe H1N1, mais conhecida como gripe A. O número representa 100% da meta estipulada pelo estado. Ilhota não tem casos da doença. Três crianças receberam o acompanhamento, pois apresentavam sintomas, mas o resultado dos exames deram negativos. Segundo a secretária de saúde, Jocelene da Silveira, toda pessoa que apresentar quadro grave de gripe deve ir às unidades de saude. “Após consulta médica, se necessário, irão receber o Tamiflu”, explica.

Atualmente, segundo a enfermeira Ana Terezo, as equipes de saúde trabalham a prevenção através da etiqueta da tosse. “É simples. São dicas como: lavar as mãos após limpar o nariz ou boca; e cobrir o nariz e a boca com lenço descartável ao espirrar ou tossir e depois desprezá-lo no lixo”, ressalta.

Mais sobre a gripe

A gripe, ou influenza, é uma infecção causada por vírus que afeta o sistema respiratório, mais precisamente o nariz, garganta e brônquios. O contágio ocorre de forma direta através das secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar ou de forma indireta, por meio das mãos que, após contato com superfícies recém-contaminadas por secreções respiratórias pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos e nariz.

A doença pode se apresentar desde uma forma leve e de curta duração, até formas clinicamente graves e complicadas. A gripe é responsável por elevada taxa de adoecimento e morte em grupos de maior vulnerabilidade.

Atendimento humanizado na saúde

 Atendimento humanizado na saúde

Jornal IlhotaSeu Augusto dos Santos Luiz, de 52 anos, acordou cedo nesta quarta-feira (22). O motivo? Pegar uma senha na Unidade Central de Saúde. O morador da Ilhotinha foi cedo para evitar filas e ser atendido por primeiro. Ao chegar no posto, teve uma surpresa. Agora, a partir das 3h30, a unidade já está aberta e distribuindo senhas a população. O atendimento médico começa logo depois, às 6h30, prosseguindo até às 19h.

Para o servidor público, o sistema beneficia muito a comunidade. “Deveriam ter feito muito antes. Assim não tem como furar fila ou se sobrepor aos outros. Nossa rede de saúde agora está ainda melhor. Olha, moro há décadas nesta cidade e nunca vi um serviço tão bem feito como atualmente”, conta. O paciente foi atendido às 8h por um clínico geral.

Segundo a idealizadora do projeto, secretária de saúde, Jocelene da Silveira, esta é uma forma de humanizar o atendimento. “Em média, cerca de 1200 pessoas utilizam semanalmente os serviços disponibilizados pela unidade central, fora os atendimentos das agentes do PSF e as visitas domiciliares da equipe médica. Com tamanho número de pacientes, antes acabava ocorrendo desorganização nas filas e ninguém sabia quem era o primeiro. Agora a realidade é outra. O atendimento é mais rápido, não há confusão e dentro do planejamento de atendimento médico, todos são atendidos”. Jocelene ressalta que é muito importante que o usuário chegue cedo a unidade ou encaminhe um representante para tirar a ficha. “Este serviço não será feito nos outros postos, pois não há esta necessidade”.

Outro morador que foi pego de surpresa ao chegar a unidade foi o aposentado Francisco Sebastiano Prim, de 74 anos. Ele chegou às 5h para ser um dos primeiros da fila. O morador do bairro Vila Nova ficou feliz ao ver as portas abertas. “Tem água, café e televisão. O tempo passa rapidinho. Sempre usei os serviços públicos de Ilhota. Moro aqui há 50 anos. E, olha, eu digo, a nossa cidade  não perde em atendimento para nenhum outro município”.

Minas ganhará unidade de saúde

Minas ganhará unidade de saúde

Jornal IlhotaDaqui a quatro meses, os moradores do bairro Minas terão à disposição uma unidade de saúde. A construção teve início a menos de um mês e está à todo vapor. Segundo o meste de obras Jânio Francisco, a pouca chuva tem ajudado na agilidade. “Estamos com oito funcionários trabalhando somente neste local. Estamos dentro do prazo e confiantes que o posto será entregue até o mês de maio”, ressalta.

Segundo a secretária de saúde, Jocelene da Silveira, ao todo serão investidos R$300 mil na construção. “Com esta unidade entregue, vamos avançar ainda mais na qualidade dos serviços prestados a comunidade e os moradores não precisarão se deslocar ao Centro para serem atendidos”, disse.

A empresa responsável pela obra é a Ilhominas. A unidade de saúde fica ao lado da Escola Municipal José Elias de Oliveira. Confira mais fotos da obra!

Fonte:

Ações de prevenção marcaram o Dia Mundial de Luta contra AIDS

Ações de prevenção marcaram o Dia Mundial de Luta contra AIDS

Quem entrou na sala de espera de uma das unidades de saúde de Ilhota nesta quinta-feira (01), teve uma surpresa. Todas tinham um laço vermelho à frente, lembrando o Dia Mundial de Luta contra a AIDS. Na oportunidade, a equipe do ESF também conscientizou as pessoas sobre a importância da prevenção.

De acordo com a secretária de saúde, Jocelene da Silveira, os principais temas trabalhados foram os exames, o preconceito e ações preventivas. “Também exaltamos o quão importante é a comunidade interagir com propostas e ações do departamento”. A iniciativa foi acompanhada de perto pelos agentes comunitários, como Paulo Abdu, da Ilhotinha, e pelo ginecologista, Eros Castro.

Formas de contágio

A Aids é transmitida de diversas formas. Como o vírus está presente no esperma, secreções vaginais, leite materno e no sangue, todas as formas de contato com estas substâncias podem gerar um contágio. As principais formas detectadas até hoje são: transfusão de sangue, relações sexuais sem preservativo, compartilhamento de seringas ou objetos cortantes que possuam resíduos de sangue. A Aids também pode ser transmitida da mãe para o filho durante a gestação ou amamentação.

Sintomas

Um portador do vírus pode ficar até 10 anos sem desenvolver a doença e apresentar seus principais sintomas. Isso acontece, pois o HIV fica “adormecido” e controlado pelo sistema imunológico do indivíduo. Quando o sistema imunológico começa ser atacado pelo vírus de forma mais intensa, começam a surgir os primeiros sintomas. Os principais são: febre alta, diarréia constante, crescimento dos gânglios linfáticos, perda de peso e erupções na pele. Quando a resistência começa a cair ainda mais, várias doenças oportunistas começam a aparecer: pneumonia, alguns tipos de câncer, problemas neurológicos, perda de memória, dificuldades de coordenação motora, sarcoma de Kaposi (tipo de câncer que causa lesões na pele, intestino e estômago). Caso não tratadas de forma rápida e correta, estas doenças podem levar o soropositivo a morte rapidamente.

Prevenção

A prevenção é feita evitando-se todas as formas de contágio citadas acima. Com relação a transmissão via contato sexual, a maneira mais indicada é a utilização correta de preservativos durante as relações sexuais. Atualmente, existem dois tipos de preservativos, também conhecidos como camisinhas: a masculina e a feminina. Outra maneira é a utilização de agulhas e seringas descartáveis em todos os procedimentos médicos. Instrumentos cortantes, que entram em contato com o sangue, devem ser esterilizados de forma correta antes do seu uso. Nas transfusões de sangue, deve haver um rigoroso sistema de testes para detectar a presença do HIV, para que este não passe de uma pessoa contaminada para uma saudável.

Secretaria de saúde faz campanha contra Aids

Secretaria de saúde faz campanha contra Aids

Nesta quinta-feira (01), comemora-se o dia mundial contra a Aids. Desde 1991, o laço vermelho é usado como símbolo na luta contra a epidemia. A cor vermelha remete à relação com o sangue, a infecção pelo HIV e ao amor. O símbolo também é uma forma de homenagear os mortos pela doença e se tornou a expressão de solidariedade às pessoas que vivem com aids. Sabendo disto, a secretaria de saúde de Ilhota colocará o laço em todas as unidades de saúde e prefeitura.

A iniciativa, segundo a secretária da pasta, Jocelene da Silveira, tem como objetivo não apenas lembrar a data, mas conscientizar. “Temos que despertar nas pessoas a consciência da necessidade da prevenção, aumentar a compreensão sobre a síndrome e reforçar a tolerância e a solidariedade às pessoas infectadas”, disse.

De acordo com a enfermeira Ana Terezo, diversas atividades serão feitas nas unidades de saúde. “Nosso objetivo é que cada vez menos pessoas se infectem com a doença. Vamos reforçar as ações de prevenção simples, como o uso da camisinha”, afirmou. Neste ano, trabalhar-se-á, principalmente, o preconceito, prevenção e respeito aos portadores.

Unidade básica de saúde de Pedra de Amolar

Formas de contágio

A Aids é transmitida de diversas formas. Como o vírus está presente no esperma, secreções vaginais, leite materno e no sangue, todas as formas de contato com estas substâncias podem gerar um contágio. As principais formas detectadas até hoje são: transfusão de sangue, relações sexuais sem preservativo, compartilhamento de seringas ou objetos cortantes que possuam resíduos de sangue. A Aids também pode ser transmitida da mãe para o filho durante a gestação ou amamentação.

Unidade básica de saúde do Braço do Baú

Sintomas

Um portador do vírus pode ficar até 10 anos sem desenvolver a doença e apresentar seus principais sintomas. Isso acontece, pois o HIV fica “adormecido” e controlado pelo sistema imunológico do indivíduo. Quando o sistema imunológico começa ser atacado pelo vírus de forma mais intensa, começam a surgir os primeiros sintomas. Os principais são: febre alta, diarréia constante, crescimento dos gânglios linfáticos, perda de peso e erupções na pele. Quando a resistência começa a cair ainda mais, várias doenças oportunistas começam a aparecer: pneumonia, alguns tipos de câncer, problemas neurológicos, perda de memória, dificuldades de coordenação motora, sarcoma de Kaposi (tipo de câncer que causa lesões na pele, intestino e estômago). Caso não tratadas de forma rápida e correta, estas doenças podem levar o soropositivo a morte rapidamente.

Unidade básica de saúde do Alto Baú

Prevenção

A prevenção é feita evitando-se todas as formas de contágio citadas acima. Com relação a transmissão via contato sexual, a maneira mais indicada é a utilização correta de preservativos durante as relações sexuais. Atualmente, existem dois tipos de preservativos, também conhecidos como camisinhas: a masculina e a feminina. Outra maneira é a utilização de agulhas e seringas descartáveis em todos os procedimentos médicos. Instrumentos cortantes, que entram em contato com o sangue, devem ser esterilizados de forma correta antes do seu uso. Nas transfusões de sangue, deve haver um rigoroso sistema de testes para detectar a presença do HIV, para que este não passe de uma pessoa contaminada para uma saudável.