VI workshop de recursos hídricos e desastres naturais

Desastre ambiental no complexo do Morro do Baú

Recebi um e-mail muito interessante, oportuno e de grande relevância a conjuntura social e que agrega ao conteúdo do blog e da área de minha  atuação frente aos assunto comunitários e políticos da acadêmica ilhotense Camila Mariana Rebello da Cunha, do curso de Engenharia Ambiental pela Univali, e estou compartilhando o conteúdo com todos. Espero que seja esse artigo possa ampliar os horizontes da sociedade pela causa e o mesmo possam estar presente ao evento. Pode contar comigo ao evento e fico muito agradecido. Conferem o artigo!

Sou acadêmica do curso de engenharia ambiental da Univali e faço parte do projeto chamado  Capacitação de Gestores Público e Lideranças Multissetoriais para os desafios da mudança climática e da governança ambiental na Foz do Rio Itajaí/SC que pode ser melhor entendido através dos site http://governancaambiental.blogspot.com.br/ e http://www.sustenta-habilidade.org/.

Gostaria de convida-los a participarem do VI Workshop que será organizado pelo projeto, este sobre Recursos Hídricos e Desastres Naturais. O projeto já com  Workshops realizados com os temas: “Planejamento Territorial Urbano e Rural na Foz do Rio Itajaí/SC”, “Governança, Fundações e Espaços Institucionais de Participação Socioambiental”,  “Desafios da Concretização da Politica Nacional de Resíduos Sólidos”,  “Capacitação da Cartilha da Cidadania”.

Minha intenção é convidar especialmente  o Sr. Paulo Roberto Drun, coordenador  municipal (licenciado) de Defesa Civil da prefeitura de Ilhota para fazer uma breve apresentação, em torno de 15 minutos, conversando sobre a situação da Defesa Civil do  Município de Ilhota.  Estendi o convite ao Sr. Dialison Cleber Vitti por receber informações de que é uma pessoa proativa  e que participaria do evento (obrigado!).

Ressalto a importância do evento, pois é uma iniciativa de melhora das condições dos municípios associados a  AMFRI, onde podem expor os problemas enfrentados, conhecer a experiência dos outros municípios e receber auxilio técnico.

Serão convidados a participar a Defesa Civil de Itajai, Ilhota, Luiz Alves,  representantes dos Comites de Bacias dos Rios Tijucas, Camboriu e Itajai, também técnicos. Conforme prossiga a organização, podem haver outros convidados, mas avisarei conforme for. O local será na OAB de Itajaí, provavelmente às 19h e não temos data confirmada ainda, pois estamos esperando a disponibilidade dos possíveis participantes do evento.

Espero contar com a presença de vocês, pelo menos prestigiando o evento, eu como moradora do município gostaria muito de ver alguém participando e  tenho certeza que gerará bons frutos. E se houver interesse da parte de vocês, poderíamos marcar um dia para conversar melhor.

Estruturação das Defesas Civis municipais está entre as ações previstas pelo Estado para 2012

Secretário Geraldo Althoff falou aos coordenadores de Defesa Civil da região sobre os investimentos no setor e garantiu apoio aos municípios da AMFRI.

Secretário Geraldo Althoff falou aos coordenadores de Defesa Civil da região sobre os investimentos no setor e garantiu apoio aos municípios da AMFRI.

O Secretário de Estado da Defesa Civil de Santa Catarina, Geraldo Althoff esteve reunido na manhã desta quarta-feira (09), com membros do Colegiado de Coordenadores de Defesa Civil (CODEC), órgão vinculado à Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí – AMFRI, que congrega as cidades de Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Bombinhas, Camboriú, Ilhota, Itajaí, Itapema, Luís Alves, Navegantes, Penha e Porto Belo.

O objetivo da reunião era demonstrar a organização da região através da constituição do CODEC, apresentar as ações desenvolvidas pelo órgão durante os eventos climáticos de setembro de 2011, solicitar investimentos do Estado na estruturação das Defesas Civis municipais e conhecer as ações do governo para o setor em 2012.

Althoff agradeceu o convite e classificou como louvável a iniciativa da região da AMFRI em constituir o colegiado. O Secretário também aproveitou a oportunidade para falar das ações previstas pelo Estado para o próximo ano. Entre elas a regionalização das Defesas Civis municipais, de acordo com as 36 Secretarias de Desenvolvimento Regional espalhadas pelo estado. Na opinião de Althoff, a regionalização tornaria a relação entre a Secretaria de Estado e as Defesas Civis municipais mais efetiva e rápida.

Outra ação prevista para 2012 seria a implementação de um projeto de estruturação das Defesas Civis municipais, com base no número de habitantes e nas peculiaridades de cada município. “Pretendemos investir nas equipes e na criação dos fundos municipais e das Secretarias de Defesa Civil para apoiar as ações das coordenadorias”, explicou Althoff.

Solicitações da região

Após a fala do secretário, que se mostrou bastante solícito às reivindicações do colegiado, foi a vez dos coordenadores regionais apresentarem suas solicitações. Para o coordenador de Defesa Civil de Penha e presidente do CODEC, Johnny Eurico Coelho, embora os investimentos em prevenção sejam prioridade, outras áreas merecem atenção especial. “Sentimos a necessidade de fortalecimento das nossas coordenadorias em prevenção, resposta e também em recursos para o atendimento”, declarou.

Na lista de solicitações da região estão: a disponibilização pelo Estado de três profissionais (engenheiro, geólogo e biólogo) para prestarem assessoria na elaboração de pareceres; a estruturação das Defesas Civis da região; e o apoio do Secretário Geraldo Althoff na obtenção de recursos para a elaboração dos Planos Municipais de Redução de Risco.

Situação das Defesas Civis da região da AMFRI será relatada em reunião com secretário Geraldo Althoff

Situação das Defesas Civis da região da AMFRI será relatada em reunião com secretário Geraldo Althoff

O Colegiado de Coordenadores de Defesa Civil, órgão vinculado à Associação dos Municípios da Região da Foz do Rio Itajaí – AMFRI realizará nesta quarta-feira (09), uma reunião com a presença do Secretário de Estado da Defesa Civil de Santa Catarina, Geraldo Althoff. O encontro acontecerá às 10 horas, na Prefeitura Municipal de Navegantes.

Entre os objetivos da reunião estão a apresentação do colegiado, sua finalidade e os trabalhos de apoio realizados na enchente de setembro de 2011, além da exposição das necessidades gerais da região e da falta de estrutura, de um modo geral, nas Defesas Civis municipais em Santa Catarina e na região da AMFRI.

Prefeitura divulga lista dos que têm direito a retirar o benefício

Vila Nova, Centro, Missões, Pedra de Amolar, Pocinho, Barranco Alto, Barra de Luiz Alves, Ilha Bela, Baú Central, Alto Baú e Braço do Baú. Estes foram os bairros mais atingidos pela última enchente em Ilhota. E são os moradores destas localidades, diretamente afetados, que terão o direito de sacar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A lista com os beneficiados (abaixo) foi divulgada pela Defesa Civil nesta semana.

O coordenador, Paulo Drun, destaca que, se a casa de algum morador foi atingida e não está nesta lista, ele deve entrar em contato com o departamento para que a prefeitura faça uma vistoria em sua residência. “Se for constatado veracidade no fato, ele entrará nesta lista e poderá sacar o benefício”, explica. O prazo se encerra na terça-feira (11).

O cronograma de pagamento deve ser divulgado pela caixa a partir do dia 17 deste mês. Os moradores de Ilhota tem direito ao saque de até R$5,4 mil.

Baixe a lista extra-oficial dos que tem direito o benefício neste link Lista dos logradouros ao benefício do FGTS.

Vídeo reportagem das enchentes em Ilhota

NTV conversa com a coordenadoria da Defesa Civil de Ilhota, um dos municípios mais atingidos pela enchente de setembro de 2008

Chuvas em Ilhota registram diversos pontos de alagamentos

Rua alagadas em Ilhota na região da Margem Direita do municípioA via de ligação entre o Baú Central e o Braço do Baú está alagada. A notícia foi dada agora à noite pelo diretor da defesa civil de Ilhota, Paulo Drun, que ficou durante todo o dia na região, onde não há sinal de telefonia celular. Segundo o coordenador, há diversos pontos de alagamentos no município, o que impede a trafegabilidade em algumas estradas. O acesso também está difícil entre o Baú Central e o Alto Baú.

Paulo afirma que há alagamentos também na margem direita da cidade, nas localidades de Ilhotinha e São João. “No bairro Pocinho, nós vamos realizar uma nova avaliação, sendo que está quase certo a interdição de duas residências que se encontram na margem do ribeirão. Na Rodovia Jorge Lacerda, nas proximidades da empresa Supergasbras, a água chegou na pista e  deve invadir a mesma nas próximas horas, caso o rio continue subindo”.

Rua alagadas em Ilhota na região da Margem Direita do municípioA balsa não está funcionando desde às 14h e não há previsão de retorno nesta quarta-feira (31). A previsão do tempo para este dia 31 indica condições de chuva isoladas no início da madrugada. Haverá também presença de sol, devido a um sistema de alta pressão (massa de ar seco e frio).

A Defesa Civil de Ilhota está de plantão através do telefone 9983-6110 ou 3343-8827. Se ambos estiverem ocupados, a população também pode recorrer ao Corpo de Bombeiros através do telefone 199.

Representantes municipais definem criação do Colegiado de Defesa Civil da AMFRI

Representantes dos onze municípios associados à AMFRI estiveram reunidos na tarde desta segunda-feira (13), na sede da associação, para discutir a criação do Colegiado de Coordenadores Municipais de Defesa Civil da AMFRI – CODEC.

O órgão, que consiste em um fórum permanente de debates, terá como objetivo discutir, planejar e construir políticas destinadas a promover ações de defesa civil e a prevenção de desastres naturais nos municípios que integram a AMFRI.

A decisão em formar o colegiado foi unânime, já que todos os representantes reconhecem a importância de planejar ações que previnam ou minimizem os estragos causados por desastres naturais na região. “Eu queria parabenizar a AMFRI pela iniciativa e reafirmar que precisamos lutar na prevenção e nos equipar”, reforçou o coordenador de Defesa Civil de Penha, Johnny Eurico Coelho.

Outro ponto em destaque foi o aumento da força política adquirida através desta organização, já que a população dos onze municípios da AMFRI soma cerca de 500 mil habitantes.  “Este colegiado será importante para a melhoria da estruturação das defesas civis, mas também será uma importante ferramenta de troca de experiências e, principalmente, de aumento da nossa força política”, salientou o coordenador de Defesa Civil de Bombinhas, Sargento Clodomar da Silva.

Reuniões, capacitações e seminários fazem parte das atividades previstas para o CODEC neste primeiro momento. Mas as intenções com relação ao crescimento do colegiado vão além dos encontros mensais. “Temos a intenção de criar um consórcio, com a possibilidade de buscar recursos junto às esferas estadual e federal, ter estrutura de recursos humanos e equipamentos disponíveis para desenvolver as ações em nível regional”, salientou o secretário executivo da AMFRI, Célio José Bernardino.

A próxima reunião do colegiado acontece no dia 22 de junho, às 14 horas, na sede da AMFRI, onde será aprovado o Regimento Interno do CODEC e realizada a eleição da diretoria.

DEM (PSD) entra no governo Ademar Felisky

Lauri Junior assume a secretaria nesta quinta-feira / Foto: Divulgação

Legenda terá dois secretários e um diretor.

Já visando as eleições de 2012, o prefeito Ademar Felisky (PMDB) confirmou nesta semana, a entrada do Democratas no governo. A legenda, que esteve com o PSDB na disputa de 2008 e atualmente não possui representantes na Câmara, deve embarcar na Prefeitura com suas secretarias e uma diretoria.

Entram no secretariado de Felisky, Lauri Junior (Turismo), Diego Zeferino(Esporte) e Celso Oliveira Junior (diretoria de Esporte). “As conversas com o Democratas já ocorriam há algum tempo. Chegamos agora em um acordo que é bom para os dois lados”, declara Felisky. Além deles, a sigla possui ainda o diretor de Defesa Civil Paulo Drun, que já trabalhava na Prefeitura.

Futuro secretário, Junior conta que o partido não está fechado oficialmente com o PMDB para as eleições de 2012, mas a entrada no governo deve facilitar o entendimento entre as siglas. “Recebemos a proposta do prefeito, levamos ao diretório, e aprovamos sem maiores problemas”, comenta. “Estamos abertos a conversas com todos os partidos, até mesmo o PP”, completa Felisky.

A entrada do Democratas no governo deve ocorrer a partir desta quinta-feira (5).

DEM ou PSD?

A aliança do PMDB em Ilhota vai mudar a partir de junho. Isso porque a maioria dos filiados do Democratas, incluindo os secretários, devem deixar a sigla rumo ao PSD (Partido Social Democrático). Eles irão seguir o governador Raimundo Colombo, que anunciou a troca nesta semana.

“É uma tendência, pois estamos todos unidos tendo o Colombo como nossa grande liderança”, afirma Lauri Junior, que preside a sigla na cidade.

Fonte: Jornal Metas.