Vereador Rogério promove em parceria com Deputado Padre Pedro palestra de Plantas Medicinais

Palestra sobre cultivo, identificação, cuidados e manipulação de plantas medicinais

Em meio à crise instaurada no sistema público de saúde do governo do estado de Santa Catarina e recente troca de gestor na pasta da secretaria municipal, comprovando uma deficiência na prestação do serviço e atendimento junto a comunidade na saúde local, o mandato do vereador Rogério do PT irá promover, em parceira com o mandato do deputado Padre Pedro, uma palestra sobre cultivo, identificação, cuidados e manipulação de plantas medicinais.

A questão é importante e a causa é prioritária, pois quando estamos com saúde a vida fica muito melhor, e muitas vezes a prevenção é uma das formas de evitarmos inúmeras doenças. Cada vez mais as pessoas recorrem a remédios industrializados e nem sempre o resultado é o esperado. Neste sentido, as plantas medicinais poderão contribuir com a prevenção na correção de doenças que as afetam. O Vereador Rogério acredita que métodos alternativos poderão ser a solução de muitos tratamentos médicos para aqueles que repudiam a medicina convencional. “Nada poderá substituir o tratamento médico nem as política pública de saúde, temos que ir em busca de soluções e inovar os métodos, mas devemos seguir na vanguarda dos tratamentos fitoterápicos, valorizando a sabedoria da vida e com a natureza”, destacou o vereador petista.

O evento irá acontecer nesta terça-feira (20/3), à partir das 19h, no salão paroquial da igreja São Pio X, no Centro de Ilhota. A articulação do evento foi promovida pelo companheiro Mozart de Toledo, coordenador da micro regional do PT de Itajaí.

A palestra será ministrada pelo o especialista em plantas e ervas medicinais, Alésio Santos, que trabalha com o assunto há mais de quatro décadas e já se notabilizou como um dos maiores especialistas catarinense e da farmacêutica Viviane Corazza. O mandato do deputado Padre Pedro Baldissera, está informando a população e os pequenos agricultores sobre a identificação, o cultivo e o uso dessas poderosas armas em favor da saúde.

O objetivo é iniciar um projeto de longo prazo, que resgate os usos e aplicações das plantas medicinais, ao mesmo tempo em que aponta a atividade como uma alternativa que incrementa a renda das pessoas que trabalham na agricultura familiar.

O encontro é gratuito e aberto para toda comunidade e pretende resgatar os conhecimentos e saberes para servir de apoio teórico e prático aos projetos envolvendo plantas e ervas medicinais.

Deputado Padre Pedro com os palestrantes Alésio Santos e Viviane Corazza

Anúncios

Vice-prefeito Joel é o novo secretário de saúde de Ilhota

Portaria 142018 - Nomeação de Joel Soares para Secretário de Saúde

Agora vai! Agora é pra valer.

Depois do trágico uso do mensageiro de texto/áudio/vídeo WhatsApp, em que uma conversa do prefeito a um servidor da Prefeitura, seu cargo de confiança em pleno horário de trabalho, ter sido enviado por engano no grupo dos capas do emedebê e ter viralizado na rede, prefeito cumpriu com o prometido e exonerou a secretária de saúde. no dia 5 desse mês. Você poderá entender melhor acessando este link!

Mas a pasta não ficou vaga por muito tempo. Dois dias depois, o vice-prefeito Joel José Soares irá responder pela Secretaria Municipal da Saúde. A portaria (que deveria ser um decreto) Nº 14/2018, datado em 7 de fevereiro, publicado Diário Oficial dos Municípios ontem (8/2/2018), confirma o que a rádio pião e as imensas notificações do ZapZap vinha alertando. Será o Joel! E pior que foi mesmo.

Houve muita especulação de quem seria o nome. Comentei num outro post, que a boca miúda, daria a entender que o pretendente seria ex-secretário da pasta e ex-vereador Lavino, ou mais um apadrinhado político de Luiz Alves. Também especulou-se alguém de Balneário Camboriú. Na Pedra de Amolar correu o boato que poderia ser até o Keka, candidato a prefeito derrotada na última eleição. Só que não! O Dida botou o Joel mesmo pra felicidade dos republicanos ilhotenses.

O que tenho a dizer disso tudo? Nada! Cada um está em uso de seus juízos e sabe o que é melhor pra sim, mas para os outros e pra coletividade, ai já não sei. Mas eu acho que o Joel pegou um baita pepino pra descascar e um abacaxi gigante. Se a saúde estava tão mal assim, isso poder manchar a imagem do bom menino que o vice tem. Até agora ele não teve nada que desabonasse sua imagem de político. Estava longe do furdunço, não se envolveu em treta, não tinha nada. Agora na saúde, o buraco é mais embaixo e vai ter muita unha pra roer. Todo mundo sabe como anda a saúde no estado. Não precisamos desenhar nada. Vai ter muito serviço pela frente. Só quero ver. Mas sou humilde e reconheço valores. Desejo boa sorte.

Fiz um post no Facebook comentando sobre a exoneração da antiga secretária de saúde. Olha só o que esse cidadão comentou:

Comentário de Maurício Juttel

Mas o que entendi, ouvindo alguns por ai, é que a indicação do Joel para pasta é transitório até o rei encontrar outro definitivo para o lugar de secretário. Não sei, vamos aguardar pra ver.

Depois do racha do emedebê, abriu mais uma secretaria pra negociar com os descontentes das outras agremiações. Uma força já negou, outros estão construindo o super PP.

Acho que o Dida vai ficar sozinho, #SóAcho!

Com alegria,
#DialisonCleberVitti

Câmara de Vereadores de Ilhota irá iniciar o processo de transmissão via internet das sessões

Plenário da Câmara Municipal de Vereadores de Ilhota

Sinceramente, eu não entendi essa Lei. Gratificação para assessor de áudio e vídeo? Como diria o povo joinvillense… Éééguaaa.

Esse projeto é de iniciativa do próprio Poder Legislativo, da Mesa Diretora. O Projeto de Lei Ordinária 01/2018 foi dado entrada no dia 9 de janeiro e deliberado pelo Plenário da Câmara de Vereadores de Ilhota na segunda sessão extraordinária Câmara deste ano, em 5 de fevereiro. Como havia comentado, iniciamos bem os trabalhos legislativos do ano, com sessão extraordinária. Se o projeto passou por alguma comissão, se teve algum parecer jurídico, eu não sei. O que apenas sei, consultando o portal da Câmara de Vereadores de Ilhota, só há o parecer do impacto orçamentário/financeiro e alguns outros anexos, e mais nada. O prefeito, respeitando a decisão do plenário, sancionou no dia 6 de fevereiro.

Entendo que, com essa lei, a Câmara irá transmitir em tempo real as sessões ordinárias, extraordinárias, solenes e audiências públicas.

Como sou um mero mortal e um simples contribuinte, só sei das coisas quando é publicado pelo Diário Oficial dos Municípios e é por lá, oficialmente nesse instrumento, onde eu sei das coisas e emito minha opinião. Graças ao DOM é que nós sabemos das coisas. Os bastidores, as entrelinhas da política, fofoca de homem velho, isso não me interessa, deixamos essa besteirol americano a cargo da rádio pião e rádio corredor. A Lei Ordinária Nº 1903/2018 foi publicado em 8 de fevereiro, ontem.

Cada um faz a lei que entender melhor para o município. É pra isso que elegemos vereador… pra propor leis que irá beneficiar a sociedade no geral, fiscalizar o executivo, discutir, promover debates e votar essas matérias e temos uma assessoria jurídica para emitir os pareceres. Pronto! A partir daí, a democracia representativa está em pleno uso de suas atribuições do estado de direito e exercendo sua função. Mas em minha modesta opinião, se alguém nos consultasse, a respeito dessa lei, eu diria ou aconselharia a criar um novo cargo para administrar todo esse processo. E qual seria esse cargo??? Eu vos apresento… o assessor de imprensa!

Não necessariamente poderia ser um jornalista graduado, formado na Univali, o bom seria, mas uma pessoa que entendesse bem da coisa e fosse linkado com o universo da crossmedia. Esse carinha ou mina da comunicação teria a função de não somente ligar o botão da webcam, dar o play e transmitir as sessões para internet e controlar a mesa de som, mas produzir conteúdo, releases, informações. Além de gerenciar uma conta no YouTube, Facebook, Twitter e Instagram, iria aproximar de fato a comunidade com os vereadores já que é a casa do povo e toda informação, claro, é sempre bem vinda.

Somos carentes de notícias. Ilhota é pobre de conhecimento. As únicas informações que temos hoje da Câmara de Vereadores do município são os atos publicados no portal do legislativo, por que se não fossem obrigatórios, as pautas, atas, tramitações de projetos de leis e otras coisitaas más, nem isso saberíamos, nada seria publicado, mas como é imprescindível, isso dá um trabalho…

Contrata um jornalista aí, presidente! Isso irá fazer bem para todos. Vereador Rogério bem sabe disso. Dinheiro pra isso temos, até porque, foram devolvidos mais de R$ 300 mil pra Prefeitura de Ilhota ano passado.

Se não impulsionar as transmissões e divulgar as coisas deliberadas pela Câmara, serão 800 conto jogado fora. Não estão pensado e esperando que será comunidade que irá fazer isso, né? Vai me dizer que estão? De graça? #SQN

Com alegria,
#DialisonCleberVitti

Vereador Rogério do PT na tribuna da Câmara de Vereadores

Prefeito Dida exonera secretária de saúde, sua maior apoiadora nas eleições

Portaria 11/2018 da Prefeitura de Ilhota sobre a exoneração de Jocelene da Silveira

Esse é o Dida sendo o Dida. Eu já sabia que isso iria acontecer, cedo ou tarde, mas nunca imaginei que iria demorar tanto. Por isso não o apoiei em sua campanha eleitoral, não votei nele e saí bem antes, quando soube que ele seria o candidato. Tentei avisar, ninguém ouviu e fui zombado.

Dida cumpriu com o prometido. Não o de campanha, mas a sua em particular. Enquanto desfrutava de suas férias, deu a ordem via ZapZap e logo, ao retornar, exonerou seu maior expoente durante a sua campanha eleitoral que resultou na vitória, Jocelene da Silveira, esposa do popular Dr. Lucas. A Portaria 11/2018, foi assinado em 5 de fevereiro e publicado hoje no Diário Oficial dos Municípios. Junto com a secretária, outros duas servidoras em regime de comissão também foram exoneradas.  Cheila Carla Darossi, do cargo de Diretor de Departamento e Jaqueline Aparecida Ferreti, do cargo de Chefe de Divisão.

Os áudios que o prefeito Dida enviou por engano a outros destinatários no final da semana passada, deu o que falar e falou bonito. Reza uma lenda da The Zueira Never Ends quem não sabe escrever, envia áudio. Também, quando os tiozinhos, as pessoas leigas usam a internet sem saber como funciona, dá nisso.

Depois de ter aprontado todo furdunço no ZapZap, ele publicou uma nota justificando o ocorrido, que foi postado aqui neste blog (leia a carta acessando este link). Em resumo ele dize, segundo a nota, que para quem em insiste em atacar o seu governo, os resultados estão aí para quem quiser ver. Como um clássico carrasco medial e utilizando-se de um terrível golpe de um machado super afiando, cortou a cabeça dos seus “pseudos” traidores. O prefeito começou a mudar e foi logo pela saúde, que estava de mal a pior. Cortou a cabeça da atual secretária Jocelene e membros de sua equipe.

Não vou e nem quero comemorar a desgraça alheia, pois isso vai contra minha conduta que deveria ser um princípio compartilhado por todos, mas postarei minha opinião. Nada a favor da coisa, nem muito menos contra. Cada um sabe o que faz e estão todos em pleno uso de seus juízos.

Nas entrelinhas dos bastidores da política é assim que a coisa funciona, cheio de altos e baixos, perseguições, trairagens, cinismos e todos os adjetivos propício para aqueles que deslumbram o poder. Na política, quem está com a razão é sempre o mais forte. Nem sempre é assim, nesta ordem, pois o mais fraco, do outro lado, é quem geralmente paga o pato, por não ter força para encarar o enfrentamento, perde e cai no esquecimento.

Agora, a pasta da saúde está vaga. A boca miúda, a rádio peão que circula na cidade dão por conta que o prefeito pretende contratar o ex-secretário Lavino ou mais um apadrinhado político de Luiz Alves. Há quem diga que poderá ser mais um do ex-prefeito Periquito de Balneário Camboriú, que perdeu a disputa lá e migraram pra Zióta. O banco de aposta está aberta.

Por fim, quero crer que essa portaria seja mais uma das coincidências da vida. A portaria que exonerou uma das emedebista mais fervorosas do 15, é a de número 11.

Carta de renúncia de Ademar Felisky da função de delegado do Diretório do MDB de Ilhota

Carta de renúncia de Ademar Felisky da função de delegado do Diretório do MDB de Ilhota

É minha gente, o ZapZap tá dano o que falar. Ele foi feito para escrever, mas como nem todo mundo sabe escrever, envia áudio e dá no que deu.

Essa é a carta de renúncia do ex-prefeito Ademar Felisky da função de delegado do Diretório do emedebê de Ilhota. Para colaborar com as notícias dos tabloides da região, o povo da oposição estão mexendo os seus os pauzinhos e conseguem se infiltrarem nos grupos adversários.

Na coluna Pimenta, do Jornal Metas, o editor descreve a situação do caso do ex-prefeito Ademar Felisky comentando a respeito de sua carta de renuncia da função ao qual foi  já pegou eleito.

Ademar entregou um requerimento onde comunica a sua renúncia da função de delegado do Diretório do MDB de Ilhota. A decisão foi tomada depois dele ouvir o áudio do prefeito Dida que todo mundo ouviu (logo irei criar um podcast e publicar esses áudios). Segundo a coluna Pimenta, Ademar nunca escondeu sua simpatia pelo Dr. Lucas como candidato a prefeito nas últimas eleições, porém, foi voto vencido, e acabou trabalhando pela eleição de Dida. Também deve estar se sentindo parte da “Turma do Lucas”, como mencionou Dida no áudio.

Sabe o que tenho a dizer disso tudo? Nada! Apenas observo. Eles que são ilhotenses que se entendam. Se alguém quiser me contratar para assessoramento de comunicação social e marketing, me chama no inbox. Um salve a todos e fiquem com  as bênçãos de Deus!

2017 – O ano que a ética afundou na política ilhotense

 Dida de Oliveira, Prefeitura de Ilhota

Para você, qual foi o pior momento da política na cidade neste ano que está terminando?

1. O primeiro projeto enviado pelo novo Prefeito, Dida Oliveira (PMDB), a Câmara de Vereadores foi para diminuir o investimento em Educação de 30% atuais, para 25%, tirando assim dinheiro da área que mais precisa de investimentos e tirando um futuro melhor para o povo, que só é possível através da Educação. Vale lembrar que o Prefeito recuou da proposta graças a mobilização da população, que se organizou para lotar a Câmara de Vereadores contra esse projeto. Eita momento triste!

2. O Presidente Michel Temer (PMDB) foi denunciado por corrupção e formação de quadrilha, porém para ser investigado a Câmara dos Deputados precisava autorizar a investigação. Temer liberou R$ 5,1 bilhões em emendas para os parlamentares em trocar de votos para barrar as 02 denúncias contra ele, de acordo com os principais jornais do país, como BBC BrasilO GloboFolha de S.Paulo, e da região, como o Jornal De Santa CatarinaDiário Catarinense entre outros. Além disso, Temer está liberando mais alguns bilhões de reais para os deputados em troca de votos para aprovar a Reforma da Previdência, usando novamente a mesma tática de política baixa para barganhar apoio dos deputados em troca da liberação das emendas. Parte do dinheiro liberado através das emendas parlamentares para barrar as denúncias e para aprovação da Reforma da Previdência vieram para Ilhota, em uma negociação da atual gestão e de alguns vereadores em Brasília, envolvendo deputados como Rogério Peninha (PMDB) e Marco Tebaldi (PSDB), ambos votaram para livrar Temer das investigações. Ver Ilhota se vender ao apoiar Michel Temer abertamente em troca de emendas parlamentares foi um episódio que deixou boquiaberto qualquer cidadão íntegro da cidade.

3. Outro projeto enviado para a Câmara de Vereadores pelo Prefeito Dida Oliveira foi o popularmente conhecido “Pacote da Maldade”, um pacote de aumento de vários impostos em um dos momentos mais críticos da economia brasileira, colocando o povo para pagar a conta da má administração pública. Somente os vereadores Cidney Carlos Tomé (PP) e Rogério Flôr de Souza (PT) votaram contra o aumento de impostos, todos os demais vereadores votaram a favor da proposta, por isso a imagem contém a foto de todos, menos de Cidney e Rogério, que votaram a favor da população! O aumento de impostos deixou a população enraivecida!

Difícil escolher né? Se você acha que o pior momento foi o primeiro, coloque sua cara de triste, se acha que foi o segundo, coloca a carinha boquiaberta, se acha que foi o terceiro coloca a cara de raiva. O nível está baixo, mas com a população fiscalizando as ações do Prefeito e dos Vereadores poderemos ter um 2018 melhor!

 Escrito por Rafael Koehler em seu perfil no Facebook em 30 de dezembro de 2017

Carta aberta do prefeito Dida aos cidadãos de Ilhota

Prefeito Dida de Oliveira

Minha Gente,

Circula um áudio pela Internet com uma comunicação pessoal minha, enviada por engano para um grupo de WhatsApp de onde foi espalhada. No áudio, eu peço a um membro da nossa equipe para ajudar no monitoramento de um determinado setor da administração pública de nossa Cidade. Um setor extremamente importante para a população e com o qual eu me preocupo muito.

Há dois princípios que não abro mão no exercício do mandato para o qual o Povo de Ilhota honrosamente me elegeu. O primeiro deles é o respeito no trato com as Pessoas que precisam do apoio da administração pública. O segundo princípio, mas não menos importante, é o cuidado extremo com o uso correto e legítimo dos recursos públicos no atendimento das necessidades do nosso Povo.

Nesta administração, todos os que exercem algum tipo de função pública municipal deverão respeitar rigorosamente esses dois princípios. Sem exceção. Essa é a regra de ouro que está (e estará) sempre acima de qualquer relação pessoal ou partidária. Esse foi o compromisso que assumi como homem público perante a minha Família e o Povo desta terra maravilhosa que tanto amo. Defenderei esses dois princípios com toda a minha energia enquanto eu for o Prefeito de Ilhota. Doa a quem doer!

Caminhar pelo mundo da política é uma tarefa árdua para pessoas de bem. A lida de um chefe de governo sério é muito difícil porque nem sempre é possível contar com a integridade ética de todos aqueles que o cercam. O poder e o acesso fácil aos recursos públicos cria, infelizmente, um ambiente tentador para que alguns sucumbam à pratica de condutas moralmente questionáveis e por vezes até criminosas.

Não cabe ao Prefeito acusar publicamente ninguém por crimes contra a administração pública. Diante de uma suspeita consistente, o Prefeito deve informar as Autoridades competentes para que as investigações sejam instauradas de forma legítima e, quando for o caso, os responsáveis sejam processados e julgados nos termos da Lei.

Mas é muito fácil ser induzido ao erro de acusar injustamente pessoas inocentes. Com a força da Internet, criou-se um ambiente propício e perigoso para esse tipo de injustiça. Por isso, nesta Administração, sempre que houver a suspeita de algo errado, iremos averiguar com muito cuidado e sem alardes. Quando a suspeita se mostrar consistente, ela será imediatamente informada às Autoridades competentes, para que tudo seja esclarecido de forma legítima e com o devido respeito ao contraditória e à ampla defesa.

Para os poucos que ainda insistem em nos atacar de forma rasteira e covarde, informo que os resultados da administração Dida e Joel estão aí para quem quiser ver. Não são promessas, são realizações. E muitas! Os Ilhotenses estão sorrindo. Sabem que agora na Prefeitura há pessoas sérias e comprometidas com a solução dos problemas do nosso Povo. Juntos faremos de Ilhota um Município modelo. Sempre com o imprescindível respeito às Pessoas e ao uso correto e legítimo dos recursos públicos.

Vamos em frente Minha Gente! Trabalhando duro e com a atenção redobrada.

Um abraço carinhoso do Dida!

Publicado na página do prefeito Dida no Facebook e imortalizado neste blog.

Prefeitura de Ilhota divulga os dias de feriados e estabelece os ponto facultativo para 2018

Bandeira de Ilhota

De acordo com o Decreto Municipal 172, publicado em 9 de janeiro de 2018, o prefeito de Ilhota editou em seu gabinete os dias de feriados nacionais e municipais, estabelecendo assim os dias de ponto facultativo para o ano de 2018, afim de cumprimento pelos órgãos e entidades da administração pública municipal direta e indireta do município de Ilhota, sem prejuízo da prestação dos serviços considerados essenciais.

Os dias proposto pela Prefeitura para as tais folguinhas merecida, são, coincidentemente, 15 dias, a saber:

  • 12 de fevereiro: Carnaval (ponto facultativo);
  • 13 de fevereiro: Carnaval (ponto facultativo);
  • 14 de fevereiro: Quarta-feira de Cinzas (ponto facultativo até as 14h00min);
  • 30 de março: Sexta-feira, Paixão de Cristo (feriado nacional);
  • 1º de maio: Terça-feira, Dia Mundial do Trabalho (feriado nacional) – na verdade é o dia do trabalhador!;
  • 31 de maio: Quinta-feira, Corpus Christi (ponto facultativo);
  • 1º de junho: Sexta-feira (ponto facultativo);
  • 21 de junho: Quinta-feira, Aniversário do Município;
  • 22 de junho: Sexta-feira, (ponto facultativo);
  • 7 de setembro: Sexta-feira, Independência do Brasil (feriado nacional);
  • 12 de outubro: Sexta-feira, Nossa Senhora Aparecida (feriado nacional);
  • 2 de novembro: Sexta-feira, Finados (feriado nacional);
  • 15 de novembro: Quinta-feira, Proclamação da República (feriado nacional);
  • 16 de novembro: Sexta-feira (ponto facultativo);
  • 25 de dezembro: Terça-feira, Natal (feriado Nacional).

Infelizmente, o dia do Servidor Público, comemorado em 28 de outubro não será nem feriado nem ponto facultativo e o povo vai ter que trabalhar, ou não, pois será domingo, mas mesmo assim, deveria estar na lista. Consciência negra e feriados estaduais também não entram no decreto. Mas os feriados estaduais são apenas dois dias, 11 de agosto e o 25 de novembro e de acordo com a lei, sempre que esses datas coincidirem com dias úteis da semana, os feriados e os eventos alusivos às elas serão transferidos para o domingo subsequente, ou seja, em Santa Catarina a gente não tem folga, não comemoramos o feriado #QueTriste. O dia 24 de dezembro deveria ser ponto facultativo, mas até lá, provavelmente, a barroza já entrará em resseso administrativo, quem sabe!

Mas o que eu percebi é que faltou dois dias na lista que são feriados nacionais. Um é o 1º de janeiro: Confraternização Universal (segunda-feira) que já foi decretado (acho eu #SóAcho) o resseso e não teria necessidade e entrar nesta lista, e o outro, que trata-se do dia 21 de abril: Tiradentes, mas por cair num sábado, talvez por isso não haveria necessidade de estar lista de feriados da prefeitura, assim imaginou o prefeito, mas deveria estar, pois o Ministério do Planejamento publicou os nove feriados nacionais e os cinco pontos facultativos e esses dias entraram na lista.

As datas a que se refere este Decreto, os serviços considerados essenciais do município, funcionarão em regime de plantão, de acordo com escala a ser estabelecida pelos secretários, não sendo consideradas como extraordinárias as horas trabalhadas e será vedado antecipar ou postergar ponto facultativo em discordância com o que dispõe este Decreto.

Com alegria,
#DialisonCleberVitti

Moradores de Ilhota reclamam de infestação de mosquitos

Reportagem da Rictv Record exibido no programa Balanço Geral Itajaí aborda a notícia em que a emissora mostrou tempos atrás uma infestação de mosquitos no loteamento Santa Regina ,em Itajaí. Mas no bairro Pedra de Amolar, em Ilhota, tem moradores que passam por uma situação ainda pior. É tanto mosquito, que as famílias dizem estar intoxicadas de tanto usar repelente.

Escola Valério Gomes promove encontro com a comunidade para debater o destino do lixo reciclável

Encontro de amigos na frente do nosso colégio Eeb Valério Gomes

Os estudantes da Escola de Educação Básica Valério Gomes convidam a comunidade em geral para uma roda de conversas com o tema: “O destino do lixo reciclável: um olhar para as comunidades do Braço do Baú e Pedra de Amolar”. A programação terá a exibição de um documentário que trata sobre o tema do encontro. O filme “Destino do lixo e a realidade social”, foi produzido pelos estudantes da escola dos primeiros anos do ensino médio, e retrata os problemas ambientais de suas comunidades.

Logo, será ministrado uma palestra, com o tema “a consciência ambiental” e será ministrada pela professora e bióloga Amanda Alves Trentini Pereira. Por fim, será realizado uma oficina de reciclagem com objetivo de “como separar e armazenar o lixo reciclável”.

As atividades será realizado no dia 5 de dezembro, à partir da 15h30h, no auditório da Escola de Educação Básica Valério Gomes, situado na Rua José Geraldino Bittencourt, Pedra de Amolar. O telefone para contato é 47 3378-8473.