Genoma Colorado de Ilhota perde mais uma no campeonato da Acef

Projeto Genoma Colorado de Ilhota no campeonato da Acef em Rio NegrinhoProjeto Genoma Colorado de Ilhota no campeonato da Acef em Rio Negrinho

No último sábado, 19/05, o Genoma Colorado de Ilhota que representa o município no campeonato de escolinhas da Acef, viajou para a cidade de Rio Negrinho para mais um jogo da competição. A partida foi contra a equipe do Vila Nova que venceu as duas categorias ao qual disputa o torneio, sub-13 e sub-15.

Mesmo como os resultados os professores Diego Zeferino e Paulo Eduardo Pereira gostaram da atuação de ambas as categorias pois a cada jogo evoluem e mostram superação nas partidas. “Estamos conscientes de que temos muito a se fazer, mas com o tempo e com o trabalho que está sendo feito as equipes estarão pegando ritmos de jogo nas competições”, disse o coordenador do projeto Diego Zeferino, diretor de esportes do município. Paulo Eduardo comentou ainda que “muitos alunos nunca haviam participado de campeonatos deste nível”.

Aproveitando o jogo o Projeto Genoma Colorado de Ilhota estreou seu novo uniforme com a logo da Eletrobras/Eletrosul que patrocina a equipe. O projeto com a estatal Eletrosul foi elaborado pelo professor Paulo Eduardo Pereira onde por iniciativa do Edital de patrocínio conseguiu angariar recursos para que pudessem subsidiar de alguma forma o projeto sócioesportivo em Ilhota. O mesmo projeto teve minha participação nele, onde por forma de consulta Paulo obteve informações , pude auxiliar a entidade a produzir de forma clara e objetiva o projeto junto a empresa, e deu certo!

Genoma Colorado encerra o ano com participação em campeonato catarinense

Genoma Colorado encerra o ano com participação em campeonato catarinense

O time Genoma Colorado de Ilhota participou de 24 a 27 de novembro do último campeonato deste ano. Trata-se da V Taça Brasil de Genomas Colorado Sub 16. Os alunos da categoria juvenil disputaram as partidas na cidade de São Carlos, no oeste catarinense. Participaram cinco estados: Ceará, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, totalizando 12 núcleos. “O colorado se despediu da taça na primeira fase, jogando contra Butiá – RS, Viamão – RS e Honório Serpa – PR, não se classificando para as finais. Mesmo sem a classificação, o que contou muito foi a força de vontade de todos os alunos e a experiência de estarem disputando o campeonato”, explicou o coordenador Paulo Eduardo.

Genoma Colorado participa de campeonato no oeste catarinense

Projeto Genoma Colorado de Ilhota

Nesta quinta-feira (24), a categoria juvenil (sub 16) do Genoma Colorado de Ilhota estará viajando para a cidade de São Carlos, no oeste catarinense, para a disputa de mais um torneio. Trata-se da V Taça Brasil de Genomas Colorado, que se realizará nos dias 25, 26 e 27 deste mês. Na disputa estarão times de cinco estados, sendo eles: Ceará, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Ao todo, 15 equipes estão na disputa.

Genoma Colorado joga em Palhoça neste sábado

O recém-criado time de Ilhota, o Genoma Colorado, está ganhando espaço no cenário estadual. Neste sábado (15), o grupo disputará as quartas de final do Campeonato Estadual de Genomas Colorado, na cidade de Palhoça. Na disputa estarão as categorias mirim (sub 12) e juvenil (sub 16). Se vencer, no mesmo dia o time ilhotense disputará a semi-final. Os professores Paulo Eduardo e Robson, coordenadores do núcleo, estão otimistas com um bom resultado em ambas as categorias.

Jogador do Colorado faz avaliação no time Internacional

O primeiro atleta do Genoma Colorado de Ilhota a participar de um período de avaliação no Sport Club Internacional, na cidade de Porto Alegre, foi Nilo Sérgio Cardoso Júnior, de 16 anos. De 17 a 30 de setembro, ele realizou diversos testes e  foi aprovado na primeira semana. “Ele foi convidado para permanecer mais alguns dias e fazer novas avaliações, mas ele decidiu voltar devido aos seus compromissos escolares”, ressaltou o diretor de esportes, Diego Zeferino.

Na oportunidade, Nilo conheceu a estrutura e o nível da categoria de base de um grande time profissional. O aluno foi acompanhado pelo coordenador e professor, Paulo Eduardo, que aproveitou a ocasião para realizar um estágio de observação na categoria 97 (14 anos), acompanhando os treinamentos e trazendo na bagagem uma experiência que ajudará a melhorar os treinamentos do núcleo local “Tivemos uma base do nível dos atletas que já fazem parte das categorias de base do clube”, concluiu o professor.

Projeto Genoma Colorado de Ilhota projeta atleta

No sábado de 24 de setembro, o aluno-atleta Nilo Sérgio, embarcou rumo a capital portoalegrense para um período de avaliações no Sport Club Internacional, entidade mantenedora dos milhares de projetos Genoma espalhados pelo país a fora e Ilhota mantém uma pequena célula. Durante toda a semana em que esteve na sede do clube, o atleta foi avaliado.

Professores e aluno estão bem confiantes no bom resultado do teste. Nilo é o primeiro aluno do Genoma de Ilhota que terá uma oportunidade para avaliação no Inter. Em outubro, outros dois alunos-atletas também estarão embarcando e seguindo o mesmo trajeto de Nilo na capital gaúcha para realizarem as avaliações.

Boa Sorte a gurizada!

Fonte chupada e reeditada do Publicar Agora.

CMDCA visita abrigos de crianças e adolescentes

Os integrantes do Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes (CMDCA) visitou nesta semana os abrigos que recebem subvenções da prefeitura de Ilhota. Segundo o presidente da entidade, Ivanor Januário, as instalações estão em bom estado. “Podemos perceber que nossas crianças e adolescentes estão muito bem amparadas e cuidados. As ongs Gaia e Ação Social Cidadã, mantenedoras dos abrigos, possuem três unidades, sendo uma para crianças até 12 anos e as outras duas para adolescentes, uma destinada a meninos e a outra a meninas”, contou.

Na ocasião, os membros também discutiram a possibilidade de elaborar um diagnóstico social, envolvendo crianças, adolescentes e a família em todo o município. “Com estes dados podemos criar mecanismos e ferramentas para elaboração de planos e metas em políticas públicas e referenciais a demais secretarias e setores da sociedade”, explicou o presidente, mais conhecido como Nole.

A reunião ainda contou com assuntos como os projetos Badminton e Genoma Colorado, além do modelo da cartilha informativa do CMDCA e do Conselho Tutelar. O professor Nilson Reinert apresentou todo o seu esforço para o sucesso do projeto Badminton. Idealizador da iniciativa, ele busca junto ao FIA e ao conselho a subvenção a manutenção do projeto. “Pretendemos atender crianças e adolescentes em vulnerabilidade social e trazer os pais junto ao projeto. Implantaremos como piloto no centro da cidade e, se for aderido, será ampliado a todo município”, conta.

Já Paulo Eduardo Pereira apresentou o projeto Genoma Colorado, que atende hoje cerca de 113 crianças e adolescentes, dos 5 aos 16 anos, do sexo masculino. “Eles são atendidos em dois turnos, no período matutino e vespertino durante três vezes por semana, nos dias segundas, quartas e sextas-feiras, com trabalho diário de 1h30, divididos em categorias”, destacou.

A reunião contou com a participação da grande maioria dos conselheiros.

Projeto Genoma pede apoio da prefeitura

Representantes do projeto Genoma Colorado se reuniram com o diretor de esportes de Ilhota, Ivanor Januário, para pedir apoio financeiro da prefeitura. O programa oferece aulas gratuitas de futebol a crianças e adolescentes. O projeto está orçado em R$ 23.253,00 e atenderá cerca de 100 estudantes.

Ivanor, mais conhecido como Nole, afirmou que colocará o pedido na pauta na reunião do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) para que o Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FIA) possa subvencionar o projeto. “Vamos fazer o que estiver ao nosso alcance, pois sabemos da importância desta atividade”.

Para dar mais credibilidade ao projeto, o coordenador, Paulo Eduardo Pereira, criou a entidade Centro Comunitário de Desenvolvimento Social, Esportivo e Cultural “Amigos de Ilhota”, cujo presidente é Alisson Pereira, que faz parte do projeto como colaborador. “A entidade é totalmente filantrópica, sem fins lucrativos e todos nela associados prestam serviço voluntários”.

Sobre o projeto

O Genoma Colorado é um projeto de inclusão social através do esporte da escolinha de futebol do clube de futebol profissional do Sport Club Internacional, com sede na cidade de Porto Alegre. A entidade possui núcleos distribuídos em quase todo território nacional e até no exterior. O projeto visa tirar as crianças das ruas e da vulnerabilidade social e familiar, proporcionando uma ocupação extracurricular e a inicialização a profissionalização do esporte, oportunizando uma prática esportiva de qualidade, saudável e dentro das normas técnicas.

Conheça mais sobre o projeto pelo blog http://genomacoloradoilhota.blogspot.com.

Projeto Genoma Colorado de Ilhota

Genoma Colorado de Ilhota

O Projeto Genoma Colorado é um projeto de inclusão social através do esporte da escolinha de futebol do clube de futebol profissional do Sport Club Internacional, com sede na cidade de Porto Alegre, estado do Rio Grande do Sul e possui outros muitos núcleos em distribuídos em quase todo território nacional e até no exterior.

Através de uma proposta com o Sport Club Internacional foi instalado um núcleo no município de Ilhota, parceria firmada através de uma entidade e constituiu a criação de uma Associação, que está em fase final, e por uma diretoria, irá coordenar e administrar o núcleo no município, sem nenhum apoio financeiro ou vínculos comerciais com o clube portoalegrense. Desse modo, o clube proporciona aos núcleos filiados campeonatos de níveis regionais, estaduais e nacional, possibilitando aos envolvidos no projeto, neste caso, crianças e adolescentes, possam conhecer novos lugares, relacionar com outras pessoas, adquirir novas experiências e iniciar o processo de socialização.

O projeto visa tirar as crianças das ruas e da vulnerabilidade social e familiar, proporcionando uma ocupação extracurricular e a inicialização a profissionalização do esporte, oportunizando uma prática esportiva de qualidade, saudável e dentro das normas e técnicas. Tendo por finalidade evitar a marginalidade promovendo as transformações sociais e a qualidade de vida através de atividades estruturadas e coordenadas por profissionais.

Conheça mais sobre o projeto pelo blog http://genomacoloradoilhota.blogspot.com/. Baixe o teor do projeto clicando neste link.