O descaso com a ponte Hercílio Luz

O descaso com a ponte Hercílio Luz é o retrato desses que governam Santa Catarina há 16 anos.

Ponte é um assunto que o PT sabe muito bem. A Construção Ponte De Ilhota o governo Lula assumiu 80% da obra através do PAC – Plano de Aceleração do Crescimento e entregou um sonho de 50 anos para o nosso povo e teve mais a Ponte de Gaspar e a do Badenfurt, em Blumenau. Todas elas construídas e entregues no mesmo tempo. Tivemos 3 pontes no Vale, no mesmo rio e tudo isso em menos de 10 anos, sem falar, é claro, da majestosa obra-prima que é a Ponte Anita Garibaldi lá em Laguna. Enquanto isso, a Ponte Hercílio Luz já custou do orçamento público mais que a Ponte de Laguna, está sendo reforma há mais de 30 anos e ainda não terminaram. Décio Lima tem a receita certa para inovar Santa Catarina e junto com o #PresidenteLula iremos revolucionar o Governo do Estado de Santa Catarina. Aliás povo do Vale, se lembram da Ponte Do Tamarindo de Blumenau? Então, ela existe está lá até hoje. Quando Décio Lima assumiu a prefeitura em 1997 logo entregou aquela ponte a comunidade que já tinha virado uma série sem fim na Netflix e que nenhum os prefeitos anteriores tinha conseguido terminar. Ela até tinha caído! Por isso #DécioLima13 é o mais preparado para governar #SantaCatarina. Eu sou #DécioLimaGovenador e #LulaPresidente #DécioLima13 #DécioGovernador #OnovoPraFazerDiferente

As ponte do Vale do Itajaí

Confira o projeto técnico das obras das pontes sobre o Rio Itajaí-Açu.

Anúncios

Reportagem aborda a mudança na rotina de pedestres e motoristas com a Ponte de Ilhota

Ponte de Ilhota #DialisonCleberVitti © 2016, Dialison, Dialison Cleber, Dialison Cleber Vitti, DialisonCleberVitti, Dialison Vitti, Dialison Ilhota, Cleber Vitti, Vitti, dcvitti, @dcvitti, #dcvitti, #DialisonCleberVitti, #blogdodcvitti, blogdodcvitti, blog do dcvitti, Ilhota, Newsletter, Feed, 2016, ツ

Reportagem histórica e relevante do Jornal de Santa Catarina revelam a mudança na de rotina de moradores com a construção e entrega de uma das maiores obras da cidade de Ilhota.

Da varanda da casa em que mora há 46 anos Laura Corsani Zimmermann, 68 anos, vê carros e caminhões cruzarem a Ponte Padre Cláudio Jeremias Cadorin, a Ponte de Ilhota, inaugurada oficialmente há um mês e meio. Mais do que assistir à passagem dos veículos que deu mais movimento e valorização ao pacato bairro Baú Baixo, na margem esquerda do Rio Itajaí-Açu, ela agora consegue ir com o filho João Júnior Zimmermann à farmácia, ao médico, ao mercado e a outros estabelecimentos do Centro de Ilhota. Serviços que antes ficavam a um rio de distância, acessíveis apenas por uma balsa que, sabia dona Laura, “não tinha mais condições”. A primeira passagem sobre o rio do município de 58 anos de emancipação era um sonho de décadas para famílias da cidade.

Meus pais já falavam dessa ponte. Depois que as obras começaram nunca duvidei que ficaria pronta, mas achei que eu não iria viver para passar em cima dela. Não tem o que dizer, é tudo de bom
empolga-se a costureira aposentada, com a vitalidade de quem passou e passará muitas vezes na travessia que para os pais foi apenas fantasia

Mais do que facilidade para moradores de Ilhota, a nova ponte aumentou as opções de deslocamento para quem passa pelas rodovias BR-470 e Jorge Lacerda. É comum ver carros com placas de outras cidades e caminhões de empresas distantes que optam pela ponte para encurtar distâncias ou escapar dos trânsitos urbanos. Não há dados sobre quantos veículos passam pela ponte, mas a superintendência regional do Deinfra avalia que ela ajudou a melhorar o trânsito da região e também aumentou o fluxo na Rodovia Jorge Lacerda entre Ilhota e Itajaí. Para esse impacto, a resposta seria a revitalização da via, que teve edital de licitação lançado no início de setembro.

O casal Viviane Schmitz Theiss e Ricardo Theiss aproveita o asfalto do acesso e da nova ponte para caminhar, sempre atento aos motoristas que já abusam da velocidade na reta de quase dois quilômetros que antecede a ponte de 480 metros. Mas os ganhos com a travessia sobre o rio vão além de saúde e bem-estar. A ponte também favorece os negócios do casal.

Temos uma confecção e agora para levar serviço para nossas funcionárias que trabalham em casa  na margem esquerda do rio ficou muito mais rápido. Leva 25 minutos, antes chegava a levar uma hora e meia
conta Ricardo

Da balsa à ponte

Nas sextas-feiras, quando deixa o serviço na madeireira no bairro Pocinho para ir para casa em Blumenau, Ivo Nogueira, 49 anos, precisa caminhar menos e, mais do que isso, não depende da balsa para a travessia. Nos últimos quatro anos, Éder Alves, 32, trabalhou no rebocador que puxava a balsa de Ilhota. Agora, atua como vigia da balsa e do rebocador que, enquanto esperam por um edital de leilão da prefeitura, seguem parados na beira do rio, desprestigiados pela população ainda ressentida pelo tempo em que os teve como única forma de travessia. O local de trabalho fica a um quilômetro da nova ponte, por onde Éder agora passa todo dia para ir de casa, no bairro Pocinho, até o Centro.

Ficou muito boa, melhorou muito a vida de quem mora aqui, tanto do lado do Centro quanto do lado de lá
conta Éder

Por Jean Laurindo jean.laurindo@santa.com.br, extraído do portal do Jornal de Santa Catarina.

Ponte de Ilhota será entregue à população

Ponte de Ilhota, Secom, Dialison, Dialison Cleber, Dialison Cleber Vitti, DialisonCleberVitti, Dialison Vitti, Dialison Ilhota, Cleber Vitti, Vitti, dcvitti, @dcvitti, #dcvitti, #DialisonCleberVitti, #blogdodcvitti, blogdodcvitti, blog do dcvitti, Ilhota, Newsletter, Feed, 2016, ツ

O governador Raimundo Colombo inaugura na próxima sexta-feira, 2 setembro, a Ponte de Ilhota, uma obra simbólica para a região do Vale do Itajaí. Mais do que uma ligação terrestre entre a BR-470 e a SC-412, conhecida como Rodovia Jorge Lacerda, ela representa a união do município que fica dividido pelo Rio Itajaí-Açu.

Aqui tudo é Ilhota mas as pessoas que moram do outro lado do rio quase não se consideravam ilhotenses. Muita gente que mora na região do Baú trabalha aqui na cidade e tinha duas opções para de caminho para ir trabalhar: pela balsa ou pela BR-470
conta Sergio Américo, morador vizinho à ponte que acompanhou todas as fases da obra

A obra recebeu investimento de R$ 33 milhões e foi executada por meio de repasse de recursos federais e estaduais. A ponte altera o sistema de mobilidade da região. “Se antes um morador do Baú levava em média 1h15min para fazer a travessia, a ponte reduziu esse tempo para 15 minutos”, observa Sergio Américo.

Morador do Morro do Baú, o comerciante Gilberto Hoffmann está animado com a conclusão da ponte que poderá render lucros para o seu restaurante. “Para nós já está sendo muito bom. Aqui é uma região bonita e com a ponte esperamos também turistas”.

Estudos realizados pelo Deinfra estimam que a avenida Jorge Lacerda vai absorver 7.416 veículos por dia, sendo que destes 2 mil são veículos pesados, tendo impacto significativo para os moradores das zonas urbanas e rurais do município.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Comunicação – Secom

Após quase sete anos de obras e entraves burocráticos, população ilhotense recebe a sonhada ponte

Ponte de Ilhota #DialisonCleberVitti © 2016, Dialison, Dialison Cleber, Dialison Cleber Vitti, DialisonCleberVitti, Dialison Vitti, Dialison Ilhota, Cleber Vitti, Vitti, dcvitti, @dcvitti, #dcvitti, #DialisonCleberVitti, #blogdodcvitti, blogdodcvitti, blog do dcvitti, Ilhota, Newsletter, Feed, 2016, ツ

Chegou a hora de cortar a fita de inaugural da Ponte de Ilhota

Muita coisa mudou em Ilhota desde que as primeiras famílias belgas começaram a colonizar o território, por volta de 1844. A condição exclusiva de fonte de exploração de metais e minérios ficou para trás dando lugar à agricultura, à urbanização e ao desenvolvimento econômico, liderado por atividades como a indústria e o comércio de moda íntima e moda praia. Como município, a história de Ilhota é mais curta — completou 58 anos no último dia 21 de junho. No entanto, o sonho da primeira ponte e a dependência de uma única balsa para cruzar o rio Itajaí-Açu ainda prendiam parte da cidade em uma época que remetia ao passado.

A história ganha um novo capítulo nesta sexta-feira, quando a Ponte Padre Cláudio Jeremias Cadorin será inaugurada. A cerimônia está marcada para as 15h e contará com a presença do governador Raimundo Colombo. O trânsito sobre a ponte, que foi liberado na última semana, ficará interditado a partir das 14h. Nas rodovias Jorge Lacerda e BR-470, no entanto, não haverá alteração no fluxo. Na tarde desta quinta-feira, funcionários do consórcio responsável trabalhavam na colocação de grama e pintura do meio-fio no acesso à ponte. O trabalho era a última etapa da execução, segundo o engenheiro responsável Marcelo Vequi.

A luta pela ponte enfrentou a correnteza dos gabinetes. A assinatura da primeira ordem de serviço ocorreu em novembro de 2009. Após dois anos e meio de ritmo lento, a vencedora da licitação, JM Terraplanagem, desistiu dos trabalhos. O consórcio TEC/Setep, segundo colocado no processo, foi chamado e assinou um novo contrato em setembro do mesmo ano. Quatro anos depois, com algumas paralisações e contratempos no caminho, os ilhotenses têm sua ponte para cruzar.

Investimento total foi de R$ 38,8 milhões

Segundo a gerência de Obras e Transportes do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), a obra custou R$ 38,8 milhões – R$ 23,5 milhões da União e R$ 15,3 milhões do governo do Estado. O município assumiu os gastos com as desapropriações. A obra tem 2,4 quilômetros de extensão, sendo 480 metros sobre o rio Itajaí-Açu, e possui pistas simples, acostamento e passagem para pedestres.

Apesar de refletir em mais rapidez no deslocamento para todos que transitam pelo Vale, no município a expectativa é de que a obra beneficie em especial moradores da região da margem esquerda e dos Baús, alijados de serviços como bancos e comércios, concentrados em maior parte na margem direita do rio Itajaí-Açu.

Desde que a ponte foi liberada para passagem para vir até o Centro leva cinco ou 10 minutos. Antes chegava a demorar 40 minutos para passar na balsa ou até mais quando a embarcação sofria algum problema e era preciso dar a volta por Gaspar ou Itajaí
conta o secretário de Obras de Ilhota, Cidney Thomé

Investimentos

  • Valor total: R$ 38.832.857,80
  • Governo federal: R$ 23.500.000,00 (60,5%)
  • Governo do Estado: R$ 15.332.857,80 (39,5%)

Dimensões

  • 2,4 quilômetros de extensão, entre ponte e acessos
  • 480 metros de passagem sobre o rio Itajaí-Açu

Fonte: Artigo de Jean Laurindo, publicado no portal do Jornal de Santa Catarina.

A Tocha Olímpica passará por Ilhota e terá trânsito alterado durante percurso

Ilhota receberá o revezamento da tocha olímpica no dia 12 de julho, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2016, Newsletter, Feed

A cidade de Ilhota está se preparando para receber a passagem da Tocha Olímpica, a qual acontece nesta próxima terça-feira, dia 12. A rodovia Jorge Lacerda vai ser palco do revezamento que inicia às 15h, saindo em frente a Igreja Matriz São Pio X, o percurso de um quilômetro encerra em frente ao número 373. Uma cerimônia vai marcar o início do revezamento nas escadarias da Igreja Matriz.

O revezamento

O revezamento será feito por atletas que são do município entre eles está a goleira da Seleção Brasileira de Futsal Missiara Luiza Papst, o Bombeiro Civil Voluntário de Ilhota Anderson Douglas Bruno e por Bruno Back da Silva.

Ruas fechadas

Com a passagem do revezamento da tocha pelo município, algumas ruas da cidade ficaram interditadas a partir das 14h, inclusive a travessia da balsa. O bloqueio da rodovia Jorge Lacerda inicia na rua Modesto Vargas, em frente aos Correios, as vias transversais que dão acesso a Jorge Lacerda também estarão bloqueadas.

Haverá uma rota alternativa para veículos quem necessitarem transitar no sentindo Gaspar – Itajaí ou vice versa, esse trajeto poderá ser feito pelas ruas Modesto Vargas, Dr. Leoberto Leal (Sentido Ilhotinha) entrando na rua João Domingos Pereira, Passando pelo Bairro Missões, tendo como saída a Rodovia Jorge Lacerda e Novamente pela rua Silvério Silveira Ramos.

Vale ressaltar que o desvio será apenas para veículos leves (carros e motos) já caminhões e ônibus deveram estacionar nas extensões da própria rodovia ou em locais apropriados como postos de combustíveis entre outros.

Também será proibido o estacionamento de veículos em toda extensão do revezamento, o trabalho será acompanhado e fiscalizado pela Policia Rodoviária Federal (PRF) e também pela Policia Militar (PM).

Seguindo decreto da prefeitura, as de mais ruas também estarão bloqueadas para o trafego de veículos:

  • Rua Antonio Curbani;
  • Rua Isidorio Maes;
  • Rua Frei Jacinto;
  • Rua Dr. Leoberto Leal;
  • Rua Ângelo Tres;
  • Rua Almirante Tamandaré;
  • Rua Prof° Maura Inácio
  • Rua José Nilson Souza;
  • Rua Álvaro Cezar Schneider;
  • Rua Felisky;
  • Rua Bonifácio Maba;
  • Rua José Gonçalves; e
  • Rua Ezequiel Francisco

Esse é o link do Decreto nº 121, de 29 de junho de 2016, em que o prefeito de Ilhota, no uso das atribuições, atribui interrupções na ruas da cidade, durante a passagem da Tocha Olímpica pelo Município de Ilhota, no dia 12 de julho de 2016.

Ilhota receberá o revezamento da tocha olímpica no dia 12 de julho, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2016, Newsletter, Feed

😀

Balsa de Ilhota estará fechada durante o Revezamento da Tocha em Ilhota

aviso-balsa03

O comitê do revezamento da Tocha Olímpica informa que a Balsa que faz a travessia entre as margens do Rio Itajaí-Açu, estará fechada das 14h às 16h. Durante este intervalo, a travessia será feita, mas apenas para pedestre.

Esse é um dos eventos mais esperados pelos moradores da cidade de Ilhota em Santa Catarina e que está preste a acontecer no próximo dia 12 do corrente mês. Trata-se da passagem da Tocha Olímpica pela rodovia que corta o município, a Jorge Lacerda. Segundo determinações do Comitê Nacional das Olimpíadas, a Policia Civil, Militar e Federal além de outros órgãos ligado a segurança publica, estará envolvido na organização da passagem da Tocha e orientações do trânsito alem dos bloqueios em todo trajetos que passara a Tocha Olímpica.

Com a passagem do Revezamento da Tocha pelo município, algumas ruas da cidade ficaram interditadas durante o percurso. Como o evento ocorrerá na Rodovia Jorge Lacerda, o fechamento da via iniciará na Rua Modesto Vargas (em frente aos correios), e também as demais ruas que necessitarem ser bloqueada como as vias transversais que dar acessos a rodovia.

O revezamento será feito por atletas que são do município entre eles está a goleira da Seleção Brasileira de Futsal Missiara Luiza Papst, o Bombeiro Civil Voluntário de Ilhota Anderson Douglas Bruno e também por Bruno Back da Silva.

Esse é o link do Decreto nº 121, de 29 de junho de 2016, em que o prefeito de Ilhota, no uso das atribuições, atribui interrupções na ruas da cidade, durante a passagem da Tocha Olímpica pelo Município de Ilhota, no dia 12 de julho de 2016.

Ilhota receberá o revezamento da tocha olímpica no dia 12 de julho, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2016, Newsletter, Feed

😀

Alteração no trânsito durante a passagem e o revezamento da Tocha Olímpica por Ilhota

Mapa da rota alternativa durante o revezamento da tocha olímpica no dia 12 de julho, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2016, Newsletter, Feed

A Rua 21 de Junho, que trata-se da Rodovia Jorge Lacerda, será fechada, por volta das 13h30, na altura da rua Modesto Vargas até altura da loja Instinto Feminino. Todas as vias transversais que dão acesso a rua 21 de junho estarão bloqueadas por causa do evento. Haverá um desvio para veículos leves, que iniciará na rua Modesto Vargas e terminará na rua Silvério Silveira Ramos.

Vale ressaltar que o desvio será apenas para veículos leves (carros e motos) já caminhões e ônibus deveram estacionar nas extensões da própria rodovia ou em locais apropriados como postos de combustíveis entre outros.

Também será proibido o estacionamento de veículos em toda extensão do revezamento, o trabalho será acompanhado e fiscalizado pela Policia Rodoviária Federal (PRF) e também pela Policia Militar (PM).

Seguindo decreto da Prefeitura, as de mais ruas também estarão bloqueadas para o trafego de veículos:

  • Rua Antonio Curbani;
  • Rua Isidorio Maes;
  • Rua Frei Jacinto;
  • Rua Dr. Leoberto Leal;
  • Rua Ângelo Tres;
  • Rua Almirante Tamandaré;
  • Rua Prof° Maura Inácio
  • Rua José Nilson Souza;
  • Rua Álvaro Cezar Schneider;
  • Rua Felisky;
  • Rua Bonifácio Maba;
  • Rua José Gonçalves; e
  • Rua Ezequiel Francisco

Esse é o link do Decreto nº 121, de 29 de junho de 2016, em que o prefeito de Ilhota, no uso das atribuições, atribui interrupções na ruas da cidade, durante a passagem da Tocha Olímpica pelo Município de Ilhota, no dia 12 de julho de 2016.

O revezamento será feito por atletas que são do município entre eles está a goleira da Seleção Brasileira de Futsal Missiara Luiza Papst, o Bombeiro Civil Voluntário de Ilhota Anderson Douglas Bruno e por Bruno Back da Silva.

Ilhota receberá o revezamento da tocha olímpica no dia 12 de julho, Dialison Cleber Vitti, Dialison Cleber, Dialison Vitti, Dialison, Cleber Vitti, Vitti, #DialisonCleberVitti, @dcvitti, dcvitti, #blogdodcvitti, Ilhota, 2016, Newsletter, Feed

😀

Vídeos da enchente em Ilhota de 09/2011

Coleção de vídeos postados no YouTube que aborda sobre a enchente que aconteceu em setembro de 2011 em Ilhota. Aproveite essa postagens e dê um confere nas produções amadoras da galera cineasta da cidade.

Treze fotomontagens comparam a Blumenau da enchente de 1983 com os dias atuais

fotomontagens da enchente de 1983 em Blumenau

fotomontagens da enchente de 1983 em Blumenau

fotomontagens da enchente de 1983 em Blumenau 03 fotomontagens da enchente de 1983 em Blumenau 04 fotomontagens da enchente de 1983 em Blumenau 05 fotomontagens da enchente de 1983 em Blumenau 06 fotomontagens da enchente de 1983 em Blumenau 07 fotomontagens da enchente de 1983 em Blumenau 08 fotomontagens da enchente de 1983 em Blumenau 09 fotomontagens da enchente de 1983 em Blumenau 10 fotomontagens da enchente de 1983 em Blumenau 11 fotomontagens da enchente de 1983 em Blumenau 12 fotomontagens da enchente de 1983 em Blumenau 13

O site do Jornal de Santa Catarina publicou uma série de 13  fotomontagens em que comparam a cidade Blumenau durante a castigante enchente de 1983 que assombrou toda região com os dias atuais. As fotos desta galeria são resultado de uma fusão de imagens impactantes da cheia com a vida atual no Vale do Itajaí. A produção foi inspirada na série da historiadora holandesa Jo Hedwig Teeuwise, intitulada Ghosts of War, feita em 2012.

Alunos da Escola Marcos Konder limpam rio Itajaí-Açú

Alunos da Escola Marcos Konder limpam rio Itajaí-Açú

Banner da Prefeitura de Ilhota - Assessoria de ImprensaNo último sábado, (15), os alunos da Escola Marcos Konder, professores e a equipe dos Bombeiros Voluntários de Ilhota realizaram uma atividade da semana da água, referente à limpeza do rio Itajaí-Açú.

De acordo com a professora Viviane dos Santos, a experiência foi muito proveitosa, pois todos puderam sentir a situação do rio de perto, fazer coleta de lixo depositado em suas margens e com isso ter a consciência de que é necessário preservar as fontes de águas, indispensáveis à sobrevivência humana. “Agradecemos imensamente a ajuda e auxílio dos bombeiros voluntários, que prontamente atenderam ao pedido e auxiliaram com segurança”, considerou.

Nesta semana terá a ação de panfletagem para conscientização da importância da preservação da água e visitas à CASAN para entendimento do processo de tratamento da água.