Guarde o plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo para cobrar depois

Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página01

 

As eleições passaram, já conhecemos os vitoriosos, logo o resultado será proclamado no site da Justiça Eleitoral, mas agora é momento de festa para alguns, e frustrações a outros. Não vamos aqui falar da gloriosa vitória dos vereadores eleitos, que renovou a casa legislativa em 77,78%, e sim abordar sobre o assunto do plano de governo eleito. Neste momento, é hora de guardar tudo, baixar arquivos, fotos, downloads de vídeos para que possamos, mais tarde, cobrar as promessas firmada em campanha.

Então… você votou, e escolheu no candidato com a melhor proposta para nossa cidade e que suas políticas irão pautar os próximos 4 anos. Esse não foi o projeto que escolhi e tenho muitas dúvidas quanto a sua execução. Esse projeto é uma mentira! Não acredito nele, pois conheço quem são os personagens e as pessoas por trás dela. Seus currículos são de conduta libidinosa. Mas é isso, o povo optou por ele, o processo foi legítimo, democrático e reconheço que esse é o nosso projeto.

Meu objetivo é tornar os arquivos do plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo disponível a todos, numa plataforma aberta e que todos possam ter acesso no futuro e fazer o uso do seu direito em cobrar, mesmo que você votou nele. Em tese, é isso o que propomos. Sabemos que nem todos estão nem ai com esse princípio. 64,22% dos ilhotenses acreditaram que Dida é a melhor solução para Ilhota. Será? Com essa margem, demos carta branca pra ele fazer o que quiser, mas dentro daquilo que propôs em seu plano de governo.

Em sua página no Facebook, foi publicado alguns vídeos. Abaixo, nós indexamos ao post para que você possa lembrar e rever o que foi prometido. Caso não consiga mais acessá-los, umas das possíveis causas são que elas foram excluídas da página de origem. Mas nós fizemos o download dos vídeos e postaremos nos streaming de vídeos.

Nosso plano de governo está sendo distribuído casa a casa em Ilhota. Mas fizemos um resumo dos nossos principais compromissos para fazer uma Ilhota ainda melhor. Temos compromisso com o futuro da cidade, temos compromisso com você.
Dida de Oliveira

 

As principais propostas de Dida e Joel

Irei transcrever abaixo, um trecho extraído de sua página no Facebook onde o candidato Dida de Oliveria faz a promessa de um de seus principais projetos. Ele disse:

Nós somos os candidatos com as melhores propostas e uma delas, será fundamental para o fomento de nossa mola propulsora da economia. As confecções de lingerie, moda praia e fitnes. Eu e o Joel iremos fazer uma ampla reurbanização e revitalização do trecho urbano da Rodovia Jorge Lacerda, que corta nossa cidade e onde está instalado nosso comércio. Nosso comércio forte, que gera emprego e renda para nosso povo e nossa gente. O nosso projeto pode ser visto neste vídeo. Temos projeto, temos determinação em fazer, por isso queremos seu voto.

A reurbanização e revitalização do trecho urbano da Rodovia Jorge Lacerda, compreende em instalarmos ciclovia, fazermos bolsões de estacionamento a 45º, fazermos uma nova iluminação, sinalização, deixarmos nossa cidade moderna e pujante,essa é a nossa proposta e para isso, peço o voto (…), o voto em quem tem compromisso com o futuro de Ilhota.
Dida de Oliveira

Confira a íntegra do seu plano de governo #CompromissoComOFuturo

Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página02 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página03 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página04 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página05 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página06 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página07 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página08 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página09 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página10 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página11 Plano de governo da coligação #CompromissoComOFuturo - Página12Vídeos hospedados no Facebook

 

Vídeos de entrevista no YouTube

Pax Romana a moda ilhotense

Candidatos a prefeito de Ilhota firmam acordo de paz

Foto: Jornal Metas

Candidatos a prefeito de Ilhota assinam termo histórico de pacificação. Pena que essa decisão veio tarde, mas… tarde do que nunca!

Aqui neste link, você pode ler a matéria publicada no Jornal Metas

Isso me veio em mente a famosa Pax Romana, que era uma falsa paz, onde ao longo do período de “relativa” paz, gerada pelas armas e pelo autoritarismo, experimentado pelo Império Romano usada na época, possuindo um sentido de segurança em meio a guerra, ordem e progresso para todos os povos dominados por Roma.

A partir desta data, dia 29 de setembro, está proibido as briguinhas. Quem violar o termo do hasteamento da bandeira branca, vai se ver com a dona justiça.

Quem mais sai ganhando com isso, além dos eleitores, os nossos animais de estimação, principalmente os cachorrinhos, que possuem uma capacidade auditiva diferente do ser humano.

Queria publicar o documento assinado pelos candidatos Keka Laureano e Dida de Oliveira, mas até o momento em que publiquei esse post, não estava disponível no mural eletrônico.

Os views das entrevistas com os candidatos a prefeito de Ilhota superam as expectativas

Jornal Metas, Dialison, Dialison Cleber, Dialison Cleber Vitti, DialisonCleberVitti, Dialison Vitti, Dialison Ilhota, Cleber Vitti, Vitti, dcvitti, @dcvitti, #dcvitti, #DialisonCleberVitti, #blogdodcvitti, blogdodcvitti, blog do dcvitti, Ilhota, Newsletter, Feed, 2016, ツ, Dida Oliveira, Keka Laureano

Nunca contestei pesquisas, concordo com esse tipo de serviço, mas a divulgação de resultados, sim! Muitas vezes, a publicação das opiniões de intensão de votos num determinado candidato durante o período eleitoral, serve muitas vezes para estimular a militância e dar confiança aos seus cabos eleitorais.

Nesta ótica, desconfio muito da pesquisa publicada no final de semana no Jornal DIARINHO. Me parece que essa tendência em pesquisa é muito tendenciosa. Por que desconfio? Há na cidade uma grande massa que não sabe em quem votar, muitos indecisos e isso é fato! Mas não é somente esse o meu argumento. Tenho outro. Vamos lá!

O candidato Dida Oliveira foi entrevistado pelo Jornal Metas em 16/9 e seu vídeo, postado na fanpage do jornal, foi visualizado (até esse post) 1.580 vezes. Quatro dias depois, o entrevistado foi o candidato Keka Laureano, e o vídeo foi levantado na tarde do dia 20/9, e já foi visualizado 1.800 vezes. Quanta diferença, Batman!

Portanto, quais os números verdadeiros? Quem está falando a verdade? Diante deste argumento, posso afirmar que o Keka esteja na frente ou um empate técnico, algo mais provável. O vídeo do candidato da coligação #CompromissoComOFuturo deveria estar com uma larga vantagem em views contra o da coligação #AvanteIlhota, não é? Pela porcentagem dos números da pesquisa, o vídeo do Dida deveria ter uns 5 mil views contra uns míseros 500 do Keka. Mas não é isso o que os estamos vendo. Infelizmente, não dá pra manipular esses números e se há alguma dúvida, acessa lá a página do tabloide e tire a prova real. Já o resultado da pesquisa, registrada no sob o registro SC-05907/2016… sei lá!

Sobre a interatividade dos vídeos na fanpage do jornal, no Facebook, os números são ainda surpreendentes. As curtidas dos vídeos até esse post é 46 do Keka contra 25 do Dida. O compartilhamento são 73 do Keka contra 40 do Dida. Ambos, as diferenças são quase o dobro. Só lembrando que a diferença na postagem é de 4 dias entre um vídeo para o outro. Sobre os números do comentários, ainda na página do jornal, o Dida tem só 5 manifestação contra 23 do Keka.

Já no Youtube, onde os vídeos também estão disponíveis, o Dida está na frente com 122 visualizações (com 6 joinhas positivas e duas negativas) contra 36 views do vídeo do Keka (com apenas 3 joinhas).

Provavelmente, a essa altura do campeonato, devem estar comentando nos seus fóruns fechados no WhatsApp de algum certo grupo, que essa minha leitura não tem fundamento, que sou um loco e esses números são uma farsas. Acredite no que quiser, a pesquisa encomendada pela galera do 15, não corresponde com a nossa realidade. Não tem problema em falar de mim, não estou desmerecendo a honra de ninguém, apenas, emitindo minha opinião.

Sobre o conteúdo, os argumentos dos candidatos na entrevista, mano… não tenho nem que comentar né! Uma diferença é entre a água e o vinho. O Dida só falou em “EU”, não citou o seu vice, não mostrou propriedade ao responder, não pediu voto e disse que iria fazer a Feria do Brás todo mês. Já o Keka, pediu o voto e disse que seu plano de governo foi construído ouvindo as pessoas.

É! Muita coisa estão por vim por ainda. Teremos uma grande surpresa no dia 2 de outubro. Posso estar enganado, mas mantenho meu posicionamento!

Abaixo, os famosos vídeos postados na página do Facebook do Jornal Metas.


Entrevista do candidato Keka Laureno da coligação #AvanteIlhota no Jornal Metas

Reproduzimos a entrevista em que o candidato Keka Laureno, da coligação #AvanteIlhota, concedeu no Jornal Metas no dia 20 Setembro 2016.

Alexandre Melo: Com a conclusão da ponte, o que o senhor pretende fazer para fomentar economicamente a ligação entre as duas margens?
Keka: A ponte foi um sonho da população ilhotense. A união das margens vai proporcionar uma melhora na economia do município, tanto que na margem esquerda nós tínhamos 35% da economia que era gasta em outro município e hoje com a ponte as pessoas vão ter livre acesso para vir comprar no comércio da margem direita, e já tem 35% da economia vindo para o município. Queremos também ver uma área para trazer empresas, uma área industrial nas margens da BR-470. Vamos indenizar, comprar alguns terrenos e ver o que será feito para atrair grandes empresas.

Giovani Ramos: O seu plano de governo pretende criar um centro de atenção à saúde da pessoa idosa e outro de atenção à saúde da mulher. De onde o candidato pretende tirar recursos?
Keka: Nosso plano de governo demorou a sair porque nós optamos em ouvir primeiro as pessoas. O centro de atenção que nós queremos fazer para os idosos é algo que foi pedido muito, porque antigamente havia encontros de dança em salões de igreja. Nós queremos criar um local para os idosos, onde eles possam estar se encontrando. Os nossos idosos precisam de muito carinho.

Alexandre Melo: Então não seria um centro de saúde, mas algo mais amplo?
Keka: Sim, seria um local onde nós faríamos um centro de eventos usado por toda a população, mas especificamente toda a semana pelos idosos, algo que eles estão pedindo muito.

Giovani Ramos: E a mulher?
Keka: A atenção a mulher nós já temos em nossos postos de saúde, temos programas como Outubro Rosa para gestantes. Nós queremos aperfeiçoar dentro do próprio posto de saúde, fazer com que a mulher seja mais ouvida e nós sejamos mais prestativos com elas.

Alexandre Melo: As escolas de Ilhota não possuem eleição direta para diretor? O senhor pretende implantar. Qual foi a razão?
Keka: Nós ouvimos as pessoas em todos os bairros e eles nos deram essa opinião – de fazer eleições diretas para as creches e para as escolas municipais. A gente achou a proposta muito interessante, então quem vai escolher realmente os diretores é a comunidade. Serão pessoas responsáveis, capacitadas, não importando a política, nós daremos a oportunidade para as pessoas escolherem os diretores de escolas.

Giovani Ramos: O senhor pretende implantar o transporte coletivo no município? Há demanda para isso na cidade?
Keka: Indo nos bairros, muitas pessoas nos falam do transporte. E nós nos comprometemos em buscar outras empresas para prestar o serviço. Por exemplo, o Braço do Baú, Boa Vista, bairros mais distantes do Centro, a população quer um transporte coletivo para vir ao Centro. Nós vamos buscar parcerias para implantar o transporte coletivo.

Alexandre Melo: O que é o Programa Escola Móvel para capacitação profissional nos bairros?
Keka: Na verdade essa foi uma ideia da Secretaria Municipal de Educação. Hoje as escolas têm cursos de qualificação profissional. A nossa proposta é levar esses cursos com a escola móvel para dar apoio às instituições.

Giovani Ramos: E sobre instituir o Orçamento Participativo, será como existe hoje em Gaspar?
Keka: O nosso plano de governo foi elaborado com as pessoas. Nós queremos fazer uma gestão voltada para elas. Nós vamos chegar nos bairros e ver quais são as prioridades. Os moradores vão decidir conosco se a prioridade é uma rua que precisa ser calçada, ampliação de uma creche. E nós vamos ver um recurso de 0,5%, talvez, para que a gente possa estar implantando o Orçamento Participativo.

Artigo extraído do portal da redação do Jornal Metas.

Entrevista do candidato Dida de Oliveira da coligação #CompromissoComOFuturo no Jornal Metas

Reproduzimos a entrevista em que o candidato Dida de Oliveira, da coligação #CompromissoComOFuturo, concedeu no Jornal Metas em 16 setembro 2016.

Alexandre Melo: Com a conclusão da ponte, o que o senhor pretende fazer para fomentar economicamente a ligação entre as duas margens?

Dida: As ações serão voltadas mais para as BRs, tanto a 470 quanto a Jorge Lacerda. Nós queremos fazer um centro para que as empresas se instalem. Em relação a outra margem, a da Jorge Lacerda, no nosso plano de governo está a revitalização de toda a rodovia. É um compromisso para que Ilhota possa, de fato, se desenvolver naquilo que ela tem de mais bonito que é o nosso comércio, da lingerie e da moda praia. Nós temos que aproveitar esse corredor que abriu com a ponte para o centro do município, para que possamos fazer com que Ilhota fique cada vez mais bonita.

Giovanni Ramos: O candidato fala em reunir todas as secretarias municipais no prédio da Prefeitura? A estrutura física lá é pequena, precisaria, entendo eu, ser ampliada. Essa é também a ideia do senhor?

Dida: O nosso plano de governo é voltado para diminuição de gastos. Por que? Porque a Prefeitura hoje possui muitos aluguéis, muitas salas alugadas, carros, telefones. O que acontece quando se tem muitas despesas desnecessárias? Gasta-se muito e não sobra dinheiro para saúde, para remédios. Nós queremos trazer todas as estruturas para dentro da Prefeitura. Nós temos uma câmara antiga, que está lá, praticamente sem nada. Nós vamos reformar a câmara antiga no segundo piso da Prefeitura, queremos revitalizar toda a administração para que se crie um espaço para cada secretaria. Ela tem o tamanho suficiente para o tamanho da máquina que nós queremos implantar.

Alexandre Melo: O Senhor falar em revitalizar todo o perímetro urbano da cidade. É uma obra ousada, mas necessária. De onde virão os recursos? Por onde o senhor pretende começar essa revitalização?

Dida: A revitalização do centro da cidade não é um sonho, é uma realidade que nós comerciantes, empresários da linha praia e da lingerie, precisamos. Por que nós precisamos muito dessa revitalização? Porque nós dependemos do turismo de compras, a cidade vive disso. Essa revitalização é importantíssima. Os recursos nós temos garantidos através do BRDE e do Badesc. Nós vamos ter capacidade de endividamento. A ideia é fazer um projeto e captar recursos através do Badesc e BRDE ou até mesmo do BNDES e com alguma ajuda dos empresários, com alguma parceria do governo do estado, pois sabemos que o governo fará a revitalização da Rodovia Jorge Lacerda. Vamos atrás, para eles incluírem esse compromisso que nós temos com Ilhota.

Giovanni Ramos: O candidato propõe resgatar e apoiar o evento Ilhota Fashion Week, que já foi bancado pela prefeitura. De que forma o senhor pretende fazer isso?

Dida: A nossa ideia é aumentar o espaço que nós temos no nosso ginásio de esportes. Até porque nós precisamos trazer a Fashion Week de volta e fazê-la de seis em seis meses. Precisamos de grandes eventos em Ilhota. A cidade necessita. No último sábado (10) nós tivemos um evento em Ilhota que foi um sucesso. E através desses eventos que nós queremos trazer para a nossa cidade pessoas de fora para comprar. Está no plano de governo: no mínimo uma vez por mês faremos eventos desta natureza.

Alexandre Melo: Na educação, o candidato pretende dotar as escolas de internet rápida, além de implantar o sistema de contraturno. De onde virão os recursos? De que forma irá funcionar esse sistema de contraturno?

Dida: Como vamos fazer a coisa acontecer? Enxugando a máquina, diminuindo os gastos públicos e fazendo com que os gastos públicos sejam direcionados para quem precisa. A educação de qualidade virá nos cortes de gastos. Nós deixaremos de contratar carros alugados e outros gastos e aí sim, sobrará dinheiro para contratarmos professores para aulas de violão, música, entre outros.

Artigo extraído do portal do Jornal Metas assinado por Giovanni Ramos.

Cultura mais perto da Pedra de Amolar

Cultura mais perto da Pedra de Amolar

Jornal MetasDesde 15 de fevereiro deste ano, a comunidade da Pedra de Amolar passou a ter um espaço cultural exclusivo para cursos de violão, contação de histórias, artesanato e teatro.

A antiga creche do bairro, onde já ocorriam alguns cursos há cerca de três anos, foi revitalizada em sua estrutura para ser este espaço. Ganhou o nome de Centro Cultural Manoel.  Entre as novidades, a biblioteca, que abriu com um acervo de mais de 2.600 livros. Tudo isto para que a população não tenha que se deslocar até o outro lado do rio para ter acesso à leitura e outras manifestações culturais. “A comunidade ganha em cultura, aprende a aprender e ter conhecimento do que é cultura de verdade: música de qualidade, artes visuais de grande valor histórico e ainda tem contato com artistas”, destaca Vanderlei Lazzarotti, diretor da Fundação Cultural de Ilhota.

Todas as segundas, terças e quartas-feiras, Alcione Garcez, 39 anos, está no centro cultural. Ela faz parte da comunidade da Pedra de Amolar e trabalha como artesã há 17 anos. três ela atua como professora de artesanado no novo centro. Alcione dá aulas de biscuit, pintura em tecido, gesso e madeira e também de reciclagem. “Tivemos muita procura, principalmente para o período da noite. No total, tenho em torno de 50 alunos”. Ela conta que já dava aulas no local antes de ser transformado em centro cultural, mas a nova estrutura uniu os cursos e trouxe a biblioteca para perto da comunidade.

Bárbara Aparecida dos Santos, 33 anos, está há apenas quatro semanas no curso. Ela está aprendendo pintura em tecido, e admite que está surpresa com suas próprias habilidades manuais. “Sempre tive vontade de pintar, mas achei que não conseguiria. Está sendo uma terapia, estou adorando. Se a gente fica em casa sem fazer nada, só pensa bobagem”, diverte-se a aplicada aluna. Bárbara tem uma empresa de montagem de móveis e, às quartas-feiras à tarde deixa o trabalho para ir ao centro cultural. A ideia dela é aprender uma técnica de cada vez. Ela até  escolheu a próxima, o biscuit.

Outras oficinas serão oferecidas

“O primeiro passo – implantação do centro cultural – foi dado. O resto vem com o tempo, uma coisa leva à outra. Neste momento, estamos começando a implantar projetos pilotos para mapear a comunidade e melhor atendê-la futuramente”, explica Vanderlei. O centro cultural, bastante esperado pela comunidade, não deve ficar apenas com os cursos que tem hoje. Vanderlei conta que há um projeto chamado “Oficinas”, em que serão contempladas aulas de dança, fotografia, cinema, acordeon e práticas de instrumento em grupo. O projeto inicia no segundo semestre. A comunidade teve uma boa recepção do centro, e segundo o diretor, a cada dia aumenta a demanda por novos cursos. Ele conta que muita gente já visitou o espaço e elogiou a iniciativa da prefeitura.

A comunidade ganha em cultura, aprende a aprender e ter conhecimento do que é cultura de verdade: música de qualidade, artes visuais de grande valor histórico e ainda tem contato com artistas
Vanderlei Lazzarotti

Jornal Metas

Novo espaço para a cultura em Ilhota

Novo espaço para a cultura em Ilhota

Prefeitura inaugura, na Pedra de Amolar, um centro cultural.

Desde a última quarta-feira (15), a comunidade do bairro Pedra de Amolar, em Ilhota, passou a contar com um espaço destinado exclusivamente à cultura: o Centro Cultural Manoel Bittencourt. Antes de ser aberto ao público, o prédio abrigava uma antiga creche. Por isso, precisou passar por uma reforma completa para adequar o espaço ao serviço que passou a ser prestado à comunidade. A revitalização do local contemplou pintura, limpeza, higienização, instalação de grades e a construção de uma biblioteca. “Os moradores da região ficaram muito contentes com a reforma e a procura pelos cursos já é grande”, revela o superintendente da Fundação Cultural do município, Rui Max.

O Centro Cultural vai oferecer aulas gratuitas de artesanato e violão. As aulas de artesanato acontecerão em três turnos, enquanto as de violão ainda estão sem horários definidos, pois dependem da demanda de alunos interessados.

Acesso

Com a construção de uma biblioteca no bairro, não será mais necessário que as pessoas que moram na Pedra de Amolar atravessem o rio Itajaí-Açu para buscar um livro de pesquisa ou para uma leitura de entretenimento. “A região tinha apenas escolas e agora há um espaço destinado exclusivamente à cultura”, observa o diretor de Cultura da Fundação, Vanderlei Lazzarotti. Na biblioteca, segundo ele, há mais de dois mil livros com títulos bastante atualizados. “Isto torna o acesso aos livros mais fácil, mais cômodo e democrático para a população, além de proporcionar mais qualidade de vida”, acentua Lazzarotti.

Os interessados em participar de alguns dos cursos oferecidos pelo centro cultural devem se dirigir AP espaço das 8h às 11h30 ou das 13h30 às 16h30 e falar com Alcione Garcês, ou por meio do telefone 3343-8826. Os contatos são Célia ou Vanderlei.

Moto furtada é recuperada em Ilhota

Moto furtada é recuperada em IlhotaA Polícia Militar de Ilhota prendeu Tiago Jorge Martins, de 20 anos, na rua das Minas, bairro Minas, Ilhota, por estar conduzindo uma motocicleta furtada na última segunda-feira (13). Uma denúncia anônima informou as características do veículo que seria uma motocicleta com registro de furto e também que o jovem estaria circulando pelo local com ela. Com estas informações, a PM abordou uma Honda/CG 150 Titan de cor vermelha, ano 2005 e placa MDC-8266.

A motocicleta estava com a placa adulterada com uma massa preta. Assim, os algarismos 66 tinham sido transformados em 88. A motocicleta havia sido furtada no mesmo dia, na cidade de São João Batista. Diante destas provas, Tiago foi levado à Delegacia de Polícia de Gaspar para as providências legais. Ele foi autuado por receptação e tem passagem policial por apropriação indébita e porte de drogas. Ele foi encaminhado ao Presídio Regional de Blumenau.

Obra será retomada

Trabalhos na Ponte da Saudade recomeçam ainda este mês

Paralisadas desde julho do ano passado, as obras da Ponte da Saudade, sobre o Rio Itajaí-Açu em Ilhota devem recomeçar até o final do mês, com prazo de entrega para o final do ano.

A informação é da Secretaria de Infraestrutura do governo estadual. Segundo o secretário-adjunto, Paulo França, os entraves que geraram a paralisação no ano passado já foram resolvidos e a ordem de recomeço deve ocorrer nesta semana. “A questão burocrática envolvendo o Deinfra e o Dnit já foi resolvida. Os recursos do governo federal já foram liberados e a empreteira contratada apresentou um novo cronograma, concluindo as obras até dezembro deste ano”, afirma França.

O prefeito de Ilhota, Ademar Felisly, conta que a próxima etapa das obras deverá ocorrer no rio, com a construção da estrutura da ponte. A primeira etapa dos trabalhos concentrou nos acessos na margem esquerda do rio, fazendo a ligação com a BR-470.

No final do ano passado, Felisky afirmou ao Jornal Metas que a obra só deveria ficar pronta em 2013.  “Era uma expectativa causada pelo impasse na liberação dos recursos. Agora, é o cronograma da empresa que aponta o término no fim do ano”, comenta.

A JM Terraplagens, que construiu o Viaduto da Mafia em Blumenau, é a empreteira vencedora da licitação para a obra da ponte. Ilhota é hoje, o único município cortado pelo Rio Itajaí-Açu que não possui uma ponte. A ligação entre as margens é feita apenas com uma balsa.

PDT volta a apoiar a administração Felisky

PDT volta a apoiar a administração Felisky

PMDB e PDT estão reatados em Ilhota. As legendas que estiveram juntas nas eleições de 2008 e se separaram no começo de 2009, após uma polêmica votação da Mesa Diretora da Casa, estão acertando os ponteiros visando a disputa de 2012.

A aliança foi confirmada nesta semana pelo prefeito Ademar Felisky (PMDB) e pelo presidente da comissão provisória do PDT, Antônio Lessa. A princípio, os brizolistas não terão cargos no Executivo, mas garantirão o apoio nos projetos enviados ao Legislativo. Se a parceria funcionar, as duas siglas estarão coligadas no próximo ano.

Ex-presidente da Câmara na época em que houve o rompimento, Lessa conta que o PDT nunca fez oposição de fato, ao governo Felisky. “Atuamos de forma independente e aprovamos todos os projetos que eram de interesse da comunidade. Estamos, portanto, nos aliando novamente em virtude dos bons projetos que o Executivo tem para a cidade em seu último ano de governo”, declara.

Sobre a eleição, Lessa confirma que o PDT tem sim, interesse em indicar um vice para o PMDB. O nome de Lessa é um dos mais cotados. Os peemedebistas já anunciaram que estarão na cabeça de chapa. Três nomes buscam a indicação do diretório.

Lessa lembra ainda, que a posição de se alinhar com o governo é dele, do atual presidente da Câmara, Luiz Peixe, mas ainda não houve uma conversa com todo o partido. “Somos em 220 filiados, não conversamos com todos. Mas vários já declararam apoio”, afirma.

Felisky confirma as negociações entre as legendas. “Isso já vem de uns dois meses. Até então, eles (Lessa e Peixe) ainda não tinham se posicionado oficialmente. Com a confirmação, podemos planejar a nossa administração para o último ano do governo e as eleições”, explica. Além do PDT, o PMDB tem o PSDB na base aliada (com cargos no governo) e o Democratas.