Os solos de Sultans Of Swing inspiraram a carreira do músico Cristiano Valle

Tudo começou com os solos de Mark Knopfler, Dire Straits. A partir disso, a música faz parte na vida desse cara… Cristiano Valle, meu amigo e camarada das antigas, desde os tempos em que habitávamos a pacata Pedra de Amolar, bairro interior da nossa cidade, e está cada vez mais longe do que possa imaginar. Apesar de ser um pouco mais adiantado no tempo de vida que Cristiano, sempre fomos colegas e fazíamos parte do mesmo movimento e o respeito e admiração é mútua e  continua até hoje, mesmo estando em ideologia e concepção politicas divergentes, não impediu que nossa amizade se rompesse e superamos esse obstáculo.

Certa vez, mudamos pra mesma rua onde morava Cristiano e sempre conversávamos. Antes e durante sua inicialização na música, Monge como é conhecido e carrega até hoje esse apelido, era um atleta exemplar. Praticante do Kung fu, não sei a qual nível ou faixa chegou, mas sei que sua perseverança o levou ao mais alto degrau do pódio nas disputas de campeonato em que participou, de regionais aos nacionais, onde foi campeão em sua categoria. Foi credenciado a disputar o mundial na China, berço da arte marcial, mas pela falta de oportunidade e apoio financeiro, impossibilitou sua ida em disputar o torneio internacional. Uma pena! Sempre apoiei e incentivei em seus passos, mas somos limitados. Como sabemos que nada é pra sempre, o sonho de continuar “na luta” terminou e Monge teve que abandonar sua carreira. Poser!

Mas a vida segue… e uma vez, o vi andar com um violão debaixo do braço na rua, no outro dia, ele já estava nos palcos do bairro e da escola tocando o terror. Sua decolada no mundo dos acordes da música foi mais rápida que possa imaginar. Recordo-me do primeiro show da sua banda, a Autópsia, em que reunião alguns amigos do bairro. Foi massa, fiz umas fotos e não mais a encontrei, mas se achá-las, publicarei com certeza!

Hoje, faz conservatório em Itajaí e vive exclusivamente pra música. Formou uma banda, com alguns cursistas da escola onde estuda música, a Banca Jazz.  Tem algumas composições, realiza shows pela região e está inserido 100% na música e seu interesse por ela é completo, e pretende viver dela. Possuí inúmeros projetos, sonhos e ideias.

Hoje, conversamos muito no chat do facebook e fiquei feliz de voltar a trocar algumas teclas com meu amigo. Apresentou-me seu novo projeto, gostei muito e dei algumas dicas a ele. Como sou fã de blogs, recomendo que meus amigos mais influentes os façam para que divulguem em suas páginas seus projetos e espero que ele atenda. Já tem um perfil na rede social e uma canal no YouTube, que é um baita começo. Ainda na conversa, recomendei que fizesse uma página no facebook e uma conta no MySpace e outra no SoundCloud, redes mais influentes da música no momento. Vamos aguardar!

Recentemente, levantou em seu canal no YouTube, um projeto novo, uma versão inusitada de Cocaine. Intitulado Eric Clapton Guitar Symphony, todos os instrumentos do áudio foram gravados por Cristiano Valle, exceto a bateria, que foi programado MIDI. Não deixe de ouvir, curtir e compartilhar e acima de tudo, apoie as iniciativas culturais, elas fazem bem a sociedade e aos nossos ouvidos!

Abaixo, segue alguns vídeos interessantes. O primeiro mostra uma entrevista em que concedeu enquanto trabalhava no Jornal Ilhota (projeto que pretendo retornar) para produção de uma pauta. O seguinte é o riff inspirador de sua carreira, Sultans Of Swing.

Anúncios

Jornal Ilhota completa um mês de vida

Jornal Ilhota

Nesta quinta-feira (01), o Jornal Ilhota completa um mês de existência. O meio de comunicação on-line surgiu com o objetivo de informar a população acerca dos principais fatos que acontecem no município. Neste período, o site contabilizou 3248 visitas, uma média de 108 por dia. Estes visitantes acessaram cerca de 13 mil páginas e ficaram aproximadamente cinco minutos no portal. Os internautas mais frequentes são de Santa Catarina (2477), São Paulo (327) e Rio de Janeiro (61).

A participação do público tem surpreendido os sócios-proprietários, Bruna Barcellos e Dialison Cleber Vitti. “Foram 135 comentários em apenas um mês. Como não fizemos divulgação, ficamos bem felizes pelo retorno”, afirma Bruna. Dialison acrescenta que as mídias sociais, como Facebook e Twitter, influenciaram bastante no resultado. “Nossa página no Facebook já soma 90 curtições e o perfil no Twitter tem 102 seguidores”.

Todas as 801 notícias publicadas até agora foram replicadas também nas redes. “Agora começamos a sentir a repercussão nos anúncios gratuitos, como de imóveis, carros e empregos. As pessoas começam a conhecer o portal e entrar em contato”, conta Bruna. O próximo passo, segundo Dialison, é buscar anunciantes. “Com estes dados nas mãos, começaremos a entrar em contato com o comércio local para que apoiem esta ideia e deem mais visibilidade as suas ações”, ressalta.

Para o futuro, os sócios analisam a possibilidade de fazer um jornal impresso. “Mas, por enquanto, são planos. Estamos estudando possibilidades de fazer um meio totalmente diferente e inovador. Aguardem”, finaliza Bruna.

Jornal Ilhota nas redes sociais

Atendimento humanizado na saúde

 Atendimento humanizado na saúde

Jornal IlhotaSeu Augusto dos Santos Luiz, de 52 anos, acordou cedo nesta quarta-feira (22). O motivo? Pegar uma senha na Unidade Central de Saúde. O morador da Ilhotinha foi cedo para evitar filas e ser atendido por primeiro. Ao chegar no posto, teve uma surpresa. Agora, a partir das 3h30, a unidade já está aberta e distribuindo senhas a população. O atendimento médico começa logo depois, às 6h30, prosseguindo até às 19h.

Para o servidor público, o sistema beneficia muito a comunidade. “Deveriam ter feito muito antes. Assim não tem como furar fila ou se sobrepor aos outros. Nossa rede de saúde agora está ainda melhor. Olha, moro há décadas nesta cidade e nunca vi um serviço tão bem feito como atualmente”, conta. O paciente foi atendido às 8h por um clínico geral.

Segundo a idealizadora do projeto, secretária de saúde, Jocelene da Silveira, esta é uma forma de humanizar o atendimento. “Em média, cerca de 1200 pessoas utilizam semanalmente os serviços disponibilizados pela unidade central, fora os atendimentos das agentes do PSF e as visitas domiciliares da equipe médica. Com tamanho número de pacientes, antes acabava ocorrendo desorganização nas filas e ninguém sabia quem era o primeiro. Agora a realidade é outra. O atendimento é mais rápido, não há confusão e dentro do planejamento de atendimento médico, todos são atendidos”. Jocelene ressalta que é muito importante que o usuário chegue cedo a unidade ou encaminhe um representante para tirar a ficha. “Este serviço não será feito nos outros postos, pois não há esta necessidade”.

Outro morador que foi pego de surpresa ao chegar a unidade foi o aposentado Francisco Sebastiano Prim, de 74 anos. Ele chegou às 5h para ser um dos primeiros da fila. O morador do bairro Vila Nova ficou feliz ao ver as portas abertas. “Tem água, café e televisão. O tempo passa rapidinho. Sempre usei os serviços públicos de Ilhota. Moro aqui há 50 anos. E, olha, eu digo, a nossa cidade  não perde em atendimento para nenhum outro município”.

APAE entrou no clima do carnaval

APAE entrou no clima do carnaval

Jornal IlhotaNa última semana, a APAE de Ilhota colocou seus alunos para mexerem o esqueleto. Entusiasmados, os 43 educandos curtiram o carnaval na própria instituição. Com balões, máscaras, música e muita comida, a festa durou horas. “Este projeto serve como estímulo as práticas de lazer e convívio social, fazendo a interação contínua com os eventos culturais tradicionais. Todos os anos desenvolvemos o carnaval com nossos alunos e eles adoram. Muitos não têm a oportunidade de pular carnaval e nós proporcionamos esse momentos a eles”, afirma a educadora Ana Maria Esperber.

Para a diretora, Elizete Wippel Minuzzi, momentos como este fazem toda a diferença no desenvolvimento dos estudantes. “Muitos projetos serão desenvolvidos ao longo do ano, envolvendo todo corpo docente e pais, afim de trazer diversão e aprendizado”.

A APAE fica na rua Dr. Leoberto Leal, 278. O telefone para contato é 3343-1387.

Campeonato Catarinense da Liga de Judô acontecerá em Ilhota

Campeonato Catarinense da Liga de Judô acontecerá em Ilhota

Jornal IlhotaA primeira competição de 2012 da Liga Catarinense de Judô acontecerá em Ilhota, no dia 17 de março, no Ginásio Osvaldo Teixeira de Melo, no Centro. O festival será composto pelas categorias infanto-juvenil, pré-juvenil, juvenil, júnior, sênior e master. Os interessados devem entrar em contato com a organização, através do e-mail deptecnicolcj@gmail.com, até o dia 01 de março. A inscrição custa R$20. Cada agremiação poderá inscrever quantos atletas julgar necessário.

O congresso técnico acontecerá no dia 16, às 20h, no local da competição. Luiz Carlos Duarte da Rocha, diretor de Arbitragem da LCJ, e também um dos organizadores, explica que haverá alojamento gratuito para os atletas, técnicos e árbitros que obedecerem os prazos. “Ressaltamos que estes deverão garantir a sua vaga o quanto antes e trazerem colchonete, roupas de cama e banho na oportunidade”.

A competição servirá de classificação para o Campeonato Brasileiro Sul Sudeste da região III, que ocorrerá no mês de maio, na cidade de Divinópolis. “Apenas os que conquistarem o primeiro, o segundo e o terceiro lugar de cada categoria, se classificarão”, encerra Rocha.

Cronograma das competições

  • 09h – Cerimonial de abertura com desfile das delegações
  • 09h45 – Festival (crianças até 10 anos)
  • 10h30 – Infanto juvenil (11 e 12 anos)
  • 13h – Pré- juvenil ( 13 e 14 anos) e premiação
  • 15h30 – Juvenil ( 15 e 16 anos) e premiação
  • 17h – Júnior ( 17, 18 e 19 anos) e premiação
  • 18h – Sênior e Master (+ de 35 anos ) e premiação

Comissão organizadora

  • Prof. Kasuo Konishi – Presidente da LCJ e FIJUSC
  • Prof. Adides Dimas – Secretário Geral da Liga Catarinense
  • Prof. Altair Gonçalves – Diretor Técnico da Liga Catarinense
  • Prof. Luiz Carlos Duarte da Rocha – Diretor de Arbitragem da LCJ

Câmara fará sessão itinerante no Alto Baú

A segunda sessão ordinária do ano reuniu sete vereadores e foi presidida pelo vereador Rogênio Luiz (PSDB), mais conhecido como Deno.

Jornal IlhotaUm requerimento do vereador Roberto Prebianca (PP), aprovado na sessão desta quarta-feira (22), autorizou a Câmara de Vereadores de Ilhota a realizar uma sessão itinerante no Alto Baú num prazo de 45 dias. De acordo com o parlamentar, o mesmo pedido foi feito no ano passado. “No entanto, a mesa diretora não realizou. Este encontro é extrema relevância para discussão e apreciação dos trabalhos realizados pelo legislativo. Na ocasião também poderemos debater assuntos de interesse da comunidade”. O vereador Calinho (PMDB) se mostrou solidário a iniciativa. “Devemos promover várias sessões itinerantes, contemplando todos os bairros do município”, enfatizou.A data ainda não foi definida.

Ainda durante a sessão, o vereador Calinho fez menção a criação do Jornal Ilhota, elogiando o trabalho do meio de comunicação na cidade. “É uma importante ferramenta para transmitir o anseio do povo e nos bem informar”, disse. Em seu discurso também abordou o redimensionamento da energia elétrica no interior. “A visita a sede regional da Celesc, juntamente com a secretária Ana Lucia Wilvert, foi muito importante. Pudemos ver através dos comentário da matéria veiculada no Jornal Ilhota, que as pessoas estão buscando estas melhorias”.

A segunda sessão ordinária do ano reuniu sete vereadores e foi presidida pelo vereador Rogênio Luiz (PSDB), mais conhecido como Deno. O presidente da mesa diretora, Luiz Peixe (PDT), não estava presente por motivos particulares. Apesar de Ilhota ter 12.355 habitantes,  apenas funcionários da casa e cinco moradores estiveram presente na sessão. Deno disse que está preocupado com a falta de participação da comunidade nas reuniões. “É muito importante que as pessoas participem ativamente de nossas sessões, pois assim saberão como é a atuação dos vereadores, o que discutimos e votamos, podendo assim, acompanhar de perto nossos trabalhos”.

Projetos

Na sessão desta quarta-feira (22), três projetos do executivo foram apresentados pela mesa diretora e encaminhados às comissões. O primeiro autoriza o poder executivo a firmar convênio e repassar valores a Associação Acadêmica de Ilhota – AACADI. Neste ano o executivo pretender aumentar o repasse, chegando a R$ 30 mil, divididos em oito parcelas. O segundo autoriza a prefeitura a firmar convênio e repassar valores para Apae. Já o terceiro permite que a prefeitura doe óleo diesel para Associaçõa dos Bombeiros Voluntários de Ilhota.

Fundação Cultural esclarece polêmica sobre concurso Miss Santa Catarina

Corroa de Miss

Jornal IlhotaPor meio de nota, a Fundação Cultural de Ilhota entrou em contato com o Jornal Ilhota para esclarecer a polêmica sobre a participação de uma ilhotense no concurso Miss Santa Catarina. Segue abaixo:

Em nome da Fundação Cultural de Ilhota viemos a público pedir que se levante uma bandeira branca e nossas mais sinceras desculpas no que se refere ao assunto Miss Santa Catarina (concurso que é organizado por uma produtora de eventos independente) e fez contato com esta fundação solicitando o número de telefone de uma jovem que se destacou em uma edição da Expobelga. Gentilmente fornecemos o número, assim como estamos acostumados quando nos ligam pedindo contatos de nossos artistas, pois estão contratando e dando oportunidade aos mesmos. Gostaríamos de mais uma vez de deixar bem claro que não somos nós que escolhemos a candidata, mesmo porque se o fizéssemos faríamos concurso como o da Expobelga, com edital, com inscrição e todos os protocolos legais. De tudo que foi escrito fica tudo, ficam também as palavras, o silêncio, as expressões, o choro, o medo, o desabafo e os nós que foram atados e precisam ser desatados. A comunidade de bem, sugiro que modifiquemos e transformemos tudo isso que ficou para evitarmos males maiores. Em momento algum, alguém com bom senso fez contato conosco ligando aqui para a Fundação Cultural e pedindo informações. Quem fez este contato foi à imprensa, que ficou estarrecida com as palavras escritas que denigrem não somente a imagem de uma pessoa, e sim da família e da cidade. Vivemos na democracia. Ilhota não terá representante no Miss Santa Catarina, mas isso não é uma escolha do poder público e sim da comunidade. Outras informações quanto ao evento podem ser obtidas com Luiz Bozzano (047) 99325207, produtor de eventos e organizador do concurso.

Atenciosamente, Fundação Cultural de Ilhota. (47) 3343-8826

Bombeiros Voluntários de Ilhota atendem ocorrência em Itajaí

 

Jornal IlhotaBombeiros Voluntários de Ilhota prestam ajuda no combate ao incêndio no depósito de contêiner em Itajaí na tarde do dia 17/02/2012. Cerca de 80 bombeiros atenderam a ocorrência, que aconteceu na sexta-feira (17). Corporações de Itajaí, Navegantes, Brusque, Balneário Camboriú, Barra Velha, Itapema, Luiz Alves, Navegantes, Joinville e Ilhota estiveram no local. “A Infraero forneceu um caminhão especializado que utiliza espuma química para o combate ao incêndio. A aeronave do Corpo de Bombeiros também deu suporte à ação”, conta o sócio-proprietário do Jornal Ilhota, Dialison Cleber Vitti, que acompanhou toda a ação.

Os bombeiros de Ilhota foram acionados logo após que o fogo começou a ganhar dimensões maiores. “Estávamos prontos a deslocar nosso veículo de combate a incêndio, porém aguardávamos a confirmação do comandante da missão na ocorrência. Assim que solicitado, de imediato, deslocamos nossa ambulância, pois eram o que mais precisavam no momento”, explica o comandante operacional,  Helmut Aggens.

Bombeiros Voluntários de Ilhota ajudam no combate a incêndio em Itajaí

Bombeiros Voluntários de Ilhota ajudam no combate a incêndio em ItajaíJornal IlhotaO horário era de almoço, mas muitas pessoas não conseguiram fazer a sua refeição devido ao incêndio que tomou conta de um terminal de contêineres, no bairro Salseiros, em Itajaí. O galpão da empresa Embrareef/Embrafril, que armazenava óleo vegetal de cozinha, estava destelhado em função do forte vendaval que ocorreu na última semana, o que pode ter agravado a situação.

Cerca de 80 bombeiros atenderam a ocorrência, que aconteceu na sexta-feira (17). Corporações de Itajaí, Navegantes, Brusque, Balneário Camboriú, Barra Velha, Itapema, Luiz Alves, Navegantes, Joinville e Ilhota estiveram no local. “A Infraero forneceu um caminhão especializado que utiliza espuma química para o combate ao incêndio. A aeronave do Corpo de Bombeiros também deu suporte à ação”, conta o sócio-proprietário do Jornal Ilhota, Dialison Cleber Vitti, que acompanhou toda a ação.

Os bombeiros de Ilhota foram acionados logo após que o fogo começou a ganhar dimensões maiores. “Estávamos prontos a deslocar nosso veículo de combate a incêndio, porém aguardávamos a confirmação do comandante da missão na ocorrência. Assim que solicitado, de imediato, deslocamos nossa ambulância, pois eram o que mais precisavam no momento”, explica o comandante operacional,  Helmut Aggens.

Helmut afirma que, felizmente, não houve vítimas, apenas danos materiais. “Técnicos do corpo de bombeiros militar farão uma perícia no local para determinar as causas do incêndio”, afirma Roberto Carlos Merlini, bombeiro voluntário.

Não é a primeira vez que os Bombeiros Voluntários de Ilhota prestam atendimento a este tipo de ocorrência. “Em 2009 atendemos a ocorrência no incêndio ao terminal de carga da Portonave, em Navegante. Lá foi a maior ação que já prestamos em combate a incêndio”, ressalta Helmut.

Foram usados mais de 300 mil litros de água e 400 mil litros de uma espuma especial para conter incêndios que envolvem combustível inflamável.

Veja mais fotos do incêndio!

Ponte deverá ficar pronta em 2013

Ponte de Ilhota

Jornal IlhotaO cronograma aponta que as obras da ponte de Ilhota ficarão prontas em dezembro deste ano. No entanto, o prefeito da cidade, Ademar Felisky, prefere ser mais realista. “Não quero dar datas, pois inúmeros fatores podem modificar o previsto. Mas acredito que a conclusão venha só em 2013″, ressalta.

A travessia da margem esquerda para a direita do rio Itajaí-Açú deveria ter ficado pronta no final de 2011, mas a demora na aprovação do projeto executivo prorrogou a entrega para agosto de 2012, o que também não será cumprido.

De acordo com o secretário-adjunto da secretaria estadual de Infraestrutura, Paulo França, a liberação da Marinha de Itajaí e Florianópolis, necessária para poder trabalhar dentro do Rio Itajaí-Açu, já saiu. “O projeto executivo foi revisado conforme as novas diretrizes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e foi aceito”, comemora.

Na próxima etapa, os trabalhos ocorrerão efetivamente dentro do rio. Serão construídas vigas, além da fundação da ponte e o monitoramento do aterro e terraplenagem. O prefeito Ademar afirma que cerca de 25% da obra já está pronta. A expectativa é que os operários voltem a trabalhar até o fim deste mês.

A ponte custará R$32.535.928,11. A União é responsável por 80% do valor total e o estado de Santa Catarina, 20%. Entre ponte e acessos são 2,4km. Ao todo foram desapropriados 235 mil metros quadrados de terra. A previsão é que passem por cima da ponte, no primeiro ano, 5mil500 carros por dia. Por enquanto, os moradores se deslocam através de uma balsa, que é mantida pela prefeitura.