Ele não, ele nunca

Ele não

Como é possível que se digam seguidores de Jesus Cristo e de Bolsonaro ao mesmo tempo? Como é possível que em nome dos valores cristãos votem em um candidato que trata Carlos Alberto Brilhante Ustra como herói?

Será que é possível ver em um torturador como Ustra os valores de Jesus? Será que são mandamentos de Jesus Cristro enfiar insetos no ânus e na vagina de mulheres Será preceito de Jesus Cristo torturar gestantes e crianças? O “pau-de-arara” e o choque elétrico são instrumentos de Jesus? Será o espancamento e o afogamento os métodos de salvação de Jesus? O estupro de homens e mulheres nos porões do DOI-CODI são sinais da salvação? #EleNão!

Ele não

Aproveitado a postagem…

Desrespeitam nossas famílias e ainda querem governar esse país… desajustado aqui só seu discurso preconceituoso que não representa a diversidade de lares do Brasil! Assista ao vídeo em que o descontrolado do vice de Bolsonaro disse num encontro com a corja dele.

 

Anúncios

5 cuidados essenciais ao alugar um imóvel para a temporada

Férias em Balneário Camboriú

Enfim, as férias estão batendo na porta! Por conta disso, há uma verdadeira corrida por bons locais para passá-las e começar o ano relaxado.

Por mais que hotéis e pousadas costumem ficar lotados, muitas pessoas preferem alugar um imóvel. Não é para menos: é como ter uma casa longe de casa! Você pode ficar bem mais à vontade, cozinhar, e, ainda, compartilhar esse momento com amigos e familiares, sem pagar nenhum adicional.

No sul do país, por exemplo, os apartamentos para alugar em Balneário Camboriú são uma opção muito visada por quem gosta de estar próximo ao movimento, sair à noite e curtir a cidade.

Agora, quem busca mais tranquilidade e contato com a natureza geralmente opta pelos apartamentos para alugar em Itapema. Mesmo muito próxima a Balneário Camboriú, a localidade é mais calma. As praias também são excelentes e há ampla oferta de comércios e serviços.

Entretanto, o sonho pode facilmente se tornar pesadelo: ano a ano, saem notícias de pessoas que pensam terem feito um ótimo negócio mas, na hora H, descobrem que não era bem assim. Às vezes, o local é totalmente diferente, ou, simplesmente, não existe.

Mas, não se preocupe: isso é facilmente evitável! Basta tomar esses cuidados antes de oficializar o aluguel e partir para o abraço – ou, melhor, para as férias:

1. Comece a busca com antecedência

No Brasil, as férias são sinônimo de praia. Não é raro que as cidades do interior se esvaziem, enquanto as litorâneas se enchem de turistas. Justamente por isso, é muito importante começar a busca por sua casa longe de casa com antecedência.

As casas para alugar em Balneário Camboriú, por exemplo, são muito concorridas. Não é raro que, meses antes da temporada, os proprietários já as tenham alugado por todos os dias, até depois do Carnaval, que é mais cedo em 2018 – a terça-feira será dia 13/02.

Portanto, comece a procurar alguns meses antes, para ter mais tempo e maior disponibilidade para comparar preços. É possível encontrar um lugar exatamente como você quer, pelo preço que você pode pagar, sem correria! Dica: com o Carnaval na primeira metade de fevereiro, vale a pena começar a busca para essa época desde já.

2. Pesquise sobre a região antes de fechar o negócio

Balneário Camboriú e Itapema são cidades muito próximas. Entretanto, como já explicamos, elas são muito diferentes: enquanto a primeira é conhecida pelo movimento e pelo agito, a segunda é famosa por ser mais tranquila, frequentada por muitas famílias que só querem férias relaxantes.

É aí que vem a importância de pesquisar muito sobre todas as regiões nas quais você considera alugar um imóvel para a temporada: há localidades vizinhas que podem ser totalmente diferentes, bem como preços por metro quadrados diferentes. Se você fecha um aluguel à revelia, corre o risco de passar as férias em uma região com um perfil bem diferente do que você pretendia.

Férias em Balneário Camboriú

3. Busque referências do imóvel

Todos os anos, várias pessoas caem em um mesmo golpe: encontram um imóvel para a temporada dos sonhos na internet, por um preço inacreditável, e alugam sem pensar duas vezes.

Só que o sonho rapidamente vira pesadelo: quando elas chegam ao local, descobrem que ele é totalmente diferente das fotos, ou, até mesmo, que o endereço não existe. É claro que, nesse momento, já não conseguem contato com o suposto proprietário, que já sumiu com o dinheiro há muito tempo.

Felizmente, não cair nesse golpe é muito mais simples do que você imagina. Uma busca rápida pelo endereço anunciado no Google Maps já revela se ele realmente existe. Com o Google Street View, você confere se as fotos do edifício condizem com as do anúncio. Também vale a pena procurar pelo imóvel em outros sites, ou, até mesmo, consultar imobiliárias.

Além disso, suspeite de preços muito baixos: ninguém aluga um imóvel para sair no prejuízo. Um valor muito abaixo da média de mercado é um mal sinal.

4. Não abra mão do contrato de aluguel

Os aluguéis temporários são regulados pela mesma lei que regula os aluguéis de longo prazo: a Lei do Inquilinato (Lei 8.241/1991). Ou seja: inquilino e proprietário têm direitos e deveres estabelecidos na legislação no processo de aluguel.

A lei regula alguns itens do contrato, o que proporciona mais segurança jurídica para ambas as partes. Tal qual em um aluguel por período indeterminado, no aluguel de temporada o empresário pode exigir, por exemplo, pagamento de caução. Geralmente, é normal que ele exija metade do valor para reservar o imóvel e o restante na entrega das chaves.

O desejável é que haja um contrato escrito, com todas as condições explícitas. Entretanto, quando se trata de aluguel de temporada, o aluguel verbal ainda é muito comum – tanto que há um artigo sobre ele na Lei do Inquilinato.

Assim, saiba que, caso você estabeleça um contrato verbal e o proprietário descumpra com alguma parte do acordo, você ainda tem direitos – ele está incluído na Lei do Inquilinato. Basta que você tenha provas do que foi celebrado entre vocês, isso é suficiente para entrar na Justiça caso seja necessário. Não precisa ser nada formal: e-mails e até mensagens de WhatsApp contam.

Ainda assim, o contrato escrito vale mais a pena. Ele evita muita dor de cabeça para ambos os lados!

5. Verifique as condições do imóvel na entrada e na saída

Quando você aluga um imóvel por tempo indeterminado, sempre faz duas vistorias: na entrada e na saída.  No caso do aluguel de temporada, é preciso tomar o mesmo cuidado.

Ao pegar as chaves, faça uma inspeção de todo o imóvel. Geralmente o contrato tem um pequeno inventário de tudo o que havia antes da entrada: confira se ele bate com o que realmente há na casa.

Não tenha medo de questionar o proprietário a respeito de nenhuma discrepância. É um direito seu: caso você assine o contrato do jeito que está, ele tem o direito de contestar a discrepância na saída, e descontar isso da caução que você pagou.

Do mesmo modo, na saída, faça a vistoria junto com o proprietário. Qualquer outro problema encontrado também incorre no desconto ou na retenção da caução.

Chaves na Mão

Segurança para imóveis na praia: 5 dicas importantes para dormir tranquilo

Apartamento Balneário Camboriú

Ter um imóvel na praia é um investimento muito alto. Não importa se é uma casa ou apartamento, os custos são os mesmos que em sua casa própria na cidade em que mora. Por exemplo, os imóveis em Balneário Camboriú podem ser muito mais caros que em Curitiba, mas valem a pena por estarem tão próximos ao mar.

Mas não basta somente ter condições de pagar pelo imóvel e arcar com os custos de manutenção, é preciso estar atento a segurança do seu bem, já que nas praias os riscos de furtos são maiores, pois as casas ficam fechadas por um período mais longo durante o ano.

Quando você faz pesquisas sobre os imóveis à venda em Balneário Camboriú, por exemplo, é importante buscar dados sobre a região para se contratar serviços que aumente a segurança do seu bem, já que é preciso estar sempre alerta com os perigos que rondam a sua casa.

Assegurar que seu patrimônio e sua família estejam seguros é tão importante quanto ter o imóvel na praia. Não é nada agradável mobiliar sua casa, comprar seus eletrônicos, ter tudo do bom e do melhor, e ao virar as costas e voltar para sua cidade ser informado que perdeu tudo.

Para evitar estes problemas separamos aqui cinco dicas importantes para você resguardar seu imóvel na praia, seja ele uma casa ou apartamento, a segurança vem sempre em primeiro lugar.

Apartamento Balneário Camboriú

1. Conheça bem a região

Já observou a quantidade de apartamentos à venda em Balneário Camboriú? A cidade está crescendo rapidamente e muitos imóveis estão sendo negociados a cada nova temporada de verão. Mas se você pensa em comprar uma casa na praia, por acaso você já se preocupar em fazer uma pesquisa e conhecer bem a região onde eles estão localizados. Isto é muito importante antes mesmo de pensar em fechar um negócio.

Os imóveis que estão localizados em áreas mais afastadas do centro da cidade ou da beira da praia correm mais riscos, pois menos pessoas circulam pela região fora da temporada de verão.

2. Se apresente aos outros moradores

Antes mesmo de comprar o imóvel busque dicas sobre a região com os vizinhos que já estão morando no local ou são proprietários de imóveis a mais tempo. Entender quanto tempo e como eles agem quando as casas estão fechadas pode ser uma saída para não ficar no prejuízo.

Ao decidir pela compra se apresente aos novos vizinhos e estabeleça uma relação de confiança com eles. Na praia, a relação amis amistosa promove uma corrente em que um morador ajuda a cuidar do imóvel do outro.

Se o seu vizinho te conhece e sabe seus hábitos de visitas ao imóvel ele poderá perceber qualquer situação estranha que estiver ocorrendo em sua casa e acionar as autoridades. Se o vizinho não te conhece, ele nunca saberá se é você ou o ladrão quem está visitando casa.

3. Cuidado com os serviços prestados

Não importa se irá contratar serviços de terceiros para sua casa na cidade ou na praia, fique sempre atento às pessoas de fora que tem acesso a sua rotina. Isto pode facilitar a ação de marginais se o prestador de serviço estiver mal-intencionado.

Antes de contratar um suposto profissional para qualquer tipo de serviço busque as referências com pessoas e/ou empresas de confiança. Você nunca sabe se esta contratando uma pessoa idônea somente pela aparência e tratamento cordial.

No caso de precisar que este prestador tenha acesso a sua residência por mais dias, como no caso de pedreiros, jardineiros, etc, verifique as referencias e tente que ele não tenha acesso completo a sua rotina. É preciso tomar muito cuidado para você não colocar um bandido para dentro de casa.

4. Instalações e tecnologia

Use sempre a tecnologia a seu favor. Se você tiver uma casa, o muro mais alto poderá te proteger mais da ação dos marginais. Em caso de apartamento, certifique-se de que a portaria se mantém fechada evitando a ação dos bandidos.

Instale câmeras de segurança e monitoramento. Contrate os serviços de empresas especializadas de segurança para que sua casa seja vigiada principalmente no período que você está fora dela. Na baixa temporada que os marginais costumam agir com maior frequência porque o número de pessoas que circulam é muito menor.

5. Evite exposições e exageros

Apesar dos momentos de alegria e descontração vividos na praia, que é um ambiente mais leve, evite excessos e exageros na exposição dos seus bens materiais. Em outras palavras, evite ostentar o que você tem, isso pode despertar o interesse nos mal-intencionados que podem arquitetar furtos no período em que você não estiver em casa.

Os marginais circulam pela praia como se fossem veranistas, eles nem sempre agem na hora em que você está por perto, por isso, tento evitar chamar a atenção para seus bens.

Estas dicas parecem simples, mas se forem levadas à risca podem diminuir os prejuízos com assaltos durante a temporada de verão e, principalmente, depois dela. Quando a casa esta fechada é que os marginais costumam agir com mais intensidade no litoral.

Mas lembre-se, durante a temporada todo cuidado é pouco para não facilitar a vida dos bandidos. Fora do verão, quando a casa fica sozinha por período mais longos, mantenha sempre uma boa relação com vizinhos que moram na região e possam fazer contato com você para qualquer eventualidade.

Se possível contrate empresas especializadas em segurança para que rondas sejam realizadas rotineiramente. Outra dica importante é contratar um caseiro para abrir, limpar e cuidar da casa durante o tempo que você estará fora. Ele pode garantir que a casa também não sofra com as destruições causadas pela maresia, outro inimigo dos proprietários de casas em regiões litorâneas.

 

Gostou destas dicas de segurança para sua casa de praia? Então compartilhe este artigo com os seus amigos para que cada vez mais as pessoas se preocupem e se mantenham seguras antes e depois do verão.

Chaves na Mão

Assista o primeiro programa de #LulaPresidente modificado pelo TSE

Como todo mundo bem sabe, o TSE – Tribunal Superior Eleitoral julgou na última sexta-feira 31/8 (13 invertido) a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva. O TSE acelerou o processo de Lula para que você não pudesse ver o presidente que mais fez por esse país de novo em sua televisão, para que você não se lembrasse de todos os projetos implementados por nosso Luiz Inácio. A estratégia dos golpistas deu certo! Hoje, no primeiro programa de TV o PT apresentou o novo filme e foi ao ar às 13h09min. Confira acima. Eleição sem Lula é fraude e todo mundo já sabe. #LulaLivre #LulaPresidente!

Assista o segundo programa do PT #LulaPresidente que foi boicotado pelo TSE

O TSE não quer que você saiba o que está sendo feito na campanha do PT. Este foi o segundo programa de TV que o tribunal impediu que você pudesse assistir. Abaixo, um outro vídeo, o comercial boicotado pelos juristas da Justiça Eleitoral. Compartilhe, divulgue, mostre pros amigos, família e faça com que as ideias de Lula ecoem ainda mais pelo Brasil.

Julgamento do registro da candidatura de Lula no TSE

Tribunal Superior Eleitoral (TSE) julga hoje os pedidos de impugnação do registro do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso e condenado na Operação Lava Jato, e petições para impedir o petista de participar do horário político. Lula já apareceu na primeira propaganda eleitoral da campanha do PT nas eleições 2018.

Assista o primeiro programa eleitoral de #LulaPresidente para as Eleições de 2018

Assista ao vídeo de Lula que o Ministro Barroso não quer que o Brasil assista, mas aqui está o primeiro programa campanha de #LulaPresidente que iria para a televisão. Lula foi o presidente que pensou no agricultor, no trabalhador do campo e da cidade.

Justiça Eleitoral divulga os mesários convocados para as Eleições de 2018 em Ilhota

mesários convocados para as Eleições de 2018

O mesário é o representante da Justiça Eleitoral que compõe a mesa receptora de votos. Para orientar seu trabalho, o mesário recebe treinamento específico e ainda pode baixar o Aplicativo Mesário, disponibilizado pela Justiça Eleitoral. Vale lembrar que qualquer eleitor pode participar do programa Mesário Voluntário. Informações podem ser solucionadas ao acessar as perguntas frequentes.

Mesário, sua participação é fundamental para o sucesso das eleições. A Justiça Eleitoral valoriza e agradece seu empenho. Para mais esclarecimentos sobre o programa Mesário Voluntário, entre em contato com a  Ouvidoria do TSE.

Além de contribuir para o processo democrático e adquirir novos conhecimentos, o mesário é dispensado do serviço pelo dobro dos dias prestados à Justiça Eleitoral e, em concursos públicos da Justiça Eleitoral ou outros, é concedido a ele o desempate, se for o caso, desde que prevista essa possibilidade em edital.

Relação dos mesários convocados no município para o 1º e 2º turno

  • Município: ILHOTA
  • Zona Eleitoral: 64ª única na cidade
  • Pleito: Eleições 2018
  • Atualização: 19/08/2018
  • Fonte: Site do TRE/SC
Escola de Educação Básica Marcos Konder
CENTRO

Delegado de Prédio: Viviane dos Santos
Auxiliar de Serviços Eleitorais: Alvarilda Aparecida de Souza E Valdecir Moraes de Azevedo

Seção 64 Marcelo Heinzen Presidente de mesa
Anelize Conink 1º Mesário
Matheus de Oliveira Abreu 2º Mesário
Pamela Sara de Borba Cecilio Secretário
Seção 65 Ereni Radeck Presidente de mesa
Marisa Miglioli Papst 1º Mesário
Eduarda Siementkowski 2º Mesário
Milton Fonseca Neto Secretário
Seção 66 Josiane Adao Presidente de mesa
Marli Miglioli 1º Mesário
Rosangela Paes de Farias 2º Mesário
Jose Augusto de Moraes Secretário
Seção 67 Simone Elisia Rodrigues Presidente de mesa
Elida de Castro Ribeiro Alexandre 1º Mesário
Anderson Koehler dos Santos 2º Mesário
Claudio Romeu Machado Secretário
Seção 68 Fernando de Vito Presidente de mesa
Adriana Cordeiro Dalcastagne 1º Mesário
Carlos Rodrigo de Souza 2º Mesário
Mayra Miranda Rossetti Secretário
Seção 73 Marlon Wilson Guedes Presidente de mesa
Fabio Lombardi 1º Mesário
Leandro Adão 2º Mesário
Willian Felipe Cordeiro Secretário
Seção 109 Cristiane Luisa Passos de Oliveira Presidente de mesa
Elisete das Neves Correa Martins 1º Mesário
Paloma Ferreira de Andrade 2º Mesário
Letícia Zimmermann Secretário
Seção 115 Yuri Felipe dos Santos Presidente de mesa
Dulcinara Silene da Silva 1º Mesário
Dyego Oliveira Cunha 2º Mesário
Marcelo Jacob Junior Secretário
Seção 138 Caroline Burity Araújo Heinzen Presidente de mesa
Jessica Pereira da Silva 1º Mesário
Wellington Afonso Maciel 2º Mesário
Deisy Carla Batista Atanagildo Secretário
Seção 147 Roseli Schmidt Vitti Presidente de mesa
Jaine Rodrigues 1º Mesário
Brian Philip de Souza 2º Mesário
Matheus Guilherme da Cunha Secretário
Seção 171 Daniely Aparecida Cardoso Presidente de mesa
Bruno Beckhauser Fernandes 1º Mesário
Ademar Muller Dal Pra 2º Mesário
Marizete Nunes Brokveld Secretário
Seção 176 Jaciane Nunes Presidente de mesa
Taila Esterpani de Carvalho Mello 1º Mesário
Fabricio Adriano Rodrigues 2º Mesário
Jefferson Tomas Roncaglio Secretário

 

Escola Municipal Domingos José Machado
ILHOTINHA

Delegado de Prédio: Ligia Mendes dos Santos Bender

Seção 69 Maria Caroline Ribeiro Luiz Presidente de mesa
Ereni dos Santos 1º Mesário
Eliel Ortiz 2º Mesário
Marcelo Menegazzi Secretário
Seção 141 Cristiane Machado Presidente de mesa
Gisele Peixe Eduardo 1º Mesário
Maria Andreia de Souza Minuzzi 2º Mesário
Ruan Carlos Brokveld Secretário
Seção 172 Ryan Stalony Paes de Farias Presidente de mesa
Luiz Carlos Pereira Junior 1º Mesário
Marlon Kremer Ávila 2º Mesário
Elisabete Maristela Paula Machado Secretário
Seção 185 Douglas Borba Crispim Presidente de mesa
Anderson da Silva Luiz 1º Mesário
Débora Sbaraini Miranda 2º Mesário
Enéas de Jesus dos Santos Secretário

 

Escola Municipal José Elias de Oliveira
MINAS

Delegado de Prédio: Maria Helena Soberanski Rampelotti

Seção 70 Amanda Karoline Scottini Presidente de mesa
Douglas Edenilson da Silva 1º Mesário
Gilson de Oliveira Secretário
Seção 71 Djonata Pablo Machado Presidente de mesa
Daniela Godinho da Graça Silva 1º Mesário
Tainara de Campos 2º Mesário
Indianara Brassanini Marchi Secretário
Seção 116 Tereza Ferreira de Oliveira Presidente de mesa
Darlan Barth 1º Mesário
Marcelo Muller 2º Mesário
Daniel Andrieti Secretário
Seção 189 Tainara Russi Ferretti Presidente de mesa
Jaqueline Aparecida Ferretti 1º Mesário
Lucimar Rodrigues Bueno 2º Mesário
Amanda Gonçalves Secretário

 

Capela Santo Antônio
BOA VISTA

Delegado de Prédio: Francisco Anselmo Stanke

Seção 72 Jonas Laerte Longen Presidente de mesa
Cintia Regiane Friese Borges 1º Mesário
Eloisa Coradini 2º Mesário
Aline Regina Miranda Secretário

 

Escola de Educação Básica Valério Gomes
PEDRA DE AMOLAR

DELEGADO DE PRÉDIO: Ivanete Melchioretto Mendes

Seção 74 Luiz Otavio Garcez Costa Presidente de mesa
Amanda Correa Manoel Alves 1º Mesário
George Luiz da Costa 2º Mesário
Tainara Alegri dos Santos Paulino Secretário
Seção 75 Josilene Constante Presidente de mesa
Mariana Couto da Costa 1º Mesário
Gean Rotieli de Quadros 2º Mesário
Ricardo Renato Jose da Silva Secretário
Seção 76 Maiara Raimundo Paulino Presidente de mesa
Vitória Maria da Costa 1º Mesário
Luciane Lombardo Dias 2º Mesário
Matheus Mafra Santos Secretário
Seção 125 Ana Paula Correa Manoel Presidente de mesa
Dialison Cleber Vitti 1º Mesário
Lucas Bittencourt Santos 2º Mesário
Jaqueline Manerich Pereira Secretário
Seção 153 Priscila Mafra Presidente de mesa
Danubia Alexandra Torres 1º Mesário
Ana Cláudia dos Santos 2º Mesário
Ubaldo José Bittencourt Neto Secretário

 

Centro de Educação Infantil Tia Flor
BAÚ BAIXO

Delegado de Prédio: Chaiane Cristina Kraisch

Seção 77 Edson Vander de Souza Presidente de mesa
Larissa Bittencourt 1º Mesário
Gilmara Adao de Souza 2º Mesário
Ana Paula Zimmermann dos Santos Secretário
Seção 186 Ana Claudia Schmitz Presidente de mesa
Jessica Mendes Macan Francisco 1º Mesário
Micheli Fernanda de Souza Gretter 2º Mesário
Daniel Werner Secretário

 

Escola Municipal Alberto Schmitt
Baú Central

Delegado de Prédio: Enete Terezinha Hilleshein Guesser

Seção 78 Helton Wippel Presidente de mesa
Caroline de Souza Scharf 1º Mesário
Sidriana Eger 2º Mesário
Cintia Batista Secretário

 

Centro de Educação Infantil Maria Terezinha Hammes Schmitz
BRAÇO DO BAÚ

Delegado de Prédio; Joziane Richarts

Seção 79 Roger Zabel Presidente de mesa
Neusa Van Haandel 1º Mesário
João Vidal Richarts 2º Mesário
Cleonir Zabel Secretário
Seção 80 Joice Denise Assini de Oliveira Presidente de mesa
Ana Paula da Rocha 1º Mesário
Geovana Martins Aurélio 2º Mesário
Alan Júnior Zabel Secretário
Seção 112 Sandra dos Santos Presidente de mesa
Claudemir Zabel 1º Mesário
Felipe Reichert 2º Mesário
Marlon Paulo Candido Secretário

 

Escola Municipal Multiseriada Pedro Teixeira de Melo
Alto Baú

Delegado de Prédio: Alexandra da Silva

Seção 81 Daiane Valdris Presidente de mesa
Camila Schmidt 1º Mesário
Silvio Harbs 2º Mesário
Júscia Josiane Schmitt Secretário
Seção 167 Eliane Cristina Schill Kuth Presidente de mesa
Mayara Tamyrys Lützow Zabel 1º Mesário
Andréia Alexandra Ristow Siebert 2º Mesário
Felipe da Silva Secretário

 

Centro de Educação Infantil Chapeuzinho Vermelho
Pocinho

Delegado de Prédio: Regiane Alves Lange

Seção 130 Luis Mateus Escarvin Presidente de mesa
Edinival Izenir de Azevedo 1º Mesário
Antônio Marcos da Cunha Júnior 2º Mesário
Marilia Reinert Secretário

 

Conheça a legislação relacionada ao mesário

Para mais esclarecimentos sobre a legislação relacionada ao mesário, entre em contato com a Ouvidoria do TSE.

TRE/SC – Eleições 2018

Informações para os mesários convocados pelo TRE às Eleições de 2018

Eleições 2018

Todo eleitor, maior de 18 anos e em situação regular perante a Justiça Eleitoral, poderá ser mesário em seu município, preferencialmente no local e na Seção Eleitoral em que vota. Ao se habilitar à função de Mesário Voluntário, o eleitor poderá ser convocado pelo Juiz Eleitoral do município onde é inscrito eleitor.

Vantagens

  • Em universidades conveniadas com a Justiça Eleitoral, utilização das horas trabalhadas nas eleições como atividade curricular complementar;
  • Preferência em desempate em processo de promoção, quando servidor público (Lei n. 4.737/1965, art. 379, §§ 1° e 2°);
  • Preferência em desempate nos concursos públicos do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (Resolução TRESC n. 7.405/2004, art. 3°) e, quando previsto em edital, em concursos públicos de outros órgãos;
  • Dois dias de folga em seu trabalho para cada dia de convocação pela Justiça Eleitoral (treinamento e serviço prestado no(s) dia(s) das eleições) ─ benefício garantido sem prejuízo do salário ou de qualquer outra vantagem (Lei n. 9.504/1997, art. 98);
  • Recebimento de auxílio alimentação no(s) dia(s) em que atuar como mesário.

Auxílio alimentação

A critério do Juízo Eleitoral da convocação, o mesário poderá receber o auxílio alimentação em pecúnia (dinheiro) ou Vale Postal. O pagamento do benefício alimentação, quando feito em pecúnia, será realizado diretamente pelo cartório eleitoral, até o dia das eleições.

Quando a retribuição do auxílio se der por meio de Vale Postal, esclarece-se que:

  • Local de retirada: qualquer agência dos Correios no País, inclusive as franqueadas.
  • Retirada pelo beneficiário (documentação): se dará por meio da apresentação de documento de identidade com foto e da informação do número do título de eleitor (o documento em si não é necessário); A chave de localização é o número do título de eleitor;
  • O CPF não é necessário;
  • Prazo para retirada do benefício: 45 dias após o pleito (até 28.11.2018, no caso do 1º turno, e até 19.12.2018, para eventual 2º turno);

Treinamento de mesários

A Justiça Eleitoral disponibiliza aos mesários convocados duas modalidades de treinamento, quais sejam, (1) Treinamento Presencial e (2) Treinamento “EaD Mesários-TSE”.

1. Treinamento presencial

  • Nesta modalidade, o mesário é convocado para a capacitação presencial, cuja presença é obrigatória.
  • Poderá confirmar o local e a data do treinamento na carta de convocação recebida.
  • Na data do treinamento, o mesário receberá a Declaração de Participação (ou poderá emiti-la, posteriormente, via Portal do Eleitor). Essa declaração documentará o direito/gozo dos 2 (dois) dias de folga (junto ao empregador) adquiridos por conta da realização do treinamento.
  • O treinamento presencial de mesários, no Estado de Santa Catarina, tem previsão de início em setembro próximo vindouro.
  • Veja abaixo a relação de locais e datas de realização dos treinamentos.

2. EaD Mesários – TSE

  • A segunda modalidade de treinamento é o curso de capacitação a distância para mesários (EaD Mesários-TSE). É um curso opcional (não obrigatório).
  • O EaD Mesários-TSE é exclusivo para os convocados para as funções de Segundo Mesário e de Secretário, desde que o mesário não tenha sido convocado para treinamento presencial.
  • O curso a distância é realizado no Portal de Educação à Distância do TSE.
  • chave de inscrição para o EaD Mesário-TSE encontra-se no Portal do Eleitor.
  • O curso pode ser realizado até 1º de outubro.

Considerando as particularidades da capacitação a distância de mesários e o número restrito de vagas disponibilizadas para este Regional, informamos que os requisitos e critérios mínimos para participação no EaD Mesários-TSE, para as Eleições de 2018, em SC, são os seguintes:

  1. O eleitor deve ter sido convocado para as funções de 2º Mesário ou Secretário.
  2. O mesário não deve ter sido convocado pelo Juízo Eleitoral a participar de treinamento presencial. O EaD realizado nessas condições será considerado apenas a título de complementação do curso presencial.
  3. De posse da chave de inscrição (disponível na área de informes do Portal do Eleitor), o interessado deve inscrever-se no Portal de Educação a Distância do TSE.

Para usufruir dos 2 (dois) dias de folga do curso de capacitação a distância a que faz jus, o mesário poderá:

  • Acessar o Portal do Eleitor e emitir a Declaração de Participação (a ser disponibilizada após o processamento dos mesários faltosos, pelos cartórios eleitorais); ou
  • Emitir o certificado de participação da capacitação a distância (disponível no próprio ambiente virtual de aprendizagem do TSE), o qual deve ser apresentado ao empregador em conjunto com a Declaração de Participação, recebida na data do pleito (quando encaminhada pelo cartório eleitoral) ou emitida alguns dias após o pleito, por meio do Portal do Eleitor (conforme informado acima); ou
  • Emitir o certificado de participação da capacitação a distância (disponível no próprio ambiente virtual de aprendizagem do TSE) e comparecer ao cartório eleitoral para validação, a critério do Juízo Eleitoral.

A autenticidade do certificado de participação no EaD pode ser conferida ao lado, na coluna àdireita, em “Validar certificado Eleições 2018”. Basta digitar o código de autenticação do documento e clicar em “Validar”.

Atribuições dos mesários

Em resumo, as principais atribuições dos Mesários são as seguintes (Resolução TSE n. 23.554/2017, artigos 106 a 108)

  • Presidente
    • Iniciar e encerrar a votação.
    • Conduzir os trabalhos na seção eleitoral.
    • Atribuir responsabilidades aos demais mesários a fim de garantir o bom andamento dos trabalhos.
    • Nomear eleitores para substituir mesários faltosos.
    • Resolver as dificuldades e esclarecer as dúvidas.
    • Manter a ordem no recinto, recorrendo à força pública quando necessário.
    • Comunicar imediatamente ao juiz eleitoral as ocorrências sobre as quais o juiz deva decidir.
    • Entregar os materiais após o encerramento da votação, conforme orientações do Cartório.
  • Mesários:
    • Orientar eleitores na fila e conferir seus documentos.
    • Controlar a entrada e a movimentação das pessoas na seção.
    • Identificar o eleitor.
    • Localizar o nome do eleitor no caderno de votação.
    • Ditar o número do título eleitoral ao presidente.
    • Colher a assinatura do eleitor, se ele não for identificado pela biometria.
    • Entregar o comprovante de votação ou de justificativa e devolver os documentos do eleitor.
    • Preencher a ata da mesa receptora de votos, relacionando as ocorrências registradas durante o dia, à medida que acontecerem.
    • Distribuir e conferir o preenchimento dos formulários:
      • Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE).
      • Identificação de Eleitor com Deficiência ou Mobilidade Reduzida.
      • Verificar se o eleitor, ao sair, recebeu seu documento de identificação e o comprovante de votação ou de justificativa, conforme o caso.
    • Às 17 horas, distribuir aos eleitores na fila as senhas de acesso à seção.
    • Exercer as demais atribuições que lhes forem atribuídas.

Impedimentos

Não poderão ser nomeados para Mesários (Lei 4.737/65, art. 120):

  • Os candidatos e seus parentes, ainda que por afinidade, até o segundo grau, inclusive, e o cônjuge.
  • Os membros de diretórios de partido político, desde que exerçam função executiva. Esse impedimento não atinge os filiados à qualquer agremiação.
  • As autoridades e os agentes policiais, bem como os funcionários do Poder Executivo no desempenho de cargos de confiança.
  • Os que pertencem ao serviço eleitoral.
  • Os eleitores menores de 18 anos.

Tire suas dúvidas

  • O rol de Perguntas Frequentes também está disponível em Eleitores – Mesários.
  • Encaminhe outras indagações pelo Fale Conosco, assunto “Mesário”.

Acesse o Portal do Eleitor

Portal do Eleitor é o mais novo canal de comunicação do TRESC com os Mesários. Nele é possível inscrever-se nos programas Mesário Voluntário e Universitário e fazer parte dessa equipe de colaboradores.

Se você, eleitor, já faz parte dessa equipe, também poderá retirar sua Declaração de Trabalhos Eleitorais prestados em outras eleições.

Serviço

TRE/SC

O descaso com a ponte Hercílio Luz

O descaso com a ponte Hercílio Luz é o retrato desses que governam Santa Catarina há 16 anos.

Ponte é um assunto que o PT sabe muito bem. A Construção Ponte De Ilhota o governo Lula assumiu 80% da obra através do PAC – Plano de Aceleração do Crescimento e entregou um sonho de 50 anos para o nosso povo e teve mais a Ponte de Gaspar e a do Badenfurt, em Blumenau. Todas elas construídas e entregues no mesmo tempo. Tivemos 3 pontes no Vale, no mesmo rio e tudo isso em menos de 10 anos, sem falar, é claro, da majestosa obra-prima que é a Ponte Anita Garibaldi lá em Laguna. Enquanto isso, a Ponte Hercílio Luz já custou do orçamento público mais que a Ponte de Laguna, está sendo reforma há mais de 30 anos e ainda não terminaram. Décio Lima tem a receita certa para inovar Santa Catarina e junto com o #PresidenteLula iremos revolucionar o Governo do Estado de Santa Catarina. Aliás povo do Vale, se lembram da Ponte Do Tamarindo de Blumenau? Então, ela existe está lá até hoje. Quando Décio Lima assumiu a prefeitura em 1997 logo entregou aquela ponte a comunidade que já tinha virado uma série sem fim na Netflix e que nenhum os prefeitos anteriores tinha conseguido terminar. Ela até tinha caído! Por isso #DécioLima13 é o mais preparado para governar #SantaCatarina. Eu sou #DécioLimaGovenador e #LulaPresidente #DécioLima13 #DécioGovernador #OnovoPraFazerDiferente

As ponte do Vale do Itajaí

Confira o projeto técnico das obras das pontes sobre o Rio Itajaí-Açu.